Esclarecimento

Conforme é sabido sou um defensor da essência do chamado “Projecto Roquete” penso que ele representa o caminho certo para um Clube como o Sporting, e o facto de reconhecer que este projecto falhou principalmente no capitulo financeiro não me impede de continuar a pensar que aquela é a via certa desde que não se persista nos erros do passado.

Reconheço também que a esmagadora maioria dos protagonistas do “Projecto” demonstraram muita incompetência e falta de condições para o desempenho das tarefas que lhes foram confiadas, sendo que essa foi uma das principais razões do fracasso acima referido que somada a alguns pressupostos errados sobre os quais assentaram algumas ideias base do “Projecto”, explicam o resultado final.

Apesar desta ser a minha opinião compreendo e aceito que se possa pensar de forma diferente da que eu penso.
Apenas não compreendo que se pense que antes de tudo o mais importante é pôr a Oligarquia a andar, sem antes se pensar no que vêm a seguir, mesmo que seja o bigodes, um russo ou até mesmo o cão.

E o que não aceito é que ponham nos meus dedos aquilo que eu não penso e nunca escrevi, ou que façam interpretações abusivas sobre quais são os meus desejos em relação ao futuro do Sporting.

A verdade é que eu gostava que surgisse uma alternativa credível e sustentada à 2ª via do Projecto, alguém com carisma, paixão, conhecimento da realidade do futebol português e meios para estancar as feridas e partir para o futuro com base no que de bom já temos, sem políticas de terra queimada ou guerras pessoais. Enfim um verdadeiro líder capaz de unir o mundo sportinguista.

De momento essa alternativa não existe pelo que o mais certo é que estejamos condenados a mais quatro anos de Oligarquia o que sinceramente não sei se será pior do que entregar o Clube à actual oposição que por enquanto ainda não disse ao que vêm como vêm nem para onde vai. Acho que essa é uma dúvida legítima pelo menos para quem como eu não gosta de passar cheques em branco.

Espero que tenha sido suficientemente claro sobre qual é a minha posição nesta problemática, mesmo que esta seja irrelevante pois não faço parte daqueles que vão votar

va lá, uma tentativa de clarificar a tua posição, mas mesmo assim continuo muito confuso :).

É que como os demais “grupo 3” mais ou menos assumidos teimas em não querer sequer aflorar as verdadeiras razões pelas quais é muito complicado neste momento qualquer dos oposicionistas apresentar uma candidatura e um projecto rapidamente, a saber (e com muita paciência embora eu saiba que estas razões óbvias são tão apelativas aos “grupo 3” como a técnica origami):

1 - O Projecto tem um pacto de sangue (e pescoço) com duas das maiores instituições bancárias do país, senão as maiores: BCP e BES. Qualquer opositor terá de encontrar algo no mínimo equiparável para constituir uma opção séria, o que não é ppmente fácil (o Belmiro não é sportinguista).

2 - Não existe QUALQUER informação credível sobre o estado actual das finanças de todo o grupo Sporting, apenas de uma das suas empresas, a SAD. A um pedido de informação dos opositores Pipinho respondeu como se sabe.

3 - Assistimos à uma marcação escandalosa de uma AG para dia 23 em que Pipinho tentará comprometer o clube já com o seu plano, procurando no fundo um “adiantamento” de poder para poder começar a colocar em práctica JÁ aquilo que moralmente só devia fazer DEPOIS de sufragado legitimamente. Caso isto venha a acontecer é mais uma limitação completa à acção de qualquer opositor, sobretudo aqueles que se colocam completamente contra a venda imediata de património por atacado.

Face a estes 3 pontos claros, objectivos e comprovados aos olhos de qualquer sportinguista como é que vocês querem que se encarem os elogios actuais que alguns fazem a Pipinho senão como um escândalo intelectual e um crime lesa-sporting? Com que despudor ignoram estes três pontos ou os indicadores MORAIS e ÉTICOS que eles deixam relativamente ao protagonista principal?

O único argumento moralmente aceitável é dizerem: “não temos outro, é mau, é sujo, é porco, mas não há outro”. Comodismo e vergonha. Lutem por uma opção também! Se realmente não estão satisfeitos com a opção Pipinho MEXAM-SE e ajudem a formar uma opção! Agora afirmar sem qualquer razoabilidade que simplesmente “não aparece ninguém” quando os pontos anteriores são tão óbvios só pode soar a falso, e a partir daí não podem admirar-se face ao extremar de posições.

É uma situação muito semelhante com o que se passou no benfica com Vale, também no final vi alguns benfiquistas que ainda diziam “sim, ele é assado ou cozido mas é o que temos, logo vou votar nele”. Acham isto razoável? Ou será que me vão dizer que entre Vale e Soares Franco dista muito em termos éticos? Brincalhões :).

Aproveitando o teu manifesto acabei por deixar aqui o meu, e espero ter deixado CLARO a razão da minha revolta e grande suspeição face a quem neste momento defende FSF sem nunca referir ou comentar os pontos que referi e/ou o que eles indicam quanto à personagem.

PS - Existe algo curioso: que neste momento sejam os oposicionistas a defender algo que devia ser um FUNDAMENTO do projecto, caso ainda existisse vergonha naquela gente: a manutenção do património. Existe algo ainda mais curioso: que alguns sportinguistas que durante 10 anos foram defensores do projecto sejam capazes de dar igual cambalhota instantânea nos principios e defender subitamente o mesmo que Pipinho. É que no caso dele eu compreendo que precise salvar o pescoço face aos credores após o falhanço, agora as razões da pirueta de princípios e pontos de vista dos sportinguistas anónimos que dizem subitamente amen contra tudo o que disseram antes isso já não consigo explicar.

Mas não há motivos para estares confuso, o problema é que confundes tudo, o que continuo sem perceber é se a razão destas confusões é apenas uma leitura pouco atenta ou se será outra.

Eu tenho a perfeita noção da situação que expões no ponto 1, no geral estou de acordo com o teu ponto 3 e apenas em relação ao 2 não me posso pronunciar por desconhecimento, só que isso não colide em nada com os esclarecimentos que deixei quando abri este tópico.

Parece-me que a tua confusão parte do facto de me veres como um apoiante de FSF, o que é mais uma das tuas leituras precipitadas ou deturpadas, pois em lado nenhum eu escrevi que nada disso. Apenas tenho dito que acho que ele vai ganhar sem problemas porque a oposição é fraca e está desunida. Não se trata de não termos outros pois até há candidatos assumidos e outros a caminho disso, só que para além das críticas, ainda ninguém sabe o que é que eles querem fazer.

Também nunca me assumi como defensor da viabilização do Projecto com base na venda do património, acho que seria preferível rentabilizá-lo, embora não me escandalize que se venda o que não for rentável. Curioso é que quem apoiou as vendas foste tu quando aqui abriste um tópico com as tuas ideias sobre as soluções para o nosso Sporting

Agora vamos lá ganhar ao Vitorrria, pelo menos nisso estamos de acordo :wink:

lol.

Levas demasiado a peito os meus ataques (levaste uma vez apenas, de resto até nem ferves logo).

És tu como é outro qualquer, é quem está a jeito :). A verdade é que neste momento me revolta muito ver poucos (mas bons) sportinguistas quase passar uma esponja em tanta coisa, rapidamente inverter toda uma lógica de 10 anos (constituição de património) e ainda usar argumentação pouco justa contra a oposição (ou falta dela)… quando vejo isso fico piúrso face aos pontos expostos, mas depois passa-me, aliás pq como estou para aqui a trocar sms com um lampio que diz que andamos há 4 jogos seguidos a roubar logo há coisas que assumem logo outra prioridade :).