Equipamentos Sporting 2024/25

O contrato acabava agora, duvido que não seja renovado. Mas não devem estar a colocar para não correr riscos.

2 Curtiram

já levo uns anitos a trabalhar na área.
ponto número 1, não vais acabar com a contrafação. não vale a pena perder tempo com isso.
partindo do ponto número 1… resolve! não te queixes, resolve!

o @Ravanelli já levanta um dos caminhos. assume que há clientes que não vão comprar o original. ou por opção, ou por falta de peseta. e quanto a isso… volta ao ponto nº1. não percas tempo.

depois os outros… esses que podem e querem comprar o original. e aqui tem residido o verdadeiro problema, nos últimos meses.
temos duas questões. preço e produto. o preço é realmente desajustado da nossa realidade, mas é o que é. e a verdade é que, havendo produto, vende-se.
não podes é fazer como o Sporting tem feito, deixar que essas pessoas “fujam” para a contrafação porque o clube não lhes oferece o que eles querem.

claro que há também a diferenciação do produto, mas aí, neste caso em particular… eles fazem réplicas em dois dias. faças o que fizeres ao teu produto.

conclusão. o Sporting que tenha as prateleiras cheias. de equipamentos e de merchandising o mais variado possível.

em ano de título e euforia, chegar à Loja Verde e ver aquela pobreza de oferta… dá dó. e é dinheiro perdido.

5 Curtiram

Olha que o Sporting não ignora a contrafacção. As pessoas que têm o azar de as encomendas serem apanhadas na alfândega recebem uma cartinha nada simpática para pagar uma multa ao Sporting. Caso não paguem, o caso vai para tribunal.

Acontece mais vezes do que vocês pensam.

Eh… também não sabem o que andam a fazer. Até eu que sou um nabo nessas coisas e nem encomendo camisolas sei como não ter esse problema.

Sim, há formas de contornar.

óbvio. aliás, a maior parte dos sites chineses já tem armazéns na Europa para contornar a coisa.

oh, deixa lá isso. as marcas mandam as cartas, ou os mails, tu respondes a dizer que os teus dados foram usados indevidamente nessa suposta aquisição e dizes que não te importas nada que destruam o que quer que seja e… voilá, assunto resolvido.

quais coima? pagas a coima a quem? não fales do que não sabes.

as marcas ameaçam com processo judicial, apenas e só. se fizeres o que te disse, nunca processo algum chega a tribunal.
quem te exige alguma coisa é a AT, via alfândega, e é o IVA e as taxas alfandegárias.

4 Curtiram

Há gajos em Portugal a vender contrafação desta. Têm a sua página de vendas e tu não sabes (nem te interessa) por onde veio. Não é um problema do consumidor final.

Se dá para escapar ou não não sei. Nem sei se multa será o termo certo.

Mas conheço pessoas a quem isso aconteceu e que pagaram.

Sem querer entrar em grandes detalhes, mas quando trabalhava em Londres estive num estúdio durante uns tempos, que comprava material da China, que usava propriedade intelectual sem autorização.
Vinham caixas com centenas de items.
Entregues pela UPS na agência.
Zero controle.

Há mercado para todos, os genuínos e a contrafação.

As marcas nâo estâo a ficar mais pobres.
Os clubes também não, quanto muito venderiam mais umas milhares de camisolas mas nada de muito significativo. Se só houvesse a opção “genuíno” muita gente nâo comprava nada.
Os consumidores têm escolha, escolhem conforme o seu poder de compra, ou compasso moral ou o que seja.

É como o negócio da música.
Nunca nenhuma editora ou artista foi à falência por causa da pirataria, apesar de fazerem até bastante barulho por causa disso, incluindo ameaças etc.
Aliás, foi no auge da pirataria que as editoras e artistas mais venderam e mais dinheiro ganharam e não foi pela pirataria que a indústria entrou em decadência.

Vai para tribunal vai xd

Conheço gente que recebeu essas ditas cartas, rasgaram na hora e já lá vão uns anos.

Uma vez estava no Fenway Park (estádio dos boston red sox) com a minha camisola riscada do Sporting da puma na altura, e estava nos anéis lá bem em cima e do nada oiço alguém lá em baixo a gritar “Spooooortinngg” e mal via o gajo, mas o gajo pela camisola bem de longe topou logo que era do Sporting. As riscas verdes e brancas são icónicas…:green_heart:

9 Curtiram

Eu sei, mas como é que isso está relacionado com o Porto ter feito o nosso marketing sem querer? Btw ainda tou para ver se um dia encontro essa branca. Não comprei na altura e agora faz falta na coleção.

A mim o ano passado em Palma na final Four do futsal perguntaram-me se era do Celtic. :rage::face_with_symbols_over_mouth:

Porque qundo dizes que " Até estes gajos conseguiram mais “fusion” que nós" é exatamente o que eu comentei, conseguem porque têm o “poder” de escolher junto da NB este tipo identidade, já nós junto da Nike, como diz o Outro, Bola!!..mas quase que aposto, que mesmo que o Sporting tivesse algum poder de escolher algo que não se limitasse aos standards da Nike para as Team B, como por exemplo uma pré-match shirt, tendo em conta o que se tem visto da parte dos responsaveis do Sporting, não iria sair nada de jeito…

Que horror de camisola. Se eu fosse portista ficava ofendido.

É só pre-match, não tem essa importância toda…

1 Curtiu

Finalmente já se pode colocar também o brasão na Loja Verde Online!

7 Curtiram

Concordo plenamente, e mesmo a verde e branco doía a vista, mas ao menos lá fazia algum sentido.