Equipa Sub-23 - 2021/2022

Em 5 min da segunda parte já levámos 2 no poste.

2-0. Demasiado mau…

E antes tínhamos levado 3 bolas ao poste quase seguidas…

epa metam algum respeito no nome do Sporting … se é para jogar com jogadores fracos no clube acabem com isto … são estes e a B … sempre a humilhar o bom nome do clube

1 Curtiu

Era só uma questão de tempo levarmos o segundo. Bem, acho que vou ver a Júlia, deve ser menos deprimente.

E outro.
3-0

Não consegui ver até ao fim. Dói a alma ver isto de tão fraco que é. Há que repensar muita coisa a nível da formação relativamente a estas equipas secundárias.

É uma pena que esteja a terminar uma época de tanto perfume. Mais uma, aliás.

1 Curtiu

V E R G O N H O S O

1 Curtiu

Nunca vi uma equipa do Sporting tão fraca

LEÕES DERROTADOS PELA BELENENSES SAD

Por Sporting CP
04 Abr, 2022

SUB-23

3-0 no adeus à fase de apuramento para a Taça Revelação

A equipa sub-23 de futebol do Sporting Clube de Portugal perdeu, nesta segunda-feira, por 3-0 diante da Belenenses SAD em jogo da 14.ª e última jornada da fase de apuramento para a Taça Revelação.

Sem o treinador Filipe Pedro no banco, devido ao jogo da Youth League que o Sporting CP vai jogar na quinta-feira em Bucareste, na Roménia, diante do FK Dynamo Kyiv, os sub-23 Leoninos entraram em campo com algumas mexidas relativamente ao encontro anterior.

Jogaram de início Pedro Miguéis, Gonçalo Braga, Etienne Catena - em estreia nos sub-23 -, Adriano Almeida, Martim Marques, Domingos Andrade, Lamarana Jallow, Daniel Rodrigues, Rafael Besugo, Rafael Moreira e Nicolai Skoglund.

Entrada em falso dos Leões com a equipa da casa, composta por jogadores mais velhos e mais experientes, a abrir o marcador logo no segundo minuto de jogo, por Mota, com o 1-0 a manter-se até ao intervalo.

O técnico Paulo Carvalho, a substituir Filipe Pedro, mexeu na equipa para o reinício da partida, fazendo sair Nicolai Skoglund e entrar Lucas Anjos, que se estreou assim na equipa sub-23 do Sporting CP. Mexidas no ataque, mas foi a Belenenses SAD que entrou mais perigosa e esteve perto de aumentar a vantagem logo nos minutos iniciais da segunda parte.

Não foi logo, mas acabou por ser em cima da hora de jogo que a formação da casa fez o 2-0 por Castro. O treinador Leonino voltou a mexer logo a seguir, saindo Rafael Besugo e entrando Gonçalo Batalha.

Apesar do ‘sangue novo’, o Sporting CP não conseguiu reduzir e acabou ainda por sofrer o 3-0, de novo marcado por Castro, aos 76 minutos. Golo que acabou por selar o marcador.

Há alguma reflexão séria a fazer.

Se por um lado é necessário ter um número mais alargado de jogadores por ter equipa B e Sub23, por outro há vários que não acrescentam nada e que deveriam começar a tratar do seu futuro profissional e sair de Alcochete em definitivo.

1 Curtiu

Ora.

Quem?

Adriano Almeida, de saída

Que facam limpeza ao nivel da que esta a ser feita na B , nestes conta-se por uma mao os que tem alguma qualidade. Como se viu na classificação final.

O treinador tem que ser o primeiro a sair

1 Curtiu

Espero mais, muitas mais saídas.

Há vários sem qualquer qualidade para estar aqui.

O problema é que nem sabemos quem acaba contrato.

2 Curtiram

Não sei se faz muito sentido esta saída.

Ainda era Sub-19 e já jogava nos Sub-23. Tinha qualidade/potencial para estar um escalão acima e agora sai?

É esta (falta de) lógica que não gosto na nossa gestão da formação.

1 Curtiu

Tens que perceber aqui uma coisa. Salvo uma ou outra exceção, tipo Martim Marques, os sub-23 era onde jogavam os “restos” dos Juniores. Se quiseres exemplos parecidos aos do Adriano: Oscar Garcia, Rafael Besugo, Rafael Carvalho

Não concordo muito com isso.

O Adriano foi o capitão da geração de 2003 nos Sub-17 e Sub-15.
Renato Veiga, Kiko Félix, Gilberto, Diogo Cabral, Chermiti, Miguel Menino, Lucas Dias são restos dos juniores?