Eis o espírito ganhador do Sporting....

… pela boca do seu capitão. Beto diz qq coisa como isto:
“Perdemos mas amanhã é outro dia”.

Ora aqui está retratada a filosofia absorvida pelos trastes que actualmente envergam a camisola do Sporting. Não há constrangimento ou um pingo de vergonha, para já não dizer um vago sentimento de humilhação pela bela m*** de jogo com que presentearam a Europa do futebol e os sócios e apaniguados do Sporting. Passou, está passado e siga p´ra bingo.
Esta é a mesclagem do espírito do treinador pusilânime e banana com os seus discursos delirantes nos flash interviews, com o conformismo instalado no balneário encarnado nestas frases ofensivas para a dignidade do clube. Tudo isto nas nossas barbas e, pior, com o nosso estúpido aval. Há que abanar esta merda toda. Há que eliminar estes zombies que se enganam e nos querem enganar.

Há quem defenda a teoria de que será difícil a Peseiro fazer melhor com estes jogadores. Puro e ledo engano. A minha visão é exactamente a inversa: será difícil a estes jogadores produzirem mais com esta porcaria de treinador e as suas concepções ancestrais de um futebol rupestre e off dated. Tenho sinceramente pena de ver jogadores como Moutinho, Varela, Roca, Semedo e todos os outros diamantes em bruto do nosso plantel serem treinados e liderados por este porreiraço de QI mediano/baixo que nada acrescentará à evolução da sua carreira no Sporting. Sobretudo, sem títulos no seu curriculum.

Estará de regresso, a partir de agora, a instabilidade ao clube pela apertadíssima margem de manobra que os sócios vão dar a este treinador looser mais o aparecimento do estafado discurso de apoio das gentes da SAD e os famosos epítetos desrespeituosos para com os sócios que se hão-de, inevitavelmente, manifestar no final da m**** de jogos como estes a que temos assistido, parte do iluminado presidente Cunha.

Oh Deus, onde é que eu já vi este filme?

PS - Ah e não se esqueçam da descoberta do nosso presidente… Polga é um menino!!!

Já falei disto há mais de um ano quando me espumei todo no dia em que o Benfica nos ultrapassou em vitórias em Alvalade.

O Sporting hoje em dia é conformismo, calculismo e deixa andar. É tudo normal, é tudo infelicidade, é tudo uma “chatice sem importância”. Morreu a mística, o querer, o chorar nas derrotas, o comer a relva colectivo, do presidente ao apanha bolas.

Talvez agora percebas pq é que está na hora de mandar os presidentes “regisconta” à merda caro amigo.

A 100% contigo!

Eu nem devia pensar isto, mas é inevitável… espero que todos aqueles que, no Conselho Leonino, SAD, Sporting ou qualquer outra empresa com capacidade para pressionar o Sporting e que tenham um pingo de VERGONHA na cara, façam tudo o que possam para PRESSIONAR E DESPEDIR ESTE TREINADOR.

Duvido que a instabilidade criada por este acontecimento leve a uma época pior que a que antevejo à frente deste borra-botas inenarrável.

Já falei disto há mais de um ano quando me espumei todo no dia em que o Benfica nos ultrapassou em vitórias em Alvalade.

O Sporting hoje em dia é conformismo, calculismo e deixa andar. É tudo normal, é tudo infelicidade, é tudo uma “chatice sem importância”. Morreu a mística, o querer, o chorar nas derrotas, o comer a relva colectivo, do presidente ao apanha bolas.

Talvez agora percebas pq é que está na hora de mandar os presidentes “regisconta” à merda caro amigo.

Mauras,
creio que no essencial não divergimos muito no perfil de liderança que desejamos para o clube. A única coisa em que manifestamos diferenças é que eu não acho que seja necessário ter presidentes que espumem pelos cantos da boca. Quero, e acho plausível, é que ele aplique, ou faça aplicar, uma conduta digna e vertical aos seus comandados. Que exija resultados e os premeie ou puna em função do seu aparecimento ou não. Que tenha, sobretudo, medidas corajosas e não chame desordeiros com ar abichanado, de cabelo comprido, fita na cabeça, Porsches à porta e montes de $$$ para estourar, de meninos com atitudes irreflectidas.
Quero, enfim, profissionalismo e garra, e isso não passa necessariament por pessoas com espírito truculento e saltimbanco.

100% de acordo … infelizmente esse espirito já começa a afectar alguns adeptos :roll:

Já falei disto há mais de um ano quando me espumei todo no dia em que o Benfica nos ultrapassou em vitórias em Alvalade.

O Sporting hoje em dia é conformismo, calculismo e deixa andar. É tudo normal, é tudo infelicidade, é tudo uma “chatice sem importância”. Morreu a mística, o querer, o chorar nas derrotas, o comer a relva colectivo, do presidente ao apanha bolas.

Talvez agora percebas pq é que está na hora de mandar os presidentes “regisconta” à merda caro amigo.

Mauras,
creio que no essencial não divergimos muito no perfil de liderança que desejamos para o clube. A única coisa em que manifestamos diferenças é que eu não acho que seja necessário ter presidentes que espumem pelos cantos da boca. Quero, e acho plausível, é que ele aplique, ou faça aplicar, uma conduta digna e vertical aos seus comandados. Que exija resultados e os premeie ou puna em função do seu aparecimento ou não. Que tenha, sobretudo, medidas corajosas e não chame desordeiros com ar abichanado, de cabelo comprido, fita na cabeça, Porsches à porta e montes de $$$ para estourar, de meninos com atitudes irreflectidas.
Quero, enfim, profissionalismo e garra, e isso não passa necessariament por pessoas com espírito truculento e saltimbanco.


Caro Juba:

Os valores que defendes nao fazem parte do PROJECTO. O que faz parte do projecto e cumprir os contratos com treinadores que nao tem nivel para treinar na II Liga Portuguesa. O que o projecto defende e vender jogadores com valor para pagar a estes teinadores. O que faz parte do projecto e manter frangueiros na baliza do Sporting mesmo que nao seja o melhor para a equipa. Afinal, estes rapazes sao apenas uns meninos de vinte anos. Nao te lembras quando tinhas vinte anos?

Subscrevo na íntegra !!!

Caro JUBA, essa conversa dos jogadores já se prolonga há mais de três anos está na hora de acabar, pois se o presidente nos chama de energúmeros é porque se calhar convem -lhe que estejamos todos divididos em relação aos que apoiam o projecto mas que ficam " tristes ",
pelos resultados e todos os restantes que revoltados pela inercia que se espalhou no nosso clube, pelas palavras do nosso presidente estão claramente identificados os dois polos:

Os que têm mais de 50 anos de filiação ( + ou - 20 votos cada um ) e os que estão por baixo dessa fasquia!!

SOMOS todos SPORTING e temos que mostrar todo o nosso desagrado !!

BASTA!!!

Juba,

Creio que estás a misturar uma mentalidade que se instalou no Sporting há 10 anos (e só deitada para trás das costas por LD… infelizmente por um preço que não podemos pagar) e que tem de ser destruida, com a avaliação que fazes do trabalho do treinador.

Pessoalmente acho que uma coisa não tem que ver com a outra… mesmo que até pareça que tem.

Voltamos á mesma discussão de sempre… quem deve “mandar” no futebol do Clube, o treinador ou o dirigente?

Se for o treinador, então Peseiro não tem nem nunca teve perfil para o lugar.

Se é o dirigente (seja ele “civil” ou um Manager :lol: ), então Peseiro tem qualidades para o lugar.

o sporting parece a função publica:::
só lá vai parar quem não quer fazer niente…ou quem é genial…mas a percentagem dos primeiros…é esmagadora…

quando um capitão…que dizem…até é do clube vem com uma conversa destas…por favor…ainda por cima sendo titular quase sempre…(weird…)
por que é que ainda não marchou…

custa-me os adeptos depositarem tanta fé nestas hipoteses de jogadores de futebol…
falta raça, atitude querer, energia, força, coragem, vontade, esforço, devoção…ponham fotos dos violinos a apanharem o barco para o treino na cabine…os tempos são outros…pois…a desculpa do costume…

PORRA-CONTRATEM UM PSIQUICO-UM PREPARADOR-E UMA EQUIPA DE GAJOS PARA O CALDUÇO…estes MENINOS não vão a lado nenhum…e bem podem ganhar aos peles vermelhas que não lhes dou crédito absolutamente nenhum…

Momentos maus, é certo.

No entanto,

o Beto, tal como o Ricardo e o Peseiro, e tal como o resto da equipa, continuam a ter o meu total apoio.

e se domingo for o mesmo festival de pouca-vergonha, vou para o aeroport esperara a equipa, como o fiz noutras ocasiões (após a vitoria em alkmaar, por exemplo).
Porque se gostam de ouvir festejos, tambem podem ouvir as criticas!!!
já não tenho um pingo de paciència para assistir a esta longa-metragem…

este Sporting não é o meu Sporting…

mas, meus amigos, quem atravessou um deserto de 18 anos, resiste a tudo…

este Sporting não é o meu Sporting...

mas, meus amigos, quem atravessou um deserto de 18 anos, resiste a tudo…

Nesse deserto vi sinais mais frequentes de inconformismo, de vontade de melhorar, de raça do que vejo hoje. E vi também mais razões para falha do que vejo hoje em dia.

este Sporting não é o meu Sporting...

mas, meus amigos, quem atravessou um deserto de 18 anos, resiste a tudo…

Nesse deserto vi sinais mais frequentes de inconformismo, de vontade de melhorar, de raça do que vejo hoje. E vi também mais razões para falha do que vejo hoje em dia.

Nem mais Mauras!!!

Juba,

Creio que estás a misturar uma mentalidade que se instalou no Sporting há 10 anos (e só deitada para trás das costas por LD… infelizmente por um preço que não podemos pagar) e que tem de ser destruida, com a avaliação que fazes do trabalho do treinador.

Pessoalmente acho que uma coisa não tem que ver com a outra… mesmo que até pareça que tem.

Voltamos á mesma discussão de sempre… quem deve “mandar” no futebol do Clube, o treinador ou o dirigente?

Se for o treinador, então Peseiro não tem nem nunca teve perfil para o lugar.

Se é o dirigente (seja ele “civil” ou um Manager :lol: ), então Peseiro tem qualidades para o lugar.

Oh Rui desculpa lá estou a misturar o que tem de ser obviamente misturado. Nem sequer vem à colação se esta mentalidade está instalada há 10 ou 20 anos. O que eu disse foi que ele a potencia quando lhe cabia inteiramente o papel de a erradicar do balneário. É para isso que eu quero um treinador a sério, não um projecto de treinador.
Por outro lado, se tu mesmo dizes que a política do conformismo está entranhada há tanto tempo, com Peseiro corre-se o risco de se estragar toda a geração ainda “impoluta” que vai entrar vinda da formação.
Por isso eu digo que é um desperdício ter este cozinheiro com ingredientes potencialmente de boa qualidade. E, também, que aí está uma boa razão para lhe pôr os patins o mais rapidamente possivel.

Opinião que manterei mesmo que o Sporting ganhe os jogos todos que se avizinham. Aliás, esse é o fetiche do looser - chegar às portas da glória e falhar nos momentos decisivos.

Aliás, esse é o fetiche do - chegar às portas da glória e falhar nos momentos decisivos.

nem todos os zés são mourinho…

quando lhe cabia inteiramente o papel de a erradicar do balneário

Concordo contigo, já o referi antes, Peseiro não tem perfil de treinador para o que é necessário seguindo essa estratégia… a de entregar a gestão do futebol ao técnico.

Para isso que se vá buscar um TREINADOR a sério, não tipo porreiro, mesmo que trabalhador. Essa é a caracteristica de um bom adjunto ou mero treinador de campo.

Já o defendi muitas vezes antes. Olha, até te digo que, olhando para o mercado neste momento, temos o Bielsa livre e cheio de vontade de tomar em mãos um projecto aliciante na Europa.

Mas neste preciso momento a realidade indica-nos que os nossos dirigentes não estão dispostos em apostar numa solução de qualidade e nesse caso está lá tao bem o Peseiro como qq outro do mesmo genero… este pelo menos conhece os cantos á casa.

Agora nao terá muita margem de manobra, sobretudo se nao resolver os problemas que já transitam da epoca passada.