E gajas?

Então se formos um gajo famoso e cheio de dinheiro…

Eu estive num exame em época de recurso, numa daquelas cadeiras brutais, em que uma colega toda escultural e muito bonita, entra cerca de 20 minutos após o início da prova, com um vestido que pouco deixava à imaginação. Fez a prova em pouco mais de 30 minutos. levantou-se (impossível ter sucesso, quem o fazia nesse tempo era para assinar a desistência), foi entregar, na assinatura da folha o decote fez o seu trabalho, ainda deixou cair a caneta e teve de se virar para a apanhar, assinou e saiu. O professor estava com uns olhos que não cabiam na cabeça. Ele virou a folha para ele, leu e voltou a virar a folha.

Como é óbvio, todo o auditório viu a cena. Quando saíram as notas, curiosos, fomos todos ver a nota dela. 14. Eu gostava de ter lido as respostas.

Mas também vi muita colega a fugir de professores nas festas académicas. E também sei de alguns colegas masculinos que andaram nas casas das professoras, mas daquelas que um tipo olha e pensa (porra jovem, mereces a nota).

1 Curtiu

Tudo normal. No mundo do trabalho acho que é pior, pois nao e suposto as hormonas andarem tao aos saltos, e é bem mais comprometedor pois a vida é outra, família etc.

O ser humano é fraco. Uns numas m***@* outroa noutras.

Gosto mais do tópico da mulher que é leoa. Este é um bocado primitivo.

Eu achei super engraçado a TVI ter ido a uni de direito de Lisboa e ter entrevistado uma gaja estrabica agressivo e ela a dizer que não queria a comentar o assédio, mas com cara de “sim fui alvo disso”. Literalmente uma gaja que era 1/10 :rofl::rofl: denúncias anónimas da nisto, há tanto caso e provas 0 e sem provas não pode haver castigo, just saying

Pelos vistos nem todas as denúncias foram anónimas porque um dos denunciados já foi identificado, foi alvo de inquérito disciplinar e teve de pedir desculpa às alunas:

Entao deviam ter apresentado queixa na polícia :+1:

quem nunca… :upside_down_face:

Eu! :laughing:

2 Curtiram

No meu 12º ano, já depois de 18 anos feitos - chumbei no 10º (estive na semana da queima das fitas pela 1ª vez, rally de Portugal também 1ª vez, o Sporting por todo o lado, e pelo meio o andebol ainda era a coisa mais importante, mereci o que acabou por acontecer) - tive umas curtes com uma professora.
No curso fui sair várias vezes com uma professora. Nesse mesmo curso um professor fazia nitidamente assédio. Comigo teve um par de conversas e vi logo ao que vinha. Ia nitidamente chumbar. Durante um exame o assédio a um colega passou dos limites e estava mesmo a por a mão em troca de resposta. O meu colega passou-se, fez uma cena do ■■■■■■■.
Long story short passamos todos aquela disciplina.

1 Curtiu

Yaicks caga la no low profile, 'e ir de cabeca.

A minha irma quando tava na faculdade contou que uma miuda num exame tinha as cabulas debaixo do rabo onde ia puxando e actualizando a memoria. Mas o professor reparou e ao chegar ao pe’ dela diz ‘nao faco isto como um homem mas como professor’ e enfia a mao por baixo das pernas da miuda para tirar a cabula. Ela levanta-se ‘isto nao ‘e como aluna, e’ como mulher’ e enfia-lhe uma xapadona :smiley:

3 Curtiram

Tenho que dizer que casava com a nossa Teresa Bonvalot…

1 Curtiu

Eu tive uma oral com a Elsa judas, quando ela era boa, de braguilha aberta. True story.

A margarida corceiro, respondeu ao apelo do mister amorim, e está a fazer de tudo para manter o porro em alvalade.

Isto sim é uma sportinguista de valor, até da o corpo pela equipa :joy::joy:

1 Curtiu

Estavam só a falar pelo que dizem :joy:

1 Curtiu

Tudo ■■■■

1 Curtiu

Ahahah era um falar estranho…

Btw bonita foto da Magui, Félix e Porro de férias. Linda amizade :joy:

1 Curtiu

Bate certo, um outrora badalado jogador que foi flop quando chegou ao alto nivel, para outro que provavelmente vai ser máquina :joy::joy: