E depois do 12º ano? que fazer?

Boas pessoal, criei este tópico pois é algo que acontece a todos nós, a “terrivel” decisão sobre o nosso futuro. Acho que pode ser um tópico interessante para todos os que estiverem na mesma situação que eu pois poderá dar um “empurrãozinho” para que tomemos a nossa decisão.
Bem, a minha situação é a seguinte:
Sempre fui um bom aluno até certa altura da minha vida em que comecei a perder todo o interesse pela escola.(8º ano) Até essa altura era um aluno de 5 e 4 e com algumas capacidades… A partir daí deixei de estar atento nas aulas, deixei de estudar, comecei a sair, borga, borga e mais borga… Decidi-me pelo curso de Ciencias e Tecnologias pois a psicologa da escola disse que eu conseguiria atingir boas notas e que era o melhor para mim. Continuei sem estudar nada, a dormir nas aulas etc. Até que reprovei no ano passado (12º) por dizer que não iria conseguir fazer Matemática, practicamente desisti. Este ano, mais do mesmo…até que cheguei agora e realmente bati com a cabeça e me apercebi do erro que cometi neste ultimos anos… Tenho média de 13 valores, um exame de FQ por fazer, e o de Português e Matemática como é habitual… Agora ando a estudar o que nunca estudei (apesar de pouco) mas sei que nos exames não vou fazer algo impossivél tal como tirar um 17 ou algo parecido para me subir a média.
Eu não gosto de estudar, ninguém gosta mas gostava de continuar a estudar, pois actualmente com o 12º ano apenas é muito complicado singrarmos na vida. Infelizmente não consigo ver nada que me “fascine” no futuro…
Com esta média o que me aconselham a seguir? Sei que devemos seguir o que gostamos mas por vezes é complicado descobrirmos a nossa “vocação”.
Acham que devo tentar uma licenciatura? Um CET? Um curso profissional? e em que “ramo”?
Penso que as energias renovaveis é algo com futuro, e que não tem muita gente qualificada em Portugal, que me dizem?
Gostava de prosseguir os estudos no Porto pois é o unico sitio que me fica em conta devido a situações económicas

Abraço :wink:
Hugo Silva

Eng. Mecânica é um bom curso se quiseres seguir a área das energias renováveis.

Se não quiseres ir para a universidade, podes sempre tirar uma formação qualquer em eletrecista, mecânico, canalizador, algo do género. Nas grandes cidades fazem dinheiro como gente grande :great:

Ou então vais para Psicologia . Já sabes , de antemão , que vais para o desemprego . Mas ao menos naqueles 3 aninhos da licenciatura tens uma turma de 40 gajas para 4 ou 5 gajos … à escolha . Chill , meu irmão ;D

Engenharia Mecanica está fora de questão, a média está altissima… Psicologia é algo que não me atrai muito (só as miudas ;D)
Estou a pensar em engenharia do Ambiente pois tem a ver com as energias renovaveis. também vi Engenharia Civil, mas as médias baixaram muito nos ultimos anos, em Portugal o mercado está cheio de Engenheiros civis? Infelizmente não tenho muito a noção sobre o mercado de trabalho…
Mas já agora, muito obrigado pela ajuda :wink:

Eng Civil fica de fora. O mercado está lotado!

Quanto a mecânica: está assim tão alta? Um 13.qq coisa não chega? Também depende sempre da facilidade/dificuldade dos exames em questão…

Já agora: se não gostares da área das energias renovaveis, nao vas para ela. Não gostar da area e meio caminho andado para te andares a arrastar na universidade…

[/quote]
Eng Civil fica de fora. O mercado está lotado!

Quanto a mecânica: está assim tão alta? Um 13.qq coisa não chega? Também depende sempre da facilidade/dificuldade dos exames em questão…

Já agora: se não gostares da área das energias renovaveis, nao vas para ela. Não gostar da area e meio caminho andado para te andares a arrastar na universidade…
[/quote]
Pois, bem me pareceu que para a média baixar tanto nos ultimos anos por algo seria… Quanto a mecânica, não chega, na maioria das vezes está nos 15 ou mais… é assim, é algo que me atrai mas não muito realmente… estou mesmo perdido, não sei o que fazer pois tenho 2 meses para decidir a minha vida e com a limitação de estar com uma média fraquissima :hand:

É mais fácil começar pelo início: de que áreas gostas? O que gostavas de fazer? O que sonhas estar a fazer daqui a 15 anos?

Em termos de cursos superiores o que está mais a dar são as Engenharias clássicas, excepto Civil. Mas tendo em conta o teu historial com Matemática não iria muito por aí…

Tenta perceber para que cursos consegues entrar com a tua média, se não encontrares nenhuma boa opção opta por um curso profissional. É preferível do que estar a desperdiçar dinheiro e anos de vida num curso que te valerá de tanto quanto o ensino secundário.

Engenharias nas áreas de Tecnologias, tipo Informática, Redes, Electrotécnica, Mecânica, Gestão Industrial no IST tem quase tudo 100% ou 99% de empregrabilidade.

No IST e em qualquer lado. O problema é se não gosta da área. Sem gostar, vai-se andar a arrastar no curso e a gastar dinheiro sem necessidade nenhuma.

Estudei arquitectura, em 2005 parecia uma boa aposta… Hoje que sou arquitecto tenho de fugir!

O meu conselho vai para tudo o que seja informática, tecnologias de informação, etc! Está mais que certo que o futuro é digital… Se o factor económico não é problema, então avança para a universidade.

Com estudo e dedicação tens potencial, na universidade quem trabalha consegue fazer tudo a tempo e horas. (sobra tempo para as mocas e afins!!)

Mas tu é que tens de saber o que gostas de fazer.

É assim, o meu maior problema é não saber o que gosto… parece que não gosto nem desgosto de nada… estou completamente à nora… Sonhar? sonho em ser treinador de futebol, mas isso é uma utopia neste momento.
também já me disseram que as engenharias tinham boa saida, mas a matematica é assim tão complicada? (Eu sei que tenho capacidades, não para me gabar, porque sinto que tenho, já sinto é falta de bases por vezes, com esforço e trabalho será que não conseguiria?)
Outra duvida que tenho, existe assim tanta diferença em termos profissionais para um aluno que saia de um politécnico para um aluno que saia de uma “universidade”? Existe ainda muito o conceito de que "politécnico não presta? ou é uma coisa minima?

Ora ai está, o mercado de trabalho muda de um momento para o outro, mas é certo que as tecnologias serão o futuro… o curso de engenharia de redes e sistemas Informaticos é um bom curso? mesmo que tirado num politécnico?

Isso de ser politécnico ou universidade é mesmo preconceito, já vi exames da hiper-mega-ultra FEUP mais fáceis do que o “modesto” politécnico de Bragança que frequento…

Dizem que as entidades empregadoras só criam problemas é para quem é recém licenciado, porque têm a ideia errada que “nas universidades é que é/saem os melhores…”, mas com alguma experiência e com resultados apresentados eles querem lá saber se essa pessoa foi formada na FEUP ou numa universidade da Somália…

Vai para electro e tens logo emprego seja num politécnico seja numa uni xpto, conta é com longas horas de estudo…é no meu ponto de vista um curso bem interessante :wink:

Antes de me criticarem sou um orgulhoso electrão, e SPORTINGUISTA :smiley:

Não só existe diferença por parte dos empregadores como constato que existe uma diferença muito grande na qualidade dos candidatos de politécnicos vs universidade, o que faz crer que a preparação deve ser bastante diferente.

Se tiveres hipótese de escolha, não hesites: universidade (pública).

Só por curiosidade… em que te baseias para dizeres que há uma “diferença muito grande de qualidade” entre os candidatos de politécnicos vs universidades? (falando de instituições públicas).
Faço-te esta pergunta porque foste bem claro quanto à ideia que tens das pessoas formadas em politécnicos…

Sim, é bem mais complicado que no secundário. Mas não é nada impossível de fazer, desde que haja esforço da tua parte.

Mas voltamos ao início: se não gostares da área, vais acabar por te arrastar na univesidade…

Bom tópico.

Eu estou ± na mesma situação que tu, isto acerca de estar no 12ª ano e não ter medias altas, e não saber o que fazer daqui a pouco mais de 2 meses.

Estou num curso profissional de tecnologia de programação e manutenção de sistemas informáticos, o curso é bom em termos de futuro mas quando o acabar não sei se vou seguir o que estou a tirar ou não.

Eu no secundário fiz matemática sem dificuldades de maior, acabei com 15 salvo erro (de média e no exame) e na faculdade suei bastante para as fazer. Estou no IST.

Também estou a terminar o secundário, e estou em dúvida entre Economia e Engenharia Industrial :inde: