Diogo Tavares no Génova

Ex-sportinguista Diogo Tavares reforça Génova [ 2006/08/02 | 22:06 ] Irene Palma

O ponta-de-lança Diogo Tavares assinou por quatro anos com o Génova, da segunda divisão italiana.

Ao serviço do Sporting na última época, o jovem de 19 anos foi o melhor marcador do campeonato nacional de juniores.

O jogador esteve no Europeu de sub-19, que se disputou no passado mês na Polónia, marcando por duas vezes em dois jogos.

in Mais Futebol

Pronto. Está consumado.

Nada que não estivesse, infelizmente, à espera. Culpa de alguns elementos da formação do Sporting que preferiram apostar no cavalo errado.

Diogo, a melhor das sortes para ti, que tudo te corra bem e que consigas mostrar o teu valor. Penso que não será nada difícil. :arrow:

Já disse o que tinha a dizer. Podem começar a malhar no rapaz, a desejar-lhe o pior possível, incluindo lesões graves…

Só falta mesmo saber qual a quantia exacta da ninharia que o Sporting vai receber de direitos de formação do talento desperdiçado.

Continuo convencido de que a UEFA não faz o suficiente para proteger os clubes formadores. Este caso é um exemplo amargo. Apesar de tudo, boa sorte, Diogo!

Não sei se a culpa (por assim dizer) da não renovação foi mais dele ou mais do clube, mas só poderia desejar-lhe mal se enquanto cá esteve tivesse prejudicado o clube de algum modo, o que não aconteceu. Por isso, boa sorte. :arrow:

Com muita pena minha, vejo um cenário que tal como eu, o Ricardo e a Susana estariam à espera.

Tenho pena que saia do Sporting ainda para mais da maneira como sai, pois sempre me pareceu e parece-me pelas conversas que tenho com ele, um bom rapaz, humilde, dedicado e profissional.

Por isso, a melhor das sortes para o Diogo e que brilhe a grande nível em Itália. :arrow:

Acima de tudo sou do SPORTING (como todos os foristas, julgo, pois não quero de maneira nenhuma por em causa o sportinguismo de ninguém) e sou com todos os seus defeitos e virtudes. E apesar de não saber o que se passou durante a época com o dito jogador (talvez melindrado pela aposta em Tomané e não nele) o que é certo é que recebeu uma proposta de contrato profissional do clube que fez dele o que é hoje. E ele rejeitou. Por isso desejo-lhe a sorte que teve João Paiva, Paulo Costa, Filipe Candido, entre outros. :arrow:

Pois é, infelizmente aconteceu o que se previa… Tenho muita pena, muita mesmo, é um episódio que me custa a engolir uma vez que conheço bem o valor do Diogo. :? :x

Muito boa sorte Diogo, que tudo te corra sempre pelo melhor! :wink: E muito obrigada pelos bons momentos que passei graças às tuas boas assistências e bons golos que muito ajudaram o clube! =D>

Para analisar esta situação eu tinha de me pôr do lado do Diogo Tavares. Sendo eu o Sportinguista que sou, se fosse jogador de futebol o que queria era provar no campo o meu valor e não andar a pedinchar atenções de quem quer que fosse, por muito que o Tomané andasse a ser alvo de maior aposta. O Diogo Tavares pelos vistos queria mais atenção do que outra coisa qualquer. Mostrou no campo o que valia, como consequência foi-lhe oferecido um contrato profissional. Ora eu, sendo Sportinguista, aceitaria de olhos fechados um contrato profissional e uma experiência de rodagem nos escalões inferiores. Diogo Tavares mostrou ser mais apegado à atenção e ao dinheiro do que ao Sporting, e rejeitou o seu contrato e assinou com o Génoiva, com umas queixinhas de falta de atenção pelo meio. Por isso para ele cá vai toda a minha indiferença. Que vá e não volte. Até poderia ser o Maradona, que depois do que fez, não me deixa saudades nenhumas. :arrow:

Para analisar esta situação eu tinha de me pôr do lado do Diogo Tavares. Sendo eu o Sportinguista que sou, se fosse jogador de futebol o que queria era provar no campo o meu valor e não andar a pedinchar atenções de quem quer que fosse, por muito que o Tomané andasse a ser alvo de maior aposta. O Diogo Tavares pelos vistos queria mais atenção do que outra coisa qualquer. Mostrou no campo o que valia, como consequência foi-lhe oferecido um contrato profissional. Ora eu, sendo Sportinguista, aceitaria de olhos fechados um contrato profissional e uma experiência de rodagem nos escalões inferiores. Diogo Tavares mostrou ser mais apegado à atenção e ao dinheiro do que ao Sporting, e rejeitou o seu contrato e assinou com o Génoiva, com umas queixinhas de falta de atenção pelo meio. Por isso para ele cá vai toda a minha indiferença. Que vá e não volte. Até poderia ser o Maradona, que depois do que fez, não me deixa saudades nenhumas. :arrow:

aLELUIA, começava a pensar que tinha enlouquecido… :roll:

Daqui 3 ou 4 anos deve estar a jogar num campeonato competitivo como o do Chipre ou da Roménia ou então volta a Portugal para jogar num Gil Vicente ou Estrela de Amadora.

Boa sorte !! :smiley:

Eu não desejo mal ao Diogo Tavares, mas acho que ele teve uma atitude um bocado arrugante quando recusou a proposta de renovação.

Hmm,sempre esperei que ele ficasse.Fico desiludido por ele ter ido para onde foi…pensei poder continuar a acompanhar a carreira dele mas assim vai ser dificil.

Pode ser que ele de tareia a juventus e de o salto;-) hehehe

Para analisar esta situação eu tinha de me pôr do lado do Diogo Tavares. Sendo eu o Sportinguista que sou, se fosse jogador de futebol o que queria era provar no campo o meu valor e não andar a pedinchar atenções de quem quer que fosse, por muito que o Tomané andasse a ser alvo de maior aposta. O Diogo Tavares pelos vistos queria mais atenção do que outra coisa qualquer. Mostrou no campo o que valia, como consequência foi-lhe oferecido um contrato profissional. Ora eu, sendo Sportinguista, aceitaria de olhos fechados um contrato profissional e uma experiência de rodagem nos escalões inferiores. Diogo Tavares mostrou ser mais apegado à atenção e ao dinheiro do que ao Sporting, e rejeitou o seu contrato e assinou com o Génoiva, com umas queixinhas de falta de atenção pelo meio. Por isso para ele cá vai toda a minha indiferença. Que vá e não volte. Até poderia ser o Maradona, que depois do que fez, não me deixa saudades nenhumas. :arrow:

Eu ia escrever mas disseste tudinho. Só desejo que se for mesmo bom que volte!
Creio que ambas as partes (Sporting e Diogo) podiam ter feito melhor. Mas sinceramente não sei que cabeça ele tem: trocar o Sporting que lhe oferecia garantias de um lugar no plantel se após empréstimo desse nas vistas, pelo Génova que luta apra subir?..
E mais: sendo ele um jogador ainda NÃO TOTALMENTE FORMADO vai para um clube sem condições formadoras e estrangeiro? Enfim.

Há jogada de bastidor e creio que o palco vai ter o acto final lá para os lados da Luz, previsivelmente.

Ví este jogador contra o porto e contra o Boavista,era sem duvida um belo jogador,agora,se preferiu ir para outro lado quando o Sporting lhe oferecia contrato,que vá!!!No Sporting só pode jogar quem quer estar e ajudar o Sporting, preferiu outro rumo .Quem não é dos nossos é contra nós,e este…já não é dos nossos!!!

Acima de tudo sou do SPORTING (como todos os foristas, julgo, pois não quero de maneira nenhuma por em causa o sportinguismo de ninguém) e sou com todos os seus defeitos e virtudes. E apesar de não saber o que se passou durante a época com o dito jogador (talvez melindrado pela aposta em Tomané e não nele) o que é certo é que recebeu uma proposta de contrato profissional do clube que fez dele o que é hoje. E ele rejeitou. Por isso desejo-lhe a sorte que teve João Paiva, Paulo Costa, Filipe Candido, entre outros. :arrow:

É exactamente a minha opinião/desejo :!:

Acima de tudo sou do SPORTING (como todos os foristas, julgo, pois não quero de maneira nenhuma por em causa o sportinguismo de ninguém) e sou com todos os seus defeitos e virtudes. E apesar de não saber o que se passou durante a época com o dito jogador (talvez melindrado pela aposta em Tomané e não nele) o que é certo é que recebeu uma proposta de contrato profissional do clube que fez dele o que é hoje. E ele rejeitou. Por isso desejo-lhe a sorte que teve João Paiva, Paulo Costa, Filipe Candido, entre outros. :arrow:

E vão dois.

Acima de tudo sou do SPORTING (como todos os foristas, julgo, pois não quero de maneira nenhuma por em causa o sportinguismo de ninguém) e sou com todos os seus defeitos e virtudes. E apesar de não saber o que se passou durante a época com o dito jogador (talvez melindrado pela aposta em Tomané e não nele) o que é certo é que recebeu uma proposta de contrato profissional do clube que fez dele o que é hoje. E ele rejeitou. Por isso desejo-lhe a sorte que teve João Paiva, Paulo Costa, Filipe Candido, entre outros. :arrow:

E vão dois.

Três…

Quatro

Previsível. E formatado!