Depois dos 560 mil euros, 2 milhões estão em jogo - Caso Simão

Depois dos 560 mil euros resultantes da venda de Simão para o Atlético de Madrid, o Sporting pretende receber mais de dois milhões de euros pelos direitos de formação relativos à transferência do extremo do Barcelona para o Benfica.

Segundo os leões, ficou estipulado no contrato de cedência aos catalães que o Sporting teria o direito de opção sobre o jogador quando este regressasse a Portugal. Algo que o jogador, sustentam os responsáveis do clube de Alvalade, não permitiu aos verde e brancos quando voltou ao nosso país para reforçar o Benfica.

No acordo que estabeleceu com o clube da Luz, o internacional português terá remetido para os encarnados o pagamento dessa verba.

Os leões viram negada a pretensão, em primeira instância, por se ter considerado que o Tribunal Cível não tinha competência para julgar o caso, mas o Sporting recorreu, venceu na relação e agora, já por ordem do Supremo Tribunal de Justiça, o processo vai mesmo ser julgado. Será, no entanto, o Tribunal a decidir o montante, e respectivos juros, eventualmente a pagar pelo Benfica.

em Record.pt

Pegavamos nesses 2 milhões , e nos 560 mil , compravamos o Adu e emprestavamos-o ao Olivais em Moscavide, só para embirrar. ;D

Agora a sério,(ou mais ou menos lol) pegavam nesse dinheirinho juntavam uns valentes posinhos e faziam uma surpresa…iam lá para os lados da Europa de Leste que tanto gostam…a um tal de CSKA e traziam umas coisas boas para nós. Umas prendinhas :dance:

sonhar é tão bom :pray:

:victory: :victory: :victory: :victory:
eh…fartava-me de rir se o Supremo nos desse razão…começavamos já a encavar os orcs

É assim mesmo ! Dá-lhe Falancio!

Nâo sei se o Sporting vai ganhar o caso ou nâo, eu espero que sim, claro 8)

Mas fica o apontamento de que o Sporting se preocupou em defender os seus interesses aquando da venda; ridiculo que o nâo possa ter feito antes porque alguém- quem?- decidiu que o Tribunal Civil nâo o era local correcto pra o fazer até que agora, passados anos a recorrer da decisâo, é invertido e o caso vi mesmo pra frente.

É assim mesmo ! Dá-lhe Falancio!

Kirikirikirikiri

Oh Simão dá-nos mais guita
Oh Simão dá-nos mais guita
Oh Simão tu pertences à reacção!

Kirikirikirikiri

Este último acórdão do STJ ainda não deve estar disponível, mas quem quiser espreitar o da Relação de Lisboa, que explica os contornos da história desde o início, pode consultá-lo aqui.

FLL, tu que estás por dentro da Lei … consegues-nos dizer se existe boas possibilidades do Sporting conseguir em tribunal fazer valer os seus direitos e receber os tais 2M€ ou algo parecido ?

Obrigado FLL! 8)

Ao menos este dinheiro pode servir de balão, já que segundo os pasquins os ordenados de Polga e Liedson estão a ser revistos… por causa do aumento dos descontos, pois claro…

se der para isso é como Ouro…

o mais interessante (e importante) desta notícia é a constatação de que a academia/formação do Sporting tem um retorno financeiro de maior alcance do que o previsto ;D.

Basta pensar a médio, longo prazo em todas as colocações de jogadores formados no SCP e as potenciais transferências entre os tubarões.

Esta é uma das razões pelas quais eu “gosto” do Simão ;), é um caso jogador com “rendimento” a longo prazo :angel:.

Espero que ele faça um óptimo campeonato para que seja contratado pelo LA Galaxy, ou outro clube de magnatas, nós ainda viamos mais algum e o Enfique nicles :twisted:

Mesmo ganhando o caso, duvido que o Sporting veja esses tais 2 milhões nos próximos 5 anos, já sabemos como funciona a justiça em Portugal (é sempre a recorrer até às últimas instâncias).

De qualquer forma, parece-me estranha esta posição do Sporting, porque jamais iriam contratar o Simão quando ele foi para a Benfica. Nunca na vida iria o Sporting dar 12 milhões de euros por um jogador. Assim sendo, não me identifico com esta maneira de estar e, aliás, o Sporting não nos habituou a isso.

(agora fico à espera que os fanáticos do costume me chamem lampião)

Se tava no contrato que tinhamos direito de opção e se não nos foi facultada a proposta do Benfica para ver se a podiamos ou n igualar, então é uma quebra de contrato. Só temos é que fazer valer os nossos direitos.

Não percebo o que isto tem a ver com maneira de estar, só se preferes que o Sporting esteja desatento aos seus direitos. Mas isso aí, tu é que sabes…

Vai ser um bom benchmark para Soares Franco :whistle:

Exacto, ó Balakov2007. O que o kaiowa disse tem todo o sentido.
Imagina que vês um carro num stand. Chegas ao dono do stand e mostras interesse no carro, ao qual o homem te faz o preço. Fica tudo mais ou menos apalavrado para que possas adquirir o veículo. Entretanto no dia seguinte, chegas lá com os cheques para assegurares o carro e o homem diz-te “Desculpe, mas já o vendi. Houve alguém que ofereceu mais que o senhor”. Como ficarias? Fulo da vida com o gajo, e ainda por cima porque ele nem te ligou a dizer que tinha uma outra proposta ao qual até poderias igualar ou mesmo subi-la.

Aqui se passa o mesmo. Com uma agravante, existe supostamente em forma escrita que mostra este direito de opção que o Sporting tinha, mas que não foi colocado à disposição do clube para aceder ou não à respectiva clausula. Não está em causa se o Sporting tinha ou não condições para trazer o jogador (os Lampiosos também supostamente não tinham, mas acabaram por trazer o jogador). Se bem me lembro, no negócio Quaresma foi ventilado que o Sporting não activou o direito de opção, visto não ter “carcanhol” suficiente para fazer frente ao negócio do Barça com o FiêCiêPiê. É esta a diferença.
Só tenho é a dúvida se o dinheiro que o SCP pede deve ser mesmo aos Lampiosos ou a uma outra parte envolvida no negócio.

A clausula é com o Simulão, mas os lampios assumiram aquilo depois de acordo com o pequeno judas.

Se assim for, fica esclarecida a minha dúvida. Obrigado, Kaiowa.

Se é assim vão pagar e mai nada, que p*** de azia que vai ser pa esses vermelhos, e Nós :lol: :rotfl: :lol: :rotfl: :lol: :rotfl: …