De que forma devemos encarar o Benfica e o Porto?

(Em primeiro lugar, penso que não há nenhum tópico sobre este tema. Se já existir ou se o tiver colocado no sítio errado, peço que o apaguem ou que o coloquem no local devido. Obrigado.)

Abro este tópico porque ultimamente tenho pensado acerca do ódio desmedido que a maioria dos sportinguistas sente em relação ao Benfica, por oposição a um sentimento de «mal menor» - e às vezes até de aliado - em relação ao FC Porto.

Sendo Sporting e Benfica dois clubes da mesma cidade, é natural e até saudável que exista rivalidade, e esta verifica-se desde sempre. No entanto, actualmente o comportamento do «sportinguista-tipo» é o desejo de que tudo corra mal ao Benfica, mesmo que para isso seja o Porto a coleccionar troféus.

Antes de avançar queria fazer uma ressalva: detesto o Benfica. Detesto-os nem mais nem menos do que qualquer benfiquista detesta o Sporting ou o Porto (pelo que aquela conversa megalómana do anti-benfiquismo ser o segundo maior clube em Portugal, que eles gostavam que fosse verdade, não tem qualquer cabimento), e nutro o mesmo sentimento pelo Porto. Portanto, o objectivo deste tópico não é «proteger o Benfica», «minimizar os enxovalhos que eles nos fazem quando as coisas nos correm mal» nem é feito por «um miúdo que não tem memória dos roubos do SLB ao SCP». Aliás, não há dúvida que o Benfica já me provocou mais mal-estar do que o Porto e eu próprio, enquanto lisboeta, dou por mim a preferir o Porto ao Benfica. Porque, das raras vezes em que os lampiões conquistam alguma coisa, a bazófia e a perda da noção da realidade atingem dimensões insuportáveis. Mas, independentemente disto, o branqueamento e até o apoio que muitos de nós dão ao Porto (muitas vezes festejando e gozando com os lampiões como se fossem vitórias nossas) pode ser o sintoma de algo mais grave. O meu objectivo é, portanto, fazer ver a quem ler este tópico que o ódio primário ao Benfica pode ser, em parte, um dos aspectos que tem afastado o Sporting dos títulos.

Como todos sabem, até há relativamente pouco tempo Sporting e Benfica detinham a hegemonia do futebol português a nível de títulos. Como também aqui ninguém consegue deixar de pensar, nos últimos anos o Sporting tem ficado para trás e - não há volta a dar - foi substituído pelo Porto, que actualmente rivaliza com o Benfica (e até o supera) na luta pelos maiores sucessos desportivos. A mensagem que quero passar é que nós, sportinguistas, podemos ter sido vítimas de um estratagema (este, curiosamente, não tem nada de ilegal…) montado pelo Porto a partir dos anos 80, que quis pôr Sporting e Benfica um contra o outro, fazendo com que os dois se enfraquecessem mutuamente e dessem lugar a uma nova força dominante que, de outra forma, não se conseguiria impor.

Claro que a rivalidade entre SCP e SLB sempre existiu e existirá, mas o vídeo que coloquei de seguida mostra uma situação impossível de se verificar nos dias de hoje (atenção que alguns podem não gostar). Passa-se na Final da Taça de Portugal de 1980:

[youtube=425,350]http://www.youtube.com/watch?v=tBYKStPswM4[/youtube]

Claro que eu não defendo que os sportinguistas vão ao estádio apoiar o Benfica (aliás, nem sei como é que isto aconteceu), nem mesmo sendo contra o Porto. Mas, de qualquer forma, fica o testemunho de como as coisas eram diferentes pouco tempo antes de Pinto da Costa ser eleito (?) presidente do FC Porto.

De seguida, o antropólogo Daniel Seabra mostra (5 mins 35 segs) o complexo de inferioridade e o ressabiamento que Pinto da Costa e José Maria Pedroto incutiram nos adeptos do FC Porto, estabelecendo o clube como bandeira regional e acirrando o conflito Norte/Sul (não deixa de ser curioso o facto de o tal antropólogo declamar alegremente e de memória os dizeres do cachecol de elevadíssimo nível dos Super Dragões, mas adiante). Esta rivalidade serviu para, nas suas palavras, «gerar uma coesão interna no clube porque, criando inimigos externos consegue-se maior coesão interna»:

Pinto da Costa - Parte 1/6

Por último, a opinião do jornalista Marinho Neves, que investigou o célebre caso dos «quinhentinhos» que envolvia Reinaldo Teles. Marinho Neves dá-nos conta da estratégia do FC Porto de Pinto da Costa e Pedroto (3 mins 45 segs): «os dois clubes de Lisboa são muito poderosos e juntos chegam para combater o FC Porto, portanto a estratégia era dividi-los e juntar-se ora a um ora a outro»:

Pinto da Costa - Parte 3/6

Antes de terminar quero dizer que não há amizades no futebol, portanto não estou a defender que para nos tornarmos os melhores amigos dos lampiões, até porque convém não esquecer todas as vezes que já saímos gravemente prejudicados à conta deles. Mas eu, pessoalmente, já veria com bons olhos uma espécie de «pacto de não-agressão» entre SCP e SLB (desde que fosse a sério e respeitado pelos dois clubes) para tentar pôr o Porto no lugar subalterno que sempre foi deles. Fico triste quando vejo sportinguistas a festejar vitórias do Porto só para o Benfica não ganhar, porque quem acaba por perder mais com o crescimento deles somos nós. Portanto, e para finalizar, seria bom que todos nos interrogassemos acerca do tipo de atitude devemos adoptar perante Benfica e Porto. Não sei ao certo qual será a melhor hipótese, mas creio que deve haver melhores alternativas do que a mera subserviência a um clube que, através de manobras ilegais e da criação do tal «sistema», conseguiu ganhar inúmeros campeonatos seguidos e relegar-nos para segundo plano.

Numa palavra

NULAS

Lol, a minha pergunta é mais no sentido de saber de que forma é que devemos encarar o benfica e o porto. Vou mudar o título.

Guerra aberta, contra os dois, chega de relações que só nos prejudicaram, para sermos campeões temos de enfrentar esses dois clubes nojentos.

Devemos encarar o Benfica e o Porto por aquilo que são: nossos rivais e clubes corruptos.

Devemos encará-los com cinismo e sempre prontos para os f*der :twisted:

Como? De igual forma: como rivais e adversários. Sem pactos, sem junções, sem nada!

Não vamos também cair no erro de transformar a rivalidade numa autêntica luta e guerra irracional e selvagem, como agora esses parvos do porto e benfica andam a fazer, porque isso além de ir contra os valores do Sporting não é bom para ninguém.

Mas não podemos continuar a ser anjinhos e andar a querer que o porto ganhe ao benfica por exemplo, ou vice-versa, só em casos que o Sporting possa sair beneficiado! Sempre pelo Sporting e nunca só porque queremos ver algum dos rivais na fossa.
Para a fossa têm que ir os dois, porto e benfica.

E por isso mesmo, não é por acaso que tenho isto na minha assinatura mais em baixo: “És um grande Leão e anti-benfica… e anti-porto és ? Senão és, está na altura de abrires os olhos e começares a ser! Contra a estupidez e corrupção no futebol!”

Encara-los como alvos a abater.

Nos últimos 35 anos os porcos corruptos roubaram até dizer chega, foram eles quem nos relegou para segundo plano.

Raramente o benfas conseguiu alguma coisa, não anda muito longe de nós a nível de falhanços.

Quem tem ferido de morte o desporto Português são os Porcos Corruptos, o benfas nós rimo-nos deles, mas no fundo são uns pobres coitados como nós.

O Sporting Somos Nós, como tal temos que fazer jus ao nosso grande nome e não dar o mínimo interesse a vitórias ou derrotas de qualquer um dos dois, para com isso tentar esconder o nosso insucesso, temos é que lutar para sermos melhores que os porcos corruptos pois os outros estão de rastos como nós e ainda mais endividados, o tempo da outra senhora já terminou há imenso tempo para o benfas.

Ambos como rivais, mas atacá-los a época toda.

1º condenar promiscuidade nos empréstimos de jogadores a equipas da mesma Liga.

2º anotar todos os erros de arbitragem em jogos destes e denunciá-los na CS, jornada após jornada.

Temos de mostrar a toda a gente que estamos contra a corrupção e contra quem beneficia da mesma.

Se bem que devam ser tratados ambos de igual forma (abaixo de cão, leia-se), defendo que é sobre o FCP que deve estar concentrado o nosso ódio.
Eu cresci a ver o FCP roubar e ganhar e sempre foi o meu ódio de estimação.

Devemos tê-los por perto fazendo jus ao ditado!

Temos é que ser inteligentes e é isso que tem faltado ao Sporting! :idea:

Comentei sobre o meu querer do total afastamento desses dois clubes, embora pense que o nosso adversário maior são os porcos corruptos são eles quem nos rouba há 35 anos.

Esqueci-me de referir que tiveste uma excelente ideia com este tópico, pois é de pessoas como tu que não diferenciem Porto do Benfica que necessitamos, uma vez que ambos são nossos adversários e não podemos continuar como até aqui a bajular um deles no caso os Porcos Corruptos.

Alguns de nós odeiam o Benfica, mas LAMBEM AS BOTAS a toda a hora ao Porto, isso não pode acontecer e enquanto acontecer jamais venceremos seja o que for.

O Sporting Somos Nós, não quero alianças, mas mais depressa me aliaria ao benfas só para destruir estes corruptos.

Era disto que o BIMBO DA BOSTA precisava tal como eles pensaram!

«os dois clubes de Lisboa são muito poderosos e juntos chegam para combater o FC Porto, portanto a estratégia era dividi-los e juntar-se ora a um ora a outro»:

Tendo eu nascido em 96 e vivido e um mar de roubalheiras e só ter assistido quase a vitórias dos porcos é obvio o meu sentimento por eles!!!

:arrow: :arrow: :arrow:

Subscrevo inteiramente.

Sou sincero, sempre me considerei um anti-lampião primário mas, nos últimos tempos, estou a tornar-me também anti-porcão primário.

Nada de alianças com esses gajos. O Sporting CP tem que ser Grande por si só, não precisa em nada de se aliar com essas colectividades abjectas.

Como qualquer outro adversário, devemos encará-los para os vencer. Não estender passadeiras, não fazer acordos e panelinhas que acabam sempre por ser lesivos ao Sporting, e sim competir para ser melhores, para ganhar, mesmo que tenha de ser, como é hábito, contra tudo e contra todos.

Porque o SPORTING SOMOS NÓS!!!

Uma coisa que me irrita muitas vezes, é a nossa mania de andarmos sempre preocupados com o benfica, o nosso rival é o porto. O porto é o alvo a abater, eles é que ganham.

Apesar de se formos a ver bem estamos na situação em que o porto estava no início dos anos 80, por isso é repetir a estratégia.

Neste momento o nosso rival é o porto, mas não nos podemos esquecer da nossa alergia aos lampiões…

Não os encaramos. Olhamos para eles pelo retrovisor.

O que eu quero é que o SCP faça o seu trabalho e entre no caminho para o qual foi fundado. Ser o Maior.

Ganhando títulos :inde: