Dário Essugo

Mereceu a expulsão e tem de ser perdoável para quem defende a aposta nos miúdos.

Mas devemos ficar atentos se este critério se mantém.

é… como o do Dani Bragança no Santa Clara.
connosco, nunca falham os critérios objetivos. com os rivais é que está quieto!

2 Curtiram

Epá, se leres o meus posts vês bem o que eu penso que lhe estão a fazer.

Mas ontem era vermelho.

não digo que não, mas já caguei no políticamente correto… esta é daquelas expulsões que só nos acontecem a nós. nunca aos rivais.

E a do Florentino surpreendeu-te?

Pois…

Já estás como os benfiquistas? Desculpam-se sempre com o que acontece com os outros. «E o outro não vistes?»

Minha análise: Dois lances para vermelho. Não me surpreende o arbitro é o João Pinheiro… Se trocassemos de arbitro acontecia exactamente o mesmo: Vermelho para o Essugo e Amarelo para o Florinhas.

1 Curtiu

É mais ao contrário. Eu não me desculpo com nada, para mim não foi cartão vermelho nenhum.

O rapaz vai apoiar o pé no chão e o jogador que está atrás dele põe a perna e é pisado

Isto foi o que eu vi
Não há intenção absolutamente nenhuma intenção nem gesto deliberado

1 Curtiu

Não há intenção. Mas há uma entrada feia.
Dura.

Muitas mãos também não há intenção, mas aconteceu, é falta.

Aqui, não há nada que possa desculpar a entrada. O outro meteu o pé por baixo, levou. Mas a gata não deixa de ser feita pelo Essugo.

Acho que o Florentino é bem amarelado. É impetuoso mas pisa o pé, não vai de píton á canela como o Essugo, as regras são taxativas nesta questão.

1 Curtiu

Entra de pitons à frente e atinge o adversário, vermelho nos 2 casos

1 Curtiu

São dores de crescimento que fazem parte. Tem um potencial gigante e um mundo pela frente.

Há que continuar a trabalhar e voltará a ter oportunidades.

Mas também é preciso que jogue regularmente na B porque os minutos que soma lá têm ajudado à sua evolução.

1 Curtiu

Nunca afirmei que é gesto deliberado. Não é preciso para ser vermelho, entra negligentemente falha o que queria fazer e atinge o outro de uma forma que pelas leis é vermelho.

Apenas não vês é os arbitros a mostrarem vermelho em todos os lances iguais. Foi o caso do Florinhas,

O busílis da questão não passa por o lance do Essugo ser vermelho ou não, acho que toda a gente concorda que é vermelho.

O problema aqui é a dualidade de critérios, há uma tendência para aplicar a lei à letra/implacável quando diz respeito ao Sporting e aplicar de uma forma facultativa quando diz respeito aos outros e isso é reflectido nas estatísticas especialmente no rácio faltas e números de amarelos e vermelhos.

Isto pode nem parecer muito importante, mas limita muito uma equipa durante o jogo, porque temos que refrear o ímpeto ao máximo e os nossos oponentes sabem que podem entrar com menos receio porque sabem que a probabilidade de serem sancionados é mínima. Logo a probabilidade de ganhar as divididas e por conseguinte controlar o jogo é muito maior.

É incrível como esta direcção deixa este assunto passar, sem pôr pressão na arbitragem para aplicar a lei de forma mais uniforme.

Onde eu acho q eles deviam pegar n é tanto no vermelho ao Dário, q foi correto.

Onde eles precisam mesmo de pegar é fazer um comparativo dos cartões amarelos recebidos desde 2020 para cá e tenho a certeza q estamos numa situação bem pior do q os outros 2 suspeitos do costume, o Porto então tenho mesmo a certeza q são menos penalizados.

Mas isso tem de ser feito de uma forma séria e n colocar o Miguel Braga a falar para meia dúzia de velhos na Sporting TV na segunda-feira de noite ou meter qualquer coisa no Twitter em q vão lá os bots do Benfica e Porto falar no Cashball.

A realidade é q desde q o totó do Fred falou q a arbitragem estava muito melhor o filme q se vê é este.

Mas o Dário foi bem expulso, nada a dizer aí.

Como é que me esqueci do Falcão, na minha lista de melhores de sempre?! :expressionless:
Curioso que tenhas falado entre movimentação com e sem bola. Porque Beckenbauer e Passarela faziam muito isso, sem bola jogavam atrás da defesa e quando ganhavam a posse subiam e coordenavam o meio campo. Sammer também fazia isso no final de carreira, mas com um raio de ação mais limitado.

1 Curtiu

Lesionado 1 mês

Já se percebe o porque de não ter ido para o banco na luz.

Mas… não fazia sentido isto já ter saído cá para fora???

E o Diogo Abreu? Lesionado?

mais um lesionado. ninguém do departamento médico ou preparador físico despedido.

1 Curtiu

Neste momento é o único, creio, além do Bragança (não sei como está o Paulinho).

Um “médico” e ex-preparador físico não pode mandar embora colegas escolhidos por ele… Que sinal estaria ele a dar a fazer isso? :smirk:

1 Curtiu