Couceiro culpa a mudança de governo nos castigos

Mudança de Governo pode ter interferido nos castigos dos jogadores do FC Porto, segundo Couceiro

José Couceiro, técnico do FC Porto, deixou hoje no ar a possibilidade de haver ligações entre a mudança de Governo e a alegada «rigidez» em punir dois jogadores do clube que após a partida com a U. Leiria chegaram cinco minutos atrasados ao controlo anti-doping.

Na conferência de Imprensa de hoje que decorreu depois da sessão de trabalho no Olival, Couceiro proferiu declarações polémicas, ao defender Pedro Emanuel e Raul Meireles que não foram directamente para a sala de controlo anti-doping, tendo passado primeiro pelo balneário.

«Se estamos a falar de cinco minutos entre os jogadores abandonarem o campo e entrarem na sala do controlo anti-doping, é preciso haver alguma seriedade em abordar estas questões. Agora se há aqui uma outra componente, política, devido à mudança do Governo isso já é diferente», disse Couceiro, sem explicar de forma mais aprofundada o seu discurso.

in abola

Tão sensato que ele era !!! realmente aquele clube transforma as pessoa, agora a culpa é de um governo que ainda não existe, ou estará a culpar um governo que já não existe :?

Isto realmente é de loucos, é a nossa “super liga”.

cumps,
VCoelho

Para teoria da conspiração, não está mal… Couceiro é um génio. :? Ele bem tenta imitar Mourinho até à exaustão. Agora é a táctica de arranjar pressões imaginárias no exterior, como modo de congregar as forças internas.

Eu disse logo que este Couceiro mal chegasse ao Porto ia-se tornar no que se está a tornar.
enfim.

Para teoria da conspiração, não está mal... Couceiro é um génio. Confused Ele bem tenta imitar Mourinho até à exaustão. Agora é a táctica de arranjar pressões imaginárias no exterior, como modo de congregar as forças internas.

É que essas declarações parecem um skecht retirado do gato fedorento ou do Herman, depois dele dizer aquilo é de ficar … :shock: quê!?

quase que dá vontade de responder, “pois … nós é mais bolos”.

cumps,
VCoelho

São realmente declarações, no mínimo, insensatas mas que provam o real estado do porco actual, de regresso ao porco ´"nós contra o resto do mundo", quem lhes der conversa está a contribuir para a estratégia mas também não podem dizer o que lhes dá na real gana e parece-me que desta vez passaram do limite razoável! :?

Fiquei parvo com estas declarações!

Coitadito… É um falhado e um triste… Paz à sua alma no fim da época.

Nunca a expressão “fotocópia mal tirada” foi tão bem empregue como na relação Couceiro-Mourinho.

O mesmo tipo de jogos mentais, só que previsíveis e vulgares; o mesmo tipo de tiradas polémicas, só que sem fulgor nem imaginação; o mesmo tipo de discurso ambicioso, só que postiço e pouco convicto. E a maior das diferenças: uma equipa que não joga nada.

Apesar dos seus defeitos, mil vezes o Zé Coveiro a dizer que era o melhor aluno da turma…

O Porto atraves do seu Presidente PdC tenta desesperadamente de formatar todos os treinadores a imagem do ilustre Mourinho. Nesta tentativa ja queimou 2 treinadores e o 3 ja comecou a sua lenta caminhada para o abismo…patetico!

Nunca a expressão "fotocópia mal tirada" foi tão bem empregue como na relação Couceiro-Mourinho.

O mesmo tipo de jogos mentais, só que previsíveis e vulgares; o mesmo tipo de tiradas polémicas, só que sem fulgor nem imaginação; o mesmo tipo de discurso ambicioso, só que postiço e pouco convicto. E a maior das diferenças: uma equipa que não joga nada.

Apesar dos seus defeitos, mil vezes o Zé Coveiro a dizer que era o melhor aluno da turma…

Ditto.
Realmente que declarações mais parvitas e sem nexo. Mas vindo de quem vem… :roll: :shock:

Ontem ouvi as declarações de Couceiro e retirando a parte da teoria de conspiração governamental que sinceramente não percebi acho que ele tem razão em alguns paradoxos que enuncia…

Se de facto os jogadores demoraram 5 minutos a chegar é um exagero toda esta situação, sobretudo pq como ele diz e bem, um jogador substituído ou expulso a meio do jogo só é obrigado a ir ao controlo no final, podendo muito bem ir para o balneário sem qualquer controle, dando ele o exemplo de Jorge Costa, expulso no jogo em Setúbal quando Couceiro ainda comandava a equipa do Sado, e que no final do jogo foi chamado ao controle anti-doping.

Os regulamentos são ridículos se de facto as coisas se passam assim, e tenho a certeza que são vários os jogos onde os jogadores demoram 5 minutos entre o final do jogo e o controlo anti-doping… talvez areia para os olhos do novo apito vermelho, o novo sistema que ainda ontem actuou na luz.

A questão não são os 5 minutos ou 10 minutos …

A questão aqui, é que os jogadores devem sair do relvado directos para o controlo anti-dopping e não para um local qualquer e só depois lá irem!

Estão a pegar nos 5 minutos … mas o importante é que eles foram passear a algum lado antes de fazerem o que devia ser feito!

Se deixam passar este caso impune, criam um grave precedente, no futuro qualquer um aparece meia hora depois e diz que foi só trocar a camisola mas que a conversa estava animada e ficaram mais um pouco.

A questão não são os 5 minutos ou 10 minutos ...

A questão aqui, é que os jogadores devem sair do relvado directos para o controlo anti-dopping e não para um local qualquer e só depois lá irem!

Estão a pegar nos 5 minutos … mas o importante é que eles foram passear a algum lado antes de fazerem o que devia ser feito!

Obviamente que é isso mesmo Avantix, o problema aqui não são os 5 minutos ou 10, isso é irrelevante, o problema é que os jogadores devem ir directos para o controlo e os do porco não foram, foram ao balneário e depois é que foram aos controlo, isto vai contra os regulamentos e portanto tem que haver punição! :arrow:

Eu vejo duas coisas ridículas: as declarações políticas de Couceiro, e a Liga enquanto entidade reguladora do futebol. É o que temos…

A.A.

Estes tipos tavam habituado a serem favorecidos politicamente (camara de porto e gaia) e pela liga de futebol portuguesa…veio o apito dourado e sofreram um grande abanao, quer queiram quer nao o fcporto depois da operação apito dourdo nunca mais foi o mesmo.

A questão não são os 5 minutos ou 10 minutos ...

A questão aqui, é que os jogadores devem sair do relvado directos para o controlo anti-dopping e não para um local qualquer e só depois lá irem!

Estão a pegar nos 5 minutos … mas o importante é que eles foram passear a algum lado antes de fazerem o que devia ser feito!

Obviamente que é isso mesmo Avantix, o problema aqui não são os 5 minutos ou 10, isso é irrelevante, o problema é que os jogadores devem ir directos para o controlo e os do porco não foram, foram ao balneário e depois é que foram aos controlo, isto vai contra os regulamentos e portanto tem que haver punição! :arrow:

Tirando a questão patética da ingerência governamental, eu acho toda esta história muito estranha. Foram logo os 4 jogadores, dos 2 clubes, no mesmo jogo? Não vos parece estranho que assim tivesse sido? Eu acho que aquilo do antidoping é um bocado palhaçada e que deve haver dezenas de casos desses e que só nesse jogo em particular se lembram de que os jogadores não foram directos para a recolha do xixi?

A tal falha, ou é grave e portanto os jogadores NUNCA a cometem, ou então é tão ligeira que TODOS o fazem. No 1º caso, é estranho apesar da gravidade haver logo 4 jogadores que o fazem; no 2º caso é estranho o CNAD só se eriçar neste jogo em particular…

Pois eu olho para o calendário e vejo que o Leiria joga com os orcs dentro de 1 mês…vamos aguardar para ver se os castigos, por obra do acaso, surgem nessa altura…

Concordo que as regras sejam para cumprir, mas não deixo de estranhar esta perseguição ao Porco quando comparamos com os critérios utilizados para outros. Acho que o momento é decisivo e todas as medidas serão utilizadas para beneficiar os orcs.

Receio que o jogo de domingo com o Belém venha a provar isso mesmo, principalmente após a mudança repentina de árbitro. (Foi nomeado em substituição o Duarte Gomes)

Concordo que as regras sejam para cumprir, mas não deixo de estranhar esta perseguição ao Porco quando comparamos com os critérios utilizados para outros. Acho que o momento é decisivo e todas as medidas serão utilizadas para beneficiar os orcs.

Receio que o jogo de domingo com o Belém venha a provar isso mesmo, principalmente após a mudança repentina de árbitro. (Foi nomeado em substituição o Duarte Gomes)

É exactamente isso o que eu penso. De repente as leis passaram todas a cumprir-se mas tão depressa como surgiu o zelo, assim irá desaparecer.

Isto lembra-me algumas épocas em que o Sporting era sempre a cobaia para as novas leis da arbitragem, quando começava a época. Foi assim que num jogo em que estávamos a dar show de bola nas Antas, e a vencer 1-0, no 1º jogo da época (algures em 1997 ou 98), nos expulsaram o Amunike por uma falta a meio campo. Desculpa? “Ah, são as novas regras, faltas por trás dão vermelhos directo…”(perdemos 1-2 nesse jogo e a falta não foi por trás mas de lado).

Concordo que as regras sejam para cumprir, mas não deixo de estranhar esta perseguição ao Porco quando comparamos com os critérios utilizados para outros. Acho que o momento é decisivo e todas as medidas serão utilizadas para beneficiar os orcs.

Receio que o jogo de domingo com o Belém venha a provar isso mesmo, principalmente após a mudança repentina de árbitro. (Foi nomeado em substituição o Duarte Gomes)

O árbitro originalmente designado lesiounou-se na 4ª, pelo que tinha mesmo de ser substituído. Quais eram os disponíveis? Dentro destes, Duarte Gomes é assim tão mau?