Coronavírus (SARS-CoV-2) - O perfil do doente com COVID-19 e até onde a epidemia pode chegar

Vamos ter mais três meses de máscara obrigatória na rua…

O nosso governo é das coisas mais ridículas de sempre.

Os laboratórios é que se ficam a rir com esta palhaçada :laughing:

2 Likes

Não é uma falsa dicotomia. E nem usei o exemplo da Suécia pela perfeição ou falta dela, mas sim por ser dos poucos países com condições sócio-económicas e de estruturação da sociedade minimamente aproximadas que podemos usar como “controlo” dos outros que seguiram quase todos o caminho de lockdowns a toda a hora.

Podia ser a Suécia como podia ser outro qualquer, desde que num período comparável com o mesmo nível de vacinação, com um sistema de saúde aproximado, com uma organização da sociedade aproximada, com um nível de imunização a covid aproximado, com uma implantação local de covid aproximada, com uma posição geográfica aproximada, com um fluxo de entradas e saídas civis e comerciais aproximado, tivesse uma estratégia quase diametralmente oposta à de outro. Aliás, defini isso mesmo num post no início de Março antes sequer de saber o resultado do que ia dar.

Pra mim, o que é mais notório é a falta de substância para meter populações inteiras de milhões de pessoas saudáveis em lockdowns prolongados. (e no entanto é usado como se fosse uma coisa assim qualquer, que é giro fazer porque sim)

Consegues afirmar que os lockdowns ajudaram muito? Não consegues. Consegues afirmar que as vacinas ajudaram muito? Consegues, tens não apenas dados experimentais como do mundo real. Queres ver um? Aqui está:

Casos na Suécia desde 1 de Setembro por 100k habitantes (média de 7 dias):

Mortalidade média por 100k habitantes no mesmo período:

A não ser que na Suécia tivessem descoberto o chazinho mágico, a conclusão é óbvia: a vacinação fez um corte radical na mortalidade associada a covid.

2 Likes

O germano de Sousa tambem tem contas para pagar coitado

Sem duvida,assim como aqui no UK e em Portugal,apesar dos numeros de casos ainda ser altos as hospitalizações e mortalidade não tem nada a ver com o que via a meses atras sem a vacina. Aqui ainda hoje um dos chefes do SNS Inglês veio afirmar que a vacina ja quebrou a corrente entre hospitalizações e mortes com esta nova vaga associada á variante Indiana e porque? Porque a vasta maioria da população vulnuravel ja tem 2 doses dadas e os casos novos são na sua grande maioria na população jovem que sofre menos com o covid e que ainda não esta vacinada.

Olhando agora para a reportagem da TVI na Hungria, como é a situação lá? Parece que não existe covid. (Tbm foi engraçado ver o jornaleiro da TVI em Roma a dizer que a máscara era obrigatória com o nariz totalmente de fora fkn ridoculous)

1 Like

E quem foi vacinado, tb faz teste?

Ao bilhete do cinema acresce o custo do teste. Ao bilhete da bola idem
E ao bilhete de metro… quem sabe. E mais uma moedinha para o teste no continente-pingo doce
E em vez de subsídio de almoço, as empresas passam a pagar o subsídio de cotonete.

Com um pouco de sorte, é fazer um teste no metro, depois outro no trabalho, mais um na roulote, outro na bola, mais um no wc da bola, em nova viagem de metro…

Vamos passar a viver de máscara na boca e com cotonete dentro do nariz
É com cada ideia

4 Likes

E já estás com sorte se não mandarem fazer o teste á chinesa … :wink::face_with_hand_over_mouth::rofl::rofl::sunglasses:

Até que ponto te podem obrigar a fazer um teste covid para ires trabalhar?
Parece-me claramente ilegal, mas não sou o maior entendido em lei…

Esta nova palhaçada dos testes é completamente ridícula.
Mas para o governo é perfeito.

Alimentam o lobby enquanto:
a) quem já estava insatisfeito vai ficar ainda mais, ou seja, na prática nada muda.
b) agradam à população mais conservadora em relação ao covid que já estava a tremer por todos os cantos com o levantar das restrições.

Tenho genuinamente vergonha de viver num país em que estes tipos fazem o que lhes der na cabeça e continuam a subir em sondagens consecutivamente.

Olha outro Pais a mandar as mascaras dar uma volta na maioria das ocasioes!!

Dinamarca abandona uso de máscaras e vai permitir mais adeptos em jogos do Euro

A Dinamarca vai permitir a não utilização de máscaras e também que os jogos do Euro realizados em Copenhaga tenham mais público, anunciou o Governo dinamarquês esta quinta-feira.

O país evitou uma terceira vaga de covid-19 com medidas de isolamento introduzidas no final de Dezembro e tem estado a reabrir gradualmente, à medida que as infecções descem. As máscaras deixarão de ser obrigatórias a partir de 14 de Junho, excepto para passageiros em pé transportes públicos.

Com o novo acordo, os jogos do campeonato europeu de futebol realizados em Copenhaga poderão ter 25 mil pessoas nas bancadas, em vez de 16 mil. No entanto, a federação dinamarquesa disse ainda não estar preparada para aumentar a lotação no primeiro jogo, já este sábado.

Ontem disseram nas TV houve cerca de 900 novos casos infecção. Maioria zona Lisboa e vale do Tejo.

Hj já ouvi vários a dizer " pois, a culpa é dessa malta nova andou nos festejos do Sporting…" 🤦🤦🤦🤦

Gente burra que nem uma porta, comem toda a merda lhes metem a frente fdx… 🤦

1 Like

Mais um cientista que nao sabe o que é ciência. Como este há aos montes

Hoje 910 casos la vao culpar o Sporting outra vez claro esta…

3 Likes

Claro. Só burros a comerem palha neste país

1 Like

Está na altura de chamarem o salvador Varandas para o hospital … :sunglasses::sunglasses::sunglasses::face_with_hand_over_mouth::wink::wink::rofl::rofl::rofl::yum: