Coronavírus (SARS-CoV-2) - O perfil do doente com COVID-19 e até onde a epidemia pode chegar

E não se passa, mas agora vamos passar a vida confinados? Mas voces têm noção de como as coisas estão?

O que Portugal fez agora, era o que deveria ter feito mal a pandemia cá aterrou, e mal começou a coisa a descontrolar depois do Natal.

Aliás sou mesmo Apologista de se fazer Quarentena obrigatória Nacional de 15 dias de 6 em 6 meses.

É o que eu digo, quem fala de cu cheio não têm problemas em pedir mais confinamentos…

Tenho a perfeita noção de como as coisas estão e não, não quero que passemos a vida confinados. Acho muito bem que se reabra a economia. E sim, passa-se, e sim as escolas podem ser focos de infecção ao contrário do que o Costa sempre afirmou. Toda a gente quer liberdade e um regresso à normalidade. Ninguém está a defender o confinamento total e fecho das escolas. Sinceramente acho que não voltaremos aos números de Janeiro, não só porque muita gente já teve contacto com o vírus e terá adquirido alguma imunidade como também por causa do programa de vacinação.

Dizes que ninguém defende o confinamento total, quando o artolas a cima disse o que disse …

Quanto às escolas, não há muito que se possa fazer, se os miúdos não forem para a escola, os país não podem ir trabalhar. Há que fazer mais testes nas escolas para controlar as situações lá.

Na minha opinião assim que vacinarem a População deixa de ter sentido qualquer restrição seja ele confinamento distanciamento social etc,sim a vacina pode não ser 100 por cento eficaz mas todas ou quase todas as vacinas são assim,quase de certeza que vai ser preciso dar a vacina uma vez por ano com modificações na formula da mesma para acompanhar a mutuações do virus,vai ser mais uma doença que temos que viver com ela mas temos que continuar com a vida para a frente.

As escolas podem ser focos de infecção, mas é pouco frequente. “47 surtos” e depois dizem que a taxa de positividade é de 0,1%. Ora, isso não é nada. Dá 520 casos num universo de 500 mil crianças em 2 semanas, o que é praticamente nada.

O mais provável é essas crianças terem sido infectadas na família… e depois vão para a escola e detectam-lhes a infeccao.

Alguém registou quantos surtos ocorreram nos adultos das famílias dessas crianças? Se calhar acabava-se logo a ideia de que foram as escolas a provocar os surtos.

1 Like

Foi exatamente essa a mentalidade de não se querer atuar a tempo que levou a esta situação neste país. Sempre a andar atrás do prejuízo, e a alastrar a hemorragia. O descalabro social e financeiro está à mostra.

E não, não é o confinamento que provocou esta situação … foi mesmo o posto, o alastramento da doença. Duvido é que um ‘‘artolas’’ como tenha sequer meio neurónio para o perceber. Só falta pegar na expressao do Bolsonaro:

‘‘Portugau num podi pará!’’

O pessoal fala de surtos como se fosse sempre uma alarvidade de casos.

Sabem que há surtos de dois e três casos, apenas?

1 Like
1 Like

Alguém me sabe informar quando é que os parques infantis reabrem??

Aqui para os meus lados, já abriram

1 Like

Os de rua? Aqui bem tentam meter os fitas a vedar, mas no dia seguinte já está tudo arrancado

1 Like

Na minha opinião, a Europa deve fazer os possíveis para ter boas relações com a Rússia e afastar-se desta guerra fria dos USA contra a China.

Ainda hoje aqui na minha terra vi miúdos a andarem de baloiço e a jogarem à bola num ringue.

Sim, aqui na minha zona tinham respeitado as fitas de segurança.
Estavam sempre vazios

Os fenomenos de apoio cego aos confinamentos e algo que sociologicamente me deixa sempre fascinado. E incrivel como as pessoas em Portugal entregam de mao beijada a sua liberdade, acriticamente e sem contestacao. Com um numero basal de casos, a caminharmos para o Verao e com a vacinacao a decorrer e ainda existe gente que consegue ser contra a abertura das escolas.

Isto e realmente fascinante… para nao lhe chamar outra coisa.

5 Likes

Aqui na minha zona fecharam aqueles ringues abertos ao público. Então os putos puseram pedras na rua para fazer balizas e jogavam ao lado. Muito bom! Fez-me lembrar os bons velhos tempos. :rofl:

2 Likes

A decisão dessa parte ficou entregue às autarquias se não estou em erro.
Aqui o parque (que é enorme) nunca fechou mas a parte onde os putos brincam esteve e continua fechada.
Assim como o ginásio ao ar livre que lá está.

1 Like

Está tudo maluco, diria eu.

Em França, quem levou a 1ª dose com a AstraZeneca deve ir levar a 2ª dose com uma das vacinas de mRNA. Vacinas com abordagens diferentes, ensaios clínicos para ver eficácia/compatibilidade zero. Tudo para correr bem…