Coronavírus (SARS-CoV-2) - O perfil do doente com COVID-19 e até onde a epidemia pode chegar

Aqui na Alemanha já fecharam…

E em relação as escolas a Merkel já mudou de opinião ou ainda diz que as escolas são seguras?

Notícias da vacina da AstraZeneca/Oxford, 70% de eficácia:

Nada indica que as escolas nao sejam seguras. Os alunos usam máscara e tem de abrir as janelas durante algum tempo para a corrente de ar dar cabo do perigo :slight_smile:

1 Like

Da vacina de Oxford então parece que vão avançar para o regime de meia dose seguido de uma dose ao fim de 4 semanas o que segundo os testes tem uma eficacia de 90% outra vez boas noticias no campo das vacinas.

1 Like

E como é que se organizam? É muito fácil julgarmos as pessoas sem conhecermos as suas rotinas\vidas\obrigações.

Vou-te dar um exemplo, para evitar confusões fui sexta feira ao pingo doce, pelas 17h30, quando pude, para evitar a manhã de Sábado. A minha reacção quando vi uma fila interminável à entrada e um caos lá dentro foi a mesma que a tua “mas estes filhos da ■■■■ não se sabem organizar?”, no entanto…eu também lá estava, também a mim não me deu para ir mais cedo na semana, eu sei lá a vida das pessoas, as obrigações que têm…para estar a julgar. Se estavam lá uma grande quantidade de labregos que podiam ter ido à uma da tarde? Ou até na quarta feira? Não duvido…

Mas as medidas são para a sociedade que temos, não para outra.

E como disse são um reflexo do Governo que temos, este arco de governação não cai do ceu, eles também podiam ter reforçado o SNS no inicio da pandemia, mas para quê? Deixar tudo para a ultima é que é bonito, também o Governo foi Às compras Sábado ao 12h30…aliás, ainda nem foram.

2 Likes

E eu digo-te que nem a manipulação é bem feita, aliás, nota-se que não o é.

Quanto a essa dos Governantes terem acesso à melhor informação, tentarem o melhor possível…não é verdade de todo, e dava-te mil e um exemplos.

Quando a criticar, ora essa, se fazem merda vai-se fazer o quê?

Eu bem sei o que está a ser preparado para o dinheiro europeu que vai cair, mas é para o melhor de todos ora essa. Vá lá, ambos sabemos que não é assim.

Isto e comum a todas as vacinas e uma vez que ja falo sobre este assunto tecnicamente noutros locais nao vou desenvolver muito, mas quem deita “foguetes” sobre a eficacia das vacinas ja deu uma olhadinha nos varios protocolos e resultados para alem das eficacia de 90% destes estudos fase II e III? Em especifico as caracteristicas da populacao que 1) foi incluida no estudo e 2) teve casos de Covid confirmados?

Nota: de todas as que temos conhecimento ate agora sendo que estamos a falar em estudos com cerca de 100 e poucos casos (ha dezenas de candidatos em estudo e nao tenho nenhum conhecimento aprofundado de todos logo nao vou generalizar). Para dar uma base de comparacao, estudos de fase III de uma vacina da gripe em regra abrangem 3 periodos sazonais (3 anos) e com cerca de 1000 ou mais casos confirmados.

Paracelsus citei o teu post apenas pq o link que postaste da logo para ter uma ideia relativamente a vacina da AZ e nao porque seja dirigido para ti :stuck_out_tongue:

Agora estamos naquela fase de medir pilinhas “a minha vacina é melhor que a tua”?

Isto vai ser uma confusão de interesses e burocracias…

não faço ideia que idade terás, mas eu sou do tempo em que não havia hipermercados. muito menos comércio aberto até às tantas da noite ou ao domingo (ou mesmo ao sábado à tarde). e as coisas faziam-se.
ainda não há muito tempo se falava da possibilidade dos hipermercados fecharem ao fdsemana… como seria, a partir daí? o caos completo e eterno?

é uma questão de hábitos e organização. se me dá jeito ir às compras durante a semana? nada! bola! com trabalho e dois putos pequenos a chegar a casa do fim da tarde estás a imaginar o conveniente que é…
mas comecei a usar mais as compras online e a prescindir de algumas horas, durante a semana, para me organizar e não ter que sair de casa ao fdsemana.

as medidas são para esta sociedade que temos, sem dúvida. e se essas são o reflexo do governo que temos, a forma como o povo está a reagir a elas, são o reflexo da maturidade coletiva do mesmo. ou seja, praticamente inexistente. um povo de crianças egoístas e mal habituadas.
é um cliché, assumo, mas fosse isto uma guerra e queria ver onde enfiavam tanto queixume…

quanto às críticas ao governo, concordo em absoluto. não se age, reage.
tem sido assim desde que isto começou. e é geral em todo o mundo, salvo raras exceções. reflete a impreparação das classes dirigentes a nível global.

2 Likes

Estás a falar de pessoas que se habituaram à lógica do supermercado, do Shopping, etc … Claro que as coisas se faziam, e no comércio local, aliás, eu que quando era puto passava mais tempo na aldeia do que na cidade, via mais a questão da troca do que outra coisa, nem uma mercearia lá tínhamos, criação, plantação e troca.

Mas essa sociedade já não existe, falamos de uma sociedade de shoppings, de conceitos práticos, num cenário de guerra? Ficava tudo no sofá enquanto isto ardia, ou a maioria vá. E não é uma questão geracional, é uma questão de hábitos, vejo miúdos de vinte, como vejo pessoal de setenta anos com os mesmos comportamentos. Portanto ou se actua com o conhecimento do perfil de sociedade que criamos, ou esperar o que não existe não tem resultados práticos. Raio, ainda ontem me fizeram um convite para ir a uma rave no próximo fim de semana, uma ■■■■ de uma rave…e quem me convidou já tem cinco décadas disto. Quem decide não conhece a sociedade que temos? Possível, aliás perante as medidas ou isso ou são idiotas.

Já o disse, menos regras que se consigam regular, não mil e uma regras onde não regulas nem 10%…não tem efeitos práticos, pura e simplesmente.

1 Like

é uma questão muito discutível/discutida. têm as “leis” que se adaptar à sociedade ou devem, por outro lado, moldá-la?

se as adaptas à sociedade, penso eu, estás a resignar-te e a assumir que o caminho é este e não dá para voltar atrás. não é muito a minha praia, neste tema.
é, também, por isto que estamos a criar uma sociedade de carneiros cuja capacidade de questionar e de se questionar está ao nível duma ameba.
sim, porque estas pseudo reações que vais vendo na cs não passam de espasmos de egoísmo (e noutros casos - bem mais compreensíveis - de desespero, face às consequências económicas que isto traz).

Nenhuma lei que não consiga ser implementada molda seja o que for, se não consegues regular não te vale a pena ter a lei.

Mas para mim neste tema a questão nem é essa, até porque, apesar de o ser formalmente, nem encaro isto como lei, mais como medidas de carácter extraordinário, não penses que eles querem reformular a sociedade, quem formou esta sociedade aliás foram eles, com todo o planeamento de uma estrutura de comércio…Os supermercados, os Shoppings, a dependência da máquina do Estado etc etc…em todo o lado vês vendas, todo, e isso não vai mudar. Mas isto seria outra conversa, íamos falar da democracia representativa e do que a lógica de representação implica, raio, ainda acabávamos no Contrato Social do Rousseau e como és cidadão desde nascença, ideia que o repugnava. :smile:

Para não derivar muito, temos uma pandemia, temos que alinhar comportamentos, não há tempo para mudar hábitos (até porque eles não pretendem que isso se mantenha a médio-longo prazo) logo tens que ter poucas medidas, incisivas e que consigas regular. Tens que ser sucinto na informação e não podes recuar na mesma. Tens que ter uma capacidade de liderança, diria mais carisma, para unires o máximo de pessoas possíveis na causa. Temos nada disso. Este governo perdeu tudo quando não resolveu as questões do SNS, quando teve rábulas como avante e F1, e vem ai o congresso comunista que vai ser outra. Quando limita concelhos a não ser para mui ilustres exceções, quando está a preparar terreno para encher os bolsos aos do costume com o dinheiro que vem da Europa. O povo não respeita este Governo, eu diria mais, o povo não respeita esta lógica de governação, e como ela também não se dá ao respeito…ficamos num impasse.

1 Like

Essa fase foi negada a partida por todas as empresas.

A EMA e a FDA proposeram logo no inicio do processo um Protocol conjunto para todas as vacinas, semelhante a um “Platform Trial” (para que nao estiver familiarizado pode pesquisar o termo) em que basicamente todas usariam o mesmo grupo de controlo, a populacao incluida seria igual para todas com os mesmos criterios bem como todos os procedimentos do estudo. Como reves teria a impossibilidade de blinding o que pode de certa forma enviesar os resultados (quem sabe que tomou a vacina pode potencialmente ter uma falsa sensacao de seguranca e adotar mais comportamentos de risco o que levaria a uma potencial subestimacao do efeito) e tambem o vies de inclusao no estudo ja que nem todos os estudos comecaram ao mesmo tempo e nestas questoes o timing tambem importa.

Mas como ponto positivo, permitiria:

  • Identificar qual a melhor vacina entre os varios candidatos em desenvolvimento overall
  • Identificar que candidatos sao mais eficazes em cada subpopulacao (idosos com comorbilidades, jovens, etc)
  • Numa populacao semelhante, comparar o perfil de seguranca dos varios candidatos
  • Poupar custos a todos ao diluir o custo do grupo controlo por varias empresas e dentro deste ponto, salvaguardar eticamente a exposicao de milhares e milhares de pessoas desnecessariamente ao Placebo

Mas evidentemente que todas as companhias rejeitaram e decidiram investir isoladamente nos seus programas, ja que o risco e muito menor desta forma. Sem evidencia comparativa, so daqui a alguns anos saberemos qual a vacina mais eficaz - sendo que entretanto teremos 5 ou 6 alternativas no mercado que foram administradas a milhoes e geraram receita suficiente para pagar o seu investimento e dar muito lucro a quem as desenvolveu - em vez de dar lucro a apenas uma (e na IF, ninguem confia assim tanto no seu produto para a partida lhe dar uma possibilidade de 1/6 ou ate inferior de faturar 100% quando pode faturar so 10% do bolo total mas pelo menos nao faturar 0%).

Para quem quiser aprofundar mais o assunto, deixo um artigo leve sem grande detalhe tecnico para ler:

Hoax…já se pode dizer ou ainda nao? Asintomaticos serem um perigo para a populaçao sempre soou a Hoax.

https://www.nature.com/articles/s41467-020-19802-w

Poderias, por palavras tuas, explicar as conclusões que tiras desse estudo?

Imagens exclusivas do primeiro voluntário da cidade de Wuhan a tomar a vacina anti-covid19.

Tempo de duração do efeito de proteção da vacina: 1 ano.

Variabilidade da eficácia da vacina: 70 a 90%, dependendo da dosagem.

Fonte da união europeia.

@Plea90 baseias-te nesse estudo para dizer que se pode falar em hoax…
Exatamente o mesmo estudo que diz:

Nonetheless, it is too early to be complacent, because of the existence of asymptomatic positive cases and high level of susceptibility in residents in Wuhan. Public health measures for the prevention and control of COVID-19 epidemic, including wearing masks, keeping safe social distancing in Wuhan should be sustained.

Ou seja, recomendam que se mantenham as medidas restritivas… e isto num local onde existem “virtualmente” zero infetados.

E já agora, o estudo foi feito após o lock-down de Whuan, como eles bem dizem… o que em termos de transmissibilidade do virus tem um impacto grande, em especial após o tipo de lockdown que foi feito lá onde as pessoas foram “presas” em sua casa e cada um vivia na sua “bolha”.

Não sei bem o que pretendias “provar” ao colocar aqui esse estudo para falares em Hoax, mas acho que não era bem o que querias mostrar… :wink:

1 Like