Comunicado SCP - PLANO DE CONTINGÊNCIA CORONA VIRUS

" Plano de Contingência

Em face das orientações da Direção-Geral da Saúde e das recomendações das diversas entidades, incluindo Ligas e Federações organizadoras das competições desportivas nacionais e internacionais, o Sporting Clube de Portugal e a Sporting Clube de Portugal – Futebol, SAD informam que cumprirão todas as indicações e que vão adoptar as seguintes medidas:

  1. Realização à porta fechada dos jogos das equipas de futebol profissional, futsal, voleibol, andebol e basquetebol, em cumprimento do determinado pelas respectivas Federações e Ligas, sendo que no hóquei em patins os jogos de todas as competições seniores, estão suspensos pela Federação de Patinagem de Portugal, até nova informação.

  2. Os jogos relativos à Liga Revelação, Primeira e Segunda Divisão Feminina, ao abrigo do que foi comunicado pela entidade organizadora das competições decorrerão na Academia Sporting à porta fechada. Apenas as pessoas directamente envolvidas com a organização de jogo terão acesso ao recinto;

  3. Actividades Media a realizar na Academia Sporting (antevisões, conferências de imprensa, treinos abertos, entrevistas), estão suspensas até nova indicação;

  4. Cancelamento de conferência de imprensa pós-jogo de Rúben Amorim bem como de entrevistas na zona mista. A única actividade Media prevista no jogo frente ao Vitória SC, e por ser de carácter obrigatório, é a presença do treinador e jogador na zona de entrevistas rápidas da Sport TV;

  5. Suspensão ou restrição imediata de venda de bilhetes para todas as competições em que o Sporting Clube de Portugal participe na qualidade de visitado, de acordo com o recomendado pelas entidades organizadoras das competições;

  6. Suspensão de toda a actividade desportiva dos escalões de formação das modalidades do Sporting Clube de Portugal;

  7. Suspensão de toda a actividade desportiva dos escalões de formação de futebol no Pólo EUL;

  8. Encerramento das instalações do Multidesportivo e suspensão das respectivas actividades desportivas;

  9. Encerramento do Museu Sporting e suspensão das visitas ao Estádio José Alvalade e Academia Sporting;

  10. Suspensão de todos os eventos nas instalações do Sporting Clube de Portugal e Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD, nomeadamente, as Férias de Leão e a Academia de Talentos Leoninos;

  11. Adiamento do II Sporting Summit – Modalidades;

  12. Adiamento do evento I Troféu Rui Jordão para a pré-época desportiva 2020/2021;

  13. Serão salvaguardados os direitos a eventuais restituições respeitantes a ingressos ou mensalidades das actividades e eventos desportivos cancelados, nos moldes a definir posteriormente

  14. O Sporting Clube Portugal vai adoptar e intensificar, internamente, um plano de prevenção e contingência, em total alinhamento com as recomendações e orientações dos diferentes Organismos Públicos, de forma a salvaguardar a saúde pública e o bem-estar dos seus colaboradores e respectivas famílias.

A presente informação será revista e este comunicado será actualizado sempre que existam alterações, por parte das entidades competentes, que o exijam."

Mandam tudo de quarentena pra casa, e depois vão cumprir la Pras praias…🤦

É isso e açambarcar os hipermercados…

Isto po vanalgas é uma maravilha. Agora é que ninguém o crítica

O coronavirus é como o trabalho invisivel do Varandas. Ninguém o vê mas está lá, apenas se sentem as consequências e são bem desagradáveis.

1 Curtiu

Vem mesmo a calhar estas medidas… assim já não ouve os adeptos, fica muito mais tranquilo de se ver na tribuna, com classe…

INFORMAÇÃO AOS SÓCIOS

Por Sporting CP
17 Mar, 2020

NOTÍCIAS

COVID-19

O Sporting Clube de Portugal vem por este meio informar os Sócios que, face ao contexto excepcional que estamos a viver devido à pandemia do vírus COVID-19 e, em consonância com o Plano de Contingência implementado, irá adoptar as seguintes medidas:

JORNAL SPORTING:

  1. A edição on-line do Jornal Sporting estará disponível gratuitamente até ao fim do mês de Abril, podendo ser consultada através da área de Registo do Sócio no site https://www.sporting.pt/;
  2. Neste período excepcional e, até informação em contrário, o Jornal Sporting passará a ser publicado em edições quinzenais, em vez das habituais edições semanais;
  3. Especialmente, no dia 31 de Março, será lançada uma edição especial do Jornal Sporting , em homenagem à celebração dos seus 98 anos.

LOJA VERDE ONLINE:

Os portes de envio das compras efectuadas na Loja Verde Online, não terão qualquer custo associado até ao fim do mês de Abril.

REDES SOCIAIS:

O Sporting Clube de Portugal continuará durante a semana vigente, diariamente, a sua campanha de sensibilização “Só eu sei porque fico em casa”, onde todos os Sócios terão acesso a conteúdos informativos e de entretenimento, como por exemplo de takeover de jogadores e outras iniciativas surpresa.

--------------

Relembramos que estas medidas estão em concordância com o Plano de Contingência implementado pelo Sporting Clube de Portugal, nomeadamente:

  1. Suspensão de jogos e treinos das equipas de futebol profissional, futebol de formação, futsal, voleibol, hóquei, andebol e basquetebol, em cumprimento do determinado pelas respectivas Federações e Ligas;
  2. Os jogos e treinos relativos à Liga Revelação, Primeira e Segunda Divisão Feminina, ao abrigo do que foi comunicado pela entidade organizadora das competições foram também suspensos;
  3. Actividades Media a realizar na Academia Sporting (antevisões, conferências de imprensa, treinos abertos, entrevistas), estão suspensas até nova indicação;
  4. Suspensão ou restrição imediata de venda de bilhetes para todas as competições em que o Sporting Clube de Portugal participe na qualidade de visitado, de acordo com o recomendado pelas entidades organizadoras das competições;
  5. Suspensão de toda a actividade desportiva dos escalões de formação das modalidades do Sporting Clube de Portugal, escalões de formação de futebol no Pólo EUL e Academia Sporting;
  6. Encerramento das instalações do Multidesportivo e suspensão das respectivas actividades desportivas;
  7. Encerramento do Museu Sporting e suspensão das visitas ao Estádio José Alvalade e Academia Sporting;
  8. Suspensão de todos os eventos nas instalações do Sporting Clube de Portugal e Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD, nomeadamente, as Férias de Leão e a Academia de Talentos Leoninos;
  9. Adiamento do II Sporting Summit – Modalidades;
  10. Adiamento do evento I Troféu Rui Jordão para a pré-época desportiva 2020/2021;
  11. Serão salvaguardados os direitos a eventuais restituições respeitantes a ingressos ou mensalidades das actividades e eventos desportivos cancelados, nos moldes a definir posteriormente;
  12. Encerramento da Sala de Sócios do Sporting Clube de Portugal;
  13. O Sporting Clube Portugal vai continuar a adoptar e intensificar, internamente, um plano de prevenção e contingência, em total alinhamento com as recomendações e orientações dos diferentes Organismos Públicos, de forma a salvaguardar a saúde pública e o bem-estar dos seus colaboradores e respectivas famílias. A presente informação será revista e este comunicado será actualizado sempre que existam alterações, por parte das entidades competentes, que o exijam.

Para mais informações contacte-nos através da linha 707 204 444 ou através da área de alertas e sugestões no site https://www.sporting.pt/

Só não há contingências para o varandavirus…
:neutral_face:

Notícia Record: Varandas e o corpo clínico do Sporting estão à disposição do Governo

Leões deram nas últimas horas exemplos concretos de como é possível ajudar a sociedade a ultrapassar o momento difícil

• Foto: Lusa

Numa altura em que o surto de coronavírus continua a crescer de forma exponencial, os dois grandes de Lisboa deram nas últimas horas exemplos concretos de como é possível ajudar a sociedade a ultrapassar o momento difícil, obviamente sem distinções clubísticas ou qualquer sinal de rivalidade, que só faz sentido, mesmo, dentro das quatro linhas.

No caso dos leões, o referido apoio foi oferecido pelo presidente Frederico Varandas ao Governo, na pessoa do secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo. A proposta do Sporting, que está a ser avaliada, consiste em colocar à disposição das autoridades de saúde o Pavilhão João Rocha e os relvados anexos se for necessário instalar no local um hospital de campanha. A ideia é tirar partido da localização estratégica da infraestrutura, situada a meio caminho entre os hospitais Pulido Valente e Santa Maria, que formam o Centro Hospitalar de Lisboa Norte e têm acolhido doentes com Covid-19. Por ser um equipamento moderno, o pavilhão está dotado de acessos adequados, inclusive para ambulâncias.

Mas há mais. Além de colocar à disposição das autoridades a casa das modalidades, o presidente colocou ao dispor do Estado todos os quadros clínicos do Sporting, incluindo o próprio Frederico Varandas, médico e ex-diretor clínico dos leões.

Record

João Pedro Araújo: «É fundamental que a capacidade de resposta dos hospitais se mantenha»

Responsável clínico do Sporting vive com preocupação pandemia de coronavírus

Responsável clínico do Sporting e consultor no Centro Médico de Excelência da FIFA, tem estado nas reuniões da Comissão Permanente com a AMEF e pede aos portugueses o máximo de esforço para que as indicações da DGS sejam seguidas. Em declarações à Liga, João Pedro Araújo afirma: “temos profissionais de saúde que estão na vanguarda do conhecimento.”

Devido à pandemia de coronovírus, João Pedro Araújo admite que os médicos portugueses estão preocupados, mas também otimistas e esperançados, dando para tal três razões: “Primeiro porque confiamos nesta onda de solidariedade e responsabilidade social que cresceu na população, segundo porque sabemos que temos profissionais de saúde que estão na vanguarda do conhecimento e do profissionalismo e, por último, por sabermos que esta será uma situação auto-limitada no tempo, mas que obviamente requer grande esforço para que os danos sejam minimizados”, afirmou.

O responsável clínico do Sporting - esta quarta-feira o presidente dos leões colocou ao dispor do Estado todos os quadros clínicos do Sporting , incluindo o próprio Frederico Varandas, médico e ex-diretor clínico dos leões -, apela aos portugueses para que continuem “com o esforço que têm feito e seguissem as recomendações da DGS relativas a isolamento social e regras de higiene.”

“Evitem ao máximo os contactos sociais: é imperativo para minimizarmos as cadeias de contágio e, assim, não saturamos o nosso sistema de saúde. É fundamental que a capacidade de resposta dos hospitais se mantenha em níveis aceitáveis de forma a poderem proporcionar o melhor tratamento a quem necessitar e assim evitarmos mortes! A nossa vida e a de outras pessoas depende de nós!”, sublinha.

Record

DIRETOR CLÍNICO DO SPORTING FALA DE «OTIMISMO E ESPERANÇA»

SPORTING 09:21

Por
Redação

João Pedro Araújo, diretor clínico do Sporting, confessou «otimismo e esperança», numa nota sobre o coronavírus ao site da Liga.

«Porque confiamos nesta onda de solidariedade e responsabilidade; porque sabemos que temos profissionais de saúde que estão na vanguarda», disse.

- Tem estado nas reuniões da Comissão Permanente com os responsáveis clínicos. Como estão os médicos a acompanhar a situação? Como médico, mas também como cidadão…

Acompanhamos com preocupação, mas também com otimismo e esperança. Preocupação por se tratar de um novo vírus que estamos agora a descobrir. Sendo assim é necessário um acompanhamento constante da informação científica que vai surgindo com uma triagem adequada relativamente à qualidade da mesma.

- Do ponto de vista clínico há esperança?

Otimismo e esperança por 3 motivos: primeiro porque confiamos nesta onda de solidariedade e responsabilidade social que cresceu na população, segundo porque sabemos que temos profissionais de saúde que estão na vanguarda do conhecimento e do profissionalismo e, por último, por sabermos que esta será uma situação auto-limitada no tempo, mas que obviamente requer grande esforço para que os danos sejam minimizados.

- Que precauções pode pedir aos portugueses?

Aos portugueses pedia que continuassem com o esforço que têm feito e seguissem as recomendações da DGS relativas a isolamento social e regras de higiene. Evitem ao máximo os contactos sociais: é imperativo para minimizarmos as cadeias de contágio e, assim, não saturamos o nosso sistema de saúde. É fundamental que a capacidade de resposta dos hospitais se mantenha em níveis aceitáveis de forma a poderem proporcionar o melhor tratamento a quem necessitar e assim evitarmos mortes! A nossa vida e a de outras pessoas depende de nós!

- No que diz respeito ao Sporting, os jogadores estão a cumprir planos individualizados de trabalho? Resguardados?

Foram fornecidos aos nossos jogadores planos de trabalho físico, que cumprem diariamente com empenho e responsabilidade no resguardo das suas casas. A mensagem da DGS é transversal a todos nós.

A Bola

COVID-19

Por Tito Arantes Fontes
20 Mar, 2020

OPINIÃO

Somos SCP! E com esforço, dedicação e devoção vamos contribuir para debelar este adversário do Século XXI… este “monstro”!

Estamos confrontados com uma situação nunca vista, nunca vivida, completamente atípica! Temos de tratar em primeiríssimo lugar da saúde do mundo, da saúde da Europa, da saúde da Ibéria e – claro está – da saúde de Portugal! E tratar da saúde é – em todos os casos e em todos os sítios – tratar de nós, seres humanos!

Essa questão é essencial, prioritária, fundamental! E está a ser-nos colocada por um ser “invisível”… um minúsculo vírus… que nos ataca, que nos corrói, que nos mata! É até uma luta desigual… “ele” vê-nos e nós não o conseguimos ver… mas ele, traiçoeiro, minúsculo, “inexistente”… dá cabo de toda a nossa vida!

Coisas “impossíveis” passam a ser assumidas! São decretadas! São impostas! São determinadas!

O desporto em geral foi atacado no seu cerne! E ficámos sem provas… sem adversários… sem campeonatos… sem atletas a competirem… o adiamento de competições de primeira grandeza mundial é a consequência do estado de “calamidade sanitária” que estamos a viver! Alguém contra? Ninguém! Todos sabemos que precisamos de nos unir, para juntos vencermos esta pandemia!

E – depois – sim, depois, voltaremos ao mesmo, ou seja às nossas competições, às nossas rivalidades, às nossas discussões! A tudo quanto nos encanta e nos envolve de um modo tão absorvente como é o desporto!

Este é, pois, o momento de pararmos e pensarmos… o momento em que sentimos falta dos nossos atletas, das nossas equipas… e em que também sentimos e de que maneira a falta dos nossos adversários e das suas equipas… e até a falta da arbitragem! Sim, estamos todos ligados, todos dependemos afinal de todos… e, por isso mesmo, com este enorme ensinamento que a natureza agora nos dá, teremos – passada que seja esta pandemia – de conseguir ter um desporto melhor, mais justo, mais sério, mais “Olímpico”!

No entretanto, vejo o nosso querido SPORTING CP na linha da frente da disponibilidade e da ajuda comunitária! E é assim que tem de ser! Oferecemos tudo… os nossos campos, o nosso Pavilhão, os nossos médicos, incluindo o nosso presidente!

Somos SCP! E com esforço, dedicação e devoção vamos contribuir para debelar este adversário do Século XXI… este “monstro”! E – em seguida – vamos festejar à nossa maneira o reencontro com os nossos adversários! Sim, porque vamos ter “fome de bola”… “fome de todos os desportos”! Fome de nós!

VIVA O SPORTING CLUBE DE PORTUGAL!!!

SEMPRE A COMBATER

Por Pedro Almeida Cabral
20 Mar, 2020

OPINIÃO

É assim que vai o Sporting Clube de Portugal: sempre a combater e dando tudo o que tem, juntando-se ao esforço de milhões de portugueses

Nestes tempos difíceis, tudo parece mais pequeno. A vitória de há semanas. O título da época anterior. Ou tantas e tantas conquistas deste centenário Clube. O insidioso vírus instalou-se de rompante no nosso quotidiano, paralisando Portugal inteiro. As competições estão canceladas e nem se sabe bem quando e se terminarão. Com campeões suspensos, seguimos atónitos uma batalha que põe em causa a nossa vida, a vida das nossas famílias, dos nossos amigos e de todos os que nos rodeiam.

Clubes desportivos com dimensão nacional e europeia, como o Sporting Clube de Portugal, têm a obrigação e a responsabilidade de lutar contra a propagação da doença infecciosa COVID-19. Por muito que outros assuntos aflorem – já se preparam discussões homéricas sobre quem será o campeão de futebol –, é tudo insignificante face à necessidade de salvar vidas e de procurar atenuar (até onde for possível) o colapso humano e económico da nossa sociedade.

O recolhimento em casa é praticamente obrigatório e durará tempo ainda indeterminado. O Sporting Clube de Portugal tem tentado ajudar nesta reclusão, mostrando como os seus atletas também estão em casa. Não se julgue que é coisa de somenos. É importante sublinhar que todos devemos impedir que a doença se propague. Também destaco o divertido jogo do quatro em linha montado nas redes sociais pelo Sporting Clube de Portugal e pelo Vitória Sport Clube no sábado passado. O nosso Clube foi um justo vencedor, tendo sido recompensado pelo seu ataque flanqueado e diagonal. Ajudando quem mais precisa, Francisco Geraldes ofereceu-se para comprar mantimentos. A formação que este atleta recebeu do Clube foi afinal muito mais que uma mera formação desportiva. Só eu sei porque fico em casa, glosando o cântico desportivo mais conhecido do país, é um bom mote a seguir.

Deixo para o fim o esforço com mais significado. Tanto o Pavilhão João Rocha como o relvado do estádio estão disponíveis para acolherem hospitais de campanha. A possibilidade de ser necessário prestar cuidados médicos em instalações improvisadas é real e pode salvar vidas. O presidente Frederico Varandas, médico de profissão, e o corpo clínico do Clube estão disponíveis para prestar cuidados médicos. É assim que vai o Sporting Clube de Portugal: sempre a combater e dando tudo o que tem, juntando-se ao esforço de milhões de portugueses e de tantas outras instituições que sabem responder aos duros dias que vivemos.

ANTHONY WALKER FALA EM «AMBIENTE DE MEDO»

SPORTING 19-03-2020 19:00

Por
Redação

Aos 19 anos, Anthony Walker encontra-se a viver a primeira aventura no estrangeiro. Contratado pelo Sporting em 2018, o guarda-redes da Costa Rica falou à imprensa do país natal sobre a forma como está a lidar com a pandemia de Covid-19 em Portugal.

«No centro de Lisboa há um ambiente de medo entre as pessoas mais idosas. Muitas estão aglomeradas nos supermercados e fazem filas enormes para poder entrar», começou por explicar à AM Prensa .

A viver no Montijo, perto da Academia de Alcochete, Walker garante que está tudo mais tranquilo.

«Eu vivo fora de Lisboa, num sítio chamado Montijo, e as pessoas estão todas muito prevenidas. Não se vê quase ninguém nas ruas, os centros comerciais estão fechados», concluiu.

A Bola

COVID-19: SPORTING CP DOA MATERIAL DE PROTECÇÃO

Por Sporting CP
29 Mar, 2020

NOTÍCIAS

União das Misericórdias vai receber 120 mil máscaras cirúrgicas e 80 mil pares de luvas

O Sporting Clube de Portugal continua a lutar por quem mais precisa, desenvolvendo um alargado conjunto de acções que materializam a história e relação do Clube com a comunidade.

Neste sentido, e face ao período dramático que estamos a viver devido à pandemia mundial de COVID-19, e respondendo ao alerta do presidente da União das Misericórdias, Manuel Lemos, sobre as consequências gravíssimas que a falta de material de protecção individual estava a causar aos milhares de trabalhadores que, diariamente, cuidam de pessoas com deficiência institucionalizados nas suas diversas casas, o Sporting Clube de Portugal disponibilizou-se para oferecer a todas as instituições da União das Misericórdias que albergam e cuidam de pessoas com deficiência profunda e de pessoas com outras deficiências ou perturbação mental, o equipamento necessário para garantir a segurança de todos pelo período de um mês, perfazendo um total de 120 mil máscaras cirúrgicas e 80 mil pares de luvas, a serem entregues brevemente.

O presidente da União das Misericórdias referiu, a propósito do donativo, que “esta oferta da Fundação Sporting será muito importante para a protecção e bom funcionamento dos nossos utentes e dos colaboradores das nossas instituições e mostra que a sociedade civil portuguesa é empreendedora e generosa.” Manuel Lemos refere ainda que “infelizmente, as nossas necessidades não se esgotam aqui. Precisamos do apoio de todos para a protecção das instituições que acolhem os idosos.” Pela Fundação Sporting, Maria Serrano garantiu que “tudo continuaremos a fazer para ajudar os que mais precisam”.

De quarentena mas a partilhar sonhos no Sporting: treinos, filmes e séries

Diogo Sousa, guarda-redes do plantel leonino, e Daniel Bragança, criativo emprestado ao Estoril, reforçam laços em época de isolamento social.

Diogo Sousa, de 21 anos, e Daniel Bragança, de 20, conhecem-se desde que o primeiro entrou na formação do Sporting em 2013, alguns anos mais tarde que o segundo. São grandes amigos desde então e os laços têm vindo a ser reforçados ao partilharem casa, mesmo com o guarda-redes integrado na equipa principal dos leões e o médio criativo emprestado ao Estoril. Em período de crise devido à pandemia da covid-19, optaram por permanecer juntos em vez de ir ter com os seus, a Albufeira e Almeirim, respetivamente, e fazer uma quarentena partilhada; uma quarentena onde um futuro juntos, na equipa principal dos verdes e brancos, é um dos sonhos que lhes percorre o imaginário.

Ao lado de por exemplo Jovane, Rafael Leão ou Demiral, os dois jogadores do Sporting sagraram-se campeões nacionais de juniores em 2016/17. Desde essa altura, Bragança já mostrou dotes no Farense por empréstimo e mais recentemente no Estoril, onde está cotado como um dos melhores jogadores da II Liga, somando quatro golos e quatro assistências em 22 jogos. Curiosamente, ainda nenhum se estreou na equipa principal leonina, embora Bragança, internacional Sub-21, tenha participado em vários jogos da pré-temporada sob o comando de Marcel Keizer, entre eles contra o Valência, em Alvalade, no Troféu Cinco Violinos.

Bragança tem o regresso a Alvalade, na próxima temporada, praticamente garantido. Mas Diogo Sousa, tapado pela aposta em Luís Maximiano, tem o futuro em aberto e continuar sem jogar não está nos planos. Por agora, os parceiros de quarentena só podem mesmo sonhar com o regresso à normalidade e em algum dia serem comparsas também na equipa titular leonina. Enquanto o isolamento dura, valem-se um ao outro, ajudam-se para treinar de forma mais eficaz, para se divertirem estando fechados, e acima de tudo para atenuarem os efeitos de um período perturbador também emocionalmente.

Treinos, Netflix e vídeojogos

Antes só que mal acompanhado, mas quando o parceiro é amigo e de confiança, vale por mil. Que o digam Diogo Sousa e Daniel Bragança, amigos dos relvados mas também de fora deles. Nesta fase difícil, é mesmo entre eles que socializam, apoiando-se nas tarefas profissionais, a cumprir os exercícios físicos necessários e recomendados pelos clubes, e dando-se apoio, passando o tempo juntos.

No capítulo dos treinos, é natural que em espaço reduzido, num apartamento, não se possa fazer o mesmo que num relvado e em grupo. Num quarto convertido em ginásio, usam uma passadeira, pesos, elásticos, bola em miniatura para apurar técnica no caso de Bragança, que até faz de rematador e treinador para Diogo Sousa apurar os reflexos e poder fazer treino mais específico de baliza. As limitações existem, mas a criatividade impera. Jogam ainda aos dardos, ao teqball, e a outros mini-jogos para se manterem ativos e distraídos, com entretenimento mais físico. Claro, porque confinados em casa, é inevitável passar mais tempo à frente de uma televisão, tablet ou telemóvel. No grande ecrã a dupla de leões vê filmes e séries da Netflix e ainda se diverte com a Playstation.

O Jogo

FICA EM CASA, NÓS FAZEMOS AS COMPRAS POR TI

Por Sporting CP
06 Abr, 2020

NÚCLEOS

Núcleos do Sporting CP solidários

O Sporting Clube de Portugal continua a ajudar os que mais necessitam naquele que é um período dramático causado pela pandemia mundial de COVID-19. Nesse sentido, e com o apoio dos Núcleos do Sporting CP existentes em Portugal, o Clube acaba de lançar a campanha: Fica em casa, nós fazemos as compras por ti.

Com o objectivo de garantir a segurança dos mais vulneráveis (pessoas pertencentes a grupos de risco), os Núcleos do SCP disponibilizam-se para fazer a compra de bens de supermercado e de farmácia e efectuar a respectiva entrega em casa. Para isso, basta entrar em contacto com o Núcleo do Sporting CP mais próximo da área residência.

Juntos podemos fazer a diferença.

Lista de Núcleos do Sporting Clube de Portugal aderentes disponível aqui .

AJUDE NA REDE DE EMERGÊNCIA ALIMENTAR

Por
06 Abr, 2020

FUTEBOL

Seja voluntário ou doe bens alimentares

A Fundação do Futebol – Liga Portugal uniu-se ao Banco Alimentar Contra a Fome, que criou uma Rede de Emergência Alimentar para fazer face ao momento actual imposto pela COVID-19, e está a ajudar na campanha de distribuição de bens alimentares a várias instituições.

Nesse sentido, a Fundação do Futebol – Liga Portugal está a recrutar voluntários para a entrega desses bens, acautelando as respectivas normas de segurança e protecção de todos. A inscrição pode ser feita aqui, inserindo o nome e o contacto de email.

Também poderá participar nesta iniciativa do Banco Alimentar através da campanha “Alimente esta ideia”, que está disponível para a doação de bens alimentares