Complexo Alvalade XXI - Estádio José Alvalade

Tipo Rooftop? Se fosse tinha de ser Champanhe e croquetes, porque essa gente vai é socializar para o estádio. E não são gente de tremoços.

1 Curtiu

Ainda é neste defeso que vão alterar os ecrãs gigantes e as alterações no visual do interior do estádio?

Eu não tenho nada contra azulejos. Tenho contra aqueles azulejos todos e o padrão que criaram. Por mim até podem forrar tudo a azulejo, desde que não fique uma coisa que ao longe parece feita com restos das obras.

E sim, aquilo nunca pareceu Lego. Ainda li essa teoria na altura, mas se era a ideia, falhou. Era só seguir o projeto de 1999, mais nada.

2 Curtiram

Estará mesmo?
Parece-me um pouco parado.

1 Curtiu

Servido pelo Varandas.

1 Curtiu

De acordo com o pessoal do Skyscrapercity está pendente na CML um pedido de alteração do número de unidades de um dos lotes. Agora estão a chamar ao projecto “Campo Novo”.

1 Curtiu

É cansativo, de facto.

A única solução é tapar com grade, tipo as do metropolitano na baixa, com uma parte tipo alçapão para acesso ao campo.

Mais que isso é impossível.

5 Curtiram

E não é uma má solução… até haver condições para construir um estádio novo.

1 Curtiu

por mim fica óptimo. façam-no!

1 Curtiu

Possível a nível de engenharia é quase tudo, haja dinheiro, mas em termos de racionalidade colocar os tais perfis metálicos e tapar com relva artifIcial está óptimo.

Eu meteria ainda as primeiras filas dos topos em safe standing, melhoraria a visão dos espectadores que é bastante fraca ali, aumentava bastante a pressão, e ainda se ganhariam uns lugares (na Alemanha o rácio desses lugares para as cadeiras que são obrigatórias nas provas da UEFA varia entre 1,2 e 1,8 para 1, conforme os sistemas). As cadeiras que lá estão podiam colocar-se onde estão os actuais ecrãs gigantes, um dia que sejam substituídos e se coloquem os novos mais acima.

3 Curtiram

Outro dia estive a ver um jogo em Gotemburgo, no safe standing mesmo por tras de uma das balizas. Dava perfeitamente para ter isso em cima do nosso fosso.
E’ uma experiencia muito porreira, bom ambiente.

Numa cena que nao tem nada a ver, os gajos tb tem umas camisolas muito fraquitas, na loja dos gajos, sem personalizacao nem numero, custam 150 euros jejeheje… Brutos!

1 Curtiu

Acho que se vendiam muito facilmente lugares assim, há muito pessoal que curte esse tipo de experiência.

150 euros é obra, tudo bem que se ganha bem por lá, mas calma. O bilhete custou quanto?

Isso nem foi mau, 20 euros. 150 euros e’ muito guito, mesmo para a Suecia, parece-me.

1 Curtiu

Lei da procura e oferta. É imensamente caro, mas vende-se. E dá mais lucro vender uma camisola por 150€ do que 3 por 50€.

Se algum dia chegássemos ao ponto em que o pessoal deixasse de comprar, que remédio tinham em baixar os preços.

Estive ontem na CUF Alvalade numa consulta, sai e dirigi me ao Campo Grande…voltei a reparar naquela zona frontal do estádio que está uma miséria. Fará sentido manter ali as casas das claques? Não seria melhor arranjar espaços mais dignos e rever essa parte do estádio.

3 Curtiram

O pior são as entradas e saídas do parque, a circulação de peões ali é muito perigosa.

1 Curtiu