Comparações Estatisticas

Epoca 2015/2016
MINUTOS DE GOLOS MARCADOS - GOLOS SOFRIDOS

MINUTOS DE SUBSTIUICOES EFETUADAS

MINUTOS DE CARTOES

RESULTADOS 3 GRANDES ESTA EPOCA

MINUTOS DE TEMPO JOGADO

TITULARES E SUPLENTES UTILIZADOS

COMPARACAO RESULTADOS 3 ULTIMAS EPOCAS POR TREINADOR

COMPARACAO 3 EPOCAS 3 CLUBES

Este último quadro é porreiro, mas não consegues fazer com que ele fique bem formatado?

Já com este tipo de comparações?

Fazia mais sentido quando chegássemos à 17 jornada.

vale mais ir ao 00 e printar :lol:

O ano passado tínhamos 9 pontos, no ano do Jardim é que eram 11. Está trocado.

Corrigido. tks.

À dois anos os lampiões partiram em último, no que diz respeito a pontos à 5ª jornada, e foram campeões.

A ideia é ir atualizando jornada a jornada.

Tenho outras estatisticas referentes ao Sporting este ano e apenas no campeonato.

---- Atualizado na 1ª página -----
Pontuação à 6ª jornada.

      2013/14 2014/15 2015/16

SCP 14 10 14
slb 11 16 12
fcp 16 12 14

resultados
CASA FORA
LJ MS JJ LJ MS JJ
Academica—E---V—?_________V—E---V
Arouca------V—V---?_________V—V---?
Belenenses–V—E---?_________V—E---?
Benfica------E—E---?D—E---?
Boavista----*—V---?
—V---E
Estoril------D—V---?_________E—E---?
FC Porto----V—E---?_________D—D---?
Gil Vicente–V—V---
V—V---*
Maritimo----V—V---?V—V---?
Moreirense–*—E---?
—V---?
Nacional----E—V---V_________E—V---?
Olhanense–V—
_________V——*
P. Ferreira—V---E—E_________V—E---?
Penafiel-----—V---
—V---
Rio Ave-----E—V---?_________V—V---V
SC Braga—V---V—?_________V—V---?
Guimaraes–V—V---?V—D---?
Setubal-----V—V---?E—V---?
Tondela-----—?
—V
U. Madeira–—?
—?

Pontuação à 10ª jornada
2015/16 - 26
2014/15 - 17
2013/14 - 23

Esse gráfico é engraçado pois sempre tive a percepção que com o Marco Silva perdiamos mais pontos em casa do que fora quando se verifica exatamente o oposto.

O Sporting o ano passado fez 76 pontos, marcou 67 golos e sofre 29 no campeonato. Creio que este ano facilmente bateremos estes números, principalmente no goal average.

Para que se perceba a diferença entre o nosso atual treinador e o antigo, na época passada terminámos com 29 golos sofridos em 34 jornadas, o que dá uma média de 0.85 golos sofridos por jogo, por comparação com a média atual que vai em 5 golos em 10 jornadas (0.5 golos/jogo). Defensivamente estamos muito (mas mesmo muito) mais sólidos. Ofensivamente, ficámos com uma média de 1,9 golos/jogo o ano passado que compara com uma média de 1,9 golos/jogo este ano, o que à primeira vista faria pressupor que estamos “equivalentes” o que não é nem de perto nem de longe verdade. Era interessante comparar as estatisticas de oportunidades de finalização por jogo para medir a produtividade ofensiva.

Gráficos muito interessantes… Habitualmente também faço este tipo de comparação entre épocas e estes esquemas facilitam muito.
Parabéns… :clap:

Pontuacao à 13ª jornada nas 3 ultimas epocas.

SPORTING
2015/16 - 35
2014/15 - 24
2013/14 - 32

carnide
2015/16 - 28
2014/15 - 34
2013/14 - 30

porco
2015/16 - 33
2014/15 - 28
2013/14 - 30

#EstamosMUITAfortes

Hoje tive paciencia para fazer os uploads:
Atualizado no post inicial.

MINUTOS DE GOLOS MARCADOS - GOLOS SOFRIDOS

MINUTOS DE SUBSTIUICOES EFETUADAS

MINUTOS DE CARTOES

RESULTADOS 3 GRANDES ESTA EPOCA

MINUTOS DE TEMPO JOGADO

TITULARES E SUPLENTES UTILIZADOS

COMPARACAO RESULTADOS 3 ULTIMAS EPOCAS POR TREINADOR

COMPARACAO 3 EPOCAS 3 CLUBES

Aqui está: 17ª jornada. :dance:

Excelente trabalho :venia: :venia:

Não fazia ideia que a maior parte dos golos que sofríamos eram a acabar as partes.

[member=22169]jcsc penso que está-te a faltar colocar o minuto a que foi o terceiro golo frente à Académica na 3ª Jornada.

Corrigido, Obrigado :beer:

MEIO CAMINHO ANDADO QUE EXPLICA TODO O PERCURSO
Por Jornal Sporting
14 Jan, 2016
EQUIPA PRINCIPAL
Balanço e análise da primeira volta da Liga NOS no Jornal Sporting

Entre as inúmeras perguntas de que Jorge Jesus tem sido alvo antes e depois dos jogos sem qualquer relação àquela partida ou adversário em concreto, há uma que, ainda assim, continua fresca e pertinente na cabeça de todos: o que mudou no futebol português? Nessa altura, a meio de Dezembro, o contexto até era diferente – Benfica e FC Porto tinham-se queixado das arbitragens, algo que pouco tempo depois ficou diluído com os escândalos que aconteceram em Guimarães e na Madeira com o Nacional, respectivamente. Já a resposta, essa, podia ser dada na mesma hoje: “Se os árbitros são os mesmos, o Conselho de Arbitragem é o mesmo e o presidente é o mesmo, o que mudou? É o Sporting estar em primeiro! É este o problema, não estavam habituados”. E os números de balanço da primeira volta servem exactamente para isso, percebendo-se quem melhorou dentro de campo (Sporting) e quem tenta disfarçar a queda fora dele (Benfica).

Olhando para a actual classificação e comparando com a da época anterior, o Sporting surge no lote das equipas com mais pontos (oito); o Benfica aparece na parte das formações com menos pontos (seis); e o FC Porto somou exactamente a mesma pontuação. Olhando para estes dados, e tomando em linha de conta que os ‘leões’ são também o conjunto com mais vitórias, menos derrotas e menos golos consentidos, seria completamente inimaginável (ou talvez não) que o ‘circo’ mediático fosse apenas dominado pelos constantes ataques aos responsáveis ‘verde e brancos’ e ao (antigo) técnico portista, como se tudo o resto fosse a coisa mais natural do Mundo. Também por isso, e quando instado sobre se o triunfo com o Sp. Braga tinha sido uma ‘vitória à campeão’, Jorge Jesus foi muito pragmático na análise a esse avanço, considerando que tinham sido só mais três pontos. “Existem três candidatos ao título”, defendeu o técnico.

Ainda assim, e analisando as primeiras voltas de Campeonatos com 34 jornadas (este é o 18.º), a verdade é que o Sporting nunca tinha feito tantos pontos nas primeiras 17 rondas, nunca teve um avanço tão robusto em relação aos rivais – em 2001/02 somava mais três pontos do que o Boavista e em 2004/05 apresentava o mesmo registo do que FC Porto e Benfica – e só por uma vez sofreu tão poucos golos numa média inflacionada pelo último confronto com os minhotos. Em termos históricos, o vencedor da primeira volta sagrou-se campeão no final da temporada em 64 das 81 edições da I Liga mas, olhando para o que se passou desde Agosto, é sensato dizer que existe apenas meio caminho andado… e que explica todo o resto do percurso até ao momento.

http://www.sporting.pt/pt/noticias/futebol/equipa-principal/2016-01-14/meio-caminho-andado-que-explica-todo-o-percurso