Cobardes sem mérito

Felicitar o novo campeão? Porquê? Porque ganhou de forma justa, honesta, honrada e íntegra? Só o pensamento de associar essas palavras com o vencedor do campeonato dá vontade de rir. O que tivemos este ano foi o mesmo que tivemos em inumeros campeonatos passados: em momentos chave da competição mandou-se o fair play ás urtigas e assistiu-se a uma selecção cínica das equipas que podiam (ou não) disputar o título.

A falta de respeito pela competição saudável há muito que está institucionalizada no futebol português. Ao longo do campeonato repetem-se “atrocidades” que ferem de morte a verdade desportiva e tendem a beneficiar sempre os mesmos. A memória curta do adepto de futebol ajuda a completar este cenário em que o conceito nobre de desporto é sistematicamente varrido para debaixo do tapete. Por isso, não se peça a um Sportinguista que reconheça o mérito da trafulhice e, num acto de última humilhação, felicite uma instituição que, de forma directa ou indirecta, nos retirou a possibilidade de uma competição justa e isenta.

Os Sportinguistas sabem perfeitamente os momentos que decidiram este campeonato ( e não, não foi o jogo das papoilas com o bombo da festa Olhanense que o fez). A dinamica de vitória leonina foi interrompida de forma escandalosa no jogo em casa com o Nacional. Nessa altura, começou a confecção dos cachecois escarlates com a palavra campeão! Noutra jornada marcante, o Sporting é espoliado em Setúbal e os nossos rivais são (discretamente, entre os pingos da chuva) beneficiados em Belém. É nesse instante que as ordes lampiónicas deviam ter ocupado o Marquês, porque a liga lhes foi entregue de mão beijada.

Se esta temporada trouxe alguma novidade, essa foi a transferência dos cordelinhos que controlam a arbitragem, que passaram das mãos corruptas azuis para os donos das “lã-pionicas” placas esvoaçantes. E esse é um factor preocupante, pois significa o revezar bi-céfalo da gestão dos homens do apito, que são, em ultima instãncia, o fiel que faz pender a balança para um dos lados. Enquanto este “status quo” não for destruido por um “25 de Abril” no futebol português, exige-se vigilãncia redobrada para as manipulações que a próxima época vai (concerteza) trazer. Através de iniciaticas como o movimento “Basta!”, o Sporting e os Sportinguistas têm de prosseguir a luta que permita, de uma vez por todas, a existência de uma verdadeira competição desportiva em Portugal.

Entretanto, enquanto esta mudança fundamental não tiver lugar, continuaremos a assistir a um desfilar de “campeões” cuja caracteristica principal é o medo de lutar de igual para igual com os seus rivais. A ironia suprema é que em Portugal o vencedor é o mais cobarde de todos: aquele que usa golpes baixos para fragilizar o adversário e depois se regozija da sua (aparente) superioridade.

Azia? Mau perder? Inveja? Não, isto é o Sporting, onde as vitórias são dignas, o sucesso provem do nosso esforço e o triunfo é fruto da nossa superação. Aos cobardes, aos indignos, àqueles que jubilam com exitos cobertos de lodo corrupto, a esses limitamo-nos a tolerar a sua existência e a combater os seus métodos. Sem tréguas!

muito bem :beer:
eu penso que a primeira derrota na madeira para o orelhas acabar por levar dois meses de castigo, alterou logo o rumo do campeonato, que eu disse logo no emprego aos meus colegas, quando estávamos na frente do campeonato que os árbitros nos metiam no 3º lugar, só falhei num lugar.

acho que o próximo presidente da liga é o comentador do dia seguinte na sic noticias, ou seja o polvo tem todos os tentáculos a controlar o futebol em portugal.

Bom post, JSabino.

Em relação ao vencedor do campeonato foi tudo igual já que os lampiões foram ajudados quando andavam a cair como sempre fazem aos corruptos.

E estão na final da taça de Portugal graças ao ladrão duarte gomes é tudo uma tremenda mentira.

Este menino (e tudo o que está relacionado com ele) também leva uma faixa de campeão.

Como haveremos de felicitar os vencedores, e considerar este campeonato integro e limpo, quando há equipas que se vendem por meia duzia de patacos, e feriram a verdade desportiva deste campeonato?..

Mais do mesmo no Tugão.

PS: Cobardes sem mérito é sem duvida a melhor definição.

Eles comemoram e ignoram tudo o resto, como se as leis já não contassem quando é “dia de festa”.
E não vão contar. Aposto como não vão receber nenhuma multa pesada, interdição ou perda de pontos pela grave situação do speaker no estádio. Como é dos orcs ignora-se. É festa e tal.

Então vestem uma camisola dos lampiões ao Marquês de Pombal?
Isto é mais uma provocação ao Sporting e a todos nós!
O que vale é que a inteligência não os assiste, vestir uma camisola ao Marquês com um leão ao lado…ainda por cima “patrocinado” pela Camara Municipal de Lisboa!
Acaba de ser entregue o título de campeão nacional a uma agremiação desportiva que tem sede lá para os lados das barracas de Carnide!
Num ano em que nós sportinguistas não depositávamos muitas esperanças em sequer conseguirmos ficar no 2ºlugar, quanto mais lutarmos por esse mesmo titulo até à 28ªjornada deste campeonato mas logo após o desaparecimento do King dos macacos, logo se percebeu que esse mesmo titulo já tinha dono e acabou por se confirmar para que a ladroagem, putaria e drogaria pudessem oferecer ao rei das bananas de Carnide este titulo!
Um título que está manchado de batota e colinho, não que não fossem os mais fortes dentro de campo e não o merecessem mas se a verdade desportiva existisse não o festejariam tão cedo e teriam quem sabe de sofrer até ao último jogo e talvez no ultimo jogo tivessem de chorar baba e ranho junto da estátua do King dos macacos e patrono da ladroagem, drogaria e putaria das barracas de Carnide!
Não estou nada chateado por não termos sido campeões, claro que sinto raiva pela forma como fomos afastados de lutar por este título mas alguma vez iriamos querer ganhar um titulo que muitos queriam oferecer ao rei das bananas?
Nós quando formos campeões, podemos dedica-lo ao melhor jogador português de sempre, sim porque o nosso rei é português, não veio lá da terra dos chimpanzés!
Depois quem se deve estar a rir é o Vitor Pereira, sim esse javardolas que de sportinguista nada tem, dizem que é sócio do nosso clube, rica merda de sócio que temos!
Até porque ver a macacada festejar o titulo para dedicar ao seu rei das bananas, até tem a sua graça, porque depois da choradeira da época passada, faço ideia a hecatombe que seria a macacada não ganhar o campeonato este ano, eu se estivesse no lugar dos sportinguistas que lá foram colocar cachecóis na estátua do rei da macacada e que depois foram retirados, pedia agora aqueles que largaram o fogo aquela merda que uma noite desta lá fossem e deixassem lá um cacho de bananas para que o rei deles não passe fome e para que possa acompanhar o whisky com alguma fruta para não andar a arrotar a álcool à frente do Sr. das barbas lá em cima, se ele lá estiver em cima, porque acho que deve andar a festejar junto de alguma macaca na selva de África!
Muitos vão dizer que este texto era desnecessário e que a memória do rei dos macacos das barracas de Carnide devia ser respeitada, claro que respeito, respeito tanto como eles respeitaram a memória dos nossos 5 violinos e respeito tanto como eles respeitaram a memória do nosso adepto morto nas bancadas do Jamor, respeito tanto como eles nos respeitam a nós, pena esta tarde não ter sido desviado um avião cheio de talibãs e não ter ido contra aquela merda…ai sim haveria motivos para festejar!
Como é que é possível respeitar esta gentalha?
Ser Sporting é amar e defender o nosso clube e odiar tudo o que nos ataca, eles são nossos inimigos caralho!

Fonte: http://sportingatmorrer.blogspot.pt/

Grande texto JSabino…

Exactamente o que penso… sem tirar nem por!!! :clap: :clap: :clap:

SL

Muito bom post.

Rio Ave (casa)
Nacional (casa)
Académica (casa)
Setúbal (fora)

Os jogos com Nacional e Setúbal deveriam ter terminado 1-0 pois fomos a única equipa a marcar 1 golo limpo => -4pts

Relativamente aos jogos do Rio Ave e Académica dependeria se os penaltis que ficaram por marcar entrariam ou não. Tendo em conta que o Adrien não falhou um único…=>-4pts

Depois há 2 jogos em casa em que há que reconhecer que fomos beneficiados. Refiro-me ao Benfica e ao Porto…

No entanto, quantos jogos houve em que o benfica foi também beneficiado? Sem a APAF este campeonato decidir-se-ia na última jornada, não tenho dúvidas.

Tudo dito JSabino! :clap:

É essa a minha preocupação.
Eu sei que iremos continuar fortes, talvez estaremos mais fortes ainda. Estamos cada vez mais unidos, liderados por gente competente, rigorosa e com paixão pelo Clube. A única dúvida é se seremos capazes de ultrapassar o nosso maior obstáculo: Arbitragem.
E quem a controla.
Sem dúvida que teremos que estar muito atentos do inicio ao fim.
Sobre arbitragem e não só. O jogo da Lixeira a ruir era nosso, diferença de 6 pontos! Nem podemos cair no ridiculo de dizer no Jornal do Clube que fomos mais ajudados no derby em Alvalade.
Não podemos dar treguas.
Eles controlam neste momento Record e Abola (jornais e tvs), têm a arbitragem a seu favor, têm Mário Figueiredo na Liga (atenção às próximas eleições), até o presidente da AFL é dos lamps.
E teremos um Porto a lutar por retomar o controlo.
Temos que continuar concentrados na nossa evolução e construir defesas fortes para futuros ataques ao nosso progresso.

Todos juntos!

Força Sporting!!

Ainda há mais a dizer, como por exemplo falar do quintal, do batatal lá de Arouca no meio da Serra da Freita, sem acessos, estradas e com 5000 lugares, casa do Arouca, esse clube.

Conhecem?

:slight_smile: ;D :lol: :rotfl: :rotfl:

Enganaste-me durante alguns segundos.

[hr]

A minha opinião sobre este campeonato é exatamente a apresentada neste texto do JSabino. E até me dá nojo ter colegas que se orgulham do seu clube ganhar títulos desta maneira. Até porque não fomos só prejudicados no campeonato, mas em todas as competições em que participámos. Mas para eles está tudo bem até o Benfica perder um jogo.

Porque só quando o Benfica perde é que é prejudicado. Quando o Sporting não ganha claramente por intervenções exteriores ao jogo, é porque não fomos suficientemente bons.

Estou a contar os anos que faltam até esta corrupção baixar os braços. Parece-me que ainda falta muito tempo.

Vergonha.

Excepcional post.

Venho alertar há mais de um ano que o poder do futebol português passou dos porcos azuis para os porcos vermelhos.

Em parte isto deve-se à senilidade do PdC que foi escondida na época passada pelos méritos do underrated Vitor Pereira e de ter bons jogadores que entretanto saíram.

Os porcos vermelhos tem a consciência da fraqueza do porto e vão fazer de nós o grande alvo a abater.

Apesar de tudo reconheço alguns méritos ao benfica pelo seu plantel, futebol e treinador mas se não tivessem tudo as ajudas que tiveram estavam a tremer agora e provavelmente ia acontecer como no ano passado.

Para o ano tenho a certeza que vamos estar muito mais fortes que eles mas que eles por sua vez vão ter ajudas a triplicar. Por estas e por outras sigo mais neste momento a liga inglesa, espanhola e agora até a francesa que a nossa.

Excelente título e conteúdo a condizer! :great:

Tb não lhes atribuo qualquer mérito a não ser o do condicionamento sobre as arbitragens.
À 6ª jornada o pneus (sem grande razão) disse “basta” e eles passaram a beneficá-los descaradamente e a prejudicar o adversário directo.
O plantel que foi construído para ir final da champions em casa e passear no campeonato interno foi enriquecido com as contratações de Carlos Xistra, Manuel Mota, Paulo Batista e Vasco Santos. Estes grupinho, sim, merece muitos elogios pelo título

Nem tudo é mau, devem ter tido vergonha, e de manhã essa atrocidade já tinha desaparecido.
(ficaram as pinturas e outros sinais de vandalismo, mas isso já seria esperar demais vindo deles)
Já aqui disse mais que uma vez donde proveio a ida ao Marquês de Pombal Aconteceu quando ganhámos o campeonato após o jejum, só que… Espontaneamente! Os sportinguistas acabaram por se agrupar, alguns (a maioria até foi para o Estádio), como que por acaso.
Vai daí, essa corja que não tem um mínimo de imaginação, resolver copiar tudo, Até fizeram questão de forrar de vermelho o morro que tinha sido forrado de verde…
Ir ao Marquês de Pombal comemorar não tem qualquer significado; pois se até os poucos adeptos do FCP de Lisboa já lá foram!
Peço-vos que não esqueçam isto e que quando for a nossa vez se boicote o Marquês de Pombal.

Momentos marcantes deste campeonato:
-Vitória das galinhas sobre o Gil Vicente nos descontos na 2ª jornada;
-Roubo em Alvalade contra o Nacional;
-Roubo duplo em Setubal e Restelo.

Houveram mais, como os roubos com o Rio Ave, com o Estoril ou com a Académica. O AroucaGate, o castigo de JJ uns meses depois do caso…e depois este campeonato tem de ficar conhecido como o campeonato da lã de vidro.

Grande post, @Rasputine :clap:

A escumalha de portugal hoje e sempre

eu vi isso na tv quando ele morreu. engraçado no que será que vai na alma do rui santos que apregoa tantas vezes a verdade desportiva quando o clube dele os galinácios está a ser roubado.

desculpem o offtopic
tem aqui no forum alguns tópicos que não consigo responder, será algum filtro?
é que gostava de comentar no topico snooker e não dá.

Quando se escreve a verdade sobre o funcionamento do futebol português, e ela magoa sempre alguém (normalmente, o Sporting), nada pode ser, em bom rigor, apontado ao autor, pelo contrário, da verdade não foge o honesto (isto é, o Sportinguista).
Este campeonato foi, quando o Benfica sentiu que a boa época do surpreendente Sporting não iria sumir nem ser descontinuada em campo sem que alguém recorresse a esquemas como aqueles que depois actuaram contra nós, negociado, abastardado, e o seu resultado celeremente se manifestou em vários campos, às vezes na mesma jornada, da mesma maneira: o Sporting cativo, rapinado à descarada, e o Benfica empurrado para a vitória.
Mais um título lampião ardilosamente arquitectado entre o Benfica e aquele abominável, reles, corrupto elemento que é o árbitro.
Mais uma época assinalada por episódios “lampionescos”: os roubos planeados, o episódio Arouca, a tramóia em Setúbal, o episódio Miguel Rosa, o atraso do FCP, a actuação da justiça no mesmo caso, as grandes penalidades todas que nos roubaram na Luz, etc.
Não pode mais o Sporting ficar de fora, qual anjinho, e esperar que a bondade do divino caia dos céus e purifique esta macacada toda que durante anos e anos tem conseguido afastar o Sporting das legítimas conquistas por que ele tem sempre lutado.
Gostaria de vos referir um episódio que passou despercebido a todos: assim que o nosso Presidente (que alguns da comunicação social tratam indecorosamente pelo primeiro nome, como se ele fosse um pimpolho que saiu do jardim de infância directamente para o gabinete da administração do Sporting Clube de Portugal) declarou guerra ao Benfica e ao Porto, ao mesmo tempo, o Benfica e o Porto, que há anos se viam envolvidos numa guerra de palavras e de actos cuja obscenidade tão bem retrata ambos, como que se uniram, urdindo um silêncio que visava, acima de tudo, resguardar o sistema corrupto de que eles beneficiam: até o Pinto decidiu ir ver o clássico a poucos metros de distância do Luís Filipe Vieira.
E isto importa transparentar a todos nós: o sistema ora ajuda o Benfica, ora ajuda o Porto, mas, na sua base ideológica, ele é de ambos os clubes.