Castigos exemplares

O Porto é um espectaculo…

Com os castigos “exemplares” conseguiu uma união tão forte, que se nota a alegria de todos.

É giro o facto de ontem, dia da condecoração por parte de Santana Flops, dois dos castigados terem se baldado para aquilo e terem ficado por casa!

Pelos vistos, já se nota a disciplina e a justiça ferrea do FCPorco… e os seus efeitos. Eh Eh viva o Porto!!

Só falta mesmo jogarem com o Rio Ave, para serem mesmo um exemplo de disciplina e justiça!

Repito, VIVA O PORTO!!

Se há coisa que eu gosto neste Fórum são as participações regulares e construtivas…

O porto não tem uma disciplina de ferro, tentam é demonstrar isso.
Não são raros os jogadores do Porto que andam bebedos a altas horas nos bares.
Só quando isso vem para os jornais é que eles tentam dar uma de disciplinadores e colocam os jogadores 2 ou 3 treinos na equipa B, mas precisando deles para os jogos regressam logo

Bem visto João.

O Porto de hoje é um ninho de víboras, cheio de craques, jogadores contrariados e vedetismos, como se isso não bastasse o papa e os seus cardeais estão cada vez mais apertados o que os obriga a preocuparem-se com outras coisas. Acho que estamos no fim dum ciclo

O Porto é um espectaculo.....

Com os castigos “exemplares” conseguiu uma união tão forte, que se nota a alegria de todos.

É giro o facto de ontem, dia da condecoração por parte de Santana Flops, dois dos castigados terem se baldado para aquilo e terem ficado por casa!

Pelos vistos, já se nota a disciplina e a justiça ferrea do FCPorco… e os seus efeitos. Eh Eh viva o Porto!!

Só falta mesmo jogarem com o Rio Ave, para serem mesmo um exemplo de disciplina e justiça!

Repito, VIVA O PORTO!!

Joao aqui no forum gosta-se e de dizer mal dos nossos e dizer bem dos outros :wink:

Joao aqui no forum gosta-se e de dizer mal dos nossos e dizer bem dos outros :wink:

Calma aí… depende de quem seja “o outro” :twisted:

O Porto é um espectaculo.....

Com os castigos “exemplares” conseguiu uma união tão forte, que se nota a alegria de todos.

É giro o facto de ontem, dia da condecoração por parte de Santana Flops, dois dos castigados terem se baldado para aquilo e terem ficado por casa!

Pelos vistos, já se nota a disciplina e a justiça ferrea do FCPorco… e os seus efeitos. Eh Eh viva o Porto!!

Só falta mesmo jogarem com o Rio Ave, para serem mesmo um exemplo de disciplina e justiça!

Repito, VIVA O PORTO!!

Joao aqui no forum gosta-se e de dizer mal dos nossos e dizer bem dos outros :wink:

[i]Nao, aqui no forum discute-se o SPORTING e os outros e so paisagem. Agora discutir o Sporting nao significa andar a mandar flores a tudo e a todos…e a concordar que tudo esta bem e que nao ha nada para mudar. Parar e morrer!

PS: se te referes as ultimas criticas sobre o Liedson, libre a ti de aceitar um comportamento, no minimo, infantil. Prejudicou a imagem do clube e nao e um exemplo para os outros. Para mim, o Sporting ESTA ao decima de tudo e de todos e mais nada…

Os castigos do porto podem ser simolicos mas e para isso que eles servem. Para dissuadir e marcar o momento. [/i]

O Porto é um espectaculo.....

Com os castigos “exemplares” conseguiu uma união tão forte, que se nota a alegria de todos.

É giro o facto de ontem, dia da condecoração por parte de Santana Flops, dois dos castigados terem se baldado para aquilo e terem ficado por casa!

Pelos vistos, já se nota a disciplina e a justiça ferrea do FCPorco… e os seus efeitos. Eh Eh viva o Porto!!

Só falta mesmo jogarem com o Rio Ave, para serem mesmo um exemplo de disciplina e justiça!

Repito, VIVA O PORTO!!

Joao aqui no forum gosta-se e de dizer mal dos nossos e dizer bem dos outros :wink:

[i]Nao, aqui no forum discute-se o SPORTING e os outros e so paisagem. Agora discutir o Sporting nao significa andar a mandar flores a tudo e a todos…e a concordar que tudo esta bem e que nao ha nada para mudar. Parar e morrer!

PS: se te referes as ultimas criticas sobre o Liedson, libre a ti de aceitar um comportamento, no minimo, infantil. Prejudicou a imagem do clube e nao e um exemplo para os outros. Para mim, o Sporting ESTA ao decima de tudo e de todos e mais nada…

Os castigos do porto podem ser simolicos mas e para isso que eles servem. Para dissuadir e marcar o momento. [/i]

Referia-me a “eles e que acertam sempre nas contrataçoes, nos somos uns nabos”, " nos somos uns anjinhos eles sao uns herois", “eles e que sabem o que e disciplina”, " o Sporting e muito mau porque construiu a Alvalaxia" etc, etc, etc.

PS: Se dizes que o resto e so paisagem entao decerto nao estas no mesmo forum que eu, o link e http://sportingcp.artinova.pt. Ve la se nao te enganaste a escrever.

Estas a exagerar um bocado na analise aos comentarios. Eu nao o sinto assim…

É preciso dar mérito a quem o tem… o João aguentou-se muito tempo sem deixar comentários… quem conhece o contexto da minha referência percebe a piada da situação :).

Sobre isto apenas comento que não sei se foi balda se foi parte do castigo… se a moral do comentário é " devemos deixar os jogadores fazer o que querem sem punição significativa para não chatear os meninos" então a qualidade da conclusão é escassa.

De qualquer forma entre jogadores que eventualmente faltam a condecorações a jogadores que mandam o treinador levar na bilha em directo duas vezes continuo a achar o segundo caso mais grave… talvez veja o mundo ao contrário.

Enquanto isso o ninho de víboras mantém-se em primeiro do campeonato, aliás como é ordem nos últimos 20 anos. Até ver tenho-os em alguma consideração, não devem ser tão maus quanto isso.

É preciso dar mérito a quem o tem... o João aguentou-se muito tempo sem deixar comentários... quem conhece o contexto da minha referência percebe a piada da situação :).

:twisted: :twisted: :lol:

Eu já estou como o Veiga com o orçamento deles e estes rivais queria ter o campeonato já no papo

Não é por nada, mas o que estão a dizer é os jogadores que se baldam não devem ser castigados?

Caro João,
Do meu ponto de vista este comentário é “disfarçadamente” provocatório e está o que se pode chamar “em sintonia com o actual momento do país”.

  • Superficial e generalista.
  • Mistura acessório com essencial.
  • Adultera princípios e confunde conceitos.

Como o de considerar que a quem cumpre disciplinar e punir se deva constituir como candidato ao Nobel da simpatia e deva trazer todos os que sofrem o efeito dessa mesma disciplina radiantes e felizes.
Como o de sugerir que a aplicação de princípios disciplinares aos prevaricadores dentro do grupo de trabalho produz inevitavelmente desunião e mal-estar ( o que quer que isso seja) convertendo-o, por inerência, num grupo não-ganhador e condenado ao fracasso dos seus objectivos.
Como o de implicitamente sugerir que, provavelmente, a melhor (ou única) maneira de eliminar actos comprovados de indisciplina e falta grave aos deveres profissionais se efectue em vales de desconto nos salários ao fim do mês.
E, finalmente, o de considerar que o fcp se constitui como o grande referencial das melhores práticas de gestão de problemas entre patrões e empregados.

E, já agora, esse “Repito VIVA O PORTO” tem alguma descodificação???

Acho que estamos no fim dum ciclo

Tenho andado para fazer um post sobre isso e acho que vou aproveitar a deixa…

O que vou escrever não pretende desculpar a nossa SAD nem o Peseiro/Rock/Liedson. Apenas desmistificar um pouco o FCP da mão de ferro.

O tempo do Pinto da Costa “o disciplinador” é um tempo de vitórias, logo quem vence pode fazer tudo o que quiser que é sempre bem feito. Permite a ironia fina, as alfinetadas, as tiradas mais ou menos corrosivas. Também tivémos oportunidade de ver, infelizmente poucas vezes, o mesmo PC desnorteado e sem grande espaço para tiradas cómicas quando as coisas correram mal.

A disciplina de mão de ferro decorreu com um Portugal a entrar na democracia, e com um grande peso de brasileiros a sair de uma ditadura (penso que foi até 85). Ouçam os discursos de jogadores há 15-20 anos, a humildade, reverência, com que falam do treinador, do dirigente. Muitos deles nem sabiam falar. Os jogadores eram practicamente escravos dos clubes, que enviavam a mítica “carta” e renovavam automaticamente, nem que fosse para queimar um jogador para toda a vida (um dos episódios mais vergonhosos de sempre foi feito pelos lampiolhos, que castigaram um capitão qualquer e nunca mais o deixaram jogar futebol).

Os jogadores de hoje não têm nada a ver com essa época que já vai tão distante! Hoje estão acostumados a ser entrevistados, a serem figuras publicas, e tèm uma liberdade bosmaniana que lhes permite reagir de outra forma. Hoje um jogador de gabarito não aceita de bom grado que lhe metam uma mordaça ou que o façam passar figuras ridiculas publicamente, nomeadamente com os castiguinhos para putos mal comportados.

Como é possivel chegar um craque do Brasil e o primeiro que diz é “não posso falar, não estou autorizado???”.

Hoje o que mantém o Porto de pé nessa célebre disciplina é o fanatismo dos portistas dos Supermorcões, que se virem um jogador num bar às 2 da manhã são capazes de lhes dar uns abanões. Ou se empatam um jogo na Madeira depois de estarem a vencer 2-0, ameaçam fisicamente os jogadores. No Porto há uma cultura do medo e algo em que não me revejo minimamente, uma ditadura, opressão, atropelo dos direitos mínimos que os jogadores devem ter, desde que respeitem o clube.

É preciso dar mérito a quem o tem... o João aguentou-se muito tempo sem deixar comentários... quem conhece o contexto da minha referência percebe a piada da situação :).

Tu é mau!.. :twisted:

O post do João pode ser tudo e mais alguma coisa mas tem o seu “quê” de verdadeiro e realístico, nomeadamente o “VIVA O PORTO”, muito praticado neste fórum! :arrow:

No outro dia dei por mim a pensar nisto… Será que por trás da suspensão imediata dos jogadores do Porco não haveria também uma tentativa de pressionar o Sporting na questão do Liedson? Não sei porquê mas acho que os morcões não ficaram lá muito contentes com a antecipação do jogo da Taça…

O alemid tocou num ponto interessante que refere a mudança de mentalidades ao nível dos jogadores, mas que é apenas um dos muitos aspectos duma revolução que julgo estar em curso e que vai acabar por engolir os velhotes da FIFA/UEFA agarrados aos poderes manipuladores e discricionários.

Pinto da Costa faz parte duma velha guarda de dirigentes que deu muita coisa ao nosso futebol, mas que nem sempre andou por caminhos direitos, foi é certo o melhor de todos no seu tempo, mas está na altura de lhes dizermos adeus e até obrigado em alguns casos, noutros um cartão para irem à bola uma vez por ano já chega.

O ciclo do FCP começou a ver o seu fim após o penta quando o PC se distraiu e perdeu parte do poder que tinha para o major. A contratação do pequeno mouro foi um golpe de sorte que adiou o fim deste papa do nosso futebol, mas pela primeira vez o Presidente portista não foi apontado como o grande responsável por aquelas vitórias que foram antes de mais obra do melhor treinador do mundo e arredores.

Parece-me também que ele perdeu um bela oportunidade de sair em grande e pelo seu próprio pé, e mesmo que como é provável o “Apito Dourado” não dê em nada, a verdade é que neste momento estão criadas condições para mudar também as mentalidades dos dirigentes, talvez só falte um Dias da Cunha mais novo, mais lúcido, mais decidido e mais sagaz para liderar o processo

O post do João pode ser tudo e mais alguma coisa mas tem o seu "quê" de verdadeiro e realístico, nomeadamente o "VIVA O PORTO", muito praticado neste fórum! :arrow:

Eu acrescentaria ponderado e sobretudo totalmente isento de “agenda” :slight_smile:
Para dizer o que ele disse há a Caixa de mensagens privadas eheh

Só por fanatismo e palas nos olhos se poderá restingir o direito e até o dever de um adepto ver o que os outros fazem bem, identificar esses méritos e preconizar a sua utilização. Não é não serem Sporting que os outros clubes fazem tudo mal e nós tudo bem, a não ser em algumas cabeças fanáticas.

Quanto ao anunciado fim de ciclo do Porto… acho as teorias interessantes mas já ouvi essa lenga-lenga tantas vezes… foi qd saiu o artur jorge, qd saiu o baia, qd saiu o jardel…

… até já chegaram a dizer que o Pinto da Costa era um gajo ultrapassado, mesmo a tempo de o verem ganhar tudo o que havia a ganhar a nível de clubes com excepção da supertaça europeia :).