CASO PONGOLLE

Costinha entrou depois da compra do Pongolle…

EDIT: O Lion73, já tinha dito…

Ja pensaram que este emprestimo pode ser estrategia? Imaginem se o comprassem por 4 Milhoes o SCP so via 3 por tinhamos de dar 1 ao Atletico. Agora se o SCP o emprestou por exemplo por 1 Milhao e para o ano os franceses dao mais 3 milhoes por ele, o SCP ja fica com 4 Milhoes…

Mas isto e tudo no campo das suposiçoes.

ps: desculpem nao estar a escrever com acentos, mas o meu computador esta a precisar de um format.

SL

não é antes de Costinha, veio com Sá Pinto

eu também gostei muito de tudo o que ele deu ao Sporting, mas esta ficou-me cá atravessada

(nota: um dos piores senão o pior negócio da história do SCP… e Sá Pinto nem sequer chegou a ser responsabilizado por ele, dado que saiu nas circunstancias que todos sabemos…)

Mas a sério, acham que alguém no seu juízo perfeito ia dar dinheiro por ele? Se dessem um milhão já era sorte. E provavelmente foi à volta disso que ofereceram. Ele, desde que saiu do Recreativo, e estamos a falar de 2008, nunca mais fez nada. Nem sei quantos golos marcou, mas não deve chegar aos dez ou coisa assim. Em 3 épocas!

O empréstimo era o esperado e porventura é o melhor negócio. Vai jogar num campeonato onde poderá fazer o mesmo tipo de jogo que fazia no Recreativo e talvez (talvez) faça alguma coisa de jeito.

Nunca vou perceber porque compraram um tipo que joga como 2º avançado quando passaram a usar apenas um…

Ou era reintegrado no plantel ou era emprestado. Vendido nunca, porque, se não me engano, o Atlético de Madrid fica com uma parte do dinheiro resultante de uma venda do Pongolle se esta acontecer antes do final da época 2011/2012. Portanto, se o Domingos acha que ele não tem qualidade para ficar neste plantel, ou que a sua posição não é a ideal para o sistema táctico que vai utilizar ou, ainda, se lhe foi garantido que iam arranjar melhor, então concordo com o empréstimo. Fico só à espera que confirmem se os franceses pagaram alguma coisa pelo empréstimo e se o Sporting terá de pagar a totalidades dos salários do Pongolle ou somente uma parte deles.

Li hoje que é empréstimo com opção de compra… assim, tem a sua lógica.

O problema é que no fim do empréstimo tem apenas mais um ano de contrato :inde:

Era público que o Sá Pinto não tinha responsabilidades nas contratações. A minha visão é que o Pongolle veio como um pedido do Carvalhal a que o JEB acedeu.

mas tu acreditas que o Carvalhal tinha alguma força dentro do clube para nos impor um jogador desse preço? o próprio JEB deu-lhe a entender que ele seria uma solução a prazo (a sua saída foi anunciada pouco tempo depois)

pelos valores envolvidos, alguém terá ficado a ganhar com esta operação (e não foi só o Atlético de Madrid, e muito menos o Carvalhal, bem entendido); depois aquela saída “ao de levezinho” :lol: do Sá também nunca me convenceu, sempre me pareceu um teatrinho muito mal encenado

Não só veio o Pongolle, como o João Pereira e o Pedro Mendes. E sabendo que o Sá Pinto não tratava de contratações e o JEB pouco sabia da poda e até se estava a cagar visto que foi para o Brasil de férias numa altura crucial, só posso concluir que foi o Carvalhal que numa altura em que havia dinheiro pediu o Pongolle, talvez numa tentativa de se armar em Mourinho e tentar recuperar o jogador do início de carreira… E não sei se te recordas mas o Carvalhal no início não estava a prazo, tendo sido também público que antes do episódio do Liedson e naquela sequência de várias vitórias seguidas o JEB propôs a renovação do contrato ao Carvalhal e este não aceitou.

O caso Pongolle é mais um caso gritante de Gestão Danosa. Mas no nosso clube, como em geral no país, nunca ninguém é chamado a prestar contas pelas suas decisões, por mais gravosas que sejam.

Se disserem a alguém que o Sporting, numa altura difícil de finanças, deu 6.5 milhões de euros, umas das compras mais caras da sua história, por um “jogador” como o Pongolle essa pessoa rebola-se a rir (excepto se for Sportinguista, pois nesse caso chora!)

Esta história do Pongolle está muiiiiiito mal contada.

Lembro-me de ouvir o Carvalhal explicar no Pontapé de Saída que o Pongolle veio porque o JEB assim o quis, dos jogadores que ele sugeriu apenas o João Pereira e o Pedro Mendes foram contratados.

Não consigo precisar a data da emissão ou via se ainda estava na página da rtp.

Acabou por ser um bom negocio para alguém, resta saber para quem…

Eu ouvi um zum-zum qualquer de que o preço exigido pelo Atlético eram 4,5M… e que os outros 2M foram para o bolso de alguém no meio do negócio… verdade ou não, já não o posso dizer.

pois e agora ainda se fala que se for vendido por 4M temos de dar mais 1M ao Patético de Madrid… isto ganha contornos mais inacreditáveis a cada novo capítulo

agora já está feito mas aqui fica mais uma curiosidade que atesta a enormidade que foi este negócio:

por pouco mais que o valor pago pelo Pongolle, já vieram nestes dias Van Wolfswinkel, Schaars, Carrillo, Arias, Rodriguez, Rinaudo (a confirmar) e Atila Turan (ao que parece)

Triste sina a do Sporting…

Empatar 6.5 M num projecto de jogador que em duas épocas e meia de contrato deverá somar nem 10 jogos por nós :wall:

Continuo a não perceber os sucessivos empréstimos. A época ainda nem começou e já desistem de um dos activos mais estupidamente caros do clube :question: E numa das zonas onde soluções de qualidade escasseiam? Não será pior do que outros que por cá andaram como Motas, Nalitzis, Kutuzovs e Kokes da vida.

Após um investimento destes é anedótico por a rodar o jogador. E está-se mesmo a ver o filme: chegado o fim da época, os franceses dizem que não o querem porque estão à rasca de €s e não podem suportar o investimento. E depois das duas uma, ou somos amigos (com o belo historial de borlas que temos…) e vendemos o passe por um preço simbólico ou ficamos com o jogador em final de contrato e a fazer pressão para sair porque não quer ficar em Portugal.

Um case study este Pongolle e toda a gestão da sua passagem pelo Sporting :think:

Numa entrevista ao L’Equipe, Pongolle afirma o seguinte - “Consegui encontrar-me numa equipa que estava a perder confiança e ainda aprendi muito. Mesmo não tendo sido uma grande temporada, não foi catastrófico.”

Não foi catastrófico para ele. Já o Sporting, efectou um dos negócios mais ruinosos da sua história!!! ???
E a culpa vai morrer solteira. Os responsáveis pela aquisição, não têm sequer a dignidade de afirmar que se equivocaram, prejudicando o clube.

In O Jogo:

Sinama-Pongolle reconheceu ontem, em declarações ao jornal “L’Équipe”, que “não fez nada no Sporting”, referindo-se ao rendimento apresentado de leão ao peito. O avançado gaulês, de 26 anos, vai regressar ao campeonato francês para representar por empréstimo o Saint-Étienne, que ficará com opção de compra do passe no final da época.

Hoje é dia de exames médicos, mas Pongolle recordou ao “L’Équipe” a sua passagem por Portugal e Espanha. “Tive momentos mágicos no estrangeiro, mas os últimos 18 meses foram muito difíceis. No Sporting, lesionei-me no primeiro jogo, depois tive um problema pessoal e nunca fui capaz de mostrar nada. No meu currículo vai aparecer o Sporting, mas reconheço que não fiz lá nada”, afirmou, considerando que o empréstimo na última época ao Saragoça, de Espanha, “correu bem”. “Consegui encontrar-me numa equipa que estava em perda de confiança, ainda aprendi muito. Mesmo não tendo sido uma grande temporada, não foi catastrófico”, afiançou o avançado ligado aos leões até 2013.

Acho que o correcto devia ser: “Não fiz nada pelo Sporting”…

Então não fez? Fez e muito! Fez um buraco enorme nas contas do Sporting! ^-^

Visto por esse prisma… sim…

A culpa tem um nome… JEB. E o zum zum que circula é que dos 6,5 grande parte foi negociatas do JEB em terrenos do Patético de Madrid… o mesmo se passou com o Frengertto e o Orelhas…
Isto foi-me confirmado por um jornalista, só que infelizmente não tem forma de provar e a gerência foi pressionada para não divulgar a noticia…