Carlos Sousa fala verdade ... ?

Segundo o Correio da Manha :

"O piloto português Carlos Sousa desmentiu esta tarde as informações avançadas pela organização da 29ª edição do Lisboa-Dacar, explicando que não abandonou o seu co-piloto, Andreas Schulz, mas que este se desorientou devido a uma forte tempestade de areia, que condicionou a visibilidade dos pilotos, quando saiu para tentar desatolar a viatura. Carlos Sousa adiantou ainda que esteve mais de uma hora à procura de Schulz, mas a tempestade de areia e a passagem dos diversos participantes do rali dificultou em muito a tarefa.

Apesar de as informações avançadas pela organização já terem sido retiradas do ‘site’ oficial do rali, não foi ainda explicada a razão porque foi divulgado que o piloto português, que ocupava o terceiro lugar na geral do sector dos automóveis na partida desta estapa, enervou-se com o seu navegador a meio da “especial” na Mauritânia e tirou-o do carro.

Segundo a organização do rali, após ter perdido preciosos minutos por ter encalhado numa duna, devido a uma tempestade de areia, o piloto português Carlos Sousa, furioso com o seu co-piloto Andreas Schulz, retomou a especial que liga Zouérat a Atâr, num total de 580 quilómetros, sem esperar por este último.

O Schulz esteve pelo menos durante 45 minutos à procura do seu colega de equipa. Por sua vez, o português aguardou Schulz ao quilómetro 299 da especial que ligou Zouérat a Atâr, num total de 580 quilómetros. Sousa acabou por se reencontrar com o co-piloto e retomaram o curso normal da especial, esperando-se agora explicações para o sucedido assim que terminem a prova, revelaram ainda os responsáveis.

Os regulamentos do Rali não permitem que um piloto chegue sozinho ao final de uma etapa."

Estranho … no minimo!

Fala.

Acabei de ver as imagens na TV. Estava lá a câmara.

O Sousa combinou com o navegador, avançar e parar onde pudesse (para não atascar na areia fina), e depois Sousa voltava para ajudar o navegador a trazer as placas que ajudaram a desatascar. O Problema é que Sousa teve de fazer algumas dunas sozinho, porque não podia parar na areia fina, e estava rodeado de carros atascados. Com isso perdeu-se de Schultz. Um quad ainda o tentou ajudar a encontra o Schulz mas só ao fim de muito tempo é ke Sousa encontrou o navegador e o ajudou a trazer as placas e continuaram viagem.

Não houve discussão nenhuma, nem nenhum abandono. O que vale é que estava lá a câmara, senão a especulação ia continuar…

Ok dou a mão ha palmatoria:

Carlos Sousa fala verdade!

Ás vezes a CS não ajuda muito …