Campo Grande: Um novo vizinho para o Sporting

Em comunicado, A ZON anuncia mudança de sede para o Campo Grande em 2012 http://tinyurl.com/6cxywbk

De destacar: «O novo edifício, que deverá estar concluído em Agosto de 2012, é a primeira fase do projecto Metrópolis, uma iniciativa da Multi Development que prevê a requalificação da área envolvente ao Estádio Alvalade XXI»

PROJECTO [size=14pt]Sede de Zon muda para Campo Grande[/size]

Novo edifício de Zon Multimédia deverá estar concluído em Agosto de 2012. Empresa espera poupar entre 15 a 20%.

A Zon Multimédia vai mudar-se para uma nova sede. O novo edifício, que deverá estar concluído em Agosto de 2012, irá ser fixado no terreno adjacente à estação de metro do Campo Grande, voltado para a 2ª Circular e para o Jardim do Campo Grande, em Lisboa.
Construída à luz de um modelo de racionalização de consumo energético respeitando critérios de sustentabilidade ambiental, a Zon Multimédia ambiciona atingir uma poupança anual em rendas e custos associados à utilização das instalações da ordem dos 15 a 20%.
A nova sede terá oito pisos e cerca de 14 mil metros quadrados. Será ainda dotada de novas infra-estruturas: uma cafetaria para os colaboradores, salas para formação interna e externa e um auditório para 120 pessoas.



Já estavam a montar os prumos para os taipais de protecção à obra.

Tem muito pouco a ver e ainda bem com os edifícios presentes nos 1ºs renders do plano Metropolis.

No entanto, é por estas e por outras que eu digo que comparativamente com o volume de construção presente nestes edifícios (este e o que aparece ao lado por cima do que agora é a estação de metro) a metragem permitida ao Sporting para o pavilhão é escassa. O lote e a área, suportavam uma maior área de construção. Mesmo mantento a implantação nos 4.500m2, parece-me razoável que a área útil pudesse ser ~13.000m2 (em vez dos 9.000m2 acordados). E acreditem que isso faria toda a diferença.

O Sporting negociou como entendeu mas podia e devia ter ido mais longe.

O Metropolis que se fala é este?

Projecto Metropolis: http://www.multi-development.com/index.php?option=com_project&view=project&project_id=56

E a churrascaria vai com o caralho???

As diferenças entre o projecto inicial e o final

uma pergunta.

porque que este topico esta em modalidades do sporting?

Sim.

Não, a churrasqueira continua lá (fica em frente ao edifício mais à direita em baixo, com telhado de telha).

Este projecto é de que atelier? Também é do ARX Portugal?

Porque é sobre um edifício na envolvente do estádio e futuro pavilhão, e em terrenos que pertenciam ao clube.

Ainda assim, suponho que podia estar no Media Center, ou mesmo na Actualidade.

Não me parece a imagem deles!

(o plano geral é que acho que foi revisto por eles, bem como eventualmente alguns edifícios mais para dentro do lote)

Por ter deparado com um projecto, já com data de conclusão, na mesma zona do futuro (sem data prevista nem projecto) pavilhão. Por isso partilhei a noticia em Modalidades. Se algum Administrador quiser pode mover para outro tópico.

E que tal criar uma secção destinada ao património imobiliário e infra-estruturas do SCP? Não sei até que ponto é viável e vai de encontro à vontade dos administradores, mas há tantos tópicos sobre esta temática, que reuni-los numa secção poderia melhorar a organização do Fórum e concentrar tópicos relativos a estes assuntos.

:arrow: Definitivamente.

É a mesma área geográfica (e até urbanística) mas não estão no mesmo lote!

Sobre a localização para o tópico, não consigo ter opção. A moderação que decida.

Pedro, estando 2 dos edifícios tão próximos da linha “aérea” do metro, é possível garantir a insonoridade lá dentro? Existem assim materiais tão bons? Eeu sei que é uma questão de perspectiva das “fotos do futuro”, mas é que os edifícios parecem estar a 1 ou 2 metros da linha do metro.

É caro mas é possível! Mas duvido que o façam a ponto de terem uma insonorização total. Aparentemente os edifícios “fecham-se” para a linha, presumo que concentrando circulações, nos pisos mais próximos estarão zonas técnicas e tudo isto são maneiras de minorar as influencias da linha nas zonas mais sensíveis.

Depois existem os isolamentos, os sistemas construtivos compostos, a separação física dos edifícios através de absorsores anti-vibráticos (os ruídos transmitidos por meio físico - estrutura - são os piores).

E não estão a 1 ou 2 metros. Os edifícios vão de alguma forma incorporar a estação de metro.

Incorporar? Do género disto que acontece com o monorail de Sydney? Quando lá estive fiquei espantado com o facto de ele passar mesmo dentro daquele prédio. Embora o monorail seja bastante mais silencioso que o metro.

E a solução não poderá passar pelo rebaixamento da linha de metro? (Tipo passá-la para onde está agora o átrio, por exemplo). Se bem que isto seria dispendioso em termos de obra de metro (implicaria ir mexer várias dezenas de metro a montante e jusante). Não sei, estou só a pensar em alto.

Já agora, a imagem do monorail de Sydney é brutal.