Callejón (ex-Nápoles) - A Bola

LEÃO PEDIU INFORMAÇÕES SOBRE CALLEJÓN

SPORTING 08:47

Por
Redação

José María Callejón visto como oportunidade de mercado, ainda que obrigando a forte investimento, e que só seria viável mediante venda definitiva de algum dos extremos do atual plantel, nomeadamente Jovane Cabral.

É neste prisma, sabe A BOLA, que o Sporting olhou, e continua a olhar, para o extremo internacional espanhol de 33 anos, que terminou contrato com o Nápoles, onde esteve durante sete temporadas, sempre a alto nível e com estatuto de capitão de equipa.

Callejón terminou vínculo com o emblema italiano, não chegou a acordo para renovar e, nesta altura, o futuro mais certo passa mesmo por um regresso a Espanha - o Villarreal perfilou-se desde cedo como um dos principais emblemas dispostos a receber o jogador formado no Real Madrid, embora ainda não exista qualquer acordo fechado.

Atento a todo o processo está, apurou o nosso jornal, o Sporting. Porque Callejón é, de facto, um nome fortíssimo, como é desejo da administração da SAD obter para o ataque leonino, porque é um atleta de inegável qualidade e porque, aos 33 anos, emprestaria a experiência que Rúben Amorim pretende e solicitou.

A Bola

Era bom…

Era bom se fosse este + Jovane, agora este para “desculpar” a venda do Jovane… NÃO.

3 Likes

Não sei como tem andado, fez boas épocas quando chegou ao Nápoles.

O Sporting apresenta um ataque:

ED: Plata e Catamo
EE: Jovane e Vietto
PL: Sporar, Luiz Phellype e Tiago Tomás.

Andam todos a brincar com o clube.

O Tiago Tomás e Catamo só têm de voltar para a B, Plata ser a 5a opção para as alas, Luiz Phellype emprestar e Sporar tentar colocar no mercado.

Em qualquer digno seria o que aconteceria mas nesta amostra vamos a jogo com pseudo-jogadores.

O Sporting tem 3 jogadores “válidos” em 3 posições e são os 3 discutíveis: Jovane, Vietto e Plata.

Obviamente, tudo o que seja menos que 2 extremos e 2 avançados é brincar com os sócios.

Com a saída do Jovane passa automaticamente a 3 extremos.

Ler “Callejón depende de Jovane” é fantástico…

3 Likes

Alguma vez o Varandas tem capacidade para sacar este?
Nunca na vida

1 Like

Callejón?

Com o negociador implacável?

:joy: :joy: :joy:

Alguma vez o varandas consegue trazer um jogador de qualidade? Esqueçam isso

Não é um fora de série, mas é um jogador jeitoso que poderá dar um contributo interessante a esta equipa.

Na altura em que apareceu no Real Madrid, os “holofotes” estavam todos direcionados no Jesé, mas sempre achei o Callejon mais completo por causa do seu profissionalismo e do seu carácter.

Via com bons olhos a sua entrada neste plantel, não é um portento mas também não é um c**a mole, estilo Vietto, que se esconde do jogo.

Alguma vez o Callejón vai querer vir para esta equipa de miseráveis?

É um bom jogador, mas eu não acho que fosse o extremo abre-latas que precisávamos.

Excelente era vir ele e mais um extremo.

E já cago no Bertrand Traore. Joga o Callejon na direita e vamos buscar o Younes para jogar mais dentro. Mais sobra pra o avançado.

1 Like

O Traoré e o Callejón era a ala direita perfeita.

A experiência, largura e capacidade finalizadora do Callejón e a criatividade, explosão e jogo interior em associação do Traoré.

Plata ficava como 5a opção a rodar na B ou ia emprestado em Portugal.

1 Like

Noticia encomendada para o covid71 comer com a testa

Já nem se fala nele nas capas de tão ridículo que é.

1 Like

33 aninhos, no ponto para vir certamente. Ainda por cima viria receber pouco! Muita coerência, acima de tudo: um projecto desportivo que dispensa Nani, Dost e Mathieu porque recebem muito e não têm potencial de valorização para depois ir buscar Netos, Antunes, Adans, Callejons e Feddais. Força Varandas, és um iluminado…

1 Like

Com 33 anos ainda vinha para ser um dos nossos melhores jogadores. O melhor jogador do ataque seria certamente, não me parece que haja grandes dúvidas.

Com um contrato de 1 ano + 1 ano de opção, aceitava já! Sempre foi um bom jogador e ainda o é. Tanto é que fez mais de 40 jogos pelo Nápoles esta época, sendo titular em 35 deles. Não estamos em condições de desdenhar um jogador como o Callejón…

2 Likes

Não digo que fosse a única solução que ia buscar mas era um GRANDE reforço.

Estamos a falar de um extremo com golo. A capacidade de finalização dele é muito acima da média e era menino para fazer uns 10 ou 15 golos em Portugal.

O Sporting não só não pode desdenhar como duvido que tenha alguém para fazer 10 golos na posição.

Já disse e repito: Callejón e Bertrand Traoré.

Soluções distintas para o modelo do Amorim e toda uma diferença no nosso futebol ofensivo.

Olhando para a nossa frente de ataque e a quantidade de putos que por aqui abundam…aceitava-o de olhos fechados.

Seria um grande reforço, apesar dos seus 33 anos.

Mas jogadores deste nível não estão ao alcance de dirigentes inaptos. É pena…