Calendário Diabólico

A pergunta que coloco, é como gerir um plantel tão curto, sem soluções válidas, e com o calendário que a seguir apresento:

17/03/2008
Sporting - Nacional Bwin LIGA 07/08

22/03/2008
Sporting - V. Setúbal Final Carlsberg Cup 07/08

30/03/2008
Naval - Sporting bwin LIGA 07/08

03/04/2008
Glasgow Rangers - Sporting 1/4 Final Uefa Cup 07/08 1ª mão

06/04/2008
Sporting - Sp. Braga bwin LIGA 07/08

10/04/2008
Sporting - Glasgow Rangers 1/4 Final Uefa Cup 07/08 2ªmão

13/04/2008
Sporting - Leixões bwin LIGA 07/08

16/04/2008
Sporting - Benfica Taça de Portugal 07/08

20/04/2008
U. Leiria - Sporting bwin LIGA 07/08

Básicamente é um mês com jogos de 3 em 3 dias… :eh:

Desemerdem-se ! nao foi o PB que disse " Se antigamente chegavam 21 jogadores, agora tambem chegam "

O casmurro chefe deve se ter esquecido que ja nao estamos no antigamente

Que meta alguns juniores, esses ao menos têm vontade de correr. >:D

Vamos ter Farnerudes e Celsinhos a titulares nalguns jogos, é o que isso quer dizer. Medo! ???

Se tivessemos 21 jogadores de qualidade até chegava.

Não me importo de ter lá o Celsinho, desde que a jogar na sua posição de 10, e não descaído para a direita nesse famoso Losango!

Jasus, então mas o facto de andarmos ainda em três frentes agora é motivo de preocupação? É pá, essas coisas preparam-se no início da época, ou através de contratações de jogadores de qualidade ou então de apostas em miudos da formação… Ninguém tem culpa de se ir buscar lixo!

E se passarmos às meias-finais vai continuar assim. A 1ª mão é logo a 24 de Abril e a 2ª a 1 de Maio. O futebol profissional hoje em dia é assim. Quem tem unhas toca guitarra. Mas ter o calendário congestionado é sinal de que se está em prova. Antes assim.

Bom, creio que as pessoas andam a ver muitos filmes,

a capacidade física de qualquer pessoa tem limites.

O Sporting anda já em cima desses limites,

agora vamos dar mais uns passos em frente …

PS: Atenção que verdadeiramente o nosso plantel é composto por 14/15 jogadores e nisso o Paulo Bento e os dirigentes têm responsabilidades. Vejam por exemplo, embora com muito menos carga de jogos que nós, como o Jesualdo anda a fazer a rotação do plantel, só que ele pode fazer isso, enquanto que nós … são sempre os mesmos a dar ao “cabedal” :wall:

Não me admirava nada que as poupanças começassem em pleno campeonato que convenhamos ou não, é a prova onde temos menos a ganhar. Vamos ver o que acontece, as opções são curtas em quantidade e qualidade, vamos ver as decisões de Paulo Bento que é quem está mais bem colocado para tomar as melhores decisões em prol da equipa.

Acho que não há dúvida nenhuma: faz-se rotação de jogadores, com privilégio total às taças. O campeonato está mais do que perdido; além disso, só temos mais três jogos fora, contra três das piores equipas do campeonato: Leiria, Paços e Naval. O resto é em casa, onde um Gladstone, um Farnerud, um Celsinho ou um Purovic desenrascam.

Espero sinceramente que não dêem uma de Gary Megson e se lembrem de sacrificar as taças em troca da condição de 1º ou 2º entre os últimos…

Concordo contigo. Até porque é no campeonato que temos os jogos mais acessíveis. Pelo menos teoricamente. Temos 5 jogos em casa, e 3 fora. Sendo que as saídas não são de grau muito elevado (lá está, pelo menos teoricamente).

Bem,chegou a fase da época onde a equipa tem de mostrar estofo e tentar salvar o pouco que ainda há por salvar desta época…

Acredito que nesta fase, em que os jogadores começam a sentir “o cu perto das calças”, como se costuma dizer, a equipa vai dar tudo e nem vai ser o facto do calendário apertar que vai fazer mossa.

Já na altura de Peseiro quando estivemos melhor no campeonato foi quando havia eliminatórias uefeiras pelo meio (estou a lembrar-me de Braga e Guimarães por exemplo).

Agora, até nem acho o calendário tão apertado quanto isso. Não é bem um mês com jogos de 3 em 3 dias, porque o início vai ser suave. Agora é que chega a altura de Paulo Bento dar algum descanso à equipa (jogos com Nacional, Cervejolas Cup e Naval). Depois da semana do jogo em Ibrox Park é que a coisa aquece e aí é que os jogadores têm que estar fresquinhos…

Da Rocha,

É importante vencer no Algarve. Aí acho que devemos estar na máxima força. Creio que seria um golpe relativamente fundo para os jogadores, da mesma maneira que acho que uma vitória contra o Setúbal na final, pode dar alguma moral aos putos.

(…e também porque não quero voltar do Algarve com um cabeção daqueles…) :wink:

Sim, eu sei. O que quis dizer é que é nesta fase (dos próximos 3 jogos) que a gestão, rotatividade ou o que lhe quiserem chamar deve ser feita. Poupar jogadores contra o Nacional, jogar na máxima força com o Vitórrria e voltar a fazer poupanças com a Naval acho que é possível.

Segunda feira,há inevitavelmente de deixar alguns jogadores-chave frente à equipa do Predrag,com prejuízo talvez no funcionamento da equipa mas tem que ser.Depois vem a final da “bejeca” e aí troféu oficial é troféu oficial e têm que jogar com os melhores.
Depois quero acreditar que jogos com Leiria e Paços quase “condenados” à descida se já não estiverem na altura Gladstones,Farneruds e Celsinhos entre outros devem ser suficientes,digo eu.

Quem bom é ter jogos de 3 em 3 dias.

Eu gosto, por mim era sempre assim :inde:

É simples… os mais utilizados não treinam…

Só jogam :slight_smile: e assim a disponibilidade é bastante grande.