Cacá: Teorias da Conspiração sem Fundamento

Venho apenas chamar a atenção para um facto curioso que apenas ajuda à “confirmação” dos “ataques” a Cacá que alguns foristas fazem como “teorias da conspiração sem fundamento”.

Foram muitas as vezes em que chamámos aqui a atenção para o lobby que este menino tem na imprensa, sobretudo no Jogo e Record. Ele foi a notícia de que a sua escolha era Scolari mal Peseiro se começou a afundar, ele foram as colunas de “volta Cacá” que surgiram em catadupa no Record e Jogo, enfim, tantos e tantos episódios.

Agora para complementar os favores surge algo que me faz sorrir: Cacá assume-se como colunista do Record durante o Mundial (deve ser por isso que o Sporting não contrata um boi, falta de tempo).

é giro ver estas coisas.

Acho que só devias fazer essa crítica (Sporting não contrata um boi!) daqui a algum tempo, parece-me precipitada temporalmente essa tua crítica! :wink:

Agora para complementar os favores surge algo que me faz sorrir: Cacá assume-se como colunista do Record durante o Mundial [b](deve ser por isso que o Sporting não contrata um boi, falta de tempo).[/b]

é giro ver estas coisas.

O que!!! o SCP não contrata um BOI, mas não é por falta de tempo…é que o Nuno Amelia tem contrato com o benfas. :smiley: :smiley: :smiley:

Acho que só devias fazer essa crítica (Sporting não contrata um boi!) daqui a algum tempo, parece-me precipitada temporalmente essa tua crítica! :wink:

Obviamente era uma brincadeira, não era esse o epicentro do meu post. Isso era apenas uma curiosidade que certamente cairá por terra. Aliás com Cacá no comando há coisa que eu sei que é possível: a contratação de bois, asnos e outros animais acéfalos ou próximo disso :).

Acho que só devias fazer essa crítica (Sporting não contrata um boi!) daqui a algum tempo, parece-me precipitada temporalmente essa tua crítica! :wink:

Obviamente era uma brincadeira, não era esse o epicentro do meu post. Isso era apenas uma curiosidade que certamente cairá por terra. Aliás com Cacá no comando há coisa que eu sei que é possível: a contratação de bois, asnos e outros animais acéfalos ou próximo disso :).

Vamos esperar que isso n aconteça, espero n ter que vir aqui dar-te razão.

Perfeitamente normal.

Ui ui ui!!

Já tou a ver a cena: Crónica de CF no Record, crónica de Veiga na Bola e crónica de Reinaldo Teles no Jogo. :lol: :lol:

É o que se pode chamar de jornalismo conceituado e imparcial! Isto da quantidade de tachos que podem ser inventados é uma coisa a rocar o surreal…

Já agora, uma pergunta: Então mas o CF não é um gestor de activos? Ou seja, se ele é gestor de activos, que raio tem ele a ver com crónicas de um Mundial (só se for para dar bitaites à gestão das carreiras dos jogadores mais influentes no Mundial) e que raio de projeccão na sociedade é que ele tem para ter a “honra” de escrever uma crónica num jornal desportivo para o restante povo português ler?

Eu pensava que não contratavamos porque ainda não vendemos as paredes… :roll: porque por vezes acho que a alma já foi… vendida lá está!

Quer se goste quer não goste, CF é alguém importante na estrutura do Sporting, logo tem mais do que dimensão para escrever uma crónica sobre futebol a propósito do mundial.

O Paulo Portas, o cineasta, a judite sousa, o jorge gabriel, podem não ter. O responsável pelo futebol do SCP parece-me ter.

Mais: acho que foi bem esgalhado pelo Record. É um personagem discreto de quem não se conhecem grandes opiniões, pelo que é um bom “exclusivo”. E mais: já li uma crónica e gostei!

A.A.

Ui ui ui!!

Já tou a ver a cena: Crónica de CF no Record, crónica de Veiga na Bola e crónica de Reinaldo Teles no Jogo. :lol: :lol:

É o que se pode chamar de jornalismo conceituado e imparcial! Isto da quantidade de tachos que podem ser inventados é uma coisa a rocar o surreal…

Já agora, uma pergunta: Então mas o CF não é um gestor de activos? Ou seja, se ele é gestor de activos, que raio tem ele a ver com crónicas de um Mundial (só se for para dar bitaites à gestão das carreiras dos jogadores mais influentes no Mundial) e que raio de projeccão na sociedade é que ele tem para ter a “honra” de escrever uma crónica num jornal desportivo para o restante povo português ler?

…por falar em paredes…o PAREDES da reggina era um bom trinco para o sporting… :smiley: :smiley: :smiley: :smiley: :smiley:

Que comece a passar para fora o caracter e as ideias do caca…

Quer se goste quer não goste, CF é alguém importante na estrutura do Sporting, logo tem mais do que dimensão para escrever uma crónica sobre futebol a propósito do mundial.

O meu texto não versava os conhecimentos e capacidade do bicho para a escrita de uma coluna. Aliás nem sequer falei da legitimidade, mas agora falo: que legitimidade, transparência existe entre estas figuras (jornais desportivos e dirigentes) num cenário destes? É uma vergonha.

É o mesmo que ter o ministro da economia em exercício a escrever uma coluna sobre economia num jornal de referência. É uma palhaçada, um nojo, e um bom indicador da cepa moral tanto do autor como do jornal que o recebe. A não ser que o Cacá tenha metido licença sem vencimento (chorudo) durante o mundial, o que até parece, tendo em conta a grande actividade e poderosa equipa que estamos a construir nesta altura, a um mês do arranque da época.

Isso nem parece que vem de alguém do meio…

Qual é a transparência que existe entre um jornal diário qualquer pertencente a um grupo económico qualquer e as dezenas de colunistas (de certeza que com interesses relacionados) que por lá andam? Pela tua bitola, quem poderia escrever num jornal?

CF deve ter sido convidado para escrever durante o mundial. Qual é o problema? Até deveria ser prestigiante. Não fossem os preconceitos, e teríamos alguém que tem fama de ser grande conhecedor de jogadores a escrever sobre a maior montra mundial do “produto”. Bem esgalhado pelo Record.

Tal como com os vários ministros e até o Presidente da República que já escreveram artigos de opinião em jornais, o espaço e o responsável do texto estão identificados e o autor só se representa a si próprio.

Licença sem vencimento? Para escrever meia dúzia de artigos? :lol:

E quanto à actividade no clube, deves saber mais do que eu. O gajjo está de férias no Algarve? Quem anda a tratar dos affairs Nani, Polga, Caneira, Abel, Douala e dos vários emprestados? Bem sei que não temos nenhum argentino nas primeiras páginas dos jornais, mas parece-me que tu não te deixarias impressionar por isso :wink:

A.A.

Quer se goste quer não goste, CF é alguém importante na estrutura do Sporting, logo tem mais do que dimensão para escrever uma crónica sobre futebol a propósito do mundial.

O meu texto não versava os conhecimentos e capacidade do bicho para a escrita de uma coluna. Aliás nem sequer falei da legitimidade, mas agora falo: que legitimidade, transparência existe entre estas figuras (jornais desportivos e dirigentes) num cenário destes? É uma vergonha.

É o mesmo que ter o ministro da economia em exercício a escrever uma coluna sobre economia num jornal de referência. É uma palhaçada, um nojo, e um bom indicador da cepa moral tanto do autor como do jornal que o recebe. A não ser que o Cacá tenha metido licença sem vencimento (chorudo) durante o mundial, o que até parece, tendo em conta a grande actividade e poderosa equipa que estamos a construir nesta altura, a um mês do arranque da época.

Qual é a transparência que existe entre um jornal diário qualquer pertencente a um grupo económico qualquer e as dezenas de colunistas (de certeza que com interesses relacionados) que por lá andam? Pela tua bitola, quem poderia escrever num jornal?

Caro A.A. não misturemos alhos com bugalhos: os jornais desportivos produzem material 90% dele relacionado com os 3 grandes. Que eu saiba não existe nenhum jornal de referência que dependa desta forma nem sequer do governo português para poder vender. Logo aí existe uma diferencia abismal entre o peso até da comparação que fiz. Mas mesmo assim ter por exemplo um ministro em exercício a escrever colunas num jornal seria algo muito pouco transparente, apesar de, repito, a relação de forças ser muito menor.

Nos jornais desportivos existe uma dependência doentia para com os 3 grandes. Quando chegamos ao ponto de ver um dirigente ou funcionário importante, em plenas funções, escrever num jornal desportivo com que cara garantes a isenção? Que tratamento esperamos do Record no dia em que surgir algum caso que devemos saber? Será que o mesmo Record escreverá alguma coisa alguma vez perante (imaginemos o impensável) uma comissão metida ao bolso por um gestor de activos do Sporting?

Não brinques comigo, tu não és ingénuo.

Tal como com os vários ministros e até o Presidente da República que já escreveram artigos de opinião em jornais, o espaço e o responsável do texto estão identificados e o autor só se representa a si próprio.

Não em funções. Ter um dirigente do estado a escrever, em plenas funções, sobre algo da sua área de actividade é uma falta de transparência.

Certamente considerarás normal ter por exemplo o Reinaldo Teles a escrever uma coluna semanal sobre arbitragem no jogo? é isso?

E quanto à actividade no clube, deves saber mais do que eu. O gajjo está de férias no Algarve? Quem anda a tratar dos affairs Nani, Polga, Caneira, Abel, Douala e dos vários emprestados? Bem sei que não temos nenhum argentino nas primeiras páginas dos jornais, mas parece-me que tu não te deixarias impressionar por isso :wink:

Repito: estamos certamente a construir grandes elencos como aqueles que este homem construiu e que tantos títulos nos trouxeram. Horvaths, Motas, Spehars, Nalitzis, Tingas, Brunos Caires, Hugos… sei que vêm aí cracalhões deste calibre para atacar a CL como só Cacá sabe fazer. Tudo a bem do clube, e com total transparência pois é de uma pessoa sem mácula que estamos a falar.

Meu caro,

Não sei que te diga. É uma coluna de opinião! É a opinião pessoal de Carlos Freitas sobre o Mundial…

Acho que estás a ficar paranóico com isto. Eu prefiro ler Reinaldo Teles, Shéu, o Zé do Laço, o Pinto da Costa ou o Veiga do que ler recados. Mas, se tu achas que o facto de se escrever uma coluna num jornal sobre este evento e durante este evento que acontece de 4 em 4 anos é meio caminho andado para se ter a protecção do jornal, não discuto mais isso.

Eu pensava que tinhas em melhor conta a imprensa. Pelos vistos não. Valha-nos o Sportugal que com certeza nos informará das comissões metidas ao bolso pelo CF que, mesmo sem artigos de opinião sobre os craques da Polónia nos anos 70 tem conseguido que os restantes jornais não as publiquem. Pode é não informar sobre as trafulhices da Luz, porque o Carraça tem lá uma coluna de opinião.

A.A.

Aqui não há paranoia. Eu o que falo e digo é baseado no que vou sabendo, de fonte segura e insuspeita. A boa impressão que tu tens do homem é baseada também na opinião de uma ou duas pessoas em quem confias.

Quanto aos resultados… esses infelizmente não fundamentam as boas opiniões embora exista no Sporting uma tendência que nunca compreendi de apenas identificar as (poucas) boas incursões desta figura no mercado e compará-las em número às más ou até de lhe atribuir méritos de contratações nas quais não tocou ou não mostrou qualquer dos conhecimentos que lhe são atribuidos.

Quanto ao resto e neste caso específico enfim… se eu visse o Zé Veiga a escrever na Bola não ia gostar. Se eu visse o Reinaldo Teles comentar arbitragem no Jogo não ia gostar. Sendo assim também não gosto de ler Cacá no Record e não esperarei grande insenção no futuro por parte deste jornal, mesmo que a nosso favor, ou pelo menos não será por este pasquim que espero ficar a conhecer os podres do meu clube, que têm existido em grande número. Acho esta conclusão óbvia e o exemplo do porquê de não ser normal ou aceitável ter um funcionário em funções importantes numa das 3 principais fontes de informação de um pasquim destes a escrever no mesmo.

Não te volto a explicar que a minha opinião sobre o homem não é relevante. Não o tenho em má conta, mas também não tenho motivos para o achar grande profissional. Mas continuo sem perceber parte das perseguições.

E esta é mais uma.

Eu ia gostar de vê-los escrever. A todos. Porque gosto de gente que se compromete. É o que acontece com este tipo de artigos. Por outro lado, não acho que o jornal nem o “opinador” fiquem comprometidos por esta “merdita” de colaboração, para além do que é publicado.

Por esse andar, políticos como o Lobo Xavier (ui ui…SONAE e Público??), Pacheco Pereira, ou António Barreto não escreveriam nos generalistas, gente ligada aos bancos não escreveria nos financeiros, e os únicos que podem escrever sobre bola são os cineastas e apresentadores de televisão.

A.A.

Continuas a misturar alhos com bugalhos.

Eu dei o exemplo de um ministro com uma razão de ser. É uma situação limite.

Os jornais não dependem das empresas que albergam alguns dos seus colunistas como os pasquins dependem dos 3 grandes, e não existe entre os diários generalistas e os poderes publicos ou privados o nojo e o cambalacho que existe entre pasquins e grandes clubes.

Das duas uma: ou estás a querer dizer-me que acreditas na imparcialidade de Record, Bola e Jogo (o que seria uma anedota) ou simplesmente não estás a querer perceber o que estou a dizer.

Esta colaboração é apenas o prego que fundamenta o que sempre disse, a proximidade do artista com JOgo e Record (a campanha pró Cacá e Pipinho no Record foi outro nojo que o prova bem), sendo uma despodurada falta de vergonha.

Ao contrário dos generalistas os pasquins desportivos não têm outro assunto que não os 3 grandes. É essa peça que te está a faltar numa comparação que não faz qualquer sentido.

Não acho estranho que CF escreva uma artigo de opinião sobre jogadores, que não os seus, num jornal desportivo.
Ele é dirigente do Sporting como poderia ser de outro clube qualquer. Parece-me normal ver alguém com conhecimento, experiência e que esteja ligada ao futebol escrever um artigo de opinião sobre o mesmo.
Como também acho normal um membro do governo escrever sobre um qualquer artigo relacionado com a sua área num jornal.

Por isso mesmo é que são artigos de opinião. Senão seria meras notícias. Não é disso que se trata.
Descança que quando for necessário deitar CF abaixo eles não se vão recordar que ele fez uns tantos artigos de opinião pelos quais lhe devem ter pago uns bons cobres. :wink:

Como também acho normal um membro do governo escrever sobre um qualquer artigo relacionado com a sua área num jornal.

Não deves ser leitor assíduo de diários generalistas. Has-de me dizer onde viste alguma vez isso e como seria possível continuares a considerar o jornal da tua escolha isento daí para a frente quanto às questões que envolvessem o governo ou pelo menos esse ministério caso pagasse a um membro do governo para este escrever no seu jornal.

Enfim… é giro ver que tanto aqui se ataca (e bem) durante anos os jornalistas e mais especificamente os pasquins e de repente surge uma palhaçada destas e tá tudo bem e é transparente. Haja olhinhos para perceber estes critérios que os meus tão cheios de conjuntivite.