Bruno Fernandes

Mas em que é que os outros também fazem contraria o que eu disse.

O que os outros fazem diz-me pouco. O que me interessa é o que a direção do Sporting faz e o impacto que isso pode ter no clube.

Peço desculpa pelo off-topic (por mim acaba aqui) mas este utilizador insiste nos ataques pessoais.

Ponto 1. Não tenho nada contra o cidadão Octávio Machado. Não lhe reconheço no entanto competência profissional para exercer nenhum cargo de relevância numa estrutura profissional de futebol do século XXI num clube de topo.
Era absurdo vê-lo sentado no nosso banco aqui há poucos anos.
É a minha opinião. Provavelmente o sr tem uma opinião diferente - não tenho nenhum problema com isso. Se me mostrar que estou errado tenho todo o gosto em rever a minha opinião.

Ponto 2. Não é para mim insulto nenhum me mandar limpar as “retretes”. Quem o faz merece todo o meu respeito - são trabalhadores honrados que fazem um trabalho digno para ganharem a vida e sustentarem as suas famílias. Prefiro fazer outras coisas? Claro que sim, eles provavelmente também mas não podem ainda - isso só lhes dá mais valor. O Sporting é de todos os que o saibam respeitar.

A propósito: Uma das coisas que mais me agradou nesta direcção foi o facto de nas primeiras intervenções públicas após as vitórias que se conseguiram estes terem prontamente e espontaneamente agradecido e partilhado as conquistas com todos os funcionários do clube, sem excepções, desde o senhor da bilheteira ao senhor que “limpa as retretes do 2º piso da Norte”.
Meras palavras? As palavras e os gestos contam! Devemos muito a estes “trabalhadores invisíveis”, às pessoas discretas, competentes, esforçadas e dedicadas que não procuram protagonismo.

Pronto, pode voltar às suas “guerrilhas”, “confrontos”, “porradas”, “cartilhas”, “podres”, “tachos”… (tudo palavras suas) e continuar a ofender quem pensa diferente de si… é certo que nunca evoluirá e aprenderá nada assim - mas hey, o sr já sabe tudo pelo que não perde nada, não é?

Fim do off-topic.

Que vá para tudo menos para o patético de medrid. Farto de levar banhadas com esses gajos

Mathieu é o patrão! Para mim era dele!

Olhando para os quadros de jogadores dos clubes interessados, há ali muita coisa interessante no PSG, muito mais do que no atlético, united ou tottenham.

A única proposta que existe pelo jogador é a do ManU.

Não há cá PSGs não há cá Atléticos Nem Inters nem nada.

Não há JM no processo

E esse sururu que anda por aí de que o Mendes não só não está envolvido como está a hipotecar possíveis ofertas de clubes a quem tem ligações, é verdade?

Faz sentido se: afastamos o empresário por querer cobrar demasiado em comissões e nós querermos negociar somente com o clube e empresário; o empresário quer vender o João Félix e o Bruno é concorrência forte a esse nível. Ora, se o United oferecer 60 ou 70M€ pelo Bruno, dificilmente vai oferecer a mesma quantia pelo João Félix. E o empresário quererá sempre colocar os seus. Por isso… é bem possível de ser verdade.

O super-empresário cobra imenso de comissões, todos o fazem, mas abre portas que sem ele dificilmente se abrem. O problema aqui é que acabamos por lhe pagar comissões, dívidas, que fazem nenhum sentido e isso é que é de criticar. De resto, se garantir um negócio excelente para o Sporting, pagamos por isso. O que interessa é o que entra nos cofres do clube, se entrar 50M€ limpos, alguém fica incomodado de o super-empresário levar 6M€? Nadinha.

Contudo, preferia sempre negociar sem a intromissão do super-empresário. A sua rede, a sua forma de estar no futebol, é muito obscura.

O gajo deve saber de mts podres pq ninguém lhe faz frente? Tenta bloquear negócios e ninguém reage?

Neste mesmo tópico, há quem afirme convictamente que não existe proposta nenhuma de ninguém… :inde:

Insider Wars I - The Phantom Offer

A forma de actuar de praticamente todos os empresários do futebol é obscura. O Mendes faz o que os outros queriam conseguir fazer.

O “conflito “ parece-me é entre os representantes do jogador e o Mendes. Isso é lá com eles.

O Sporting tem que definir um valor, batem levam o jogador, não chegam a esse valor é pagar os 5 milhões e ficar com o melhor da Liga no plantel. Win Win

continuo a não entender isto de pagar comissão de um jogador que vendemos. (tendo sido o clube comprador o interessado, e não o empresário quem terá arranjado colocação)

É pagar a intermediários do negócio. Pagas ao empresário uma comissão de venda com a garantia de que te arranjar o melhor negócio possível. Sobretudo quando queres vender um atleta. Agora, sem existir a intenção de vender, obviamente que podes recusar estar a pagar a intermediários. Pode ser esse o caso.

Sem o dinheiro da transferência deste amigo a época está mais que hipotecada. Temos lacunas enormíssimas no plantel para serem suprimidas.

Vendendo-o continuaremos com lacunas e será novamente uma época para o verbo encher…
E acreditanto então nas notícias que querem baixar orçamento e tecto salarial, é ainda mais preocupante.

70 milhões, pelo menos, ou continua. Que se decida assim, o jogador tem contrato, sozinho joga por 3 ou 4 e no final da próxima época há Europeu :mais:

Baixar o orçamento é simplesmente assumir que a próxima época será como a cara do presidente no jogo de futsal. Toca a bocejar…
É destruir o clube que está tudo bem!

Enviado do meu MI 8 Lite através do Tapatalk

Num dia, o Mendes está fora do negócio
Noutro dia, o Atlético está na corrida

Há aqui qualquer coisa que não bate certo

Um dia uma coisa. Outro dia outra coisa. Previsível forma de actuar. Tentativa de medir o pulso a determinadas opiniões com informação e contra informação. Já nem os cartilheiros sabem o que dizer.
Um dia defendem a direcção e o Mendes porque ele é que é bom e pode ajudar. No outro dia a direcção fez bem em deixar de fora o Mendes porque leva muitas comissões. Ao menos o outro era coerente nestes negócios.