Boavista desce, PC suspenso!

[i]CJ confirma decisões da CD da Liga[/i] [b]MANTÉM DESCIDA DO BOAVISTA E SUSPENSÃO DE PINTO DA COSTA[/b]

O Conselho de Justiça (CJ) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) negou provimento aos recursos apresentados pelo Boavista e pelo presidente do FC Porto, Pinto da Costa, mantendo os castigos aplicados pela Comissão Disciplinar da Liga na sequência do processo Apito Final.

Depois de uma longa e polémica reunião - o líder do CJ, António Gonçalves Pereira, deu-a por encerrada às 18 horas -, já sem a presença do presidente e do “vice” Elísio Amorim, os 5 restantes conselheiros decidiram ao fim de 7 horas manter as sentenças que punem os axadrezados com a descida de divisão por 3 actos de coacção sobre árbitros e o presidente do FC Porto com 2 anos de suspensão por 2 tentativas de corrupção.

Com isto, os dragões - além verem confirmada a subtracção de 6 pontos - perde igualmente um importante trunfo para jogar em sua defesa no processo que corre nas instâncias da UEFA, onde corre agora o risco sério de ser afastado da Liga dos Campeões.

in Record

Se bem entendi fica oficializado a subtracção de 6 pontos ao Porto, certo?
Se sim, a UEFA não castiga o Porto? Porquê adiar o castigo?

Em relação à descida do Boavista parece-me justa. Clubes corruptos não devem ter lugar na Superliga.

Acho que devemos observar isto numa perspectiva meramente sportinguista, deixando de lado a vontade de vermos os clubes corruptos punidos, ou seja, este ano o Sporting não tem b[/b] nada a ganhar com a ausência do Porto das competições europeias, aliás, só teria a perder pois teria um adversário forte e que teria como exclusiva preocupação o campeonato.

Acho que só temos a ganhar com a guerrinha entre porcos e lampiões e imagine-se que o porto é punido para o ano (coisa que vai inevitavelmente acontecer como já se percebebeu pelas declarações de quem está à frente da UEFA) se se ficar a saber no decorrer do campeonato que o porto não poderá participar na edição seguinte da LC isso de certeza que terá efeitos na prestação da equipa e o Sporting poderá aproveitar esse facto para voltar a ser campeão nacional e já nem falo nem eventualidade de acabarmos em 3º lugar e de podermos beneficiar com a entrada na LC através da punição do porto porque estou perfeitamente convicto de que vamos fazer bem melhor que isso.

e que tal falarmos da pouca vergonha que foi a votaçao na liga de clubes na passada semana ? Vao-me dizer que o SCP tem moral para falar de corrupçao quando vota contra a descida de divisao no caso de tentativa de corrupçao, tal como votou o fcp e os amigos do norte ?

Quer-me parecer que o SCP nao esta’ a contribuir em nada para o melhoramento dos regulamentos disciplinares, o que e’ uma pena, parece que estao feitos uns com os outros. Ainda mais ridiculo e’ passar de 6 pontos para 9 pontos de subtracçao no que diz respeito a essa mesma tentativa de corrupçao :lol: :lol:

Pois, porque lhes dá jeito e muito ficarem sem os 6 pontos na época que passou. Acho que a pergunta não é Porquê adiar o castigo, é mais Porquê adiar um castigo e o outro não?

Porque é que o porto em relação às competições europeias vai ser castigado só na próxima época, como tudo indica, e em relação aos pontos subtraidos foi castigado na época que passou?? Porque será? Será porque assim o porco tinha de começar o campeonato com menos 6 pontos, como aconteceu com outros clubes em Itália por exemplo?

A máfia é muito grande… >:D

A mim também me parece justa, mas b boavista não devia ser o único a não ter lugar na superliga…

Eu já tinha ouvisto qualquer coisa sobre isso , mas não tinha a certeza sobre a posição do Sporting.

É uma posição tomada que só merece um :cartao:
Como se pode justificar votar ao lado de corruptos. :twisted:

Será que aquela história que o Sporting é um clube diferente é só conversa. >:(
Será que a ideia é o Sporting fazer parte da pandilha?

:offtopic: Escreve-se/diz-se “ouvido” … “já tinha ouvido qualquer coisa sobre isso…”

:offtopic:

Também não compreendo onde o SPORTING tinha a cabeça quando votou nisso. Só se foi só para dar razão ao Porto neste caso para chatear os lampiões, mas não me parece de bom senso actuar desta forma… :cartao:

O que se está a dizer sobre o Sporting não é verdade.

A liga apresentou duas proposta para agravamento das penas em caso de corrupção na forma tentada e consumada. Na forma consumada foi proposto a descida de até duas divisões como pena máxima, e foi aprovado mas só para os clubes da Liga Sagres o que na prática significa que teriam de deixar as competições profissionais, nos caso dos clubes da Liga Vitalis, descem uma divisão, que na prática também os empurra para fora do futebol profissional, enviando-os para a 2ªdivisão B, mas não para a 3ª divisão, como propunha o CD da Liga.

Na fase de discussão desta alteração ao regulamento de disciplina para os casos de corrupção na forma tentada a Liga propos a descida de divisão, a maioria dos clubes mostrou-se contra, a favor estavam Benfica e Sporting. Numa tentativa de gerar maior concensso e de forma a ser possivel alterar o regulamento aumentando a pena, já que a proposta da Liga iria ser chumbada pela maioria, o Sporting apresentou a proposta para a perda de 9 pontos: três a seis de punição, mais três por derrota.

Esta proposta passou, acabando por ser votada pela maioria com o SLB e SCP a votarem juntos, mas com a oposição do FC Porto, Vitória de Guimarães, Boavista, União de Leiria, Vizela e Santa Clara.

Mas não é isso que vem nos jornais. Como sabes isso? Onde viste isso?

nao e’ o que diz os pasquins:

"Da Assembleia Geral da Liga, saiu já a aprovação, por maioria dos clubes, de um conjunto de novas medidas, algumas mais leves do que as inicialmente propostas pela Comissão Disciplinar (CD) no combate à corrupção. Assim, para os casos de corrupção consumada, a pena máxima pode levar à descida de até duas divisões. Em relação à forma tentada de corrupção, a CD da Liga propunha a descida de divisão, mas, por proposta do Sporting, as penas ficam limitadas à perda de nove pontos: três a seis de punição, mais três por derrota.

De acordo com o avançado pela agência Lusa, e depois de longas horas a discutir questões disciplinares, os clubes presentes na Assembleia Geral (AG) da Liga, que recomeçou esta quarta-feira à tarde, foram favoráveis ao agravamento das penas para os casos de corrupção consumada, ficando decidido que, no máximo, a sanção pode levar à descida de até duas divisões.

Atente-se que, actualmente, estava em vigor a descida de um escalão, tendo a Comissão Disciplinar (CD) da Liga proposto a exclusão das competições profissionais, medida rejeitada e que só poderá acontecer, de acordo com as novas regras, em caso de pena máxima para os clubes da Liga principal.

Relativamente à forma tentada de corrupção, a CD sugeriu a descida de divisão. No entanto, o Sporting apresentou uma contraproposta, a qual foi aprovada, que indica que as penas ficam limitadas à perda de nove pontos - três a seis de punição, mais três por derrota. No actual regulamento, a pena ia até seis pontos.

No geral, não se pode dizer que tenha havido uma parte vencida, apesar de a CD da Liga não ter conseguido fazer vingar todas as suas propostas. Segundo o apurado pela agência Lusa, estas propostas mereceram os votos contra do FC Porto, Vitória de Guimarães, Boavista, União de Leiria, Vizela e Santa Clara."

in Ojogo.pt

Foi a interpretaçao que fiz, nao so’ pelo que li nesta noticia, mas pelo que ouvi na SIC-N 'a uns dias.

O que eu gostava era de ver o meu clube a explicar esta situaçao, isso sim. Fazem uso do site so’ quando lhes apetece ameaçar o Rui Santos com processos de difamaçao… haja pachorra !

Onde ouvi que a proposta do Sporting surgiu depois de se perceber que a maioria dos clubes iria votar contra a descida de divisão nos casos de corrupção na forma tentada, foi no Rádio Clube Português no programa do Fernando Correia. Também foi dito nesse programa que o Sporting e Benfica nestas matérias votaram sempre juntos, com o Porto e Boavista a formarem oposição.

Mas se lerem a noticia de Ojogo ela diz quase a mesma coisa.

Fica o problema da definição de corrupção tentada. Como saber se é consumada ou tentada?

O dirigente paga ao árbitro para este dar uma ajuda NO CASO do jogo estar a correr mal. O árbitro aceita o suborno. O jogo acaba por correr bem e portanto o árbitro não precisou de influenciar.

À luz dos regulamentos, isso é corrupção tentada. Mas na prática ninguém tem dúvidas que é corrupção.

Espero é que eles mudem os critérios necessários para se considerar a corrupção consumada. No caso actual, tivemos Jacinto Paixão e Augusto Duarte castigados por corrupção na forma consumada e a entidade corrupta castigada por corrupção na forma tentada!

Um total paradoxo que é explicado pela incongruência dos regulamentos.

Quanto ao afastamento do FC Porto das competições europeias, parece-me óbvio que tem que acontecer já! Por várias razões:

1- Clubes corruptos NÃO podem nem devem participar nas competições europeias;

2- O FC Porto teria um rombo de 10-12 milhões de euros nas contas.

3- O FC Porto, que tem um défice de conta corrente superior a 2 milhões de euros por MÊS, teria obrigatoriamente de vender mais um craque. Já gastaram bastante em reforços. Só no Rodriguez gastaram 7 milhões por 70% do passe e terão que pagar 1,8 milhões de euros LIMPOS por ano (dá mais de 3 milhões anuais em bruto).

4- Nenhum dos craques do FC Porto está interessado em ficar de fora da maior montra da Europa! Alguém acredita que o Lucho não faria força para sair do FC Porto?! Se já com a Liga dos Campeões temos Lucho e Quaresma a dizer que querem sair, imaginem no caso do FC Porto ser excluído da competição.

5- Ficaria para a história que o FC Porto foi castigado pela UEFA por corrupção. É uma boa forma de calar os portistas quando se põem a dizer que são os melhores e que ganham apenas porque são os melhores.

João Abreu acusa presidente do CJ de coação para “obter tese favorável ao FC Porto e Boavista”

O conselheiro João Abreu acusou hoje o presidente do Conselho de Justiça (CJ) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), António Gonçalves Pereira, de coagir os membros do órgão para “obter uma tese favorável ao FC Porto e Boavista”.

Em declarações à Agência Lusa, João Abreu sustentou que Gonçalves Pereira “teve uma actuação insistente e prepotente, tanto para os conselheiros como para os funcionários da FPF”, “desvirtuou o espírito colegial” do CJ e “denegou os princípios da ética”.

“Gonçalves Pereira tentou pressionar os conselheiros no sentido de obter uma tese de vencimento favorável ao FC Porto e ao Boavista”, denunciou João Abreu, conselheiro que o presidente do CJ tentou impedir de se pronunciar na reunião de sexta-feira sobre os recursos apresentados pelo presidente do FC Porto, Pinto da Costa, no âmbito do processo Apito Final.

João Abreu recordou que as pressões começaram a 16 de Junho, em reunião destinada a discutir a admissão das escutas telefónicas realizadas no âmbito do denominado “caso da fruta”, em que Pinto da Costa é acusado de oferecer o serviço de prostitutas à equipa de arbitragem chefiada por Bruno Paixão, nomeada para o FC Porto-Estrela da Amadora, da época 2003/04.

in Lusa.pt

Estive a ler o BlogdaBola e encontrei la esta perola

“…mas a mesma notícia esqueceu-se de referir que o presidente do CJ, com voto de qualidade é portista e doente. Mas como se isso não bastasse, é vereador na Câmara de Gondomar, foi guarda-redes do Gondomar e presidente da Assembleia-geral do Gondomar…”

http://blogdabola.blogspot.com/

Sera que isto é mesmo verdade ? Vindo do futebol em Portugal eu ja acredito em tudo mas mesmo assim esta é das fortes

É uma vergonha, é o que é!!!

Tá explicado porque se foi embora e quis acabar com a reunião. Parece os meninos mimados que quando jogam à bola e começam a perder pegam na bola e vão-se embora.
E se ele tentou coagir, não acredito que tenha sido de sua espontânea vontade, foi de certeza com um empurrâozinho do Valentim e do Pinto.

O FC Porto não reconhece “as pretensas e aberrantes decisões” do Conselho de Justiça (CJ) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e o presidente Pinto da Costa anunciou que vai apresentar uma reclamação no Tribunal Administrativo. Em comunicado publicado na página oficial do clube na Internet, o FC Porto não reconhece validade legal às decisões do CJ, que confirmou a suspensão por dois anos a Pinto da Costa, qualificando de “manobra de diversão” a reunião de sexta-feira do órgão federativo, para apreciação os recursos do processo Apito Final. “Vai ser apresentada uma reclamação no Tribunal Administrativo e queremos saber se a federação vai dar valor a uma reunião que não existiu, conforme disse o presidente do CJ (António Gonçalves Pereira)”, anunciou Pinto da Costa. No comunicado publicado na Internet, os “dragões” insistem que os recursos de Pinto da Costa “não foram objecto de decisão”, dando por correcta a “pauta publicada e afixada na sede da FPF” quando Gonçalves Pereira entendeu abandonar a reunião, às 20:00. O FC Porto manifestou “estranheza pela sucessão de incidentes ocorridos após o encerramento da reunião, às 18:00” e lamentou a forma como o processo foi conduzido. “A urgência revelada por estes membros do CJ leva a questionar a sua verdadeira motivação, facilmente perceptível, atenta a forma precipitada e atabalhoada com que esta 'manobra de diversão´ foi artificialmente criada”, diz a nota. O comunicado advertiu também que a Administração da SAD do FC Porto “não aceitou, nem aceitará, recados dados em conferências” e que “apenas aceita e cumprirá deliberações tomadas em reuniões regular e legalmente convocadas”. O FC Porto lamentou os “infelizes eventos” da madrugada de hoje, em que o CJ confirmou a suspensão de Pinto da Costa por dois anos, confirmando a decisão da Comissão Disciplinar da Liga de clubes, o que “só vêm reforçar a convicção na estratégia jurídica inicialmente adoptada”. A finalizar o comunicado com dez pontos, o FC Porto diz que irá “aguardar serenamente a posição que os órgãos competentes da FPF virão a tomar sobre este imbróglio e que, de uma forma exemplar, identifiquem e punam os seus autores”.

In Sportinveste Multimédia

O Boavista pediu hoje ao presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e do Conselho de Justiça (CJ) a acta da reunião de sexta-feira do órgão de justiça federativo, na qual foram apreciados os recursos do processo Apito Final. Depois de ter estado reunido com os elementos do gabinete jurídico e da SAD boavisteira, o presidente do clube do Bessa, Álvaro Braga Júnior, enviou um fax ao cuidado de Gilberto Madail e de António Gonçalves Pereira, presidentes da FPF e CJ, respectivamente, pedindo a acta da reunião. “Pedimo-lo com carácter de urgência, visto que na segunda-feira há o sorteio da Liga”, disse à Agência Lusa o presidente do Boavista, adiantando que só depois da recepção da acta tomará decisões, até porque “o Boavista não foi notificado de coisa nenhuma”. Já este sábado, Braga Júnior tinha dito que a decisão de negar provimento aos recursos do Boavista e do presidente do FC Porto, Pinto da Costa, mantendo os castigos de descida de divisão e suspensão por dois anos, respectivamente, é “inexistente”, pois não foi tomada pelo Conselho de Justiça, mas “apenas por cinco conselheiros”.

In Sportinveste Multimédia

O nosso futebol é uma coboiada. Este episódio conta-se em poucas frases

Ponto 1: o Paços de Ferreira e outro clube pediram um incidente de recusa (um mecanismo pelo qual dizem “este juiz não é imparcial e não deve participar na decisão” relativamente ao presidente do CJ, precisamente por ser amigo dos mafiosos, vereador na CM Gondomar, etc

Ponto 2: o Boavista apresentou um incidente de recusa sobre um dos vogais do CJ por um motivo semelhante

Ponto 3: o CJ tem 7 membros: presidente, vice e 5 vogais. As decisões são por maioria

Ponto 4: o presidente do CJ, que devia saber que ia perder a votação, começa a reunião querendo excluir o vogal referido no ponto 2; desta forma as contas ficariam mais equilibradas…

Ponto 5: o referido vogal obviamente recusou-se a sair e foi apoiado pelos colegas

Ponto 6: o presidente do CJ e o vice, chateados e vendo que iam perder a votação, saem da reunião. O objectivo era que, saindo, deixasse de haver condições para a votação, ficando esta adiada

Ponto 7: os restantes membros limitaram-se a seguir o rumo, votaram e decidiram que Boavista desce e PdaC é culpado. Diz-se que para o conseguirem votaram primeiro a demissão dos anteriores presidente e vice, mas só li isto num lado (o Jogo)

Ponto 8: hoje, os derrotados vêm todos a terreiro falar contra a decisão - FCP e Boavista escudam-se no facto de não estar completos os 7 membros; o presidente veio mostrar a acta da reunião, afirmando que ela tinha acabado às 18:00 e que os restantes mebros voltaram lá, sozinhos, depois do jantar :o , teoria apoiada pelo FCP (ver comunicado de hoje)

Enfim, coboiada, mais um inbróglio jurídico: aposto que o presidente e vice (bobi e tareco) antes de sairem telefonaram aos aos “donos”, que, com os advogados a postos os devem ter aconselhado a fazerem aquilo, aliás, até devia até já estar preparado para assim ser, uma vez que já deviam suspeitar que a maioria dos membros do CJ estavam a favor da punição.

Mas de qualquer forma, como já escrevi anteriormente, a nível nacional não vai acontecer nada. Se o PdaC se safar, automaticamente safa o porto; mas se for condenado, o porto safa-se porque “não tem nada a ver com os actos do PdaC”. Justiçazinha…

Eu começo é a pensar se estes imbróglios não são todos de propósito. Se não vejamos: os factos conhecidos por todos são demais evidentes que houve trafulhice e da grande; o Conselho de Justiça, para não ser linchado em praça pública, não podia dar provimento aos recursos do Boavista e do PdC; vai daí, combinam este imbróglio para parecer que é tudo uma grande confusão e entretanto 2ª sai o calendário da Liga e o sorteio da Champions está aí à porta. Quem fica a ganhar sempre é PdC e o Porto.

Esqueceste 1 ponto importante: o pedido do Pacos foi recusado e o do Boavista aceite, tudo decidido pela mesma pessoa, o presidente do CJ(a pessoa em causa no caso do Pacos). Mugabe eat your heart out :smiley:

Acho bem que o Sporting se mantenha o mais neutral possivel- em publico pelo menos- enquanto o caso nao esta resolvido. E pro Sporting pode ser vantajoso que os porcos sejam so castigados pela UEFA pra epoca '09-'10, pra epoca que comeca agora temos lugar garantido enquanto que pra proxima (ainda) nao, pode vir a dar jeito :wink:

Desde quando e em que planeta, um presidente do que quer que seja, leva consigo para uma entrevista televisiva, uma acta?!?!? :o :o :o :o :o :o :o :o :o :o :o :o :o :o