Beto Acosta - O Nosso Matador

Pasquim II

ARGENTINO APOIA EX-COMPANHEIROS ESTA NOITE Acosta vai ver o Alvalade XXI

Beto Acosta, o argentino que em 1999/2000 ajudou o Sporting a quebrar um ‘jejum’ de 17 épocas sem títulos nacionais, vai ser um espectador atento do jogo de hoje entre os leões e a Udinese, aproveitando a primeira visita a Portugal desde que abandonou o clube para “rever os imensos amigos deixados por aqui”.

A participar no Mundialito de futebol de praia, em Portimão – marcou ontem três golos à França, mostrando que quem sabe não esquece –, Acosta defronta hoje o Brasil às 14 horas e parte de imediato para Lisboa. “O Sporting e Portugal ficaram-me no coração: pelo título, por uma filha ter nascido aqui… Recordações que perdurarão pela vida fora. Ainda não conheço o novo Estádio José Alvalade e estou curioso.”

Conversas

O antigo avançado leonino acompanha o futebol português “através da internet e de conversas com amigos” e, após a chegada a Portugal, já falou com Rodrigo Tello e com Nuno Santos e hoje espera encontrar outras caras conhecidas, como Sá Pinto, Tiago ou Nélson.

“Vou apoiá-los. Não conheço muito da actual equipa do Sporting mas espero que consigam seguir em frente na Liga dos Campeões e, no estádio, serei mais um a desejar um triunfo”, refere Beto Acosta.

Autor: ARMANDO ALVES
Data: Quarta-Feira, 10 de Agosto de 2005 03:01:00

… e este não é “sportinguista”, mas tem o Sporting no coração. :!:

Matadooorrr!!! 8)

Grande Acosta !

Se excluirmos o Liedson, foi o melhor avançado que passou pelo sporting nos últimos20/30 anos!

Simplesmente genial.
Esforço, Raça, Dedicação, Entrega ao máximo…!
Ele era fantástico…engoliu muitos sapos, distribuiu uns tabefes a uns sócios ali ao pé do nº2 mas conseguiu que todos cantassem por ele!
Hoje no estádio, e para além do cântico dele, todos deveríamos gritar bem alto:

OBRIGADO BETO ACOSTA!11!

Alguns são mesmo “sportinguistas”. Força Acosta!

Se excluirmos o Liedson, foi o melhor avançado que passou pelo sporting nos últimos20/30 anos!

Não nos podemos esquecer do 1º ano do Jardel, fazer 52 golos numa época é obra.

Mas quando a cabeça não tem juizo, o corpo é que paga…

... e este não é "sportinguista", mas tem o Sporting no coração. :!:

Sem dúvida! Ele próprio o diz, para além de já ter dado variadas provas disso mesmo. E nota-se que continua a seguir a vida do clube atentamente. Grande Acosta, que saudades! É daqueles jogadores que dificilmente esquecerei. :slight_smile:

Se excluirmos o Liedson, foi o melhor avançado que passou pelo sporting nos últimos20/30 anos!

Não nos podemos esquecer do 1º ano do Jardel, fazer 52 golos numa época é obra.

Mas quando a cabeça não tem juizo, o corpo é que paga…


Se considerarmos que existe uma diferença acentuada entre avançado e ponta-de-lança, então o Acosta foi realmente um dos melhores avançados do Sporting nos últimos anos. Jardel foi claramente o melhor ponta-de-lança no mundo inteiro que vi jogar (não sou do tempo do Peyroteu e do Yazalde).

Mas, seja como for, o Acosta foi um dos meus jogadores preferidos, e muita pena tive que no último ano no Sporting ele tenha sido maltratado por alguma da nossa massa associativa (mas tb já me começo a habituar a ver os nossos sócios e simpatizantes a maltratar os activos do clube :evil: )

Realmente espanta-me ler aqui elogios ao Acosta.
Muitos dos que fazem esses elogios,devem ter a memoria muito curta.
Ja se esqueceram o que esse homem passou em Alvalade, raramente
nao contestado pelos presentes no estadio e nao so.
Ele foi realmente um bom jogador que passou pelo Sporting!

Mas nao o melhor! Nao exagerem!
Voces sao exagerados a criticar e neste caso a elogiar, so porque o homem disse que tinha o Sporting no coracao.
Com o tempo tudo muda!

Yazalde, Manuel Fernandes, Jardel. so para nomear alguns

foram muito superiores a ele!
Eu admiro o Acosta e nunca o critiquei!

Tens razão Jade mas o Acosta ficou ligado ao titulo que quebrou o jejum.

Ele e o Schemeichel são duas das figuras mais marcantes desse titulo. Por isso são estimados e acarinhados pelos adeptos.

Matador, matador!
Já foi homenageado em Portimão, pelo núcleo do Sporting de Portimão e concerteza que será homenageado em Alvalade! :lol:

Só a alegria que nos deu quando ganhamos o campeonato,é inesquecivel!!!Grande Beto Acosta!!!

Se excluirmos o Liedson, foi o melhor avançado que passou pelo sporting nos últimos20/30 anos!

Não nos podemos esquecer do 1º ano do Jardel, fazer 52 golos numa época é obra.

Mas quando a cabeça não tem juizo, o corpo é que paga…


O jardel era uma merda autêntica. Marcava muitos golos, mas era uma merda de jogador. Nunca vi um jogador brasileiro que não soubesse jogar à bola! Vi o jardel…vi logo!
O gajo tinha uma capacidade fora do comum para advinhar os lances e era um excelente cabeçeador…de resto…só merda!

Ganda treta ó JT! :roll:

O Jardel nunca enganou, era um concretizador nato, nem mais nem menos, mas eu lembro-me de alguns golos à artista, assim de repente lembro-me de um chapéu de aba curta contra o Paços de Ferreira em Alvalade, belo golo! :arrow:

exacto, grandes golos marcou o jardel, tiros de primeira de fora da área incríveis… Jardel não era era jogador de passes de 30m, de fintas ou de mudanças de velocidade. Cada um na sua especialidade, na dele era apenas o melhor do mundo e o resto é conversa: que eu saiba futebol é marcar golos, não fintas, truques e passes. O golo é que interessa.

Aliás, se estivesse dentro da área o Jardel até fintava. Bastava-lhe ter o noção que podia marcar golo, que ele conseguia fazer o necessário para marcar. Jardel não era apenas um jogador que marcava ao primeiro toque na bola - se necessitasse também fintava para marcar.
Se lhe dessem a bola fora da área, aí a história era outra. Das duas uma, ou lhe davam tempo e ele metia a bola onde queria (lembro-me de várias assistências que ele fez para entradas do JVP e do Niculae) ou se o pressionassem logo, ele perdia a bola.
Mas, apesar de ser letal de cabeça, tb marcava muitos e bons golos com os pés - basta lembrar aquele golo fabuloso (parecido com um do Zizou) que ele marcou à entrada da área (ainda no FCP) numa bola bombeada pelo Capucho (ou Zahovic ou Drulovic - nã me lembro) quase do meio campo em que o Jardel sem deixar a bola tocar no chão fez um remate duma potencia enorme. Ou o golo que ele marcou ao Setúbal pelo SCP na noite em que o Niculae foi lesionado.
A relação do Jardel com a baliza era tal que eu dizia na brincadeira que podiam dar-lhe uma cadeira e ele sentava-se dentro da área que as bolas haveriam de ir ter com ele que ele tratava de as encaminhar para a baliza.
Foi o melhor do mundo e foi pena que o Veiga tenha conseguido destruí-lo, aproveitando a fraqueza psicológica do Super Mário.

O gajo tinha uma capacidade fora do comum para advinhar os lances e era um excelente cabeçeador...de resto....só merda!

Um jogador que marca a quantidade de golos que ele marcou, quero lá saber do resto (falando dentro do campo, claro)! :wink:

Fintinhas e toques é para o freestyle…

Podem sacar o belo som “Beto Acosta és o nosso matador…”

http://dl4.rapidshare.de/files/3844403/26205763/Claques_-Portugal-Sporting-Ultras_Juve_Leo-Matador__.wav