Basquetebol Sénior Masculino - Época 2020/2021

É um trio tremendo.

Em termos estatísticos, o MVP da jornada foi o Rasaq Yussuf do Lusitânia. Jogador interessante.

1 Like

Arrisco dizer que vale mais estes 3 do que 5 em que 2 deles não fazem melhor que os tugas que temos.
Começar já a pensar na renovação destes 3 senão lá mais para a frente vai ser difícil…

Sporting Tático

10 h ·

🔎 Basket - Sporting CP 96-66 Maia Basket

📌 Triunfo claro e sério com 3 dezenas de Travante e uma surpresa do lado contrário!

Com uma vitória no Barreiro no início do campeonato, Sporting voltou ao João Rocha, 1 mês depois do Troféu Stromp. Destaque para o aniversariante do dia, da equipa técnica, que foi presenteado com a vitória, Cláudio Teixeira: parabéns Cláudio!

Com Jalen Henry lesionado, Magalhães lançou em quadra Shakir, Ellisor, Travante, João Fernandes e Fields. Leões começaram com um parcial de 10-2, mas rapidamente o técnico maiato pediu time out e mudou o rumo das coisas. Os visitantes subiram o nível de agressividade e começaram a ter mais acerto debaixo do cesto, mas com valores individuais a prevalecerem, o Sporting saiu por cima no 1.º quarto. Os 10 minutos seguintes tiveram o mesmo resultado, embora o Maia até tenha estado à frente do Placard por pouco tempo. Curioso o facto de Shakir estar a evoluir na dinâmica ofensiva, em especial porque deixa de ser o único a ter de decidir. Com Catarino em quadra, a bola deixa de estar tantas vezes na mão do americano, e o jogador português tem outra capacidade de decisão. Pensa melhor o jogo e lê melhor as desmarcações dos colegas, porque ele próprio também é um base. Assim, Shakir ganha outra liberdade para atacar o cesto e arrastar jogadores consigo, descobrindo Fields para afundar ou colegas da linha de 3. É uma questão de melhorar o colectivo.

O resto do jogo foi perfeitamente controlado e justamente ganho pelo Sporting. Para além da excelente prestação defensiva já conhecida, os verde e brancos tiveram boas combinações ofensivas e um ataque bem trabalhado, já noutro ponto de entrosamento, em especial dos reforços com os colegas. Também foi bom ver Diogo Araújo numa posição onde, para nós, está mais à vontade: a 4. Ali não tem de assumir tanto o 1v1 e procurar desequilíbrios. Tem corpo e estatura para poder ajudar debaixo do cesto, e sobretudo sabe aparecer bem na linha de 3, onde quando confiante consegue sacar bons triplos. Jeremias Manjate também teve minutos, face à lesão de Henry, e embora não tenha pontuado, foi importante para a altura do jogo em que foi lançado. Também se nota que é um jogador importante na manobra defensiva.

Travante foi igual a si mesmo, mesmo com o jogo nos últimos segundos não deixa de se atirar para o chão a matar-se por cada bola. Quando o jogo e os tiros saem bem, facilmente chega aos 30 pontos. Jogador de mão cheia.

Destaque negativo para os lances livres: Sporting continua a falhar muito dali, mesmo em jogos mais acessíveis. Foram 14/23 (60%), até o Maia teve mais percentagem de acerto (69%).

Próxima semana teremos novo jogo, desta feita na Madeira, onde a secção irá encontrar a secção do andebol, que também por lá jogará. O embate será frente ao CAB Madeira.

🔎 Scouting Tático

🏀 Romani Hansen: 34:05/ 21 pts/ 13 reb/ 1 assist/ 5 roubos/ 1 blk

Poste americano que chegou este ano à Maia, proveniente de Albany, capital do Estado de Nova Iorque. Tem uma estatura física considerável, embora seja muito ágil e o jogo debaixo do cesto não seja a sua especialidade maior. Teve números arrebatadores para um jogo com um grande. Tem facilidade em lançar de fora, e trabalha muito em penetração, conseguindo sacar muitas faltas. É um 4 muito interessante, e uma opção para ter em conta um futuro próximo, caso seja necessário.

🔎 Resultados por quarto:

🏀 1.º Quarto: 21-16

🏀 2.º Quarto: 21-16 (42-32)

🏀 3.º Quarto: 24-14 (66-46)

🏀 4.º Quarto: 30-20 (96-66)

🔎 Estatísticas:

🏀 Ellisor - 33:22’/ 19 pts/ 7 reb/ 4 assist/ 2 roubos

🏀 Travante - 22:51/ 30 pts/ 3 reb / 2 assist/ 4 roubos

🏀 F. Amiel - 8:46/ 4 pts/ 2 assist/ 1 roubo

🏀 Fields - 29:29/ 13 pts/ 16 reb/ 1 assist

🏀 Shakir - 21:14/ 8 pts/ 2 reb/ 6 assist/ 1 roubo

🏀 Catarino - 20:54/ 6 pts/ 3 reb/ 4 assist/ 1 roubo

🏀 Ventura - 10:00/ 6 pts/ 1 reb

🏀 J. Fernandes - 17:54/ 3 pts/ 2 reb/ 2 assist/ 2 roubos

🏀 Cláudio Fonseca - 8:34/ 2 pts/ 3 reb

🏀 Diogo Araújo - 14:31/ 3 pts/ 3 reb/ 1 roubo

🏀 Embaló - 2:53/ 2 pts

🏀 Jeremias - 9:32/ 2 reb/ 1 assist

Adoro esta equipa. Quero muito acreditar que o professor LM nos vai levar ao titulo que tanto queremos. Gostava que se iniciasse tambem é todo o trabalho de base que é preciso para começarmos a produzir jogadores de qualidade (que sabemos que é trabalho que demora tempo e custa dinheiro). O basquet é das modalidades de que gosto mais.

1 Like

Esta modalidade e esta equipa espelham bem tanto dentro como fora de campo o espírito que deve ser transversal em todo o Sporting desde as modalidades ao futebol !! Raça, união, Nunca mas nunca desistir, lutar até à exaustão !! Completamente a antítese do andebol na minha opinião.

Nuno Sá é jogador para ter debaixo de olho

Não será o KJ James (Barreirense) melhor do que o Jalen Henry? E deve ser barato…

PS - Gostava muito de ir buscar o João Grosso à Ovarense para o ano. Jogador nacional muito interessante. Até porque imagino que o Fábio Lima e o João Soares estejam bem presos nos rivais.

Fábio Lima seria a loucura total!..

O João Grosso foi convidado no início da epoca passada pelo Sporting.

1 Like

Nuno Sá que está no CAB Madeira, que vamos enfrentar na próxima semana dava-nos jeito já esta época.

Vamos ver

Boa notícia, é sinal que estão atentos.

O Nuno Sá (de quem já falei aqui) tem potencial mas ainda não está ao nível de ser um upgrade ao Diogo Araújo a meu ver.

Não? Olha que não me parece muito difícil alguém vir e ser upgrade a esse rapaz…

À partida… mas se calhar se jogasse num clube menor teria mais rendimento até do que os outros. Simplesmente a exigência no Sporting é diferente… lembro que o Embaló por ex/ não tem minutos.

Upgrades claramente seriam, para mim, o João Soares (Porto), o Fábio Lima (Benfica) e o Ivan Almeida. O João Grosso (Ovarense) e o Vlad (Porto) seriam uma solução interessante, talvez (talvez) fossem update.

O Nuno Sá talvez precise de mais algum tempo.

O Arnette adorava ter cá. Conta como português e o pai jogou no Sporting.

O Betinho já cá não vem parar.

Não sou nada fã do Arnette, confesso. Mais depressa tentava ir buscar o Gonçalo Delgado a Espanha e ver se finalmente consegue ter o rendimento que o seu potencial e talento prometem…

Mas com João Fernandes no plantel não se justifica (e até o Cândido Sá pode fazer o lugar se necessário).

Concordo… O da Oliveirense ainda vá, agora o Arnette desde que foi para os lamps… Meh

O CA Queluz tem “apenas” 2 títulos nacionais…

1 nos referidos anos 80 com a referida “herança”

1 nos anos 2000 (2005 se a memória não me falha) vencendo a então Liga Profissional

SL

1 Like