Atletismo - Parte II

Patrícia Mamona: «Quero demonstrar o meu real valor em Tóquio»

Triplista do Sporting esteve à conversa com os leitores de Record

Patrícia Mamona responde aos leitores

powered byJotCast

Patrícia Mamona

9:33

Olá

9:34

O meu nome é Patrícia Mamona estou disponível para responder ás vossas questões :slight_smile:

Ana

9:36

Boa noite Patrícia. Muito se tem falado dos aspetos fisícos pela falta de treinos e competição. E o aspeto psicológico? Como se lida com uma situação de não se saber quando retomará a competição? Obrigada

Patrícia Mamona

9:42

O aspeto psicológico também é trabalhado! Neste momento trabalho com duas pessoas a esse nível. Os meus psicologos têm me ajudado a gerir a minha parte mental de forma a dar continuidade aos meus treinos de uma forma adaptada, como é obvio, mas sempre motivada.

9:44

Como atleta de alta competição penso que mais importante é fazer aquilo que está no meu controlo, que é treinar. Independentemente de haver ou não competição necessito de estar pronta para o que vem.

Filipa

9:45

Olá! Antes de mais muitos parabéns Patricia pelo teu excelente percurso no triplo salto. Quais as tuas ideias expetativas e objetivos para os jogos olímpicos?

Patrícia Mamona

9:48

Desde muito cedo até o dia de hoje o meu objetivo é sempre o mesmo : ser melhor que ontem. Neste momento a nível de Jogos Olímpicos a melhor classificaçao que obtive foi um sexto lugar, por isso o meu objetivo para Tokyo é sem dúvida uma classifiçao acima desta!

Espero também conseguir bater o meu recorde nacional :slight_smile:

Pedro

9:49

Boa noite Patrícia. Quais são ainda os seus grandes objetivos de carreira? Muito obrigada.

Patrícia Mamona

9:54

Ainda tenho muito objetivos que gostava de conquistar…na época passava fui finalista no mundial de Doha mas sinto que valho muito mais que um oitavo lugar e por isso quero demostrar o meu valor real nos próximos Jogos Oímpicos de Tokyo.

Guest

9:54

Julgo saber que a velocidade é fundamental para um bom saltador. Nunca competiu em velocidade? Gosta?

Patrícia Mamona

9:55

Sim a velocidade é fundamental e mais que isso é ter a capacidade de saltar e essa velocidade, isto porque correr rápido é fácil mas saltar rápido já não…

9:58

Já fiz provas de barreiras, 200 metros na minha formação e gostei muito contudo o triplo conquistou e o meu coração.

Duros de leec

9:58

Um amigo meu, Jorge, gosta de triplo salto. Que conselhos podes dar alguém que queira iniciar a carreira no triplo salto?

Patrícia Mamona

10:02

O triplo é uma disciplina bastante técnica e muito dura no corpo e por isso é muito importante que o atleta esteja muito bem prepadado a nivel de core para aguentar grandes impactos, e que tenha um bom treinador que possa ensinar a técnica correta para conseguir executar os movimentos sem se lesionar.

Nuno

10:02

Quais os desportos a que gosta mais de assistir? E de praticar, saltos à parte? Obrigado

Patrícia Mamona

10:04

Gosto de assitir outros eventos de atletismo!

10:07

Eu em regra geral tento não praticar outros desportos por há sempre risco de lesão fora das pistas, contudo, no início da época costumo “praticar” um pouco de voleibol. O volei também tem muitos “saltos” :slight_smile:

Diogo

10:07

Para além do desporto, gostavas de ter uma carreira profissional em que área?

Patrícia Mamona

10:10

Neste momento estou a estudar Engenharia Biomédica porque gosto muito de ciéncias; por isso se no futuro não tiver ligada ao desporto estarei ligada á área cientifica.

João

10:11

Olá. Queria perguntar se me pode dizer qual a sensação de representar Portugal nos vários eventos desportivos por esse mundo fora…

Patrícia Mamona

10:13

A melhor sensão que um atleta de competição pode ter… Quando visto o uniforme da seleção para além de ser uma grande horna é também uma grande responsabilidade.

Paulo Silva

10:13

Olá Patrícia, qual a tua referência a nível internacional?

Patrícia Mamona

10:16

Eu não tenho um referencia a nivel internacional… mas gosto de olhar para as minhas adversárias e em cada uma delas retiro coisa que acho que posso inserir no meu trabalho.

Paulo Pires

10:17

Ola Patrícia…o que achas do desenvolvimento do atletismo em Portugal, principalmente a nivel da formação?

Patrícia Mamona

10:19

Acho que está cada vez mais desenvolvido e isso é visivel pois Portugal tem cada vez mais muito bons atletas em disciplinas técnicas. Técnica = boa formação

Guest

10:20

A Covid altera alguma coisa nos seus treinos? O quê? Obrigado

Patrícia Mamona

10:20

O mais importante, saltar em pista para uma caixa da areia.

10:21

Obrigada a todos pelas perguntas. Espero que se encontrem bem de saúde :slight_smile: Boa noite

Record

22 maio 2020 - 17:28

Cátia Azevedo: «É com enorme orgulho e paixão que represento o Sporting»

Atleta olímpica respondeu aos leitores

Cátia Azevedo responde aos leitores

powered byJotCast

Cátia Azevedo

3:06

Boa tarde a todos, o meu nome é Cátia Azevedo e estou disponível para as vossas perguntas !

Sara Lapa

3:07

Boa tarde! De que forma conseguiste treinar em casa durante o confinamento?

Cátia Azevedo

3:14

Boa tarde Sara . Bem o meu treino dividi-se normalmente em 2 partes , musculação e pista (séries etc). Durante o confinamento com a ajuda do IPDJ e da FPA , que me cederam algum material de ginásio consegui montar um espaço para fazer musculação . Quanto à “pista” , a gestão foi mais complicada tanto a nível de local como a execução do treino. Mas fui variando de horário nos treinos, com vista a me cruzar com menos pessoas no local e a execução passamos a fazer em vez de séries por distância , fizemos muitos fartleck’s e corrida contínua .

Rita

3:15

Boa Cátia, quais as características ideais para ser uma especialista em 400 metros?

Cátia Azevedo

3:23

Boa tarde Rita . Bem, na minha opinião um quatrocentista é um atleta bastante completo em termos de capacidade física, isto é tem que ter um conjunto de várias capacidades : Velocidade , resistência , bons níveis de força e capacidade de sofrimento :joy: Para mim, o que custa mais são os treinos, tem que haver sem dúvida uma capacidade enorme de sofrimento. Qualquer dia de semana é lático e o trabalho é bastante geral, por isso acabamos por fazer um pouco de tudo nos treinos … para vivermos um grande momento competitivo em menos de 1 minuto.

Luís

3:25

Boa tarde Cátia. Qual é o volume semanal de km?

Cátia Azevedo

3:27

Boa tarde Luís . Sinceramente não sei :sweat_smile:. Fazemos corrida contínua antes de iniciar o treino todos os dias, variando entre 20 a 30 minutos . No início da temporada pode estender se até 40 minutos.

Luís

3:28

Olá Cátia! Qual a tua referência no atletismo?

Cátia Azevedo

3:34

Boa tarde Luís . Nunca tive uma referência , mas tenho atletas que aprecio alguns aspectos. Na minha opinião acho que devemos de nos guiarmos por nos mesmos e a nossa evolução . Cada um tem diferentes capacidades, diferentes condições de treino, apoios diferentes …

Luis Rocha

3:35

Boa tarde campeã! O que é ser atleta do Sporting e o que sentes quando ganhas títulos internacionais pelo nosso clube?

Cátia Azevedo

3:45

Boa tarde Luís Rocha. Já sou atleta do SCP à 11anos , por isso é com enorme orgulho e paixão que represento um clube que nos faz sentir em casa. Quando tudo corre bem e conseguimos elevar o nome do SCP ao mais alto lugar da competição, é um sentimento emocionante e sem dúvida de honra a nosso símbolo que carregamos ao peito .

Sónia

3:47

Boa tarde, qual o teu sonho desportivo?

Cátia Azevedo

3:53

Boa tarde . Existem alguns ainda :grin: continuarmos a conquistar a Europa de leão ao peito . A nível individual melhorar o meu recorde nacional, uma semifinal olímpica e quem sabe deixar uma boa marca também nos 800mt :wink: “de grão a grão enche a galinha o papo” por isso pequenos passos firmes em direção aos sonhos !

CSilva

3:53

A pergunta é, o que é Ser Atleta Olímpica?

Cátia Azevedo

3:59

Boa tarde😆 . Ser atleta olímpica é uma fusão de sentimentos . As marcas de um caminho até alcançarmos esse título são bastantes mas sem dúvida que valem a pena quando vivemos toda essa experiência. É uma das recordações mais especiais e que me motiva nos momentos menos bons que por vezes enfrentamos. É um título , uma recordação para toda a vida … que somos um dos melhores do Mundo e estivemos na maior competição desportiva a representar o nosso país .

Daniel

4:01

Olá Cátia, acreditas que Portugal pode fazer uma boa prestação nos Jogos Olímpicos?

Cátia Azevedo

4:04

Olá ! Daniel, um atleta tem que acreditar “cegamente” nesse momento tão desejado ! Infelizmente existem várias condicionantes, mas o nosso trabalho tem que ser feito com o maior rigor, empenho e foco para que no momento aconteça ! Sim Daniel , acredito sem dúvida nenhuma!!

4:08

Obrigada a todos pelas vossas perguntas, pelo vosso apoio e por este bocadinho maravilhoso ! Que tenham um fantástico fim-de-semana . Um beijinho :grin:

Record

Hélio Gomes vai ser operado quarta-feira ao tendão de Aquiles

Fundista do Sporting trata lesão que o manteve limitado durante vários meses

O fundista português Hélio Gomes, do Sporting, vai ser operado na quarta-feira ao tendão de Aquiles, para tratar uma lesão que o manteve limitado durante vários meses.

“A lesão é no tendão de Aquiles do pé direito. Espero recuperar dentro de um a dois meses, e voltar já na época de 2020/21, a partir de outubro”, disse o atleta de Viana do Castelo, em declarações à agência Lusa.

Hélio Gomes, de 35 anos, entendeu, juntamente com o clube leonino, avançar para a cirurgia, num momento em que os calendários nacional e internacional se mantêm parados devido à pandemia da covid-19, que suspendeu ou cancelou as competições.

De acordo com Hélio Gomes, foi considerado resolver já o problema, de “forma a atacar o ano de 2021 na máxima força”, e estar nos campeonatos nacionais de corta-mato, que foram em março adiados para novembro.

Hélio Gomes, que foi quarto classificado nos 1.500 metros dos Europeus de 2012, disse ainda à Lusa já ter efetuado o teste à covid-19, do qual deverá ainda hoje à noite ter o resultado, antes de ser operado na quarta-feira, em Lisboa.

O atleta é campeão nacional dos 5.000 metros, sendo detentor do melhor registo do ano, ainda em 2019, ao correr a distância em 13.41,01 durante o ‘meeting’ internacional de Barcelona, em julho.

Record

ATLETISMO REGRESSA JÁ NESTE MÊS

Por Sporting CP
19 Jun, 2020

ATLETISMO

FPA anunciou datas da retoma da competição

A Federação Portuguesa de Atletismo (FPA) anunciou a retoma das competições já neste mês de Junho, após a paragem forçada devido à pandemia.

O regresso será feito com a disputa das provas regionais, enquanto a fase de apuramento do Campeonato Nacional de Clubes está marcada apenas para os dias 25 e 26 de Julho.

Por sua vez, o Campeonato de Portugal será disputado nos dias 8 e 9 de Agosto e a final do Campeonato Nacional de Clubes nos dias 15 e 16.

Naturalmente, a FPA e todos os clubes estão obrigados a seguir à risca todas as normas de higiene e segurança da Direção-Geral da Saúde.

Auriol Dongmo bateu o recorde de Portugal no lançamento do peso, com a marca de 18,82 metros, sendo a melhor europeia do ano na disciplina e a terceira mundial

Foto Luís Barreto/FPA

AURIOL DONGMO BATE RECORDE NACIONAL

Por Sporting CP
20 Jun, 2020

ATLETISMO

Grande marca da lançadora do peso

Auriol Dongmo, atleta do Sporting Clube de Portugal, voltou a bater este sábado o recorde de Portugal do lançamento do peso. Em Leiria, a Leoa conseguiu a marca de 18,82 metros, superando o próprio recorde por larga margem.

O lançamento aconteceu numa prova de preparação no Centro Nacional de Lançamentos. Com 18,82 metros, Auriol Dongmo conseguiu a terceira melhor marca mundial do ano, ficando apenas atrás das canadianas Brittany Crew (18,88 metros) e Sarah Mitton (18,84 metros).

O anterior recorde nacional, também de Auriol Dongmo, estava fixado nos 18,37 metros. Desta vez, para além dos 18,82 metros, a atleta verde e branca de 29 anos ainda conseguiu um ensaio de 18,61 metros que também seria recorde de Portugal.

Auriol Dongmo, que está autorizada a representar a selecção de Portugal a partir de Julho, conseguiu uma marca que cumpria os mínimos de qualificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio, mas a janela está, de momento, fechada.

RESULTADOS DO FIM-DE-SEMANA

Por Sporting CP
22 Jun, 2020

ATLETISMO

Masculino

Juniores - Provas de preparação II da AAL

Lançamento do disco: 1.º André Carvalho 39,31 m

Seniores - Provas de preparação I da AAL

800 m: 2.º Pedro Neves 2’04’’82

1500 m: 1.º Miguel Moreira 4’02’’29

Seniores - Provas de preparação II da AAL

Lançamento do peso: 1.º Mykyta Sudashov 14,18 m; 2.º Tiago Silva 12,80 m

Lançamento do disco: 1.º Mykyta Sudashov 48,69 m

Feminino

Juniores - Provas de preparação I da AAL

300 m: 1.º Beatriz Mendes 45’’96

800 m: 1.º Beatriz Mendes 2’23’’53; 2.º Carolina Marçal 2’26’’35

Salto em comprimento: 1.º Inês Gomes 4,33 m

Seniores - Provas de preparação I da AAL

100 m: Nicolle Santos 13’’15

1500 m: 2.º Lara Glória 5’02’’12

Seniores - Provas de preparação II da AAL

Lançamento do peso: 1.º Jéssica Inchude 17,12 m; 2.º Francislaine Serra 16,09 m

Lançamento do disco: 2.º Jéssica Inchude 42,66 m; 3.º Francislaine Serra 40,00 m

Seniores - Provas de Preparação da ADAL

Lançamento do peso: 1.º Auriol Dongmo 18,82 m - RECORDE NACIONAL

MELHOR MARCA MUNDIAL E RECORDE NACIONAL PARA DONGMO

Por Sporting CP
24 Jun, 2020

ATLETISMO

Mais um registo impressionante da Leoa

Auriol Dongmo continua a brilhar e esta quarta-feira foi a vez de voltar a bater o recorde nacional e ainda de conseguir a melhor marca mundial do lançamento do peso ao conseguir a marca de 19,27 metros.

A prova, integrada no desafio ‘Guerra dos Sexos’, decorreu no Centro Nacional de Lançamentos, em Leiria. Com este registo, Auriol Dongmo superou a canadiana Brittany Crew, que liderava o ranking das melhores marcas mundiais do ano com 18,88 metros.

A marca de 19,27 metros chegou no sexto e último ensaio, sendo que a Sportinguista já tinha efectuado dois lançamentos brilhantes de 18,90 metros – que também seria melhor marca mundial do ano e recorde nacional – e 18,86 metros – que seria recorde nacional.

Foi a segunda vez em poucos dias que Auriol Dongmo estabeleceu um novo recorde de Portugal, sendo que a atleta verde e branca vai poder representar a selecção nacional a partir do próximo mês de Julho. As marcas que tem obtido seriam suficientes para a qualificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio, mas a janela de apuramento está, de momento, fechada.

Está em excelente forma. Que continue o seu trabalho de evolução.