Assim se joga no FCP

Notícia do site oficial d’O Sporting:

"Censura: o lápis azul riscou no Dragão

A equipa de reportagem do jornal “Sporting” e do Site Oficial do Sporting foi impedida por funcionários do FC Porto de entrar no Estádio do Dragão para cobrir o jogo da 13ª jornada da Liga. Esta situação insólita foi imposta apesar de os serviços de comunicação do Sporting terem cumprido, em devido tempo, os trâmites habituais e que sempre têm funcionado.

O jogo no Dragão ficou assim manchado por um acto censório à moda antiga, como se a cor do clube anfitrião se mantivesse associada ao célebre lápis que privava os portugueses do direito à informação. Como se naquelas paragens, enfim, vigorasse ainda a lei dos coronéis.

Os serviços do jornal “Sporting” enviaram na segunda-feira, 28, um fax dirigido ao sr. Antero Henriques, responsável de comunicação do clube portista, informando a composição da equipa de reportagem – jornalistas e fotógrafo – escalada para o jogo. Este procedimento nunca deixou de funcionar entre os dois clubes. Quando a equipa de comunicação do Sporting chegou ao estádio do Dragão foi desde logo impedida de estacionar no parque destinado aos jornalistas; o segurança de serviço adiantou desde logo que nem o carro podia estacionar nem os jornalistas poderiam entrar no Estádio.

Quando os jornalistas se dirigiram ao guichet para levantar as credenciais pedidas foram informados pelo sr. Nuno Rocha de que os seus nomes não constavam da lista nem ele poderia emitir as autorizações de entrada. Ao mesmo tempo, o sr. Rocha passava manualmente uma credencial a um jornalista estrangeiro que não figurava na lista.

Os jornalistas do jornal “Sporting” pretenderam uma explicação de algum superior do sr. Rocha, mas foram informados de que não valia a pena: se não estavam na lista do sr. Acácio Valentim, ainda que munidos do pedido de credenciais e das carteiras profissionais, não valia a pena insistir e o sr. Acácio Valentim já estava no estádio e não tinha disponibilidade para tratar do seu caso. Seria mesmo melhor que os jornalistas regressassem a Lisboa.

A força censória do grupo de P. Costa funcionou, mas naturalmente o assunto não vai ficar por aqui. O Sporting Clube de Portugal irá levar o caso a todas as entidades associadas à liberdade de expressão e também à Liga de Clubes e à Federação Portuguesa de Futebol. Com a consciência de que este caso demonstra as diferenças que existem entre o FC Porto e os restantes clubes – uma vez que tal coisa nunca aconteceu a quem pretende simplesmente cumprir o seu trabalho."

Comentário pessoal: o complexo de inferioridade é f*dido LOL

Obrigado DC pelo tempo que perdeste abracado ao teu amigo PC!

Realmente criaste grandes amigos!!!

A força censória do grupo de P. Costa funcionou, mas naturalmente o assunto não vai ficar por aqui. O Sporting Clube de Portugal irá levar o caso a todas as entidades associadas à liberdade de expressão e também à Liga de Clubes e à Federação Portuguesa de Futebol. Com a consciência de que este caso demonstra as diferenças que existem entre o FC Porto e os restantes clubes – uma vez que tal coisa nunca aconteceu a quem pretende simplesmente cumprir o seu trabalho."

Comentário pessoal: o complexo de inferioridade é f*dido LOL


Acho que mais uma vez o Sporting vai colocar-se de cócoras,tirar as calcinhas ,e ,mostrar o rabinho. :arrow: