Artigo de Rui Santos no CM: o "cartão" e o Sportin

Um bom artigo de Rui Santos que saiu no CM… uma primeira parte sobre os burgessos onde são ditas várias verdades e uma segunda sobre o sporting…

"[i]O cartão (Benfica) ou a vida!

O líder do Benfica deve convocar Sócrates e dizer-lhe que o segredo está no cartão. O cartão vai salvar os benfiquistas. O cartão pode salvar os portugueses. Basta ameaçar com o abandono que correm todos atrás do cartão.

Há pessoas na vida a quem não deveríamos passar cartão mas há circunstâncias nestes nossos ‘pequeníssimos mundos’ que nos colocam, sem querermos, no caminho de certas aventesmas.

Houve um tempo em que o cartão de visita era indispensável. Porque era chique e porque era das poucas formas de passarmos a nossa importância para os outros. Fulano de tal, empresário. O nome e o poder. Mas o cartão de visita entrou um pouco em desuso com a aparição de outros cartões, principalmente o cartão de crédito. A exibição do cartão de crédito, sobretudo o dourado, também tem lá o nome e a cor é a projecção do estatuto. Hoje por hoje, os cartões de crédito misturam-se nas carteiras ou nos bolsos com todo o tipo de cartões, até aqueles que nos dão quando abastecemos os nossos veículos automóveis nos postos de abastecimento de gasolina. Vivemos na era do cartão. Cartão para isto, cartão para aquilo, só a IURD praticamente ainda não institucionalizou a utilização do cartão para pagamento do dízimo. Compreende-se: não dá muito jeito, não é prático e a informatização das igrejas universais iria subverter o princípio da salvação do espírito e do corpo, para além do execesso de ruído que provoca a desinstalação do demónio do complexo circuito cerebral de alguns seres humanos.

O impante presidente do Benfica foi na quinta-feira à TVI dizer que, se o cartão não for o sucesso que pretende, abandonará o clube. Sabem os leitores que, desde que entrou na Luz, o presidente dos ‘encarnados’ nunca parou de ameaçar a saída. Tudo foi motivo para poder sair. O cartão a que o presidente se refere é uma forma de tentar multiplicar o número de sócios do Benfica e, com ele, aumentar os proventos, através de supostos benefícios. A implementação do cartão já era para ter sido mas não foi, provavelmente à espera de melhor oportunidade.

Diz o povo que a ocasião faz o ladrão. E, apesar dos 6,83% de défice, dos gritos dos economistas, dos teoremas sobre o grau de responsabilização deste ou daquele (primeiro) ministro para esta situação dramática que se vive, a partir da qual já se fala na falência do regime, do aumento dos impostos, das famílias portuguesas estarem cada vez mais endividadas, apesar disso, dizia, o presidente do Benfica afirma que se vai embora se o cartão não for um sucesso. O presidente olha para este ‘tsunami vermelho’ que se levantou após a conquista do campeonato e voltou a fazer contas. Basta atingirmos o meio milhão de sócios, dizermos-lhes que têm todas as vantagens em adquirir o cartão, que lhes dá descontos no talho e na charcutaria, permite-lhes pagar menos prestação no crédito à habitação, comprar dois sapatos ao preço de um, ser atendido sem demoras nos hospitais ou até mesmo em clínicas privadas, consumir água e electricidade sem custos e assistir a TODOS os jogos do Benfica, nacionais e internacionais, sem pagar um euro!

O título era a droga necessária para ‘pedrar’ o povo e levá-lo a fazer tudo o que o presidente manda. O chefe diz: não leias aquele jornal. O povo obedece. O chefe diz: Fonseca Santos voltou a ser meu amigo. O povo acredita. O chefe diz: só pus o Mendes no caminho do Veiga para motivar o Veiga. O povo agradece. O presidente acha, como Erasmo, que o povo é (apenas) uma enorme e possante besta. O presidente, de tanto ler, inspirou-se certamente em Voltaire: convém que o povo seja guiado e não que ele seja instruído. E se é verdade que as televisões exponenciam a besta que cada ser humano tem alojada dentro de si próprio, ao ponto de se ter banalizado a amplificação do palavrão, seja ao fim da tarde ou de madrugada, com bolinha vermelha no ecrã ou sem ela, ainda devemos perceber o motivo pelo qual Napoleão defendia que a boa política é aquela que convence os povos de que são livres; o presidente do Benfica não entende, ao contrário, que só é digno da liberdade aquele que se empenha em conquistá-la.

O presidente do Benfica não ama a liberdade. Quer que todos sejam escravos dele. E ameaça. E mente. E confunde. Convencido que um título de futebol o torna numa grande cabeça. Errado: um título de futebol corresponde a um somatório de factos e, em última análise, no seu caso ou no de outro qualquer, esses factos até podem ter-lhe escapado entre os dedos. Um verdadeiro campeão é aquele que aceita a diferença. Não convencido disso, o presidente do Benfica deve convocar José Sócrates e dizer-lhe que o segredo está no cartão. O cartão vai salvar os benfiquistas. O cartão pode salvar os portugueses. Basta ameaçar com o abandono que vai tudo a correr atrás do cartão.

SPORTING PRECISA DE ELEIÇÕES

O Sporting vive um momento que muitos outros clubes vivem ou já viveram mas, em todo o caso, é indesejável.

Há quem ache que o Sporting, por ter quase conseguido ganhar o campeonato e quase conseguido ganhar a Taça UEFA, fez uma época notável.

Não estou de acordo e nem sequer o facto de ganhar, ou não, é relevante. A questão é a forma como perdeu e a forma como aceitou e aceita, internamente, a derrota.

Para além do facto de Dias da Cunha ter falado quando deveria estar calado e ter estado calado quando deveria ter falado, errando rotundamente na estratégia de comunicação, só pode ter a noção do dever cumprido em Alvalade quem achou que aquele grupo de jogadores, do ponto de vista potencial, não valia nada. Não é essa, como se sabe, a minha opinião.

Dias da Cunha merece-me todo o respeito, até pelos contributos que deu no sentido de não consentir que o futebol funcione como uma seita. Em última análise terá sempre uma palavra a dizer, enquanto quiser, no futuro do futebol português. Mas as últimas decisões do presidente do Sporting tiraram-me a dúvida essencial: a sua utilidade passou a ser apenas relativa. Se um presidente passa toda a época a questionar a arbitragem e é literalmente atropelado pelo seu sistema e de quem o alimenta, tem a oportunidade de questionar tudo e fica a meio caminho, isso quer dizer que as suas dependências não o deixam cumprir aquilo que, eventualmente, gostaria de fazer. Dias da Cunha tornou-se refém de quem não devia e colocou o Sporting numa posição extremamente delicada. A meio da ponte, com o caminho todo minado.

A demissão de Carlos Freitas fez com que a SAD do Sporting reforçasse os poderes de José Peseiro. Fez o mais fácil, o mais cómodo e o mais barato. Com a saída de Freitas, quem poderia assumir o futebol? Especialistas em ténis? Especialistas em golfe? A desfutebolização do Sporting, em certo sentido, é um perigo. Peseiro não compreende que esse reforço de poderes é um presente envenenado. Vai perceber um dia destes. O Sporting precisa de eleições e evitá-las é adiar um caminho inelutável.[/i]"

Apanhei quase no fim o Rui Santos a dizer qualquer coisa do camionista na SicNotícias hoje à noite, o que é que foi?

Em relação ao Sporting, não acho que seja um presente envenenado para o Peseiro, acho é que é uma substancial responsabilização superior e se este a aceitou é porque acha que pode com o “menir”, vamos ver no futuro muito próximo porque a “cobrança” vai ser imediata, os especialistas em ténis e golfe não são novidade, o Andrade vai ter que tirar a viola do saco e dar mais a cara, o golfista já é “persona non grata” cá no burgo, não deve demorar a sê-lo na maior parte do universo Sporting, se for o caso vou a Lisboa de propósito votar contra ele em eleições! :arrow:

Por falar em eleições, não mudando comportamentos eleições são uma necessidade! :roll: :arrow:

Exactamente pela cobrança ser imediata é que vai ser “presente envenenado” Rui.

Para o ano é véspera de eleições, ano de centenário. Se a coisa correr bem todos querem ser heróis, mas se correr mal alguém vai ter de pagar a factura… e esse alguém será Peseiro, para ver se ainda se sobrevive mais umas eleiçõezitas… não falha.

Quanto ao camionista o Rui Santos tava a dar-lhe nos cornos pois acho que o LFV acho que sugeriu que o Santos foi despedido da bola, e este estava a mandar indirectas (na realidade Rui Santos saiu da bola exactamente por ter preparado a revelação de podres do LFV o que obviamente não foi publicado nem bem visto internamente).

Rui Santos aproveitou tb para alertar para um “plano” para levar Liedson para a Luz via MSI, relacionando de alguma forma Viana nesse plano como parte integrante… entretanto recordemos a forma como Liedson falhou o jogo da luz. No credo en brujas pero…

esse plano Liedson, ouvi de fonte segura ainda ontem que pode muito bem ser verdade…o que seria mais um enrabanço na pseudo parceria da tanga…algo a que os lampios nojentos já nos habituaram, mas que alguns com curta memória teimam em fazer de conta que vivemos noutros lados do espelho…quanto aos vermes…ainda bem que existem peles vermelhas com inteligência…

Ja ouço essa historia ha uns tempos…que a grande jogada e ele ir para o benfica…via MSI !!!
Faz lembrar o jardel que tava tudo feito para ele ir para o benfica…

Eu gosto muito do rui santos sabe falar e dix coisas muito acertadas !!!

Tambem me lembro do que ele disse na sic aquando do amarelo do liedson frente ao guimaraes…
" é um claro caso de possivel corrupcçao que devia ser investigado detalhadamente !!! "
Pelo que tenho visto do senhor rui santos…parece sempre estar bem inforamdo e de nao dizer baboseiras…sera que ele ja sabe desta historia tambem ?

O Rui Santos na SIC xegou a falar em corrupcçao e que se investigasse ele la sae o que estava a dizer !!!

Ele ta deserto para se ir embora ta mais que visto e digo mais vamos ver se nao quer ir para onde queria ir o Jardel…vamos ver…pelo menos ja ha coisa de um mes ou dois que a velhada que tem lugar ao pe de mim no estadio anda a falar nisso.

Ter Mai 17, 2005 5:04 am

Abraços

Rui Santos aproveitou tb para alertar para um "plano" para levar Liedson para a Luz via MSI, relacionando de alguma forma Viana nesse plano como parte integrante... entretanto recordemos a forma como Liedson falhou o jogo da luz. No credo en brujas pero...

É uma hipótese que tb eu já tinha vislumbrado, embora não tenha nenhuma fonte.
Veja-se o caso de o MSI já ter acertado com o jogador antes mesmo de acertar com o clube, como manda as mais elementar das regras de boa conduta.
E 120 mil euros por mês? Caros, acho que nem o Tevez ganha lá isso.

Não sei o que pensam, mas a partir do momento em que o MSI acertou com o jogador antes de ter acertado com o Sporting, por mim a conversa já tinha acabado. Eles sabem o valor da cláusula de rescisão, são 20 milhões de euros, é so chegarem com o cheque visado ou com as garantias bancárias, e mais nada!

O SPORTING deveria por este caso em tribunal contra o clube ou MSI !!!

1º falam com o Liedson oferecem o k oferecem…
2º Dizem k só dão 6 milhões pq o SPORTING não vai kerer um jogador contrariado!!! :evil:

E sabe-se k o Liedson não aceitou ir p/Russia onde o SPORTING ia buscar 12 milhões!!!

P/mim p/próxima época ficava no SPORTING a treinar e não jogava +!!!

E ainda aplicava sanções!!! :evil: :twisted:

Eu até concordo com o aumento de poderes de um treinador, afinal ele é que sabe melhor que qualquer director as lacunas da equipa. Quem entende mais de futebol, talento dos jogadores, uma director que nunca tocou numa bola de futebol ou um homem que faz disso a profissão?

Apanhei quase no fim o Rui Santos a dizer qualquer coisa do camionista na SicNotícias hoje à noite, o que é que foi?

Pois, eu vi, escrevi no tópico de ontem…O Orelhas disse que ele tinha sido despedido da Bola, e o RS chamou-lhe “mentiroso com todas as letras” :twisted:

A historia do Liedson no SLB via MSI, já anda a circular à muito tempo.

Se os dirigentes do SAD tiverem alguma confirmção de que existe algum fundo de verdade nisso, sugiro o seguinte:

  • Não se venda o Liedson

  • Não se inscreve o jogador e fica um aninho a correr na mata de alcochete.

Para fdp, fdp e meio. !

Isso do Liedson nos assaltantes é muito giro e os meninos da SAD só têm de fazer o seguinte:

Fazer incluir uma claúsula no acordo de rescisão com o Liedson, que afirme claramente que no caso do Liedson voltar para jogar em Portugal, seja a que titulo for (definitivo ou empréstimo) e em que clube for, nas próximas 5 temporadas, o Sporting terá o direito de exigir ao jogador a quantia de 15Milhões de Euros.

Trata-se, portanto, de fazer com que seja o jogador a assumir as consequências de uma quebra contratual, evitando-se assim a circulação do jogador por outros clubes até chegar ao ninho de malfeitores. Por outro lado não é uma clausula nula, pois não limita o direito do Jogador trabalhar em Portugal. Ele pode jogar em Portugal, no clube que quiser, desde que indemnize o Sporting Clube de Portugal.

Prontinho.

Sabem o que tentava fazer, já que se liedson não sair este ano pro ano sai de borla… Vendia por 6 milhoes e meio, mas o sporting ficava com 40% do passe

Isso do Liedson nos assaltantes é muito giro e os meninos da SAD só têm de fazer o seguinte:

Fazer incluir uma claúsula no acordo de rescisão com o Liedson, que afirme claramente que no caso do Liedson voltar para jogar em Portugal, seja a que titulo for (definitivo ou empréstimo) e em que clube for, nas próximas 5 temporadas, o Sporting terá o direito de exigir ao jogador a quantia de 15Milhões de Euros.

Trata-se, portanto, de fazer com que seja o jogador a assumir as consequências de uma quebra contratual, evitando-se assim a circulação do jogador por outros clubes até chegar ao ninho de malfeitores. Por outro lado não é uma clausula nula, pois não limita o direito do Jogador trabalhar em Portugal. Ele pode jogar em Portugal, no clube que quiser, desde que indemnize o Sporting Clube de Portugal.

Prontinho.


Óbvio. Mais vale um acordo nestes termos do que o “direito de preferência para tolinhos”, ao abrigo do qual já fomos embarretados nos casos do Anão Palmilhas e do Quaresma. Para quê estabelecer uma preferência a favor do Sporting, quando já se sabe que este não tem vintém para pagar o que quer que seja?

A solução do António é inatacável. Só é pena que haja mais engenho e bom senso neste fórum do que na SAD.

Sinceramente não acredito muito nessa jogada, MSI-slmerdas.
Existe um grande empenho em fazer do Corinthias a grande equipa brasileira, e nesse contexto o Liedson pode ser uma peça importante.
Por outro lado, pelo que se diz por aí, o Liedson quer jogar no Brasil, daí eu acho que isto é tudo muito duvidoso.

De qualquer forma, e porque mais vale prevenir do que remediar, acho que o SCP tem a obrigação de se precaver, e para isso nada melhor que a sugestão do A.Pinto.

Hoje o Rui Santos volta à Carga no Pasquim 2, com um artigo de fundo acerca do benfica como campeão encomendado… sem entrar pelo facciosismo de apenas referir as ladroagens a favor do enfique Santos tb indica de que forma os adversários ajudaram à festa. Mas sempre a malhar.

Mas será que o exemplo do Jardel não ensinou nada a estes gajos?

Trata-se, portanto, de fazer com que seja o jogador a assumir as consequências de uma quebra contratual, evitando-se assim a circulação do jogador por outros clubes até chegar ao ninho de malfeitores. Por outro lado não é uma clausula nula, pois não limita o direito do Jogador trabalhar em Portugal. Ele pode jogar em Portugal, no clube que quiser, desde que indemnize o Sporting Clube de Portugal.

Prontinho.

Em termos teóricos esta solução parece-me impecável, mas na prática já não sei se poderei dizer o mesmo.
O São Paulo adoptou uma cláusula idêntica em relação ao Ricardinho (aquele que esteve para vir para o benfas, segundo os pasquins), e o que se vê hoje é o Ricardinho muito a vontade no Santos. Já quanto ao dinheiro que o São Paulo deveria receber, nickles, nem vê-lo!
Mas reconheço que não vejo melhor solução para acautelar uma eventual aldrabice dos nossos “novos amiguinhos”, pelo menos em teoria.
De qualquer forma, na prática … :roll: bem… na prática, sempre há o “à moda do Porto”. Há é que ter um bocadinho de “cojones”.
:smiley:

Isso do Liedson nos assaltantes é muito giro e os meninos da SAD só têm de fazer o seguinte:

Fazer incluir uma claúsula no acordo de rescisão com o Liedson, que afirme claramente que no caso do Liedson voltar para jogar em Portugal, seja a que titulo for (definitivo ou empréstimo) e em que clube for, nas próximas 5 temporadas, o Sporting terá o direito de exigir ao jogador a quantia de 15Milhões de Euros.

Trata-se, portanto, de fazer com que seja o jogador a assumir as consequências de uma quebra contratual, evitando-se assim a circulação do jogador por outros clubes até chegar ao ninho de malfeitores. Por outro lado não é uma clausula nula, pois não limita o direito do Jogador trabalhar em Portugal. Ele pode jogar em Portugal, no clube que quiser, desde que indemnize o Sporting Clube de Portugal.

Prontinho.


Óbvio. Mais vale um acordo nestes termos do que o “direito de preferência para tolinhos”, ao abrigo do qual já fomos embarretados nos casos do Anão Palmilhas e do Quaresma. Para quê estabelecer uma preferência a favor do Sporting, quando já se sabe que este não tem vintém para pagar o que quer que seja?

A solução do António é inatacável. Só é pena que haja mais engenho e bom senso neste fórum do que na SAD.

É exactamente isto que temos de fazer!

O que acho estranho é que o sporting esteja disposto a negociar liedson por 8-10 milhões, quando o jogador é o melhor marcador nacional, o 2º melhor da taça uefa e dos melhores marcadores europeus. estou marimbando se o gajo quer ir para o brasiú…quer? paga. 20 milhões.
O contrato do gajo nao acaba para o ano. tem pelo menos mais um ano de opção. Por isso ele que se lixe…ou alinha ou fika a dois anos no banco!
E se for para o msi, bota clausula penalizadora se vier para as galinhas ou porto…bota clausula feia, mesmo!

Hoje o Rui Santos volta à Carga no Pasquim 2, com um artigo de fundo acerca do benfica como campeão encomendado... sem entrar pelo facciosismo de apenas referir as ladroagens a favor do enfique Santos tb indica de que forma os adversários ajudaram à festa. Mas sempre a malhar.

Concordo com boa parte do artigo, o Rui Santos está com a pica toda, porque será??? :roll: