Apoio do público em Alvalade

Desde o momento que as claques se tornaram um negócio, que a coisa deixou de ter graça.
Eles não estão a apoiar o Sporting, estão num espectáculo completamente a parte. Chega a ser constrangedor.

Em casa as claques facturam milhares de euros, fora perturbam quem quer ver o jogo!

No jogo de andebol SCP-slb havia adeptos das claques que só queriam arranjar confusao entre si. Vi um senhor pedir respeitosamente para o gajo da jl sair da frente que queria ver o jogo (o homem estava nos lugares de cima, o da juveleo estava ali pq era o único sítio que não tinha psp), o homem só não levou nos cornos ali pq não calhou, foi chamado de tudo a frente do filho de 10 anos e ainda o ameaçaram de o apanhar lá fora.

Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

Até dá a volta ao estômago ler isso.

[member=23851]Drillex33 Ninguém quer saber dos cappos. Quer-se é apoio e de preferência que não seja desfasado daquilo que se está a passar em campo. Basta alguém a dar o mote em momentos mais mortos, de resto se a curva for boa, quase nem é preciso alguém com um megafone nas mãos, muitas vezes até a cantar sozinho, como já cheguei a assistir.
Nem sou grande fã de Inglaterra nem do futebol inglês, mas em termos de apoio vocal, não precisam cá de bombos e de megafones, o estádio se for preciso passa os 90m a cantar quase em uníssono, em alto e bom som, acompanhando os momentos do jogo e sem deixar os guarda redes a sangrar dos ouvidos.
Tirem o tambor a esses gajos, e digam-lhes que bater palmas não é foleiro, que as palmas incentivam muito mais quem está em campo, do que uma martelada pneumática constante, que até a quem ouve em casa irrita.

Havia de ser bonito a nossa curva sem cappos… Já agora não deves estar muito atento à curva porque palmas é o que faltam menos nas músicas. Já agora dizes que um cappo e os tambores não são importantes? Vai ver uns vídeos da Curva sud do Raja Blanca que é só a melhor curva do mundo e vais ver a importância de um cappo e dos tambores.

Ou na argentina

Que posso eu dizer.
Realmente não percebo nada de claques nem de capos.
Pouco me importa que estejam virados para a frente, para o lado ou até para trás.
O que eu não acho normal é claque que está lá para a apoiar e bem (sem eles não seria o mesmo, que fique claro) seja tão autista em relação ao que se passa dentro do campo.
Mas deve ser problema meu que não percebo nada de claques.
Relativamente ao acompanhamento musical. Fiquei esclarecido não estamos a falar de percussionistas mas de tamboristas. Penso que será a definição para o indivíduo que rufa o tambor em tom monocórdico e fora de ritmo durante 90 minutos. Desconhecia que eramos os melhores da Europa nessa matéria.
Por fim concordo que a claque está para para apoiar e contribuir para o espectáculo desportivo. Mas não devem ter aspirações a ser o espectáculo. A minha observação vai precisamente no sentido do apoio ter alguma relação com o que se passa no campo, acompanhar o ritmo e as incidências do jogo.
E isso meu amigo, acredites ou não, não está acontecer.
Eu deixo o meu contributo. Agora cabe aos entendidos nessa matéria encontrarem as soluções para melhorar.
Se quiserem

:clap:

Eu estive neste tópico.

O tópico de um rapazinho que foi pela primeira vez a bola este ano e que acha que a galinha dos outros é que é boa

Se ha coisa que tem ajudado o SCP a crescer do fosso onde estava é o estádio e o seu ambiente.

Se querem espectáculos de revista vão ao parque mayer

Isto não é um tópico de um rapazinho que foi a 1ª vez à bola. Isto é um tópico de alguém que vai Alvalade há muitos anos (assiduamente), tantos que quando começou a ir ainda tu não eras nascido. Sou do tempo que não havia claques e podes ter a certeza que era um campo bem mais difícil quer para os adversários, quer para os árbitros. O que tens neste momento em Alvalade é uma espécie daquela “famosa” claque feminina do Nacional, mas em versão urbana e pouco civilizada. O ambiente pode ser bom para ti, mas em termos daquilo que interessa que é tornar Alvalade num “castelo” de difícil acesso, vale zero.

Se era tao difícil podes explicar porque é que estivemos 18 anos sem ganhar?

Tens que recuar mais um bocadinho no tempo, porque nesses dezoito anos já havia claques. A Juventude Leonina (que foi a 1ª) começou em 1976, em 1973/74 tínhamos sido campeões pela última vez. Obviamente que não são as claques as culpadas de todo o mal. Agora esta versão de claques (que não tem nada a ver com as versões iniciais) é que na minha opinião não serve para nada.

Tas a afirmar que sem claques alvalade era mais forte?? Ou seja que nos anos 60 e 50 (wft…) é que era bom?? Isto faz sequer sentido???

Não estou a afirmar isso. Estou a dizer que as claques deviam ter outro comportamento mais consentâneo com o desenrolar dos jogos e não comportarem-se como autómatos. Dizes que o ambiente é bom. De facto é tão bom que até para os adversários é bom.

O que se discute aqui é cantar pelos jogadores quando saem e assobiar os cantos dos adversários?
Ganhem tino.

O pessoal do Sporting é dos melhores da Europa. Precisamos é de um novo capo.

Acho que não estás a ter lógica nenhuma. Deves estar chateado com alguma coisa, que não percebo, e tens direito à tua opinião.

Mas olha, para mim, o que mais gosto em ir para a Sul é mesmo de nem se perceber quando sofremos um golo. O apoio continua.

Se estás assim tão irritado com as claques tens de ir para um local no estádio onde não te chateies, porque na Sul não fazes falta nenhuma. Eu mudei-me para lá por não conseguir ver jogos sentado e para não me irritar com bocas dirigidas aos jogadores. :blush: se eu consegui ser mais feliz a ver os jogos não sei porque não hás-de conseguir também.

Acho que a questão seria mais adequar o cântico ao que se passa em campo… há vezes em que o adversário está a atacar e canta-se e faz o golo allez allez.

Não tem lógica.

Lol então devia ser o quê? Posse de bola SCP, música SCP. Posse de bola advserdaio assobiadela? É isto?

E se o SCP perder a bola em 10 segundos?

Belo espectáculo de CD riscado.

Eu acho que deviam era remover o fosso. Com os adeptos colados ao relvado, queria ver que equipa adversária é que não se borrava toda

Quando não se quer perceber não vale a pena. Há coisas específicas para certos momentos…

Lê primeiro o que se escreve por aqui.
Isto é um fórum de discussão. Logo discute-se. Penso que o objectivo inicial não foi criticar nem discutir os méritos das claques.
Estas são óbviamente parte do espectáculo e contribuem para o excelente ambiente que se vive por estes dias em Alvalade, tal como os restantes milhares de adeptos que assinalam regularmente a sua presença.
Algumas das sugestões feitas têm precisamente tornar o espectáculo mais interessante e o apoio à equipa mais efectivo.
Pouco me importa se é preciso um capo ou novo ou velho, isso não me interessa.
O que se discute aqui é o apoio que vem de fora ter alguma relação com o que sucede no jogo. Muitos consideram que isso nem sempre acontece, e gostariam de ver isso melhorado. Como o podem fazer é um problema de quem está nas claques. Se não querem aceitar sugestões porque somos os melhores da Europa em claques, também estão no seu direito.
Mas no Sporting queremos sempre melhorar e inovar. Pensem nisso.
SL

Quando a coisa está difícil, as claques devem cingir-se a cânticos fáceis, curtos, que chamem o restante público a participar.

“Sporting, palmas, Sporting”, ou “Sporting Sporting Sporting”, chegam perfeitamente.

Cantar “só eu sei” ou outra coisa parecida num momento em que o Sporting está em dificuldade é apostar em algo que não se adequa às circunstâncias.