Anderson Polga

Defesa central de classe, com enorme capacidade de desarme e excelente sentido posicional e de antecipação, faziam de Anderson Polga um jogador fino e muito pouco faltoso para o lugar onde jogava.

Iniciou a sua carreira no Grémio de Porto Alegre, onde ganhou uma Copa do Brasil e um Campeonato Gaúcho e chegou à Selecção do Brasil pela mão de Luís Filipe Scolari, sagrando-se Campeão do Mundo em 2002, num torneio onde fez dois jogos completos.

Foi contratado pelo Sporting em 2003, tornando-se no primeiro jogador Campeão do Mundo a jogar em Portugal, e no patrão da defesa leonina.

Fez parte da equipa que chegou à Final da Taça UEFA de 2005, embora não tenha jogado na partida decisiva, o que motivou um forte desentendimento entre ele e o treinador José Peseiro.

Com a chegada de Paulo Bento passou a ser um dos intocáveis da equipa, e contribuiu para a conquista de duas Supertaças e duas Taças de Portugal, renovando o seu contrato com o Clube em 2009, apesar de ter uma vantajosa proposta do Olimpiakos da Grécia.

Na atribulada temporada de 2009/10 depois da entrada de Carlos Carvalhal para o comando da equipa, chegou a perder o seu lugar numa altura em que o jovem Daniel Carriço se começava a impor como novo patrão da defesa leonina, mas na época seguinte recuperou a posição, e apesar das constantes contratações de defesas centrais para reforçar o plantel, foi quase sempre titular indiscutível, passando a fazer parte do grupo dos Capitães de equipa até assumir essa função na época de 2011/12, que acabou por ser a sua última temporada ao serviço do Sporting Clube de Portugal.

Em 2011 foi distinguido com o Prémio Stromp na categoria Especial Carreira, já antecipando a sua previsível saída no final da temporada, quando caminhava para os 33 anos de idade.

Foram pois 9 as temporadas que Polga esteve ao serviço do Sporting, disputando 342 jogos oficiais pela equipa principal do Clube, nos quais marcou 4 golos.

Ler mais: http://www.wikisporting.com/index.php?title=Polga#ixzz22P2HORTI

Um jogador que se dedicou tantos anos ao nosso clube, capitão, primeiro campeão do mundo a actuar em Portugal…merece quanto a mim um topico no Orgulho Leonino!
Se nao concordarem removam!

Obrigado Polga! :clap: :clap:

Sinceramente, eu não concordo, acho que seria banalizar o orgulho Leonino…

E a meu ver a fasquia deverá ser sempre alta…

Damas, Manuel Fernandes, Peter Schmeichel, Beto Acosta… Polga? :inde:

9 epocas? Esteve na maioria dos titulos que conquistamos na ultima decada? Exemplo de profissionalismo! Um jogador que penso não será esquecido! Mas como disse…se nao concordam remove-se! :wink:

Polga merece um lugar especial na nossa história pelos anos que cá esteve e por ter feito parte de momentos bonitos, mas um tópico nesta categoria será demais.

Beto e Juskowiak? Nao acho que tenham feito nada mais pelo clube do que o Polga…no caso do Polaco entao…

Orgulho leonino? Não concordo.

Quando até o Figo tem um tópico aqui :inde:

Tudo de bom para o Polga mas, para estar aqui, no Orgulho Leonino, acho de boa vontade mas exagerado.

De repente, lembro-me de um Marco Aurélio ou de um Carlos Xavier (está por aqui mas por uma outra situação) que foram excelentes atletas, que envergaram e orgulharam a nossa camisola durante alguns anos, e que, para mim, fariam muito mais sentido estarem nesta “secção”, do que o Anderson.

… não deixando de agradecer o respeito que o Polga teve pela nossa camisola!

Polga merece um lugar aqui, goste-se ou não do jogador isso é outra questão

Nem mais :arrow:

Se ele não tem lugar aqui então sugiro que revejam outros tópicos nesta secção como por exemplo o do Figo

Aqui concordo a 100% contigo brsilva. Faço das tuas palavras as minhas. Grande Polga :great:

Eu sinto-me orgulhoso dele ter saído do Sporting.
Não sei se o meu depoimento contribui para ter um lugar aqui… :twisted:

Abriram um tópico ao polga? Really ::slight_smile:

Não concordo que seja um jogador para Orgulho Leonino, mas quem sou eu para afirmar isso …

Obrigado Polga :clap:

Polga? Orgulho Leonino?

Estas palavras não se conjugam de nenhuma maneira.

Contudo o Sportinguismo anda tanto pelas ruas da amargura que um jogador como o Polga é elevado a um tal estatuto de fazer corar verdadeiros símbolos do Sporting.

Mas quando neste quadro também se encontra o Juskowiak, por exemplo, qualquer um pode ter aqui um tópico.

Ontem vi alguém reduzir a importância do Beto Acosta e sua integração nesta secção, hoje vejo Polga e Orgulho Leonino na mesma frase

:rotfl:

Concordo, Polga foi um enorme profissional ao serviço do Sporting Clube de Portugal.

Foi um jogador que dedicou 9 anos ao nosso clube foi capitão e primeiro campeão do mundo a actuar em Portugal.

O que cada pessoa pensa sobre este assunto não sei, respeito a opinião de cada um, certo é que a meu ver deveria ter lugar já que outros também o têm, mas é apenas a minha opinião.

O Polga foi um ENORME central ao serviço do Sporting, simplesmente chegou a uma certa idade em que o futebol para ele morreu!
:great:

O 1º campeão do mundo a jogar em Portugal.

É verdade que teve momentos infelizes, mas também os teve felizes.

9 anos sempre a titular diz muito. Quer se queira quer não, faz parte da história do clube, e essa (ao contrário do que os lamps fizeram com a foto de Vale e Azevedo na galeria dos presidentes da agremiação), não se apaga.

Foi capitão do Sporting e foi sempre um funcionário exemplar.

Por mim, está bem aqui.

Não sei quem escreveu para trás de Beto, mas Beto merece como poucos o estatuto de grande do Sporting.

… Mais precisamente com 23 anos… :lol:

Er… não sei o que dizer. Polga, aqui?

Bem, tudo de bom para o jogador e pessoa.