Análise aos reforços 2014-15

Fechado que está o mercado de transferências, gostava de conhecer a opinião dos Sportinguistas sobre os reforços contratados para esta época.
Do que conhecem e do que já viram, o que acham e como avaliam (de 1 a 10):

  • André Geraldes
  • Jonathan Silva
  • Ramy Rabia
  • Paulo Oliveira
  • Naby Sarr
  • Oriol Rosell
  • Simeon Slavshev
  • Ryan Gauld
  • Hadi Sacko
  • Junya Tanaka

Penso que não me esqueci de nenhum (o Nani dispensa apresentações).
Para já não vou dar a minha opinião, porque considero que não os conheço suficientemente bem, e o objectivo é ter opiniões fundamentadas para que todos possam ficar a conhecer melhor o plantel e aquilo que poderemos esperar este ano.

SL

Geraldes - 2:

Não o acho péssimo, mas o custo (transferência e salários) era totalmente dispensável. A somar ao facto de não ter qualidade para jogar no Sporting (repito, não sendo péssimo) a coisa complica-se. Pode ser emprestado e dar alguma coisa no futuro. Mas com o objectivo de disputar o título este ano e com as carências do plantel, não nos podemos dar ao luxo de andar a investir (muito ou pouco) em jogadores para o futuro. Que nem menos de 21/20 anos têm. E que já não se encaixam na Equipa B

Jonathan Silva - ?

Não o conheço bem. É uma aposta para o médio-prazo (não bem longo, visto já ter alguma experiência sénior), creio. Penso que o que fizer na temporada 2015/2016 pela primeira equipa definirá o sucesso da contratação. Mas este ano já poderá dar alguns indícios do que poderá ou não fazer. Se for o que acredito, aposto num 6.

Ramy Rabia - ?

Também não conheço bem. Gosto do perfil e as indicações são positivas. Penso que o que referi sobre o Jonathan relativamente à sua 2ª época também se coloca. Porém, pela ausência de qualidade na posição, pode saltar etapas e ter de provar já este ano o que vale. Penso que não seria o ideal. Se for o que acredito, estará entre o 6 e o 7.

Paulo Oliveira - 5

Não era, a meu ver, dos melhores centrais no mercado para reforçar a equipa no imediato. Mesmo que não se quisesse trazer um jogador de mais idade, que por isso não fosse tão valorizável. Acredito que o custo tenha sido bastante razoável (devia ter algum mercado, titular dos Sub-21 e bem-visto em Guimarães). Ainda assim, nota intermédia por continuar a acreditar que tem qualidade. O facto de ter sido ultrapassado por Sarr e não ter passado Maurício pode preocupar mas, para já, não o posso catalogar de fraco. E se começar a ser aposto acredito que facilmente suba, pelo menos, para um 6.

Naby Sarr - 6

Pelo custo menor (face a Paulo Oliveira) leva nota mais positiva. Pessoalmente, não o acho superior ao português no imediato. Aquilo que o Paulo ainda precisa de trabalhar o francês também tem de o fazer. Também não acho que seja muito superior ao Tobias, por exemplo. Mas pela idade, custo modesto e algum potencial denotado, deixa nota positiva.

Rosell - 7

Um bom jogador para o plantel. Um substituto daqueles que quando entra em campo mostra competência. A saída de William é previsível, restando saber o timing. Já ter cá este espanhol, com tanta qualidade e 22 anos (feitos há 2 meses) permite ao treinador ir preparando a sucessão do português com tempo. Boa compra.

Slavchev - 4

As indicações na Bulgária são positivas, e é isso que faz com que não avalie a contratação como um grande falhanço. Mas novamente terá implicado um custo bastante razoável para a nossa situação financeira. Tendo em conta a quantidade de médios que temos (pode-se argumentar que tem outras características… mas eu gosto das características dos que temos) na A e na B, a meu ver, implica algum desperdício de recursos. Tendo em conta que não tem mostrado para já o mesmo que outros reforços… nota (ligeiramente) negativa.

Ryan Gauld - 6

O facto de não se ter ideia nenhuma do custo dificulta a análise. Estava inclinado para lhe dar um 7, mas penso que dar o mesmo que a Rosell (a quem também não podia dar mais, afinal não veio para o onze) seria injusto. Dá-lo-ia caso: i) não tivéssemos já outro 10 jovem de grande potencial a jogar na B, onde ele tem actuado (e, considerando Wallyson titular, só lá há espaço no 11 para um; ii) Marco Silva já tivesse pelo menos convocado o miúdo escocês. A posição estava muito carenciada no imediato. Gauld tem um grande futuro e acredito que no imediato já mostrasse qualidade. Como não tenho a certeza absoluta (e Marco acha que não)… dou-lhe um 6.

Sacko - ?

Não conheço. Vindo para as alas, dificilmente não será um desperdício de recursos: para os A’s há 3 possíveis titulares (Nani, Carrillo, Mané) e nos B’s já há miúdos de enorme futuro (Podence, Iuri e Gelson… Dramé pode também estar incluído, não sei). Pode-se argumentar que Nani sai no final do ano, mas estar a promover 2 jovens ao mesmo tempo no próximo Verão pode ser pouco conservador. E mesmo que o fizéssemos Iuri já está à espreita, e Podence caminha para tal a passos largos.

Tanaka - 6

Hesitei entre o 5 e o 6. Tenho muitas dúvidas que vá ser titular com regularidade. Não é um jovem para se ir preparando para suceder aos titulares actuais. Porém, apesar desse problema de perfil, o custo terá sido modesto e tem qualidades e polivalência (pode jogar a 2º avançado…).

Nota: Pode estar a haver alguma injustiça. Mas a exigência foi colocada lá em cima, e os objectivos foram apontados para o sucesso já nesta temporada.

Nota 2: Falta falar de Nani. Um 9. Craque para a posição mais carenciada do plantel (a par da de central).

Bem os reforços não são maus de todo. Não nos podemos esquecer para ter opções no plantel também custa dinheiro.

Geraldes- 2
Não tem lugar no Sporting e não faz qualquer sentido com a permanência de ML, com o aparecimento de esgaio, com a manutençao e com o futuro aparecimento de riquicho.

Jonathan Silva- 6
Por o que li e vi na equipa B acho que poderá futuramente ser o defesa esquerdo do Sporting basta ter calma. Por 2/3M rapidamente o iremos recuperar…

Ramy Rabia - 6
Por tostões fomos buscar um dos melhores jogadores do Egipto. Tem técnica acredito que até ao fim da época esteja no 11 do Sporting.

Paulo Oliveira- 4
Desilusão até ao momento :menos:. Mas há tempo.

Naby Sarr- 8
Merece uma nota de outro nivel um jogador que custou 1/2M que pode tornar-se titular indiscutível com 20 ou 21 anos e poderá render uns quantos Milhões.

Rosell - 7

Um bom jogador para o plantel. Um substituto daqueles que quando entra em campo mostra competência. A saída de William é previsível, restando saber o timing. Já ter cá este espanhol, com tanta qualidade e 22 anos (feitos há 2 meses) permite ao treinador ir preparando a sucessão do português com tempo. Boa compra.

Slavchev - 4
Não conhecia mas claramente a mais neste momento no plantel, contudo temos de dar tempo.

Ryan Gauld- ?
Vejo-lhe um potencial extremo contudo não se sabe o valor e tem ido para a equipa B. Poder ser um 2 como um 10. Tudo dependerá da carreira. Potencial tem para 10

Sacko- ?
Não conheço.

Tanaka- 7
Já pede minutos na 1 liga.

é injusto estar a avaliar já os reforços com notas,

Geraldes (3)- Jogador com algum potencial, que nunca devia ter vindo para o sporting e para mais nas condições que veio, esteve no belenenses emprestado, mas para o sporting foi 600 mil…ha grande Jorge Mendes sempre a lixar o sporting, só mem supreende o Bruno ir nisso.

Paulo Oliveira (4)- Não é mau jogador, mas decresce muito de valor quando joga a central caido para o lado esquerdo, no lado direito, mostra melhor saida a jogar, tem valor…2 milhões de euros um super exagero para o valor que tem atualmente, continuamos a não saber negociar com equipas portuguesas (Braga, Maritimo…)

Sarr ((10)- Jogador com excelentes carateristicas, esquerdino com tecnica, não tão lento como o fizeram crer…esta tudo á espera de um erro para o crucificar, Necessitava de um grande central a seu lado para fazer ainda um melhor cresciemnto e tornar se um central de classe mundial. GRANDE CONTRATAÇÃO.

slavchev (3)- muito lento, demora imenso a soltar a bola, ficnaliza muito bem, tem toque de bola…no entanto de costas paar o jogo tem muita dificuldade, duvido que conseguia ser um bom 8, talvez um 6 trabalhado n sei. Para mim ate agora a maior desilusão.

Ryan Gauld (9)- vai ser craque, garnde oque de bola, precisa de ganhar intensidade e dinamica, joga muito melhor em zonas interiores ja se viu isso nos b. Tem tudo para ser o 10 que o Sporting precisa.

Tanaka (6)- Naõ é mau, lutador, fianlizador e custou 750 mil euros e ja temos um japones…merece uma oportunidade.

rabia (?) - Tenho grande esperança nele.

Jonathan Silva (6)- Parece bom, grande pontape, raçudo, com tecnica, defende bem…enfim pareçe que tem valor.

Rossel (8)- Qualidade de passe, um pouco macio papara a posição, mas revela boa leitura de jogo. Boa contratação (relação qualidade, preço).

Sacko (?)- Penso que é um poço de força e muita velocidade, deixa la vêr.

Fizeste uma avaliação bastante precoce, tanto na pontuação como na descrição

Honestamente, isto de dar notas a jogadores que acabaram de vir - muitos nem jogaram pela equipa A - tem que se lhe diga…
Há uns tempos um forista com algumas connections (admito que, de momento, nem me lembro quem era o forista nem as connections) escreveu no tópico do Marco Silva, que apesar do nosso presidente ter assumido a candidatura ao título, ele não exigia do Marco isso já este ano, mas sim ao longo do seu contracto - o que justifica, aliás, a sua longa duração. Pessoalmente sempre assim o interpretei. Depois do que se passou na época passada, não só a nível de desempenho da equipa e consequente classificação final, como a nível do pressing ridículo feito toda a santa jornada pelos media, não fazia sentido o Bruno de Carvalho vir dizer que a equipa não era candidata ao título. Como já foi super-analisado aqui, o Sporting é sempre candidato ao título pelo seu historial e pela sua grandeza, e se o ano passado ficámos em 2º lugar, este ano não faz sentido almejar abaixo disso. Claro que isto é totalmente diferente de se exigir o título. Caso contrário o Bruno de Carvalho não tinha oferecido um contracto tão longo ao Marco Silva.

Assim sendo, é preciso olhar para os reforços nesse âmbito. São (quase) todos jogadores jovens, com muito potencial. Jogadores que não é para lançar já no 11, mas sim irem ser integrados com calma (equipa B, banco…), para que daqui a 1~2 anos tenhamos um grande 11. Nesta perspectiva não há reforço que não tenha gostado, à excepção do Geraldes. Jonathan, Sarr, Paulo Olivera, Sacko, Slavchev, Rossel, Rabia, Gauld… Uns estão mais preparados para serem lançados no 11 que outros, mas são tudo jogadores com enorme potencial!

Olhando para o 11 as únicas posições que me deixam mais desconfortável é o do central, porque perdemos o Rojo, e não veio ninguém com a mesma experiência. Além do mais a nossa dupla agora é formada por Sarr e Maurício que não me parecem grande coisa a sair com a bola jogada. Provavelmente vamos sofrer um bocado durante o futuro de curto prazo. Mas tenho que esperança que Rabia ou Paulo Oliveira sejam integrados à medida, e possam colmatar essa falha.
Depois há o caso do André Martins, que de facto não é jogador para ser titular do Sporting. Mais uma vez, espero que com o tempo o Gauld e o João Mário se imponham.

Concluindo: estou satisfeito com as contratações, porque percebo que foram feitas olhando para um futuro largo (muito ao contrário do que o Porto fez, por exemplo), e porque sei que o dinheiro não abunda. É preciso ter calma. Brevemente vamos ter uma equipa fortíssima!

Avaliar reforços quando alguns deles nem 3 jogos seguidos têm pelo Sporting?

Para mim o rosel é de longe o melhor jogador dos reforços, está é tapado pelo grandioso william carvalho.

O sporting um dia em que venda o rosel vai ganhar uma pipa de massa.

daqui a uns meses respondo…

Quem não quiser responder não é obrigado. Claro que pode parecer prematuro avaliar os reforços, mas há quem já os conhecesse de antes e com a pré-época e tudo já é possível ter uma ideia. E eu pedi opiniões fundamentadas!
O objectivo é que quem não conhece mesmo nada dos jogadores, fique com uma ideia do que eles podem valer. No futuro todos saberemos se corresponderam às expectativas ou não.
Cada vez que se fala num potencial reforço vêm mil opiniões sobre os jogadores, a maior parte delas baseadas em vídeos do youtube. Agora que já se viu qualquer coisa (embora pouco), não pode ser porque é precipitado.

Enfim…

too soon

se formos campeoes, foram bons, se não formos, não foram

tão simples quanto isto.

Não é tão simples quanto isso .

Nem 8 nem 80 .

Isso, sim, é razoável. Para já, pouco há a classificar.

Sou dos que acha muito cedo para classificar o acerto das contratações pela qualidade demonstrada pelos jogadores. Alguns já puderam fazer alguns jogos, contudo só teremos uma imagem da sua utilidade daqui a uns tempos. Quanto muito, o que se pode avaliar é a pertinência da contratação de cada jogador para a posição que estava ou não carenciada. Mas mesmo assim, tudo depende das ideias que o treinador tem para a época e para a gestão do plantel, bem como se é pretendido que alguns dos jogadores se assumam no imediato ou se é esperado que vão crescendo para se assumirem no futuro. Dito isto, acho que temos que esperar para ver, provavelmente nalguns casos só na 2ª metade da época teremos alguma ideia mais clara do que valem ou podem valer.

Na lista falta o melhor reforço, o Nani.

Muito boa forma de avaliar os reforços, sem duvida. :clap:

Para já e com muitas limitações pelo pouco tempo decorrido diria que Geraldes foi a pior e Nani a melhor.
A um nível interessante têm estado: Tanaka, Sarr e Rossel.

  • André Geraldes - 3
  • Jonathan Silva - 7
  • Ramy Rabia - 4
  • Paulo Oliveira - 4
  • Naby Sarr - 8
  • Oriol Rosell - 8
  • Simeon Slavshev - 4
  • Ryan Gauld - 8
  • Hadi Sacko - ??
  • Junya Tanaka - 9

edit
( 3 considero sem nivel para o sporting)
( 4 do que vi nao gostei muito )
( 7 gostei do que vi )
( 8 gostei do que vi e vai ser muito importante se continuar com as boas indicações )
( 9 muito bom só precisa de jogar mais e vai ser chave na equipa )
?? - ainda não vi a jogar.

Considerando as muitas e sabidas restrições financeiras do Sporting e a necessidade, que muitos extraordinariamente desconsideram, de preparar também o futuro actuando no presente, não acho que as contratações tenham sido más, pelo contrário. Acho que recordaremos alguns destes nomes por bons motivos e por muitos anos. Não é possível acertar em tudo. Aliás, dada a inexistência de muito capital, a probabilidade de acertar, por um lado, diminui, mas, por outro lado, como resultado da obrigação de elevar os níveis de rigor, aumenta; ou seja, tanto pode dar para um lado como para o outro. E por isso me viro para os nomes de quem decide: confio neles. Assim sendo, acredito que esses mesmos nomes saberão contrariar convenientemente as limitações do Sporting.

Têm-me agitado bastante as opiniões, de uma grosseira falta de visão, que dão a entender que toda e qualquer contratação deve acontecer somente para reforçar a equipa principal, para entrar imediatamente no onze inicial. Não!! O futuro constrói-se com decisões tomadas no presente. Contratámos alguns bons e jovens jogadores que dentro de pouco tempo estarão a jogar como estrelas, passe a expressão, na equipa A.

Quem não prepara o futuro jamais triunfará no presente.

Dos jogadores contratados, acho que acertámos em quase todos, exceptuando, talvez, no Geraldes. Não por falta de qualidade mas por falta de oportunidade e de espaço para crescer e consolidar o seu talento, escolho também o Paulo Oliveira.

O francês Sarr vai crescer, vai apurar o seu jogo de pés, vai passar, presumo, por algo similar ao Luisão (nos primeiros dois anos, falhava com alguma regularidade). Pela sua colossal altura, será sempre um jogador capaz de fazer a diferença - mais tarde ou mais cedo, e com o Nani a apontar os cantos, vamos ver o francês a cabecear umas quantas bolas para o interior das balizas adversárias.

Também o Tanaka dará a sua contribuição - já comprovou a todos que sabe aproveitar 15 minutos de jogo, que sabe movimentar-se.

O Orioll, pelas virtudes ensinadas a ele pela escola que o formou, crescerá, crescerá, e um dia ocupará com eficácia um lugar no meio-campo do nosso Sporting.

O Rabia parece-me um defesa-central invulgarmente ágil, qualidade que o permitirá complementar muito bem certo tipo defesa-central (tipo Maurício, bruto, lento).

O puto escocês tem talento de sobra nos pés, resta esperar que se adapte à velocidade e à intensidade do futebol latino. O seu principal defeito tem sido de ordem posicional, mas talvez as culpas residam no quadro táctico do Barão.

O Slavchev é um caso esquisito: tanto já vimos bons pormenores como pormenores dignos de um trapalhão, de um defesa-central que só sabe dar porrada e chutar bolas para a quinta do Zé. O tempo nos dará uma visão mais precisa.

Portanto, acho que estivemos bem. E contratámos o Nani, um extremo com qualidade para disputar um lugar no onze dos clubes mais poderosos e opulentos do mundo.