Análise ao Relatório e Contas do 3º trimestre Julho 2009 - Março 2010

Ou tem olhos na cara e dois dedos de testa…

É incrível como é que não há uma revolta generalizada depois deste Relatório e Contas, é uma palhaçada e o objectivo é claro:

  • A Sporting SAD está a apropriar-se dos poucos rendimentos que o clube ainda tinha, referem operações no relatório que não foram comunicadas aos sócios;

  • Como todos sabem, é uma questão de tempo até o clube perder a maioria na SAD;

  • As perdas por imparidade dos activos intangíveis também são interessantes;

  • É curioso que valores como honorários, comissões, deslocações e estadas tenham crescido este ano;

  • É fantástica a forma como a remuneração dos órgãos sociais cresce mais de 100%;

  • Pedro Silva é um jogador com qualidade para jogar no Sporting, principalmente com os actuais condicionalismos faz todo o sentido que se compre os restantes 50% do passe e que seja renovado o respectivo contrato;

  • E aqui estão dois quadros muito interessantes, é isto o Sporting actualmente:

  • É interessante verificar também que o valor de “Férias e Subsídio de férias e Subsídio de natal” cresceu mais de 100%;

Para terminar em beleza no final:

Tal com já referido no Relatório da Actividade relativo ao 1º Semestre do corrente exercício, o ano desportivo foi marcado por resultados inferiores aos que seriam normalmente expectáveis, sobretudo no que se refere à Liga Nacional, [b][u]e por comparação com performances recentes cumpridos com meios idênticos.[/u][/b]

:rotfl:

Como diria Bettencourt: “deixem lá isto dos números que é uma chatice”, eles que se vão acomodando e fazendo tudo às claras com amadorismo, ninguém está atento e tudo passa despercebido, ou pelo menos acreditam nisso… :lol:

Incrível a pouca participação neste importante tópico.
Fosse sobre um rumor qualquer da Bola e já ia nas 4 páginas ::slight_smile:

:arrow:

Os números não mentem. Daí não aparecerem os defensores do actual “regime”, com as suas teorias para justificar estes 9 meses ruinosos da Gestão de Bettencourt.

exacto. Preocupa-me isto muito mais do que a vinda do Evaldo. Estamos a caminho de um buraco sem fundo.

Não há grande novidade nos números apresentados pelos 3 grandes ontem: o Porto fez 45 milhões em transferências e por isso apresenta um resultado positivo. Benfica apresenta um resultado negativo ainda que tenha vendido jogadores (alienação ao fundo de jogadores). Sporting não vendeu ninguém e também tem um resultado negativo.
No caso do Benfica, o risco foi maior (maior investimento, por um lado, e venda parcial dos seus jogadores), e deu-se desportivamente bem com isso.

Só quem anda a leste do que é a realidade económica dos clubes portugueses pode estranhar os resultados apresentados.

Isto é trágico! Aqueles quadros que o Francisco nos deixou, são mais que elucidativos, para entender em que direcção ruma o Sporting.

E a renovação do Pedro Silva é surreal. Mas como é que passa pela cabeça de um dirigente/presidente, renovar com um jogador que é terceira opção? Ou é amadorismo ou a hipótese mais consistente, terrorismo!

Só que nós andamos a leste da realidade desportiva, por não querermos hipotecar a económica, afinal…

e desculpem-me os mais puros, mas a verdade é esta, temos o que merecemos, é-nos bem feito.

Estamos transformados num clube ridículo, a uma escala ridícula. Este foi o único campeonato que vencemos aos lampiões, o do circo.

Falta pouco, temos de dar mais este passo importante ::slight_smile:

Até eu tenho mais acções que alguns desses!
(fácil têm zero…)
Acreditam tanto na empresa para a qual trabalham, que nem acções têm.
E nem falo do aspecto enquanto sponsors.
Aqui onde trabalho, foi permitido aos empregados subscreverem acções da empresa, e todas as disponibilizadas se venderam.
Pelo contrário, na SAD há quem tenha zero acções; será que não há nenhumas à venda?
Ou será que os senhores são tão pobrezinhos que não as conseguem comprar?

[b]Aqui ficam algumas ideias da nossa 1ª análise feita ao Relatório e Contas da Sporting SAD:[/b]
  • Agravamento do prejuízo face a idêntico período do ano anterior em 138%: Resultado liquido negativo em 31 de Março 2009 de 6,2 milhões de Euros e em 31 de Março 2010 de 14,8 milhões de Euros.
  • Diminuição dos proveitos operacionais em 27%, menos 10,2 milhões de Euros, devido, principalmente, à queda de receitas com a Liga dos Campeões (menos 6 milhões de Euros), direitos televisivos (menos 2 milhões de Euros) e de bilheteira (menos 1,3 milhões de Euros).
  • A diminuição dos custos operacionais não acompanhou a quebra de proveitos operacionais: Apenas menos 1,2 milhões de Euros, incluindo as amortizações com passes de jogadores.
  • A Sporting SAD investiu mais de 21 milhões de Euros na equipa profissional de futebol (21, 619 milhões de Euros) – Ponto 11 do Relatório.
  • Os custo com o pessoal diminuiram 0,85 milhões de Euros: As remunerações do pessoal baixaram 1,257 milhões de Euros e as dos orgãos sociais aumentaram 0,2 milhões de Euros- Ponto 5 do Relatório
  • Degradação do capital próprio, agravando a situação de falência técnica para -30,8 milhões de Euros, quando em 31 de Março de 2009 era de -16 milhões de Euros.

Com o projecto de reestruturação financeira a Administração da SAD pretenderá ultrapassar a situação de estarmos com o capital proprio negativo

[ul][li]Diminuição dos activos em 13,2 milhões de Euros e aumento do passivo em 1,6 milhões de Euros.[/li][/ul]

E perante o descalabro constante, continuado e agravado das contas e da “gestão” do Sporting, o que fazem os Sportinguistas?

Será que vão continuar a permitir, que um bando de gatunos continue impunemente a desmantelar e a liquidar o Clube e que continue em funções e a passear-se pelos corredores de Alvalade, sem que nada lhes aconteça?

Para quando o levantamento de rancho?

Para quando o ajuste de contas?

Venham de lá então as Assembleias.

E voltamos ao “ou isto ou o caos” para passar a Academia para a SAD…está montado o cenário! Vai uma aposta?

Fico perplexo com o actual estado deste clube! Já não é só a equipa de futebol que me preocupa, mas sim tudo aquilo que se entende por Sporting Clube de Portugal

Não vale a pena estarem preocupados. Vem aí o plano de reestruturação financeiro à tanto tempo preparado e que vai repor o SCP numa posição de afirmação desportiva e financeira sem rival (depois de oferecida a Academia de mão beijada aos accionistas). Tal como o plano da venda do Património Não Desportivo conseguiu. E a seguir a esse vem o Plano de Reequilibrio Financeiro (ou outro nome qualquer), com a entrada do estádio na SAD para artificialmente abater passivo da mesma, e depois de gasta “a pasta” como o JEB gosta de dizer, eles piram-se todos finalmente porque não há mais nada para oferecer como garantias.
Quando já só sobrarem os ossos, os abutres levantam voo para outras paragens.

Não fosse o assunto tão grave diria que algumas posturas me dão vontade de rir, mas na verdade entristece-me que depois de vários anos em que algumas pessoas apontaram a falência da gestão no ponto que verdadeiramente interessa para o equilibrio financeiro do Sporting (o aumento da receita ordinária), tendo “arcado” com as consequências dessa denuncia, chegados a este ponto, em que o lifeline do clube parece ser vender a prata da casa para aguentar os constantes fracassos de quem nos dirige, ainda tenhamos que testemunhar o apoio aos mesmos que, não assumindo a sua incapacidade, ainda procuram (e estou certo que com sucesso) culpabilizar quem não quis passar o “cheque em branco” final.

Para os que acham que os resultados financeiros deste exercício (eu relembro que eles são praticamente um terço do que se procura resolver com as VMOC’s) eram esperados e são “normais”, pergunto… E isso é bom ou estaria na altura de questionar quem os alcançou?!

Alguém da oposição devia procurar tempo de antena, de preferência num jornal diário -disse jornal, não pasquim desportivo-, para analisar estes resultados e explicar as consequências que um novo e previsível cheque em branco aprovado em AG pode significar para o clube.

Eu que nao percebo nada disto, fico espantado como é que o Sporting tem prejuizo no futebol todos os anos, faça bons ou maus campeonatos!

Se ja estamos pra lá dos limites do clube e ainda assim nao conseguimos competir com os adversarios, mais vale ou fechar as portas ou mudar a gestao e mentalidade em 180º

Mas ok, siga meter mais prejuizo pa conta, que quem vem a seguir paga, ate ao dia que o nome Sporting for demasiado pequeno po tamanho da conta

Convenhamos, que para comentar relatórios financeiros será necessário ter algumas noções de gestão, porque os milhões de passivo é já uma infeliz tradição do futebol português, e passará despercebido a muitos adeptos pouco sensíveis para estas questões!

Com ou sem resultados desportivos, os clubes portugueses não podem sobreviver sem vender activos, e os resultados espelham isso, quem comprou e não vendeu teve passivo. O problema é estrutural, aqui não existem os muitos milhões das transmissões como em Inglaterra, Itália e outros, somo um mercado pequeno.
Não temos dinheiro, mas para agravar, também não temos activos muito valiosos, por isso só uma gestão milagrosa nos pode salvar, e pela amostra dos 9 meses passados, isso não passa de utopia, infelizmente.

Eu cá gostava era de ler o comentário dos auditores.
Li o do relatório das contas do clube, apesar de distribuído em cima do acontecimento (AG), para o pessoal não ter tempo de o fazer, e fiquei estarrecido. Estava cheio de «ses», até fazia aflição.
Quase aposto que neste ainda é pior.

Garanto-te que será praticamente igual e com a ênfase sobre a continuidade das operações da SAD. Isto é um aspecto gravíssimo constar de uma Certificação Legal de Contas, basicamente afirma-se que a não ser determinadas operações a SAD não está em condições de continuar a sua actividade ??? Aliás olhando de vesga para o relatório é fácil concluir que atravessamos graves problemas de liquidez e que só os conseguimos solucionar através de contas correntes nos suspeitos do costume, o que implica uma sobrecarga brutal de juros

Mas a caravana passa e muitos continuam a aplaudir