Ainda o apito dourado...

http://jn.sapo.pt/2005/04/22/sociedade/sporting_1_moreirense_0.html

http://jn.sapo.pt/2005/04/22/sociedade/o_caso_contra_pinto_costa.html

http://www.oindependente.pt/

o pintinho está em todas…

Estou a ficar bastante receoso em relação ao desfecho deste apito.

Existe muito pouca coisa realmente palpável. Se o MP e a policia não tiverem nada mais do que as escutas, ou o que tiverem seja obtido graças às escutas, isto vai ser muito complicado. Mesmo que surja alguma condenação em tribunal de primeira instância, qualquer recurso apresentado na Relação tem grandes hipóteses de sucesso.

Que se pronunciem os juristas cá do burgo, mas não devo estar longe da verdade.

Mas existe o reverso da medalha. Mesmo que judicialmente não paguem pelo que fizeram, na prática ficámos a saber quem fez, o que fizeram, porque fizeram e como o fizeram. Isso já não podem apagar.

Eles preparam-se para começar a branquear tudo. Prova disso é o desplante do Valentim em reassumir o cargo na Liga e no Metro do Porto. Se legalmente o pode fazer, já moralmente fica muito aquém do exigido. Cheira a desplante e a um desafio à justiça, o que é a todos os titulos lamentável.

Alice, no pais das maravilhas! :roll: :arrow:

Com um bocado de sorte ainda surge uma escuta do tempo das amizades com o DC e ainda ganhamos qq coisa com esta investigação.

Estou a ficar bastante receoso em relação ao desfecho deste apito.

Existe muito pouca coisa realmente palpável. Se o MP e a policia não tiverem nada mais do que as escutas, ou o que tiverem seja obtido graças às escutas, isto vai ser muito complicado. Mesmo que surja alguma condenação em tribunal de primeira instância, qualquer recurso apresentado na Relação tem grandes hipóteses de sucesso.

Que se pronunciem os juristas cá do burgo, mas não devo estar longe da verdade.

Mas existe o reverso da medalha. Mesmo que judicialmente não paguem pelo que fizeram, na prática ficámos a saber quem fez, o que fizeram, porque fizeram e como o fizeram. Isso já não podem apagar.

Eles preparam-se para começar a branquear tudo. Prova disso é o desplante do Valentim em reassumir o cargo na Liga e no Metro do Porto. Se legalmente o pode fazer, já moralmente fica muito aquém do exigido. Cheira a desplante e a um desafio à justiça, o que é a todos os titulos lamentável.

E o que é que tu percebes disso, hum? :twisted:

Com um bocado de sorte ainda surge uma escuta do tempo das amizades com o DC e ainda ganhamos qq coisa com esta investigação.
Mauras, o eterno optimista. :lol:
Estou a ficar bastante receoso em relação ao desfecho deste apito.

Existe muito pouca coisa realmente palpável. Se o MP e a policia não tiverem nada mais do que as escutas, ou o que tiverem seja obtido graças às escutas, isto vai ser muito complicado. Mesmo que surja alguma condenação em tribunal de primeira instância, qualquer recurso apresentado na Relação tem grandes hipóteses de sucesso.

Que se pronunciem os juristas cá do burgo, mas não devo estar longe da verdade.

Mas existe o reverso da medalha. Mesmo que judicialmente não paguem pelo que fizeram, na prática ficámos a saber quem fez, o que fizeram, porque fizeram e como o fizeram. Isso já não podem apagar.

Eles preparam-se para começar a branquear tudo. Prova disso é o desplante do Valentim em reassumir o cargo na Liga e no Metro do Porto. Se legalmente o pode fazer, já moralmente fica muito aquém do exigido. Cheira a desplante e a um desafio à justiça, o que é a todos os titulos lamentável.

E o que é que tu percebes disso, hum? :twisted:

Eu não percebo népias. Mas como tu sabes, tenho pessoas de familia que trabalham dos dois lados da justiça, digamos assim :wink: e no meio de tanta conversa eu acabo por reter uma ou outra coisa.

Por vezes até percebo mal e tiro conclusões erradas, mas olha… faço um esforço. 8)

Há por aqui um tópico em que me refiro ao troco do Sá Pinto ao Freitas como uma possivel legitima defesa, e isso é errado. Saiu asneira. Aquilo não foi legitima defesa porque o Freitas bateu e fugiu… mas pronto… vivendo e aprendendo… hehehe

Isto que eu falo acerca do entendimento da Relação sobre processos com escutas telefónicas é verdade e é preocupante. Não apenas neste processo mas em todos os processos que incluam escutas telefónicas.

Depois do que se passou com as escutas do processo Casa Pia, a coisa agora fia muito mais fino. É que há muito Juiz de Instrução que agora, para não ser desautorizado pela Relação, só em casos muito especiais e com fortes indícios ou com outro meio de prova que sustente o pedido de escutas, é que as autoriza.

Por isso já estou a ver que ao menor erro na obtenção de prova neste processo do apito, os passarões safam-se.

Sinceramente espero que a Juiza de Instrução, o Ministério Publico e a PJ, tenham cumprido a lei escrupulosamente, porque ao menor escorregão haverá prova que não pode ser considerada para o processo e se ela já é tão pouca… :roll:

Eh pá, prontus, pá, não te chateies, pá!!!

PS: desculpa lá aquilo da 1ª derrota :slight_smile:

Eh pá, prontus, pá, não te chateies, pá!!!

PS: desculpa lá aquilo da 1ª derrota :slight_smile:

Essa da derrota é que não tem desculpa. Tás queimadinho.

Depois de tudo o que fiz por ti, depois de todos os ensinamentos que te transmiti, tu vens repisar depois de uma vitória contra uma equipa depauperada? :evil: Deixa tar… tu vais ver… Malandro :twisted:

Parecem o gato e o rato, este ano no FT a malta conversa… :twisted: