A justiça desportiva cá e lá

O árbitro senegalês Badara Diatta foi suspenso por um ano pela Confederação Africana de Futebol, por ter invalidado mal um golo ao Uganda num encontro com a Nigéria (os nigierianos ganharam por 1-0), realizado em Março último.

“Vimos as gravações do encontro (de apuramento para a Taça das Nações Africanas, em 2008) com representantes da Confederação e todos entenderam ter havido um erro por parte do árbitro”, afirmou o presidente da Federação de Futebol do Uganda, Lawrence Mulindwa.

Por seu lado, o seleccionador do Uganda, mostrou-se satisfeito com a decisão, sublinhando, no entanto, que a selecção não ganhará qualquer ponto com esta decisão.

“Foi transmitida uma mensagem forte para os árbitros. Não ganhamos o ponto, mas acreditamos que as arbitragens podem melhorar com a decisão”, realçou.

Entretanto, o Uganda bateu (2-1) no sábado a Nigéria, e ocupa agora a segunda posição do Grupo 3, com sete pontos, menos dois que os nigerianos.

Data: Quinta-feira, 7 Junho de 2007 - 21:10

in Record online

a reter: a justiça desportiva Portuguesa é mais fraca do que a dos países do 3º Mundo.

Suspensão de 1 ano por um golo mal anulado? Concordo que os árbitros devam ser punidos quando falham, mas isto não foi punião, foi apedrejamento público. A nossa justiça desportiva está mal, como o nosso futebol todo está mal, mas esta decisão parece-me mais uma vingança a quente do que justiça desportiva.

Suspensão de 1 ano por um golo mal anulado? Concordo que os árbitros devam ser punidos quando falham, mas isto não foi punião, foi apedrejamento público. A nossa justiça desportiva está mal, como o nosso futebol todo está mal, mas esta decisão parece-me mais uma vingança a quente do que justiça desportiva.

E muita sorte tem em continuar com as 2 mãozinhas. :smiley: Digam lá se às vezes não desejavam que meia dúzia de árbitros fossem desmembrados… :wink:

Suspensão de 1 ano por um golo mal anulado? Concordo que os árbitros devam ser punidos quando falham, mas isto não foi punião, foi apedrejamento público. A nossa justiça desportiva está mal, como o nosso futebol todo está mal, mas esta decisão parece-me mais uma vingança a quente do que justiça desportiva.

pois, mas o engraçado é que por cá nunca se viu nenhum destes apedrejamentos públicos. Parece que as vendettas são servidas sempre pelos mesmos…