A "Estrutura" do Futebol Leonino - 2015/2016

[b]Quem gere o quê no leão SAIBA OS RESPONSÁVEIS POR CADA SECÇÃO Segunda-Feira, 6 julho de 2015 | 07:56[/b]

Orçamento

O controlo de custos é responsabilidade exclusiva da SAD, desde logo de Bruno de Carvalho. A entrada de Jesus pressupõe o aumento do orçamento, mas há muito que a possibilidade estava acautelada. “Futebol vai ter mais dinheiro”, noticiava Record a… 12 de março.

Estratégia

JJ é o intérprete, o caminho foi traçado pela administração da SAD. Na prática mantém-se o discurso que aponta ao título, com a diferença de que os argumentos agora serão outros. A estratégia foi retocada, o objetivo é o mesmo.

Contratações

Nunca na era BdC um treinador terá tanta influência na política de contratações como esta época. Jogadores como Bryan Ruiz ou Teófilo Gutiérrez são indicados por Jesus. A articulação com o presidente é inevitável mas a ideia é corresponder aos anseios do técnico.

Representação institucional

Octávio Machado deverá assumir o protagonismo nesta área, evitando o desgaste de Jorge Jesus ou Bruno de Carvalho, e libertando Guilherme Pinheiro deste pelouro. A presença no sorteio da Liga foi precursora desta realidade.

Equipa B

Manterá importância crucial no desenvolvimento do projeto. Jorge Jesus e João de Deus são próximos e têm-se reunido com frequência. Aspetos como a comunicação e a troca de informações devem melhorar.

Scouting

O campo de intervenção de Manuel Fernandes. Como Bruno de Carvalho esclareceu, o antigo capitão vai trabalhar de perto com JJ e Octávio, se bem que tendo competências mais abrangentes.

Formação

O sector foi reorganizado em fevereiro, com a aposta em Paulo Leitão. Virgílio Lopes, ao contrário de Inácio, manteve-se na estrutura e continuará a ser o diretor da formação.

Departamento médico

Frederico Varandas e Jorge Jesus têm amizades em comum e conhecem-se há vários anos. Não foi difícil acertar agulhas entre técnico e diretor clínico.

Todas as notícias de Sporting na Liga NOS