A Conversa do "somos diferentes"...

Pessoal sou o único a achar que a conversa do ser-se “Diferente” que certos seres que se dizem ser do Sporting têm, faz-me lembrar um pouco aquela conversa que se tem com os deficientes ou pessoas com dificuldades motoras/mentais (com todo o respeito a elas e às dificuldades que enfrentam todos os dias), a elas diz-se que é especial ou alguns intitulam-se assim, certos sócios e adeptos do Sporting também se dizem diferentes mas para mim é tudo puro “Viscondismo Saloio” e que a CS vende como nunca, por modos que eu nunca aderi muito a essas conversas do sermos “diferentes”.

O que é suposto isso querer dizer? Que os adeptos e sócios do clubes são mais resilientes? São porque se habituaram a mediania no clube.

Que os do Sporting são mais educados e elegantes? Ou seja totós…

Que somos de outra casta superior? Eu não, que os meus 8 bisavós eram todos camponeses e só 1 ou 2 (e já tarde) acabaram por aprender a escrever e aposto que 85% dos adeptos e sócios o são também.

Se fossemos diferentes não teríamos (ou teriam) eleito o Fred Terraços, expulso e destituído alguém que recuperou e deixou património no clube e nos fez ser competitivos outra vez, mas parece-me que estamos cada vez mais acéfalos tal como os lampiões.

Discuss.

Somos diferentes para pior, demorei a perceber, mas finalmente cheguei a essa conclusão.

Somos diferentes sem duvida mas não num bom sentido infelizmente. Este ultimo ano foi uma enorme desilusão.

Portanto, num ano em que no início todos esperavam uma classificação abaixo do 4° lugar, e acabámos por vencer a Taça de Portugal e a Taça da Liga foi “uma enorme desilusão”…

Se calhar não “somos” diferentes, mas que há algumas opiniões curiosas, lá isso há… ::slight_smile:

Somos é parvos… Ontem o Directivo fez um faixa com a frase: “Que a culpa não seja nossa.” … É este o meu sentimento, eu exijo ser campeão… Voltamos á mesma lenga-lenga, não há dinheiro e estamos falidos, etc etc …

Qualquer dia abre-se um tópico para falar das queijadinhas de Sintra.
Qual é a importância disto? Os lampiões também dizem que são diferentes; os tripeiros que são únicos, os do Guimarães a mesma coisa, e por aí fora.
A única diferença que eu constato é que neste tópico recém aberto já vi um forista a dizer que somos diferentes para pior, outro que somos parvos e outro que somos totós.
Bom, se os caros foristas se consideram parvos e totós, fica-lhes bem a humildade. Mas, também já percebi que, neste fórum, o “somos todos” deve ser lido “somos todos menos eu”. E isso é o paradoxo dos fanfarrões, não é dos “diferentes”.

O meu comentário é totalmente focado no futebol, que na verdade é o motor do clube:

Somos diferentes na medida em que apoiamos todos os anos um clube que não ganha um campeonato há anos.
Somos diferentes porque continuamos a aumentar o número de associados, ou pelo menos até há um ano aumentava, sem ganhar nada (campeonatos que é o que mais ambicionamos).
Somos diferentes porque independente da equipa que tenhamos para época, acreditamos sempre que será o ano que somos campeões.
Somos diferentes porque quando temos o Sporting associado a um caso de corrupção, somos os primeiros a criticar e a ficar lixados (independetemente de ser verdade ou não), ao contrários dos adeptos dos dois clubes rivais, que assobiam para o lado e não têm vergonha na cara.

:arrow:

O «sermos diferentes», significa sermos mais acéfalos, não termos inteligência emocional, não saber analisar os factos que estão a um palmo de distância dos olhos, acreditarmos no Pai Natal, acreditarmos que 2 lixos (um televisivo e outro pasquinal) que eram o ódio e o terror da maioria dos sportinguistas até uma determinada altura, porque só falavam mal do clube e só queriam que ele perdesse, deixaram caír a agenda assim como que por magia e passaram a ser amigos do clube e a prestar um serviço inestimável a partir daí, é acreditar que temos que ser todos muito bem educadinhos, cheios de princípios, glamour, status e etiqueta e que não podemos levantar a voz e dar um murro na mesa quando é necessário e por aí vai…

Resultados? É um clube com mais de 170.000 sócios, jejuar de 20 em 20 anos no futebol. A partir daqui, cada um que tire as suas conclusões.

Para terminar, gostaria só de contar um episódio que me fez lembrar o «sermos diferentes» e que se passou aqui há uns meses atrás:

Estava eu a jantar num determinado restaurante (praticamente cheio), quando levo um valente susto devido ao facto de 2 marmanjos se terem levantado repentinamente da cadeira, a gritar «GOOOOLO DO benf…!». Fiquei perplexo, porque nem me lembrava que era dia de dérby para o campeonato, entre os rabolhos e o Porto, lá no Dragão, até porque as TVs do restaurante estavam sintonizadas num canal que passava imagens de surf. Ou seja, estavam a jantar, mas a acompanhar o jogo pelos smartphones.

Já alguém alguma vez viu este tipo de reacção pública com adeptos do Sporting? Não viram, pois não? É claro que não. Jamais isso seria possível no Sporting, porque o nosso ADN não é esse. Para os outros, ser segundo, é ser o primeiro dos últimos e isso é inadmissível. Para nós, é normal, porque afinal, perder ou ganhar é tudo desporto e se estamos 20 anos a chcuchar no dedo, olha… paciência.

Aqui esta um bom exemplo [member=23021]Cernunnos[/member]

É a chamada lógica de cordel ou pseudo-lógica:

Se te considerares um deles, és um medíocre. Se te considerares fora da amostra, és um fanfarrão, porque não queres fazer parte da amostra.

Por esta ordem de ideias, ninguém pode criticar a sociedade/comunidade onde se insere. Por exemplo, não podemos dizer que somos os mais corruptos da Europa. :arrow:

Basicamente e falando com outros sportinguistas, resume-se a que para muitos o segundo lugar não é mau, e para os nossos rivais o 2° lugar é inadmissível e uma derrota.
Fico fdd com isso, mas já desisti de tentar fazer ver que o segundo não serve.

Sempre que me dizem que somos diferentes, lembro-me logo que devo de fazer um check-up médico uma vez por ano.

Nunca percebi se isso de ser “diferente” é sobre o conformismo dos últimos 39 anos, tirei 5 anos propositadamente, ou se é por causa de alguma limitação física/ neurológica que a grande maioria da massa adepta do Sporting Clube de Portugal possuí. Como a primeira não me assiste, realizo logo exames médicos para estar descansado.

É como aquela velha história de quem fala mal é porque tem inveja. Chavões e clichés, apenas isso.

O Sporting é realmente diferente e é realmente diferente para pior. Deve ser study case mundial. Um clube tão fracturado. Tão cheio de grupos e grupetas. De extremistas. De gente estupidamente informada e gente desinformadamente estupidos.

A desilusão nao foi a nivel de resultados como é obvio. pensei que isso fosse obvio. Apenas a garra e ideologia Sportinguista em que sempre acreditei não existe.

O “ser diferente” para alguns é isto :

https://twitter.com/PACabral/status/996664898489856001?s=19

Um pateta.

Vice nestes OS, para quem não sabe.

Pensava que o mal era o outro. Agora deveria sempre a subir.

É normal que vindo da época com mais títulos da história do clube se ache esta última uma desilusão. É o mínimo que se pode considerar.

A mania do sermos diferentes esta a matar lentamente este clube.

Vocês ja repararam nos vários anúncios nas tv?

A bocado na publicidade da Sportv, o reclame para subscrição do canal, aparecia referências aos lampiões, aos morcões… E nós nem pio!!

No reclame da vodafone relativo ao jogo da supertaça que ira dar tambem no canal deles, aparece jogador dos lamp no anúncio… E nós nem uma palavra!!!

A uns tempos atrás no reclame da Macdonalds apareciam 2 amigos a comer um hambúrguer numa mesa, um vestido com camisola lamp e o outro dos morcões ( ainda tentaram disfarçar, tapando a zona dos símbolos, mas notava se a mesma)

E outros tantos exemplos…

Estamos a ser marginalizados, inclusive da a ideia que as marcas tem receio de ver sua imagem associada a marca Sporting, talvez por causa dos ultimos tempos pra ca…

Lentamente esta se a concretizar o que bruno de carvalho tinha dito em 2013: estão se a preparar para ser só 2 grandes.

Era do Burger King com a agravante de que eles têm estabelecimento em Alvalade.