50 ANOS - SPUTNIK

Faz hoje 50 anos que se iniciou a conquista do espaço.

Desde aí muito se conseguiu, mas para mim fica uma imensa frustração por tão pouco se ter conseguido.

Depois de uma década de 60 alucinante em termos de “conquistas” a exploração espacial deixou de ser uma prioridade.

Mas parece que a concorrência: D, vai permitir um novo impulso à conquista do espaço.

A China tem um programa espacial ambicioso e em grande parte secreto que ate 2020 colocar uma missão tripulada na Lua e até 2025 construir uma base lunar. Nos EUA perante este cenário não restou alternativa senão colocar mãos a obra e voltar à Lua e tentar Marte ate 2040.
Índia, Rússia e Japão serão outros actores desta epopeia.