Pereirinha e Paulo Bento

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Citar
mas tu sabes como era o futebol nos anos 60/70 ?

ou pensas que era igual ao que vivemos hoje ?

como disse acima o santos jogou a taça intercontinetal com o benfas e deu-lhes 5.

informem-se primeiro sobre a história do futebol e depois façam comentários.

não falem do que não sabem.


Citar
As defesas a sério eram na Europa? 
O Brasil produziu os melhores defesas de todos os tempos e em quantidades industriais...e atençao, nessa altura nao havia a delicadeza de hoje, os centrais iam à perna, por isso se implementaram os cartoes amarelos...
Enfim, documentem se rapazes ou pelo menos perguntem a quem viveu essa época


Pois é, vamos todos esperar então que falem vocês... Mania de acharem que a história fica trancada no tempo.  :P

Os melhores defesas era brasileiros. Verdade. Mas o que me referia era o sistema táctico em que jogavam. Lembrar que nos anos 60/70 os adversários do Santos não eram o United, Inter, Anderlecht, Milan ou o Real, mas sim clubes americanos.

Não esqueçamos que nos anos 60/70 foi a época das invenções mais engenhosas tacticamente, aqui na Europa. No Brasil, era sol e samba. Não me venham com merdices de idades e de serem cotas e senhores da verdade porque ninguem viu o Santos jogar nesses tempos, não havia nem SportTV nem satélite e havia Salazar. Eramos uma caixa fechada.

O futebol dos anos 60/70 europeu foi fértil em invenções tácticas que no Brasil não se usavam e ainda não se usam. Nesses anos não era raro verem-se registos e imagens de equipas a atacar em bloco, deixando 50 metros de relva atrás da defesa, o total desacerto táctico, o jogo pelo jogo.

Essa fraqueza das equipas que atacavam desenfreadamente foi aproveitada por um senhor Austríaco de seu nome Rappan que inventou um sistema defensivo onde inseriu um jogador chamado de "Trinco"  (originalmente o Trinco era um defesa que se posicionava à frente do Guarda-Redes e atrás do resto da defesa). A marcação era homem a homem. Durinha.

Mais tarde em 1960 o treinador argentino Herrera (no Inter de Milão), baseou-se neste sistema para inventar o "Catennaccio", o qual consistia em ter três ou mais defesas que marcavam outros tantos atacantes contrários, enquanto o "trinco" ficava numa posição livre (passando assim a chamar-se de libero, posição actualmente quase extinta) atrás da defesa, tornando-se a ultima barreira caso um atacante consiga passar a defesa. Claro que depois as recuperações de bola na defesa lançavam contra ataques fulminantes. Nos anos 60 este sistema defensivo matou o 4-4-2, que fez as glórias do futebol inglês, e do Real Madrid. Portanto metam lá o Pelé na Europa dos anos 60/70. Tem nada a ver. Na minha opinião! O Pele teve a mesma dificuldade que Maradona ou Zidane em marcar golos? Não. Teve menos.  :arrow:

Como se não bastasse, ainda na época, na Bélgica um senhor Francês de seu nome Sinibaldi inventou a armadilha táctica da defesa em linha, comandada pelo libero. A base da estratégia passava por encarar os ataques, com uma defesa a «4», colocada em linha e marcando á zona num sistema táctico de 4x2x4. A essência da armadilha, residia no avançar de um desses defesas para fazer a zona e encurtar espaços em relação ao portador da bola na hora em que este se aproximava da área. O ponto de referência era, assim, sempre a posição da bola. No momento em que o avançado ensaiava o passe, o trio recuado dava mais um-dois passos á frente, colocava-se de perfil com o libero que saíra na marcação e, nesse movimento, deixava os avançados em fora-de-jogo.

Pelé era craque, a sua qualidade é inegável mas é preciso compararem-se as coisas como elas são. Maradona jogou em todo o lado, nos duros e tácticos anos 80 e fica em 6º de sempre porquê...? Um gajo que chega a Itália, ao Nápoles, ao povo básico, e no primeiro jogo mete um canto directo de canhota lá dentro. Deus.  :arrow:

Falaram aí do Garrincha e do Matthews (que George Best um dia disse ser o melhor jogador que alguma vez havia visto jogar), claramente gigantes!! Mas um top 10 é muito restricto para tanto craque!

Pélé à frente de Maradona é que NUNCA!  :D
« Última modificação: Janeiro 29, 2008, 19:48 pm por Majestade »
Para mim, o Maradona também foi superior ao Pelé, mas tirar o Pelé dos 3 primeiros é uma heresia. Os golos marcados, a velocidade, a técnica..... era muita qualidade no mesmo jogador. Podem perguntar ao Eusébio que ele refere o mesmo. Pelé era um jogador que dificilmente podia ser parado.

Também não se devem lembrar (eu de certeza que não me lembro pois não era vivo ainda), mas em 66 Portugal ganhou ao Brasil de Pelé por 3-1. Podem pensar que foi fácil, com os Eusébios, os Torres, etc a dizimarem o Brasil. Nada disso. Quando ouvimos a história desse jogo na RTP não nos contam a verdade toda. Ganhámos e provavelmente merecemos ganhar, mas isso foi também e muito à custa de um jogo violentíssimo que os nossos jogadores fizeram. Pelé levou porrada de morte e as entradas que os nossos jogadores faziam sobre os brasileiros faziam corar de vergonha os Bruno Alves e Petits do nosso campeonato.
Existe uma série da BBC que se chama "History of Football". Devem conseguir "sacá-la" da internet com programas P2P. Essa série é um "must" para qualquer amante de futebol. E lá focam precisamente esse jogo entre o Brasil e Portugal onde não ficámos lá muito bem vistos por causa da nossa ...(cof) (cof) impetuosidade.

Mas mais uma vez.... Pelé fora do top3 é uma heresia.
« Última modificação: Janeiro 29, 2008, 21:00 pm por dmalmeida »
É melhor...até porque ia começar a perguntar-te como é que o Zico poderia ficar "um passo atrás" do Duncan Edwards ;)...isto claro sem chamar aqui à colação o actual presidente da UEFA... :lol:

Até ia parar, mas não posso fugir a esse desafio.

Talvez não saibas, mas quem viu jogar o Duncan Edwards, diz que nunca houve jogador como ele.
Algumas pessoas, que sabem mais de futebol do que nós, dizem que quando ouviam o Muhammad Ali dizer que era o melhor o mundo, sorriam porque sabiam que o melhor do mundo era um humilde "left half back" de 20 anos que jogava futebol no Manchester United.

O Bobby Charlton, que só falou sobre essa equipa muitas décadas depois do acidente de Munique (1958), disse sobre o Duncan Edwards apenas duas coisas: 1ª) "Joguei contra alguns dos melhores jogadores de sempre, mas o único, ao lado do qual me sentia muito inferior, era  o Duncan Edwards"; 2ª) "Se tivesse que jogar futebol para salvar a minha vida e só pudesse levar um jogador comigo, levaria o Duncan Edwards".
Estas duas frases dizem tudo...

Como sabes, o Real Madrid ganhou as primeiras 5 Taças dos Campeões Europeus. Estamos a falar do Real de Alfredo di Stéfano, Ferenc Puskás, Francisco Gento, Luis del Sol, José Santamaría e Raymond Kopa. No entanto, em 56/57 na 2ª Taça dos Campeões, sofreram a bem sofrer na meia final contra uma equipa de meninos a que chamavam "Busby Babes". Nessa equipa já era a estrela um garoto com 20 anos (adivinha quem?). No ano seguinte, na 3ª Taça dos Campeões, esses meninos estavam um pouco mais crescidos e estavam imparáveis... no entanto, depois de se classificarem para as meias finais onde jogariam com o AC Milan, e após eliminarem a grande equipa do Estrela Vermelha, sofreram um acidente de avião ao descolar de Munique.
Morreram 8 titulares dessa equipa (incluindo o Duncan Edwards).
Passado alguns meses, após ganharem a final da Taça dos Campeões, os jogadores do Real Madrid disseram que o lugar da Taça dos Campeões desse ano (57/58) era em Manchester, porque era lá a casa do melhor jogador e da melhor equipa Europeia.
Alguns dos jogadores que disseram isto entram naquela minha lista dos 10 a 12 melhores de sempre. Por aí podes ver, como o miúdo Duncan de 21 anos os impressionou.
Curioso, não é?

Num fórum do Arsenal (um dos grandes rivais do Manchester United), li umas palavras interessantes de um adepto. O tópico era qualquer coisa sobre os melhores momentos de futebol a que tinham assistido. Esse adepto do Arsenal, dizia que o melhor momento que teve, foi a sorte e o privilégio de ter assistido ao último jogo dos Busby Babes em Inglaterra (fevereiro de 1958), num célebre Arsenal vs Man Utd que ainda é considerado um dos melhores jogos que alguma vez se viu em Inglaterra. Nesse jogo o United espetou 3 golos ao Arsenal na 1ª parte, no entanto o Arsenal no começo da 2ª parte consegiu, de forma brilhante, empatar o jogo a 3-3 mas, a 15 minutos do final os Busby Babes (quando se esperava a reviravolta do Arsenal) puseram o pé no acelerador e enfiaram mais 3 golos acabando o jogo 3-6. Diz ele, que os adeptos do Arsenal brindaram os meninos de Manchester com uma estrondosa ovação especialmente um tal camisa nº.6 chamado Edwards. O adepto do Arsenal dizia no final, que após esse jogo nunca mais viu nenhum jogador jogar tanto futebol como o Duncan o fez essa tarde.
Curioso, é também o facto de que as respostas, de outros adeptos do Arsenal, a esse post foram no sentido de que se o Duncan não tivesse morrido, Inglaterra tinha no mínimo ganho mais 1 ou 2 Campeonatos do Mundo.
Esclarecedor, não!!??!!

Para acabar, recentemente foi feita uma consulta a todos os adeptos em Inglaterra, no sentido de dizerem qual foi o melhor jogador que alguma vez jogou com a camisola do seu clube.
O Manchester United, é sem dúvida, o clube Inglês pelo qual mais estrelas passaram. Desde o Charlton, Best e Law que foram todos considerados em diferentes anos o melhor jogador do mundo, até ao Cantona, Brian Robson e Ryan Giggs (que sozinho tem 9 campeonatos no bolso), mas os adeptos escolheram outro... Adivinha quem?

Aqui vai a lista dos clubes mais importantes e as escolhas dos seus adeptos, e recorda que a votação foi em 2007 e que a maioria que votou nem era nascida em 1958:

Arsenal---------------------Thierry Henry
Aston Villa-----------------Paul McGrath
Blackburn Rovers--------Alan Shearer
Chelsea---------------------Gianfranco Zola
Coventry City-------------Steve Ogrizovic
Crewe-----------------------David Platt
Crystal Palace--------------Ian Wright
Everton---------------------Dixie Dean
Fulham----------------------Johnny Haynes
Leeds Utd------------------Billy Bremner
Liverpool--------------------Kenny Dalglish
Man City--------------------Bert Trautmann
Man Utd--------------------Duncan Edwards
Middlesbrough------------Juninho
Millwall-----------------------Teddy Sheringham
Newcastle Utd------------Alan Shearer
Nottm Forest--------------Stuart Pearce
Portsmouth----------------Jimmy Dickinson
Sheffield Wed-------------Chris Waddle
Tottenham-----------------Jimmy Greaves
Watford---------------------John Barnes
West Ham------------------Bobby Moore
Blackpool--------------------Stanley Matthews

fonte:http://www.telegraph.co.uk/sport/main.jhtml?xml=/sport/2007/12/19/sfnfan119.xml

Portanto, eu coloquei o George Best em 4º ou 5º, alguns até põem o Charlton nos 10 primeiros, e os adeptos do Manchester escolhem como o melhor, um miúdo que só jogou até aos 21 anos. Porque será?
E não tenhas dúvidas que a malta jovem, votou nos Cantonas, nos Giggs e até nos Beckhams. O que acontece é que os mais velhos a votarem, e que viram todos os jogadores, votaram todos no Duncan Edwards, apesar de terem presenciado a fantástica 2ª era do Matt Busby com o Best, Law e Charlton. Porque será?

Percebes agora, porque é que o Zico fica "um passo atrás" do Duncan Edwards?

Fica bem... ;)
Pélé à frente de Maradona é que NUNCA!  :D

Isto até posso aceitar, apesar de não concordar....

Agora, meteres o Eusébio à frente do Pelé? Oh meu amigo, não havia nexexidade...  ;D :lol: :lol:
Curioso Shearer ser o melhor de sempre em dois clubes,o que revela a sua enorme qualidade como homem-golo.
2h9m21s
Curioso Shearer ser o melhor de sempre em dois clubes,o que revela a sua enorme qualidade como homem-golo.

No Blackburn marcou 112 golos em 138 jogos.
No Newcastle marcou 148 golos em 303 jogos.

Em clubes como esses é natural que seja o melhor de sempre. O Blackburn só tem 2 campeonatos (um deles quando ele jogava) apesar de ter 6 FA Cup, e o Newcastle tem 4 campeonatos e duas FA Cup (nenhum troféu foi ganho quando ele jogava).

Portanto, só ganhou 1 campeonato com esses dois clubes.
Mas a maioria dos adeptos que vota não assistiu aos antigos jogos e grande referência é o Alan Shearer.
Isso do Portugal - Brasil de 66 tem muito que se lhe diga, se a RTP mostra só um lado a BBC mostra o outro! As entradas duras eram de parte a parte tanto que a entrada que "mata" o Pélé vem na sequência de uma agressão do mesmo a um jogador do Sporting.

Também há jogadores que poderiam fazer parte dos génios como um António Oliveira (o meu pai diz que foi o melhor jogador portugês de futebol que viu), fazer uma lista limitada e fazer um ranking é sempre injusto por estarmos a comparar epocas diferentes, campeonatos diferentes, posições diferentes, etc.

E o que dizer de um defesa esquerdo de seu nome Hilário que foi considerado pelo Garrincha o defesa esquerdo mais dificil que apanhou pela frente?
<a href="http://symphonyx.com/images/banners/symxPLwebsitebanner.png" rel="lightbox">[img alt=" width="468" height="60" border="0]http://symphonyx.com/images/banners/symxPLwebsitebanner.png[/img][/url]
Isto é um assunto que dá pano para mangas. Eu na minha opinião acho que o Figo foi muito melhor jogador que o Eusébio e no entanto 87% dos portugueses deve-me comer vivo por causa disso.
Não, claro que não foi. Figo foi um fora-de-série e um dos melhores que vi jogar mas o Eusébio era uma força da natureza. Claro que tem a vantagem de ser um ponta de lança e por isso marcava mais golos que o Figo, mas a velocidade, o poder do remate, a alma, o génio e a humildade do Eusébio fez dele um dos melhores de sempre. Figo era mais cerebral, tinha mais técnica, tal como o Eusébio jogava e fazia jogar mas a comparação entre os dois é claramente favorável ao Pantera Negra.

Quem realmente é capaz de ultrapassar o Eusébio e quem sabe todos os outros a nível mundial é o Cristiano. O rapaz é o jogador mais completo que vi: um físico desenhado para atleta de excepção, velocidade estonteante, técnica assombrosa, remate poderosíssimo com os dois pés, excelente cabeceador, inteligente, faro pelo golo apesar de jogar como extremo, marcador exímio de livres não só em potência como em técnica, vontade de evoluir, treina com afinco, ambicioso e muitas outras características que tornariam exaustivo este post só para as citar.

Julgo que o Ronaldo tem todas as condições para se tornar no "Futebolista Perfeito". Basta continuar a trabalhar como até aqui.
Exacto, no caso do Ronaldo, a arte e talento nasceu com ele, a grande diferença é que parece que o miúdo quer sempre trabalhar mais para desenvolver essas caracteristicas.
Quando penso o que o Figo evolui a partir dos 23 anos, até fico assustado com aquilo que o Ronaldo pode ainda evoluir.
O Figo saiu do Sporting com 23 anos, e o Ronaldo ainda nem 23 anos tem.
É assustador, e se pensarmos que o miúdo raramente se lesiona...
Epah, enganei-me.  :-[
Julgava que este era o tópico do Pereirinha ...
E era. Fica encerrado este tópico, porque já existe outro sobre Pereirinha e tb porque a discussão inicial já foi conduzida e terminada. Se alguém quiser reabrir, que me mande uma mensagem e reabre-se o tópico.