[Série] As 5 melhores histórias do Sporting

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

E o resultado do jogo? 
 
Acho que perdemos um a zero.
 

Eu assisti a uma história semelhante, mas neste caso a figura em vez de ter dado sangue bebeu alcool.  :beer:

Passou-se na época em que eramos treinados pelo actual seleccionador nacional.  :-[
Depois de mais uma vez falharmos o título, alcançámos a final da Taça de Portugal contra o pederosíssimo Marítimo. Era portanto para ganhar.  :victory:

Foi a minha primeira e até agora única ida ao Jamor.  :inde:
Na altura era puto e fui com um grande amigo meu conjuntamente com familiares e amigos da família dele, onde estava incluido um gajo ligeiramente mais velho do que eu, com altas patilhas e cheio .... digamos de style.  :think:

Como pelos vistos é habitual nas idas ao Jamor, o pessoal chega lá ao final da manhã, arma tenda, grelhador e começa uma patuscada até quase a hora do jogo.  :mrgreen:
E onde há comida, há bebida. E o gajo das patilhas não se fez rogado. Pimba, pimba, pimba.  :beer:

Um pouco antes da hora do jogo, ele estava eufórico. Andava agarrado a um enorme leão de peluche que levou para dentro do estádio.  :shifty:
Mas quando o jogo começou, o gajo apagou-se, agarrado ao tal leão. E nem os golos o despertaram.
O pessoal fartou-se de se rir do marmanjo a dormir abraçadinho a um peluche.
Foi bonito! Aliás, até digo mais, foi fofo.  :lol:
Nesse jogo além da vitória que acabou com a seca de titulos(se bem que tivessemos ganho uma Super-Taça aos orcs), dos 2 golos do Iorda, lembro-me que o Maritimo tinha um gajo a marcar livres que era terrivel, de seu nome Heitor cada vez que havia livres contra nós, era tudo a tremer!!!!


SL
Nesse jogo além da vitória que acabou com a seca de titulos(se bem que tivessemos ganho uma Super-Taça aos orcs), dos 2 golos do Iorda, lembro-me que o Maritimo tinha um gajo a marcar livres que era terrivel, de seu nome Heitor cada vez que havia livres contra nós, era tudo a tremer!!!!

SL

Lembro-me desse gajo, na altura passava o fim de semana agarrado ao rádio a ouvir os relatos e sempre que era livre a favor do Marítimo lá surgia o habitual golo do Heitor.

Mas melhor do que esse ainda foi o Guetov, que passou pelo Portimonense. Só que isso é conversa para outro tópico.
Eu assisti a uma história semelhante, mas neste caso a figura em vez de ter dado sangue bebeu alcool.
Passou-se na época em que eramos treinados pelo actual seleccionador nacional. 
Depois de mais uma vez falharmos o título, alcançámos a final da Taça de Portugal contra o pederosíssimo Marítimo. Era portanto para ganhar. 
Foi a minha primeira e até agora única ida ao Jamor.
...
 
Estive lá. Deve ter sido a única altura depois dos títulos dos juniores em que o CQ foi levado em braços...
Vivi uma cena dessas mas num contexto  :offtopic:
Não se tratou de álcool, penso, mas sim de noitada em si, ou seja, mais uma questão de sono a menos.
Foi no Autódromo do Estoril, numa prova para o saudoso Europeu de Turismos, antepassado do actual WTCC.
Havia uma grupo no emprego, sobretudo ao nível dos então estagiários como eu, que não perdia uma prova de desporto automóvel. Confesso que eu era o principal animador...
Se tiver tempo, um dia conto umas histórias sobre isso na secção respectiva.
Um dia um não-estagiário pendurou-se, disse que a F1 não o atraía (pudera, custava uma nota!), os ralis davam muito trabalho (bruxo), mas que queria assistir a essa prova. Pediu-nos para comprarmos os bilhetes, insistiu nos detalhes logísticos, e lá apareceu. Acontece que o gajo em questão era um chato, sobretudo porque estava sempre a mandar bocas a toda a gente, por tudo e por nada.
Com a ansiedade, eu não encontrava o meu bilhete, e ele fartou-se de gozar. Por fim lá o encontrei, e quando chegámos ao Autódromo, eis que ele não encontrou o dele! Teve que comprar um.
Mas o pior estava para vir.
Quem conhece o Autódromo sabe que aquela mistura de ares da serra com ares do mar, mais o zumbido dos motores, pode ter determinado efeito secundário...
Bem, para abreviar, o resto da Bancada E passou as 4 horas inteirinhas a olhar para trás, para um gajo que ressonava mais alto que o barulho dos motores, e que adormeceu precisamente na volta de formação da grelha de partida!
Nós fingíamos o melhor que podíamos que não o conhecíamos.
De facto, chatear meio mundo e pendurar-se para ir, comprar dois bilhetes (perdeu o primeiro), tudo isso para passar a tarde a dormir, numa bancada de cimento...

 
«Opiniões divergentes não significam ataques pessoais»
Nunca me irei esqueçer daquela noite/madrugada no velho alvalade depois de 18 anos...porra até me doí a alma...perdoem o off-topic mas ao ler isto tudo só o facto de ter a idade que tenho evitou uma lágrima verde...
A minha historia foi no ano do nosso ultimo campeonato quando estava no Marques de Pombal a festejar o titulo aguardando anciosamente a passagem do autocarro com os jogadores. Milhares de Leões enchiam a Fontes Pereira de Melo, o Marques, a Avenida da Liberdade... muita conversa canticos e abraços quando de repente alguem grita "São eles!!!" Lembro-me de que ninguem conseguiu pensar, apenas correr como loucos. Senti uma explosão no estomago e arranquei mais rapido que o Bolt nos jogos olimpicos. Quando vejo o autocarro com o Jardel à cabeça aos saltos abraçado ao Quaresma a euforia total, os gritos a emoção as lagrimas e o arrepio na espinha senti que nunca me tinha sentido tão vivo como naquele dia, nem mesmo no fim do nosso jejum de 17 anos! Esse dia fica gravado para sempre na memoria. Outro grande momento foi o do jogo com o AZ quando vejo o Ricardo subir disse à minha mulher "Vamos marcar eu tenho a certeza!!" Quando a bola entrou nem quis saber quem tinha marcado, parti uma mesa de vidro com a mão (sem me cortar) e começei a chorar. A reacção da minha mulher foi perguntar se estava a chorar por me ter aleijado com a mesa. Respondi-lhe "Mesa? Não acabas de ver o Sporting marcar? Estou a chorar por amor! AMO-TE SPORTING!!!!!"
Corajosos não são aqueles que não têm medo mas sim os que o vencem!
Esforço, Dedicação, Devoção e Gloria!
Aos que já leram peço desculpa pelo re-post, aos outros fica a partilha do meu dia 050505 (AZ Alkmaar vs SCP)

A derrota mais saborosa

Estávamos na época futebolística 2004/2005 e o Sporting jogava a possibilidade de disputar em sua casa, a Final da Taça UEFA.
 
Acompanhei em Alvalade o fabuloso percurso nessa edição da Taça UEFA. Vibrei com o maravilhoso jogo contra o Newcastle, com o golaço do Pinilla contra o AZ, assim como (via Tv) o de LiedShow na Holanda contra o Feyenord.

Nesse dia de 05MAI2005, tinha tudo combinado com os Leões do meu Curso na Academia da Força Aérea (AFA) para podermos sofrer em conjunto, vendo o jogo no Bar de Alunos.
O drama começa quando um camarada nosso "mete os pés à grande" nessa tarde. :wall: :wall: Em consequência desse acto, um dos nossos Instrutores (certamente não Sportinguista!) resolve marcar uma caminhada nocturna para todos os alunos (aprox. 450) para as 21h00. Uma reflexão conjunta, digamos assim…

Ficamos todos em estado de choque. Então o nosso Sporting, ia jogar a possibilidade de disputar uma Final Europeia em casa, para a qual eu já tinha 2 bilhetes (para mim e para o meu pai) comprados via Site UEFA, tal era a minha esperança da nossa presença, e tínhamos que vestir os camuflados e ir para o campo, caminhar durante 2h, por castigo a UM aluno??!!
Pois é, mas é assim a vida…de militar e de aluno!! ^-^ ^-^

Jantámos e de seguida fomos para o Bar ver a primeira parte do jogo. :pray:
Levámos com uma bola no poste, umas saídas em falso do Ricardo e…já está, estamos a perder 1-0.
Sofremos o 2º golo, mas ainda conseguimos ver o Levezinho a empatar a eliminatória ao desviar um remate do Polga e fazer as redes dançar!
E por aqui ficámos no que respeita a "ver" o jogo, pois a hora marcada aproximava-se e ainda tínhamos que nos fardar convenientemente para a formatura.

A Marcha Nocturna

Chegada a hora, estamos todos formados na Parada, e eu, e outros Leões, a sofrer por dentro…
É dada a ordem de se iniciar a marcha, EM SILÊNCIO, e lá vamos nós.
No meu curso éramos 51, dos quais 8 ou 10 Leões, mas muitos dos tripeiros e até alguns lampiões torciam por nós. :liar: :liar:
Eu, o mais fanático dos Leões, não podia passar sem saber o que se estava a acontecer na Holanda. Foi por isso que, quando fui vestir o camuflado, "artilhei-me" com um daqueles rádios pequenos e, passando o fio do auricular por dentro do casaco e junto ao pescoço, conseguia, por entre a escuridão, disfarçar que estava a ouvir o relato enquanto caminhávamos pelas valas e terrenos circundantes à AFA.
Caminhávamos uns atrás dos outros separados em duas colunas.
À minha frente ia um amigo meu, lampião, mas bom rapaz, que ia sendo o meu confidente (faltam 15, 10, 5 minutos, não acredito...estamos a perder 3-1…como é possível?! vamos embora pá...marquem um golo, um só que nos leve à Final em Casa!

Na coluna do lado, era à socapa que a informação ia passando num vaivém de Leões, a procurarem saber como estava o jogo.
À medida que o tempo passava, o desânimo ia-se apoderando de todos aqueles a quem ia "relatando" o desenrolar do jogo e, principalmente quando os holandeses marcam o 3-1, poucos acreditam.
Alguns dos lampiões mais "brilhantes" lamentavam a nossa "sorte", mas por dentro gozavam e pensavam: "Bem feito! A pensar que iam à final...” :dance:
O tempo esfuma-se, eu vou caminhando mas nem vejo/ouço nada. Nada a não ser o relato que me ligava a Alkmaar. O sofrimento era tremendo e, como sabem, ouvir um jogo na rádio em termos emocionais é muito mais intenso do que ver na Tv.
Se nuns momentos me lamentava, noutros encorajava os meus amigos Leões: "ainda vamos conseguir...Anda lá Barbosa...mete-a lá dentro. Força Roca! Bora Liedson!"
E os Leões sempre a insistirem: "Como é que está?"..."já fomos!”
 
O GOLO
Na rádio (Antena1 como sempre) o relato era uma loucura...já nem tinham voz. Na rádio de facto vive-se o jogo com uma emoção fabulosa... :victory:
Vamos embora Sporting...eu ainda acredito...já passam alguns segundos da hora...vamos para a marcação do último canto e com certeza último lance do jogo...vamos lá Sporting...Alvalade espera por ti.
Ricardo junta-se aos seus companheiros na área adversária. Pedro Barbosa parte para a bola...Miguel Garcia cabeceia...GOLO! GOLO! GOLO! GOLO! GOLO! GOLO! GOLO! :victory: :dance: :clap:

Uma alegria imensa invade-me, só queria partilhar com todos aquilo que sentia, mas no meio da formatura NÃO PODIA gritar, nem sequer fazer barulho...,  :wall: então quase instantaneamente agarrei o braço do lampião à minha frente e com as lágrimas a quererem saltar só lhe gritava "sussurrando": :angel:
“Já está Kamano, foi GOLO! estamos na FINAL! O jogo acabou! Perdemos mas ganhámos!” :dance:
Apertei-lhe tanto o braço que ficou marcado durante quase uma semana! :-[

A novidade rapidamente se espalhou e os Leões, embora em silêncio, mostravam um ar de felicidade que, apesar da impossibilidade de manifestação exuberante deixava adivinhar uma festa de arromba. ;)

E assim foi...
No final da caminhada, juntaram-se Leões com tripeiros e alguns lampiões e todos, (uma vez mais à socapa) festejamos com (muita) cerveja a passagem do GRANDE SPORTING à final da TAÇA UEFA! :beer: :beer:

Foi sem dúvida, a derrota mais saborosa de sempre do nosso SPORTING!
 ;)


Amigos,

Depois de ver algumas das reacções que postaram a este texto resolvi envia-lo para a Antena1 - Programa Historia Devida.

Convido-vos pois a ouvirem o programa no próximo Domingo dia 22 de Fevereiro pelas 13h - Esperemos que na ressaca dos festejos de Sábado!

http://ahistoriadevida.blogs.sapo.pt/


VIVA O GRANDE SPORTING!
Sei que é "feio" um homem chorar, mas ontem chorei, de orgulho e de alegria por trazer no coração o amor ao Sporting Clube de Portugal! - AJG - 01JUN2015
Aos que já leram peço desculpa pelo re-post, aos outros fica a partilha do meu dia 050505 (AZ Alkmaar vs SCP)

A derrota mais saborosa

Estávamos na época futebolística 2004/2005 e o Sporting jogava a possibilidade de disputar em sua casa, a Final da Taça UEFA.
 
Acompanhei em Alvalade o fabuloso percurso nessa edição da Taça UEFA. Vibrei com o maravilhoso jogo contra o Newcastle, com o golaço do Pinilla contra o AZ, assim como (via Tv) o de LiedShow na Holanda contra o Feyenord.

Nesse dia de 05MAI2005, tinha tudo combinado com os Leões do meu Curso na Academia da Força Aérea (AFA) para podermos sofrer em conjunto, vendo o jogo no Bar de Alunos.
O drama começa quando um camarada nosso "mete os pés à grande" nessa tarde. :wall: :wall: Em consequência desse acto, um dos nossos Instrutores (certamente não Sportinguista!) resolve marcar uma caminhada nocturna para todos os alunos (aprox. 450) para as 21h00. Uma reflexão conjunta, digamos assim…

Ficamos todos em estado de choque. Então o nosso Sporting, ia jogar a possibilidade de disputar uma Final Europeia em casa, para a qual eu já tinha 2 bilhetes (para mim e para o meu pai) comprados via Site UEFA, tal era a minha esperança da nossa presença, e tínhamos que vestir os camuflados e ir para o campo, caminhar durante 2h, por castigo a UM aluno??!!
Pois é, mas é assim a vida…de militar e de aluno!! ^-^ ^-^

Jantámos e de seguida fomos para o Bar ver a primeira parte do jogo. :pray:
Levámos com uma bola no poste, umas saídas em falso do Ricardo e…já está, estamos a perder 1-0.
Sofremos o 2º golo, mas ainda conseguimos ver o Levezinho a empatar a eliminatória ao desviar um remate do Polga e fazer as redes dançar!
E por aqui ficámos no que respeita a "ver" o jogo, pois a hora marcada aproximava-se e ainda tínhamos que nos fardar convenientemente para a formatura.

A Marcha Nocturna

Chegada a hora, estamos todos formados na Parada, e eu, e outros Leões, a sofrer por dentro…
É dada a ordem de se iniciar a marcha, EM SILÊNCIO, e lá vamos nós.
No meu curso éramos 51, dos quais 8 ou 10 Leões, mas muitos dos tripeiros e até alguns lampiões torciam por nós. :liar: :liar:
Eu, o mais fanático dos Leões, não podia passar sem saber o que se estava a acontecer na Holanda. Foi por isso que, quando fui vestir o camuflado, "artilhei-me" com um daqueles rádios pequenos e, passando o fio do auricular por dentro do casaco e junto ao pescoço, conseguia, por entre a escuridão, disfarçar que estava a ouvir o relato enquanto caminhávamos pelas valas e terrenos circundantes à AFA.
Caminhávamos uns atrás dos outros separados em duas colunas.
À minha frente ia um amigo meu, lampião, mas bom rapaz, que ia sendo o meu confidente (faltam 15, 10, 5 minutos, não acredito...estamos a perder 3-1…como é possível?! vamos embora pá...marquem um golo, um só que nos leve à Final em Casa!

Na coluna do lado, era à socapa que a informação ia passando num vaivém de Leões, a procurarem saber como estava o jogo.
À medida que o tempo passava, o desânimo ia-se apoderando de todos aqueles a quem ia "relatando" o desenrolar do jogo e, principalmente quando os holandeses marcam o 3-1, poucos acreditam.
Alguns dos lampiões mais "brilhantes" lamentavam a nossa "sorte", mas por dentro gozavam e pensavam: "Bem feito! A pensar que iam à final...” :dance:
O tempo esfuma-se, eu vou caminhando mas nem vejo/ouço nada. Nada a não ser o relato que me ligava a Alkmaar. O sofrimento era tremendo e, como sabem, ouvir um jogo na rádio em termos emocionais é muito mais intenso do que ver na Tv.
Se nuns momentos me lamentava, noutros encorajava os meus amigos Leões: "ainda vamos conseguir...Anda lá Barbosa...mete-a lá dentro. Força Roca! Bora Liedson!"
E os Leões sempre a insistirem: "Como é que está?"..."já fomos!”
 
O GOLO
Na rádio (Antena1 como sempre) o relato era uma loucura...já nem tinham voz. Na rádio de facto vive-se o jogo com uma emoção fabulosa... :victory:
Vamos embora Sporting...eu ainda acredito...já passam alguns segundos da hora...vamos para a marcação do último canto e com certeza último lance do jogo...vamos lá Sporting...Alvalade espera por ti.
Ricardo junta-se aos seus companheiros na área adversária. Pedro Barbosa parte para a bola...Miguel Garcia cabeceia...GOLO! GOLO! GOLO! GOLO! GOLO! GOLO! GOLO! :victory: :dance: :clap:

Uma alegria imensa invade-me, só queria partilhar com todos aquilo que sentia, mas no meio da formatura NÃO PODIA gritar, nem sequer fazer barulho...,  :wall: então quase instantaneamente agarrei o braço do lampião à minha frente e com as lágrimas a quererem saltar só lhe gritava "sussurrando": :angel:
“Já está Kamano, foi GOLO! estamos na FINAL! O jogo acabou! Perdemos mas ganhámos!” :dance:
Apertei-lhe tanto o braço que ficou marcado durante quase uma semana! :-[

A novidade rapidamente se espalhou e os Leões, embora em silêncio, mostravam um ar de felicidade que, apesar da impossibilidade de manifestação exuberante deixava adivinhar uma festa de arromba. ;)

E assim foi...
No final da caminhada, juntaram-se Leões com tripeiros e alguns lampiões e todos, (uma vez mais à socapa) festejamos com (muita) cerveja a passagem do GRANDE SPORTING à final da TAÇA UEFA! :beer: :beer:

Foi sem dúvida, a derrota mais saborosa de sempre do nosso SPORTING!
 ;)


Amigos,

Depois de ver algumas das reacções que postaram a este texto resolvi envia-lo para a Antena1 - Programa Historia Devida.

Convido-vos pois a ouvirem o programa no próximo Domingo dia 22 de Fevereiro pelas 13h - Esperemos que na ressaca dos festejos de Sábado!

http://ahistoriadevida.blogs.sapo.pt/


VIVA O GRANDE SPORTING!

Ah, muito bom!

Por acaso tenho por hábito ouvir esse programa. Gosto muito. Parabéns.
Sporting Sempre!

Ah, muito bom!

Por acaso tenho por hábito ouvir esse programa. Gosto muito. Parabéns.

 :beer: Obrigado! :beer:
Sei que é "feio" um homem chorar, mas ontem chorei, de orgulho e de alegria por trazer no coração o amor ao Sporting Clube de Portugal! - AJG - 01JUN2015
O Sporting é demasiado grande para se importar com os triunfos dos outros. Tem, sempre, que jogar os seus jogos para ganhar.

7 a 1

 :mais: :mais: :mais:  ;)
« Última modificação: Fevereiro 27, 2009, 13:32 pm por Hollow »
Aos que já leram peço desculpa pelo re-post, aos outros fica a partilha do meu dia 050505 (AZ Alkmaar vs SCP)

A derrota mais saborosa

Estávamos na época futebolística 2004/2005 e o Sporting jogava a possibilidade de disputar em sua casa, a Final da Taça UEFA.
 
Acompanhei em Alvalade o fabuloso percurso nessa edição da Taça UEFA. Vibrei com o maravilhoso jogo contra o Newcastle, com o golaço do Pinilla contra o AZ, assim como (via Tv) o de LiedShow na Holanda contra o Feyenord.

Nesse dia de 05MAI2005, tinha tudo combinado com os Leões do meu Curso na Academia da Força Aérea (AFA) para podermos sofrer em conjunto, vendo o jogo no Bar de Alunos.
O drama começa quando um camarada nosso "mete os pés à grande" nessa tarde. :wall: :wall: Em consequência desse acto, um dos nossos Instrutores (certamente não Sportinguista!) resolve marcar uma caminhada nocturna para todos os alunos (aprox. 450) para as 21h00. Uma reflexão conjunta, digamos assim…

Ficamos todos em estado de choque. Então o nosso Sporting, ia jogar a possibilidade de disputar uma Final Europeia em casa, para a qual eu já tinha 2 bilhetes (para mim e para o meu pai) comprados via Site UEFA, tal era a minha esperança da nossa presença, e tínhamos que vestir os camuflados e ir para o campo, caminhar durante 2h, por castigo a UM aluno??!!
Pois é, mas é assim a vida…de militar e de aluno!! ^-^ ^-^

Jantámos e de seguida fomos para o Bar ver a primeira parte do jogo. :pray:
Levámos com uma bola no poste, umas saídas em falso do Ricardo e…já está, estamos a perder 1-0.
Sofremos o 2º golo, mas ainda conseguimos ver o Levezinho a empatar a eliminatória ao desviar um remate do Polga e fazer as redes dançar!
E por aqui ficámos no que respeita a "ver" o jogo, pois a hora marcada aproximava-se e ainda tínhamos que nos fardar convenientemente para a formatura.

A Marcha Nocturna

Chegada a hora, estamos todos formados na Parada, e eu, e outros Leões, a sofrer por dentro…
É dada a ordem de se iniciar a marcha, EM SILÊNCIO, e lá vamos nós.
No meu curso éramos 51, dos quais 8 ou 10 Leões, mas muitos dos tripeiros e até alguns lampiões torciam por nós. :liar: :liar:
Eu, o mais fanático dos Leões, não podia passar sem saber o que se estava a acontecer na Holanda. Foi por isso que, quando fui vestir o camuflado, "artilhei-me" com um daqueles rádios pequenos e, passando o fio do auricular por dentro do casaco e junto ao pescoço, conseguia, por entre a escuridão, disfarçar que estava a ouvir o relato enquanto caminhávamos pelas valas e terrenos circundantes à AFA.
Caminhávamos uns atrás dos outros separados em duas colunas.
À minha frente ia um amigo meu, lampião, mas bom rapaz, que ia sendo o meu confidente (faltam 15, 10, 5 minutos, não acredito...estamos a perder 3-1…como é possível?! vamos embora pá...marquem um golo, um só que nos leve à Final em Casa!

Na coluna do lado, era à socapa que a informação ia passando num vaivém de Leões, a procurarem saber como estava o jogo.
À medida que o tempo passava, o desânimo ia-se apoderando de todos aqueles a quem ia "relatando" o desenrolar do jogo e, principalmente quando os holandeses marcam o 3-1, poucos acreditam.
Alguns dos lampiões mais "brilhantes" lamentavam a nossa "sorte", mas por dentro gozavam e pensavam: "Bem feito! A pensar que iam à final...” :dance:
O tempo esfuma-se, eu vou caminhando mas nem vejo/ouço nada. Nada a não ser o relato que me ligava a Alkmaar. O sofrimento era tremendo e, como sabem, ouvir um jogo na rádio em termos emocionais é muito mais intenso do que ver na Tv.
Se nuns momentos me lamentava, noutros encorajava os meus amigos Leões: "ainda vamos conseguir...Anda lá Barbosa...mete-a lá dentro. Força Roca! Bora Liedson!"
E os Leões sempre a insistirem: "Como é que está?"..."já fomos!”
 
O GOLO
Na rádio (Antena1 como sempre) o relato era uma loucura...já nem tinham voz. Na rádio de facto vive-se o jogo com uma emoção fabulosa... :victory:
Vamos embora Sporting...eu ainda acredito...já passam alguns segundos da hora...vamos para a marcação do último canto e com certeza último lance do jogo...vamos lá Sporting...Alvalade espera por ti.
Ricardo junta-se aos seus companheiros na área adversária. Pedro Barbosa parte para a bola...Miguel Garcia cabeceia...GOLO! GOLO! GOLO! GOLO! GOLO! GOLO! GOLO! :victory: :dance: :clap:

Uma alegria imensa invade-me, só queria partilhar com todos aquilo que sentia, mas no meio da formatura NÃO PODIA gritar, nem sequer fazer barulho...,  :wall: então quase instantaneamente agarrei o braço do lampião à minha frente e com as lágrimas a quererem saltar só lhe gritava "sussurrando": :angel:
“Já está Kamano, foi GOLO! estamos na FINAL! O jogo acabou! Perdemos mas ganhámos!” :dance:
Apertei-lhe tanto o braço que ficou marcado durante quase uma semana! :-[

A novidade rapidamente se espalhou e os Leões, embora em silêncio, mostravam um ar de felicidade que, apesar da impossibilidade de manifestação exuberante deixava adivinhar uma festa de arromba. ;)

E assim foi...
No final da caminhada, juntaram-se Leões com tripeiros e alguns lampiões e todos, (uma vez mais à socapa) festejamos com (muita) cerveja a passagem do GRANDE SPORTING à final da TAÇA UEFA! :beer: :beer:

Foi sem dúvida, a derrota mais saborosa de sempre do nosso SPORTING!
 ;)

 :clap: O que eu berrei em casa nessa noite quando vi a bola do Miguel a entrar!

Nestas alturas reler estas histórias devolve-me algum ânimo.  :mais:
Convido todos os Sportinguistas a virem a este tópico lerem e relerem as histórias aqui contadas, principalmente neste momento negro da história do Sporting Clube de Portugal. A maioria delas arrepia, emociona e faz levantar a moral.

Isto é o Sporting!
Tópico que não envergonhava ninguém na secção Orgulho Leonino.
O ultimo segundo do jogo for a contra o Manchester City

Ainda hoje poderia jurar que a bola estava a entrar quando foi desviada por uma força divina.

Era a ultima jogada e o guarda redes do MC tinha ido à nossa area. Após o cruzamento aparece completamente isolado a cabecear sem oposição e directamente para o interior da baliza.

Parou-me literalmente o coração. Eu "vi" a bola lá dentro e a eliminação do SCP após dois jogos épicos.

Mas afinal não tinha entrado. Só um milagre poderia ter acontecido.

E na repetição vê-se: um toque milimétrico do nosso grande RP1 tinha desviado a bola muito pouco, mas o suficiente para que ela não entrasse na nossa baliza.

Foi como regressar dos mortos.

Aquela imagem do nosso grandíssimo Rui Patrício frente ao gigante Hart a salvar a nossa vitória de forma "impossível" nunca mais sairá da minha memória.

(E sou dos que assistiu no estádio aos 7-1 ...)   
Porque há imagens que valem mais do que mil palavras:







Belo topico e eu tambem vou contar do pouco que eu ja' passei:

1 - Eu nasci e vivi na Ilha Terceira, Acores ate' aos 25 anos de idade, mas na epoca 1993/94 tinha eu os meus 19 anos foi a minha primeira vez que andei de aviao, por isso foi a 1* vez que vi o Nosso Sporting de perto, eramos um grupo de 8 ou 9 Sportinguista que fomos dos Acores para ver a Final da TP contra o fcp.
Ao chegar a Lisboa pela primeira vez eu queria conhecer tudo, desde da Av. da Liberdade ate' ao Cais do Sodre',  :dance:
Passei pela Rua Augusta e estava com fome, comi uma omolete e uma Sprite (naquela altura e ainda bebia pouco,  :inde:) paguei 1.200.00 $  :wall: ate' hoje nunca mais comi nem bebi nessa Rua,  :venia:
O local que ficamos era perto do Martin Moniz eu cheguei eram 4 da manha e no dia seguinte havia um jogo de juniores em Alvalade entre o Sporting e fcp, a malta foi toda, eu como acordei tarde estava sozinho, nao pensei duas vezes, eu vou para Alvadade!
Era a minha primeira vez no Metro... fui ate' `a estacao de Alvalade, mas nao via o Estadio  :o ... la' fui perguntando e sempre cheguei, mas o jogo ja' estava no fim  :cartao: acho que ganhamos por 2-1

No dia da Final da TP fiquei na Lateral Sul perto das Nossas Claques, antes do comeco do jogo havia um gajo infiltrado numa das Claques a roubar, o que me lembro e' ele a voar com se fosse um Movie Star por cima da malta e a cair no (fosso), o jogo acabou 0-0 e nao vi a finalissima. :inde:

2 - No dia do jogo em Alkmar eu ja' estava no Canada', como sabem o fuso horario aqui e' -5 horas, estava eu no trabalho, mas estava a ouvir o relato e era o unico Portuguese, por isso ninguem sabia o que se estava a passar, quando o Sporting marca no fim eu comecei a gritar e aos pulos no meio da estrada, a malta que estava comigo ficaram espantados com a minha reacao e apenas me preguntavam: "Tony what happen, are you ok???? Tony say something !!! " o meu Ingles e' fraco hoje, mas naquela altura ainda era mais, o tempo que levou para eles preceberem o que eu queria dizer...

3 - No passado mes de Outubro, o meu Pai foi dos Acores ate' a Lisboa e estivemos juntos por 2 semanas, a quando fui ver o Sporting vs Chelsea e fomos a Penafiel ver o Penafiel vs Sporting, chegamos cedo, mas os bilhetes ja' estavam no fim, mas mesmo assim conseguimos arranjar, so' que foi atraz da baliza aonde estavam as claques do Sporting, eu gostei imenso, mas o meu Pai que ja' tem 68 anos, foi duro para ele, passou o jogo todo de pe' em cima da cadeira e eu mal vi os 4 golos do Sporting... ::)

4 - Final do Jamor 2015
Ninguem se vai esquecer dessa Final: eramos um grupo de 5 pessoas, 2 do Canada e 3 da Terceira, mas nao ficamos todos juntos, o meu Pai ficou na Lateral Sul junto da Entrada da Maratona bem perto dos lampios do Norte e levou com Sol a tarde toda e eu fiquei na Lateral Norte, (ao meu lado estava o Fernando Mendes ex-jogador, mas eu nunca falei com ele, pela simples razao, ele ja' foi lampiao e fc porcos) voces ja' sabem a historia do jogo, pois eu limpei as unhas, fumei 2 macos de cigarros, o jogo estava quase no fim eu ja' nao aguentava mais, levante-me para ir embora, eu estava no segundo anel, para chegar ao fosso ainda levou uns minutos, quando pisei o fosso o Sporting marcou o 1-2, nao vi o golo, depois fiquei atraz da baliza do Rui Patricio, o Sporting fez o 2-2, nao vi o golo, por acaso vi o penaltis mas foi sempre no fosso depois de tanto gritar, perdi a voz  :whistle:

5 - Os 10 dias que estive em Lisboa, fui 30+ vezes a Alvalade e iamos sempre a um bar chamado Boia Verde (do Sr. Perreira), no Campo Grande mesmo junto `a paragem dos autocarros, por sorte nossa conhecemos o Mister Hilario da Conceicao e o Joao Reis (roupeiro do Sporting B) e atraves desses dois Grandes Senhores fomos conhecer de ponto a ponto a Academia de Alcochete, foi uma viagem que ficara' para sempre na minha memoria e por sorte nossa o Rui Patricio estava na Academia a recuperar depois do jogo da TP , o Nelson e o Tiago, tambem a nossa Mascote andava por la', o mais famoso roupeiro do Mundo do Futebol, o Nosso Paulinho.

SL



Socio do Sporting CP n#19077-0, desde 1990
Belo topico e eu tambem vou contar do pouco que eu ja' passei:
1 - Eu nasci e vivi na Ilha Terceira, Acores ate' aos 25 anos de idade, mas na epoca 1993/94 tinha eu os meus 19 anos foi a minha primeira vez que andei de aviao, por isso foi a 1* vez que vi o Nosso Sporting de perto, eramos um grupo de 8 ou 9 Sportinguista que fomos dos Acores para ver a Final da TP contra o fcp.
Ao chegar a Lisboa pela primeira vez eu queria conhecer tudo, desde da Av. da Liberdade ate' ao Cais do Sodre',  :dance:
Passei pela Rua Augusta e estava com fome, comi uma omolete e uma Sprite (naquela altura e ainda bebia pouco,  :inde:) paguei 1.200.00 $  :wall: ate' hoje nunca mais comi nem bebi nessa Rua,  :venia:
O local que ficamos era perto do Martin Moniz eu cheguei eram 4 da manha e no dia seguinte havia um jogo de juniores em Alvalade entre o Sporting e fcp, a malta foi toda, eu como acordei tarde estava sozinho, nao pensei duas vezes, eu vou para Alvadade!
Era a minha primeira vez no Metro... fui ate' `a estacao de Alvalade, mas nao via o Estadio  :o ... la' fui perguntando e sempre cheguei, mas o jogo ja' estava no fim  :cartao: acho que ganhamos por 2-1
No dia da Final da TP fiquei na Lateral Sul perto das Nossas Claques, antes do comeco do jogo havia um gajo infiltrado numa das Claques a roubar, o que me lembro e' ele a voar com se fosse um Movie Star por cima da malta e a cair no (fosso), o jogo acabou 0-0 e nao vi a finalissima. :inde:
2 - No dia do jogo em Alkmar eu ja' estava no Canada', como sabem o fuso horario aqui e' -5 horas, estava eu no trabalho, mas estava a ouvir o relato e era o unico Portuguese, por isso ninguem sabia o que se estava a passar, quando o Sporting marca no fim eu comecei a gritar e aos pulos no meio da estrada, a malta que estava comigo ficaram espantados com a minha reacao e apenas me preguntavam: "Tony what happen, are you ok???? Tony say something !!! " o meu Ingles e' fraco hoje, mas naquela altura ainda era mais, o tempo que levou para eles preceberem o que eu queria dizer...
3 - No passado mes de Outubro, o meu Pai foi dos Acores ate' a Lisboa e estivemos juntos por 2 semanas, a quando fui ver o Sporting vs Chelsea e fomos a Penafiel ver o Penafiel vs Sporting, chegamos cedo, mas os bilhetes ja' estavam no fim, mas mesmo assim conseguimos arranjar, so' que foi atraz da baliza aonde estavam as claques do Sporting, eu gostei imenso, mas o meu Pai que ja' tem 68 anos, foi duro para ele, passou o jogo todo de pe' em cima da cadeira e eu mal vi os 4 golos do Sporting... ::)
4 - Final do Jamor 2015
Ninguem se vai esquecer dessa Final: eramos um grupo de 5 pessoas, 2 do Canada e 3 da Terceira, mas nao ficamos todos juntos, o meu Pai ficou na Lateral Sul junto da Entrada da Maratona bem perto dos lampios do Norte e levou com Sol a tarde toda e eu fiquei na Lateral Norte, (ao meu lado estava o Fernando Mendes ex-jogador, mas eu nunca falei com ele, pela simples razao, ele ja' foi lampiao e fc porcos) voces ja' sabem a historia do jogo, pois eu limpei as unhas, fumei 2 macos de cigarros, o jogo estava quase no fim eu ja' nao aguentava mais, levante-me para ir embora, eu estava no segundo anel, para chegar ao fosso ainda levou uns minutos, quando pisei o fosso o Sporting marcou o 1-2, nao vi o golo, depois fiquei atraz da baliza do Rui Patricio, o Sporting fez o 2-2, nao vi o golo, por acaso vi o penaltis mas foi sempre no fosso depois de tanto gritar, perdi a voz  :whistle:
5 - Os 10 dias que estive em Lisboa, fui 30+ vezes a Alvalade e iamos sempre a um bar chamado Boia Verde (do Sr. Perreira), no Campo Grande mesmo junto `a paragem dos autocarros, por sorte nossa conhecemos o Mister Hilario da Conceicao e o Joao Reis (roupeiro do Sporting B) e atraves desses dois Grandes Senhores fomos conhecer de ponto a ponto a Academia de Alcochete, foi uma viagem que ficara' para sempre na minha memoria e por sorte nossa o Rui Patricio estava na Academia a recuperar depois do jogo da TP , o Nelson e o Tiago, tambem a nossa Mascote andava por la', o mais famoso roupeiro do Mundo do Futebol, o Nosso Paulinho.
SL
Como escrevi aqui várias vezes, o pessoal nem sonha o que é sportinguismo na Ilha Terceira.
Foi por causa disso que aderi ao fórum.
Ainda me está travessado na garganta aquele jogo com a seleção dos Açores ter sido em S.Miguel.
O que eu não dava por um jogo, nem que fosse com a equipa B, no estádio João Paulo II.
«Opiniões divergentes não significam ataques pessoais»
Vou contar uma historia triste. Mas sem a qual eu nao seria o mesmo. E embora n seja uma historia feliz, teve uma importancia pivotal na formacao do meu carater.

Devia ter uns 12 anos quando este jogo aconteceu e lembro-me do meu pai dizer q "se ganharmos isto vamos ser campeoes Ciso".
9
O nem começou mal e aos meus comentarios de excitaçao o meu respondia   com um: 'tamazé quieto e calado q nao ouiço a televisao', ou talvez com a premoniçao de quem tinha mais de 40 anos de sportinguismo: 'ainda falta muito...'.

Nessa tarde a alegria deu lugar à tristeza e lembro-me de ter chorado. Foi ai q percebi q ser do sporting é sofrer. E ter esperança e acreditar q outros dias  virao. E de chorar, de tristeza ou de alegria!

Entretanto ja tive a felicidade de de ver o sporting ganhar titulos e vi jogos epicos ao vivo (como o q referem acima em manchester)

Mas aquela tarde de domingo em q ate a minha mae - q n gosta de futebol e n percebe a 'minha maluquice', - veio me dar um abraco e limpar as lagrimas, foi completamente essencial na formacao do meu carater sportinguista.

6-3 foi duro. Mas se algo ficou dessa tarde triste, foi a certeza q ser do sporting, É.  A ideia de 'ser', pra filosofar um bocado, esta indelevelmente ligada, para mim, a ser do sporting. É o q me define. E nada é capaz de alguma vez abalar isso.

S.L.
Em terra de olho, quem tem cego... Errei!
Belo topico e eu tambem vou contar do pouco que eu ja' passei:
1 - Eu nasci e vivi na Ilha Terceira, Acores ate' aos 25 anos de idade, mas na epoca 1993/94 tinha eu os meus 19 anos foi a minha primeira vez que andei de aviao, por isso foi a 1* vez que vi o Nosso Sporting de perto, eramos um grupo de 8 ou 9 Sportinguista que fomos dos Acores para ver a Final da TP contra o fcp.
Ao chegar a Lisboa pela primeira vez eu queria conhecer tudo, desde da Av. da Liberdade ate' ao Cais do Sodre',  :dance:
Passei pela Rua Augusta e estava com fome, comi uma omolete e uma Sprite (naquela altura e ainda bebia pouco,  :inde:) paguei 1.200.00 $  :wall: ate' hoje nunca mais comi nem bebi nessa Rua,  :venia:
O local que ficamos era perto do Martin Moniz eu cheguei eram 4 da manha e no dia seguinte havia um jogo de juniores em Alvalade entre o Sporting e fcp, a malta foi toda, eu como acordei tarde estava sozinho, nao pensei duas vezes, eu vou para Alvadade!
Era a minha primeira vez no Metro... fui ate' `a estacao de Alvalade, mas nao via o Estadio  :o ... la' fui perguntando e sempre cheguei, mas o jogo ja' estava no fim  :cartao: acho que ganhamos por 2-1
No dia da Final da TP fiquei na Lateral Sul perto das Nossas Claques, antes do comeco do jogo havia um gajo infiltrado numa das Claques a roubar, o que me lembro e' ele a voar com se fosse um Movie Star por cima da malta e a cair no (fosso), o jogo acabou 0-0 e nao vi a finalissima. :inde:
2 - No dia do jogo em Alkmar eu ja' estava no Canada', como sabem o fuso horario aqui e' -5 horas, estava eu no trabalho, mas estava a ouvir o relato e era o unico Portuguese, por isso ninguem sabia o que se estava a passar, quando o Sporting marca no fim eu comecei a gritar e aos pulos no meio da estrada, a malta que estava comigo ficaram espantados com a minha reacao e apenas me preguntavam: "Tony what happen, are you ok???? Tony say something !!! " o meu Ingles e' fraco hoje, mas naquela altura ainda era mais, o tempo que levou para eles preceberem o que eu queria dizer...
3 - No passado mes de Outubro, o meu Pai foi dos Acores ate' a Lisboa e estivemos juntos por 2 semanas, a quando fui ver o Sporting vs Chelsea e fomos a Penafiel ver o Penafiel vs Sporting, chegamos cedo, mas os bilhetes ja' estavam no fim, mas mesmo assim conseguimos arranjar, so' que foi atraz da baliza aonde estavam as claques do Sporting, eu gostei imenso, mas o meu Pai que ja' tem 68 anos, foi duro para ele, passou o jogo todo de pe' em cima da cadeira e eu mal vi os 4 golos do Sporting... ::)
4 - Final do Jamor 2015
Ninguem se vai esquecer dessa Final: eramos um grupo de 5 pessoas, 2 do Canada e 3 da Terceira, mas nao ficamos todos juntos, o meu Pai ficou na Lateral Sul junto da Entrada da Maratona bem perto dos lampios do Norte e levou com Sol a tarde toda e eu fiquei na Lateral Norte, (ao meu lado estava o Fernando Mendes ex-jogador, mas eu nunca falei com ele, pela simples razao, ele ja' foi lampiao e fc porcos) voces ja' sabem a historia do jogo, pois eu limpei as unhas, fumei 2 macos de cigarros, o jogo estava quase no fim eu ja' nao aguentava mais, levante-me para ir embora, eu estava no segundo anel, para chegar ao fosso ainda levou uns minutos, quando pisei o fosso o Sporting marcou o 1-2, nao vi o golo, depois fiquei atraz da baliza do Rui Patricio, o Sporting fez o 2-2, nao vi o golo, por acaso vi o penaltis mas foi sempre no fosso depois de tanto gritar, perdi a voz  :whistle:
5 - Os 10 dias que estive em Lisboa, fui 30+ vezes a Alvalade e iamos sempre a um bar chamado Boia Verde (do Sr. Perreira), no Campo Grande mesmo junto `a paragem dos autocarros, por sorte nossa conhecemos o Mister Hilario da Conceicao e o Joao Reis (roupeiro do Sporting B) e atraves desses dois Grandes Senhores fomos conhecer de ponto a ponto a Academia de Alcochete, foi uma viagem que ficara' para sempre na minha memoria e por sorte nossa o Rui Patricio estava na Academia a recuperar depois do jogo da TP , o Nelson e o Tiago, tambem a nossa Mascote andava por la', o mais famoso roupeiro do Mundo do Futebol, o Nosso Paulinho.
SL
Como escrevi aqui várias vezes, o pessoal nem sonha o que é sportinguismo na Ilha Terceira.
Foi por causa disso que aderi ao fórum.
Ainda me está travessado na garganta aquele jogo com a seleção dos Açores ter sido em S.Miguel.
O que eu não dava por um jogo, nem que fosse com a equipa B, no estádio João Paulo II.

 :arrow: :arrow: :arrow:

Se formos campeões acredito que a Praça Velha se torne pequena para os festejos!!!
Belo topico e eu tambem vou contar do pouco que eu ja' passei:
1 - Eu nasci e vivi na Ilha Terceira, Acores ate' aos 25 anos de idade, mas na epoca 1993/94 tinha eu os meus 19 anos foi a minha primeira vez que andei de aviao, por isso foi a 1* vez que vi o Nosso Sporting de perto, eramos um grupo de 8 ou 9 Sportinguista que fomos dos Acores para ver a Final da TP contra o fcp.
Ao chegar a Lisboa pela primeira vez eu queria conhecer tudo, desde da Av. da Liberdade ate' ao Cais do Sodre',  :dance:
Passei pela Rua Augusta e estava com fome, comi uma omolete e uma Sprite (naquela altura e ainda bebia pouco,  :inde:) paguei 1.200.00 $  :wall: ate' hoje nunca mais comi nem bebi nessa Rua,  :venia:
O local que ficamos era perto do Martin Moniz eu cheguei eram 4 da manha e no dia seguinte havia um jogo de juniores em Alvalade entre o Sporting e fcp, a malta foi toda, eu como acordei tarde estava sozinho, nao pensei duas vezes, eu vou para Alvadade!
Era a minha primeira vez no Metro... fui ate' `a estacao de Alvalade, mas nao via o Estadio  :o ... la' fui perguntando e sempre cheguei, mas o jogo ja' estava no fim  :cartao: acho que ganhamos por 2-1
No dia da Final da TP fiquei na Lateral Sul perto das Nossas Claques, antes do comeco do jogo havia um gajo infiltrado numa das Claques a roubar, o que me lembro e' ele a voar com se fosse um Movie Star por cima da malta e a cair no (fosso), o jogo acabou 0-0 e nao vi a finalissima. :inde:
2 - No dia do jogo em Alkmar eu ja' estava no Canada', como sabem o fuso horario aqui e' -5 horas, estava eu no trabalho, mas estava a ouvir o relato e era o unico Portuguese, por isso ninguem sabia o que se estava a passar, quando o Sporting marca no fim eu comecei a gritar e aos pulos no meio da estrada, a malta que estava comigo ficaram espantados com a minha reacao e apenas me preguntavam: "Tony what happen, are you ok???? Tony say something !!! " o meu Ingles e' fraco hoje, mas naquela altura ainda era mais, o tempo que levou para eles preceberem o que eu queria dizer...
3 - No passado mes de Outubro, o meu Pai foi dos Acores ate' a Lisboa e estivemos juntos por 2 semanas, a quando fui ver o Sporting vs Chelsea e fomos a Penafiel ver o Penafiel vs Sporting, chegamos cedo, mas os bilhetes ja' estavam no fim, mas mesmo assim conseguimos arranjar, so' que foi atraz da baliza aonde estavam as claques do Sporting, eu gostei imenso, mas o meu Pai que ja' tem 68 anos, foi duro para ele, passou o jogo todo de pe' em cima da cadeira e eu mal vi os 4 golos do Sporting... ::)
4 - Final do Jamor 2015
Ninguem se vai esquecer dessa Final: eramos um grupo de 5 pessoas, 2 do Canada e 3 da Terceira, mas nao ficamos todos juntos, o meu Pai ficou na Lateral Sul junto da Entrada da Maratona bem perto dos lampios do Norte e levou com Sol a tarde toda e eu fiquei na Lateral Norte, (ao meu lado estava o Fernando Mendes ex-jogador, mas eu nunca falei com ele, pela simples razao, ele ja' foi lampiao e fc porcos) voces ja' sabem a historia do jogo, pois eu limpei as unhas, fumei 2 macos de cigarros, o jogo estava quase no fim eu ja' nao aguentava mais, levante-me para ir embora, eu estava no segundo anel, para chegar ao fosso ainda levou uns minutos, quando pisei o fosso o Sporting marcou o 1-2, nao vi o golo, depois fiquei atraz da baliza do Rui Patricio, o Sporting fez o 2-2, nao vi o golo, por acaso vi o penaltis mas foi sempre no fosso depois de tanto gritar, perdi a voz  :whistle:
5 - Os 10 dias que estive em Lisboa, fui 30+ vezes a Alvalade e iamos sempre a um bar chamado Boia Verde (do Sr. Perreira), no Campo Grande mesmo junto `a paragem dos autocarros, por sorte nossa conhecemos o Mister Hilario da Conceicao e o Joao Reis (roupeiro do Sporting B) e atraves desses dois Grandes Senhores fomos conhecer de ponto a ponto a Academia de Alcochete, foi uma viagem que ficara' para sempre na minha memoria e por sorte nossa o Rui Patricio estava na Academia a recuperar depois do jogo da TP , o Nelson e o Tiago, tambem a nossa Mascote andava por la', o mais famoso roupeiro do Mundo do Futebol, o Nosso Paulinho.
SL
Como escrevi aqui várias vezes, o pessoal nem sonha o que é sportinguismo na Ilha Terceira.
Foi por causa disso que aderi ao fórum.
Ainda me está travessado na garganta aquele jogo com a seleção dos Açores ter sido em S.Miguel.
O que eu não dava por um jogo, nem que fosse com a equipa B, no estádio João Paulo II.

 :arrow: :arrow: :arrow:
Se formos campeões acredito que a Praça Velha se torne pequena para os festejos!!!
Claro que será pequena de mais!
http://www.google.pt/search?q=Pra%C3%A7a+Velha+Ilha+Terceira
«Opiniões divergentes não significam ataques pessoais»