A falta de aproveitamento da marca Sporting

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

O que vai mal no Sporting Clube de Portugal tem muitas e variadas facetas. Aqui discute-se sobretudo o treinador, as (más) prestações dos jogadores, as (péssimas) contratações e a responsabilidade da SAD nestes assuntos. Fica por abordar geralmente uma série de outras questões que são muito importantes para o crescimento do Sporting. Uma dessas questões é o modo como o SCP não consegue vender a sua imagem, sobretudo quando comparado com o que se passa com os nossos vizinhos da segunda circular.

Vem isto a propósito de duas campanhas publicitárias há pouco lançadas e em que a imagem do SLB aparece em grande destaque sem que ese clube tenha que gastar um tostão. Primeiro foi o lançamento pelos CTT da marca Phone-Ix. Agora é a "campanha de promoção de Portugal" financiada pelo Turismo de Portugal e pelo ICEP. Tanto num como noutro caso lá estão bem presentes dois atletas do Benfica: Vanessa Fernandes e Nélson Évora.  Apesar de serem muito maiores os sucessos do Sporting no atletismo nem um atleta nosso aparece a dar voz a estas campanhas. Mais uma vez se impõe a pergunta: o que fazem os corpos directivos do Sporting perante estas situações? Andam a dormir ou acham que nada disto é importante?

Eu acrescentaria ainda mais uma pergunta para os nossos dirigentes: alguma vez nos últimos 5 anos entraram numa estação do CTT em Portugal? Não se sentiram incomodados?
« Última modificação: Dezembro 11, 2007, 19:00 pm por miguel »
Citar
Eu acrescentaria ainda mais uma pergunta para os nossos dirigentes: alguma vez nos últimos 5 anos entraram numa estação do CTT em Portugal? Não se sentiram incomodados?

Bolas, eu acrescentava também a Repsol! Deixei de abastecer lá por causa do destaque que davam à campanha do Kit sócio do Benfica.  :sick: E no Colombo, onde há um posto de venda de Kit sócios ao pé do Continente, não gosto nada de lá passar, caraças! As vendadoras até abordam os transeuntes. Dá-me vontade de lhes responder mal às vezes. Pensam que toda à gente é do Benfica, ou quê?  >:D

Enquanto, os lampiões são agressivos, nós somos demasiado passivos. É por estas e por outras que eles têm mais receitas. Mas podemos estar "descansados", porque com tantos "notáveis" na direcção, eles devem estar a fazer qualquer coisa...  :whistle:
FORÇA LEÕES!!
Parabéns a direcção do Benfica..há que dar mérito a quem o tem...

Já a nossa direcção...deixa muito a desejar mas afinal de contas eles nem tempo tem...que se pode fazer...para eles isto é um mero part-time..ou quem sabe um hobbye
Saudações Leoninas,

http://canalscp.blogspot.com
Este ano quando fui a FIL uma exposição de turismo...lá estavam as vendedoras a impingir o kit...e não nos largavam...e pelo que vi conseguiram vender alguns...e que tinha aquilo a ver com turismo? Mas venderam...
Saudações Leoninas,

http://canalscp.blogspot.com
O que vai mal no Sporting Clube de Portugal tem muitas e variadas facetas. Aqui discute-se sobretudo o treinador, as (más) prestações dos jogadores, as (péssimas) contratações e a responsabilidade da SAD nestes assuntos. Fica por abordar geralmente uma série de outras questões que são muito importantes para o crescimento do Sporting. Uma dessas questões é o modo como o SCP não consegue vender a sua imagem, sobretudo quando comparado com o que se passa com os nossos vizinhos da segunda circular.

Vem isto a propósito de duas campanhas publicitárias há pouco lançadas e em que a imagem do SLB aparece em grande destaque sem que ese clube tenha que gastar um tostão. Primeiro foi o lançamento pelos CTT da marca Phone-Ix. Agora é a "campanha de promoção de Portugal" financiada pelo Turismo de Portugal e pelo ICEP. Tanto num como noutro caso lá estão bem presentes dois atletas do Benfica: Vanessa Fernandes e Nélson Évora.  Apesar de serem muito maiores os sucessos do Sporting no atletismo nem um atleta nosso aparece a dar voz a estas campanhas. Mais uma vez se impõe a pergunta: o que fazem os corpos directivos do Sporting perante estas situações? Andam a dormir ou acham que nada disto é importante?

Eu acrescentaria ainda mais uma pergunta para os nossos dirigentes: alguma vez nos últimos 5 anos entraram numa estação do CTT em Portugal? Não se sentiram incomodados?

Embora concorde com a ideia de o Sporting estar a subaproveitar a sua marca - discordo dos exemplos que encontraste para o demonstrar.

Uma das razões para o enfraquecimento actual da marca Sporting é a postura de transparência assumida pela direcção no que se refere à situação económica. É uma faca de dois gumes. Se por um lado dá aos stakeholders - sócios, accionistas e, neste caso, adeptos - a noção real do estado financeiro do clube (baixando desta forma o grau de exigência), por outro lado diminui o poder da marca.

Quanto ao facto de a campanha dos CTT ter dois atletas do Benfica, são fases. São os dois atletas (de atletismo, entenda-se) que mais se destacaram no último ano em Portugal, e por isso são bastante requisitados para publicidade. Que, de resto, é provavelmente a melhor fonte de rendimento que têm.
Depois dos Jogos Olímpicos e há dois anos, a febre era com o Obikuelu, que representa o Sporting. Não pelo clube que representa, mas pela óptima prestação nos jogos e nos campeonatos europeus e mundiais em que participou!
 
À excepção das campanhas para as GB no inicio da epoca, com ideias bem conseguidas, esta ultima dos telefonemas foi fabulosa, o resto é um deserto.

Aguardo para ver o que está a ser trabalhado pelo clube, para o novo cartão de sócio que arranca a campanha para atingir os 120.000 sócios.

Realmente o Sporting poderia aproveitar a massificação da imagem dos orcs, para promover a nossa como algo mais distinto, fazendo com que a deles seja considerada vulgar.

Por exemplo, os gajos vendem kits nas esquinas. O Sporting poderia responder com a venda de um número limitado de números de sócio acompanhados de uma medalhita com a imagem de algum jogador, disponíveis em balcões dos bancos ou na loja do clube.
Imaginem, do número 80000 (considerando que neste momento só temos 79.999 sócios) ao 80100 é a série Liedson, comemorativa dos seus 100 golos oficiais.
Depois, poderia-se pegar em outro número importante e criar outra campanha à volta desse número e do atleta que a ele estivesse ligado.
Quanto ao facto de a campanha dos CTT ter dois atletas do Benfica, são fases. São os dois atletas (de atletismo, entenda-se) que mais se destacaram no último ano em Portugal, e por isso são bastante requisitados para publicidade. Que, de resto, é provavelmente a melhor fonte de rendimento que têm.
Depois dos Jogos Olímpicos e há dois anos, a febre era com o Obikuelu, que representa o Sporting. Não pelo clube que representa, mas pela óptima prestação nos jogos e nos campeonatos europeus e mundiais em que participou!
 

O que eu queria salientar (mas nisso não fui muito claro) é o aproveitamento que é feito da divulgação da marca Benfica por organismos OFICIAIS, públicos, com o dinheiro dos nossos impostos. Nesta última campanha é o próprio ministro da Economia a dar o pontapé de saída.

As campanhas do Obikwelu tiveram um carácter pessoal, nitidamente para ele fazer dinheiro. Estas não. Aqui trata-se de fazer propaganda de um emblema (através de alguns dos seus símbolos) utilizando o dinheiro do Estado e das suas empresas. Já agora veja-se a vergonha da participação da CGD no "naming" do complexo de treinos do Seixal. E veja-se quem são os dirigentes dos CTT e da PT, por exemplo.

Certo é que muitos sportinguistas que estão bem colocados na direcção de importantes empresas públicas e privadas em Portugal não utilizam, e bem, a sua posição para favorecer os negócios do Sporting. Mas se outros o fazem, seria de esperar que isso fosse denunciado pelo Sporting. Mas não é, nem ligam a isso. Ou seja, pouco fazem para defender os interesses do Sporting.
Imaginem, do número 80000 (considerando que neste momento só temos 79.999 sócios) ao 80100 é a série Liedson, comemorativa dos seus 100 golos oficiais.
Depois, poderia-se pegar em outro número importante e criar outra campanha à volta desse número e do atleta que a ele estivesse ligado.


Tu não andas bem.. Isso é muito à frente para aquelas carolas...Olha olha medalhitas, pá aquelas almas ainda tem fotos do Ricardo na Mega Store do Estádio.  :o

É triste mas é verdade.





Citar
O que eu queria salientar (mas nisso não fui muito claro) é o aproveitamento que é feito da divulgação da marca Benfica por organismos OFICIAIS, públicos, com o dinheiro dos nossos impostos. Nesta última campanha é o próprio ministro da Economia a dar o pontapé de saída.

O José Socrates, o Manuel Pinho, o Armando Vara e o Luis Nazaré (presidente dos CTT) são todos benfiquistas. E atenção que o Socrates não é um mero "simpatizante" encarnado. É sócio e comprou um número nada dispiciendo de acções da SAD vermelha para ajudar o Vilarinho. Há aqui um contraste muito grande com muitas figuras públicas do Sporting, porque estes VIP's benfiquistas ajudam muito o clube deles. É certo que as direcções do Benfica também fazem muito "lobby" por isso, vendendo o "peixe" deles.

Não há nada a dizer. Só lamento que os "nossos" não façam o mesmo, e tem havido um rol enorme de oportunidades perdidas. Em relação à campanha para o aumento do número de sócios, já devia ter sido feita em 2002 aproveitando a vitória no campeonato. Não se fez NADA em termos de marketing para aproveitar esse título. Não se fez nada para promover o título inédito em Portugal de campeões europeus em atletismo. Etc, etc. Eu já quase que não tenho vocabulário para me exprimir, e esta situação do clube já me cansa imenso porque me faz impressão como nunca mais há um fim para tanto desleixo e incompetência nas mais diversas áreas. Quem trabalha na área da gestão de empresas e vê muitas coisas que se fazem (ou não se fazem) no Sporting, não pode deixar de levar as mãos à cabeça...  :wall:

As pessoas que lá estão, claramente, não têm gosto por aquela casa. Não há outra explicação. Quando as pessoas gostam da sua "causa" e têm brio no que fazem, nota-se logo. O que não é o caso, e por isso o Sporting é um clube muito subaproveitado. O que é muito grave, porque devia ser mais assertivo que os outros, para compensar o facto de ter menos adeptos que o Benfica, bem como ter vencido menos títulos que o Porto nos últimos anos. Logo, havia que cuidar muito mais da sua imagem e mobilização da sua massa adepta. Mas não, é uma coisa sem explicação! :xock:
« Última modificação: Dezembro 11, 2007, 19:11 pm por Lionheart »
FORÇA LEÕES!!
Conheço uma pessoa que foi ao Holmes Place de Alvalade e perguntou se havia desconto para sócios do Sporting. A inteligente da funcionária disse-lhe que não, mas que havia descontos para os sócios do Benfica :wall:, graças ao kit sócio ou coisa que o valha. Creio que isto já foi rectificado (não tenho a certeza), mas um clube que consente que um negócio instalado no seu próprio estádio ofereça condições melhores aos sócios do seu grande rival do que aos seus próprios sócios tem muito trabalho pela frente... Pelo menos parece que já concedem descontos aos sócios na Loja, mas só para compras de valor superior a € 50.
Último minuto da partida... Último minuto, Sporting... Vai ser levantado o pontapé de canto lá pela esquerda... O pontapé de canto vai ser levantado... Coração da área......GOLO!GOLO!GOLO!GOLO!GOLO!GOLO!GOLO!GOLO!GOLO!GOLO!GOLO!
Citar
O que eu queria salientar (mas nisso não fui muito claro) é o aproveitamento que é feito da divulgação da marca Benfica por organismos OFICIAIS, públicos, com o dinheiro dos nossos impostos. Nesta última campanha é o próprio ministro da Economia a dar o pontapé de saída.

O José Socrates, o Manuel Pinho, o Armando Vara e o Luis Nazaré (presidente dos CTT) são todos benfiquistas. E atenção que o Socrates . É sócio e comprou um número nada dispiciendo de acções da SAD vermelha para ajudar o Vilarinho. Há aqui um contrnão é um mero "simpatizante" encarnadoaste muito grande com muitas figuras públicas do Sporting, porque estes VIP's benfiquistas ajudam muito o clube deles. É certo que as direcções do Benfica também fazem muito "lobby" por isso, vendendo o "peixe" deles.

Não há nada a dizer. Só lamento que os "nossos" não façam o mesmo, e tem havido um rol enorme de oportunidades perdidas. Em relação à campanha para o aumento do número de sócios, já devia ter sido feita em 2002 aproveitando a vitória no campeonato. Não se fez NADA em termos de marketing para aproveitar esse título. Não se fez nada para promover o título inédito em Portugal de campeões europeus em atletismo. Etc, etc. Eu já quase que não tenho vocabulário para me exprimir, e esta situação do clube já me cansa imenso porque me faz impressão como nunca mais há um fim para tanto desleixo e incompetência nas mais diversas áreas. Quem trabalha na área da gestão de empresas e vê muitas coisas que se fazem (ou não se fazem) no Sporting, não pode deixar de levar as mãos à cabeça...  :wall:

As pessoas que lá estão, claramente, não têm gosto por aquela casa. Não há outra explicação. Quando as pessoas gostam da sua "causa" e têm brio no que fazem, nota-se logo. O que não é o caso, e por isso o Sporting é um clube muito subaproveitado. O que é muito grave, porque devia ser mais assertivo que os outros, para compensar o facto de ter menos adeptos que o Benfica, bem como ter vencido menos títulos que o Porto nos últimos anos. Logo, havia que cuidar muito mais da sua imagem e mobilização da sua massa adepta. Mas não, é uma coisa sem explicação! :xock:

Concordo com algumas coisas que dizes os adeptos VIP gaylinhas tendem a apoiar muito mais as galinhas que os adeptos VIP's do Sporting. Alguns de Sportiguistas tem muito pouco.
Acho que se podia e deveria fazer muito mais coisas mas acho que nós tambem deveriamos ajudar um pouco e faz-se o contrario.
Lançou-se um GPS, as gaylinhas e os andrades compram, nós criticamos, sendo que este produto é muito mais indicado para o Sportinguista medio que para o gaylinha medio Lançou-se um livro, comprou-se?
É logico que as gaylinhas têm uma imprensa disposta a fazer publicidade gratuita a tudo o que é rosinha, nós não temos, logo temos muito mais dificuldades em potenciar o produto, quando em Portugal o que não aparece na televisão não existe.



Mas tambem quando alguns os apoiam são logo fortemente criticados. As criticas ao BES (do Ricardo Salgado, Sportiguista desde sempre e que vai ver todos os jogos no seu camarote(existem aqui membros que parece que tambem), deve ser a pessoa mais criticada do Forum, tirando o CF :)). Se compram acções é para controlar, se não compram não ligam ao clube. Se patrocinam estão interessados em controlar, se não patrocinam não ligam ao clube.



Quanto a titulo de  de campeões europeus em atletismo, estou infelizmente em desacordo contigo. Eu estive em Vila Real para a assistir a esse titulo com a minha esposa e infelizmente os Sportiguista presente eram muito poucos. As pessoas que ligam as modalidades em particular e ao Atletismo em especial são muitos muito poucos (aqui no forum conta-se pelos dedos), ou seja o seu impacto é minimo infelizmente.
E o atletismo é a principal modalidade olimpica e é a federação mundial com mais paises. E de longe a modalidade em termos do Sporting (primeira medalha de ouro de sempre para um Sportinguista e um Português - Carlos Lopes) e Nacionais que mais alegrias nos deu.


Isso é das coisas que me deixa mais triste aqui no forum, e é tanto mais grave, que não se passa por exemplo no Porto onde os adeptos e interessam e muito pelas modalidades. Foi de proposito ao forum deles ver(peço perdão :)) e eles tem para um jogo de andebol Porto-S.Horta, cerca de vinte mensagem antes do jogo. Nós deve ser o ano inteiro.



SPORTING a maior potência desportiva NACIONAL
O que eu queria salientar (mas nisso não fui muito claro) é o aproveitamento que é feito da divulgação da marca Benfica por organismos OFICIAIS, públicos, com o dinheiro dos nossos impostos. Nesta última campanha é o próprio ministro da Economia a dar o pontapé de saída.

Não estou a perceber. Porque é que a campanha da phone-ix está associada ao Benfica? Mais do que a do Obikuelu, isto é.
Isso é das coisas que me deixa mais triste aqui no forum, e é tanto mais grave, que não se passa por exemplo no Porto onde os adeptos e interessam e muito pelas modalidades. Foi de proposito ao forum deles ver(peço perdão :)) e eles tem para um jogo de andebol Porto-S.Horta, cerca de vinte mensagem antes do jogo. Nós deve ser o ano inteiro.

O desinteresse pelas modalidades tem muito pouco a ver com "marcas" e muito mais a ver com a falta de infraestruturas. Não é por acaso que o Porto deu toda a urgência à construção de um novo pavilhão junto ao estádio. Se calhar olharam para nós: a falta de um pavilhão que concentre os adeptos e lhes dê um lugar habitual para assistirem aos jogos e a dispersão das modalidades pelos quatro cantos da grande Lisboa estão a matar o que resta das modalidades extra-futebol - que, para um clube minoritário como o nosso, são um meio não desprezável de captar adeptos jovens, principalmente através da sua prática. Se me perguntarem qual devia ser a primeira prioridade do clube hoje, eu responderia que, mais do que a compra de um avançado ou de um defesa esquerdo em Janeiro, devia ser a construção de um novo pavilhão que recupere a mística da Nave de Alvalade. Mas já há um tópico sobre isto.

Quanto às marcas, não ligo por aí além ao tema, mas deixo dois conselhos:

- Não copiem o Benfica. O Benfica é um clube maioritário e nunca os venceremos no seu próprio jogo. Por isso diferenciem. Um excelente exemplo é do Atlético de Madrid, que faz do culto da resistência, do bom humor e da persistência na adversidade a sua imagem de marca.
-  Mas, por favor, por tudo o que há de mais sagrado, não persistam naquela estúpida, cretina, idiota, mentecapta estratégia "Country Club" de só dirigirem a captação para pessoas que estão bem na vida. Não só estão a ajudar a contribuir para tornar real um estereótipo falso como estão a entregar sem luta a maior fatia de potenciais adeptos e simpatizantes ao Benfica e ao Porto. Para um clube de massas como o Sporting, estreitar assim - e ainda por cima voluntariamente - a sua base de captação de adeptos é a definição do suicídio! Os que se nos juntam devem fazê-lo não com base na classe social, na etnia ou no rendimento mas porque partilham uma experiência - em miúdos e adolescente, por causa do pai, da mãe, dos amigos ou do que quer que seja --- que lhes dá uma identidade e um sentido de pertencer aqui. Alargar - e não estreitar e excluir - deve ser a palvara de ordem.
...
O desinteresse pelas modalidades tem muito pouco a ver com "marcas" e muito mais a ver com a falta de infraestruturas. Não é por acaso que o Porto deu toda a urgência à construção de um novo pavilhão junto ao estádio. ...

Podiam-se escrever um milhao de paginas sobre o pavilhao, mas pegando nesse exemplo,e falando com conhecimento de causa, em todos, desde o primeirissimo plano de pormenor das antas, o pavilhao esteve la, nunca foi sequer equacionado que nao existisse pavilhao.
No meu mundo imaginário o Sporting contracta o ... blah, nao contracta ninguem porque de certeza um dos juniores da academia e melhor.
Isto não tem nada que saber, bolas. Basta pensar porque é que cada um de nós passou a ser do Sporting, para além da influência familiar. No meu caso, o campeonato de 1981/82 foi decisivo. Gostava muito do Manuel Fernandes e do Jordão, os meus jogadores preferidos da altura. Além disso, o ciclismo também foi um enorme empurrão. O meu pai sempre seguiu o ciclismo, íamos sempre atrás da volta a Portugal, e o Sporting na altura tinha o Joaquim Agostinho nas suas fileiras, portanto não é preciso dizer mais nada.  ;D A partir daí aguentei dezoito anos de jejum, que remédio.

Básicamente, é isto. São os atletas do clube que mais adeptos angariam. Pelo menos comigo foi. Sabia lá que o Sporting era um clube diferente, que tinha tido uma génese "aristocrática" ou que tinha dirigentes assim ou assado. Com oito anos, o meu Sporting era o do Manel Fernandes, do Jordão, do Joaquim Agostinho e da ginástica (adorava assistir àqueles saraus gigantescos  :)). É por isso que me faz imensa impressão esse paleio do clube diferente porque isso só serve para tentar atenuar as derrotas. É preciso mais. Nenhuma criança percebe essa conversa. Os miúdos têm de ter "ídolos" no Sporting. Mas quando os melhores jogadores de futebol nem chegam a aquecer o lugar, cada vez há menos modalidades "amadoras" e muito mal promovidas, é difícil prender a atenção dos jovens.

A situação ainda não é "catastrófica", mas a continuar assim estamos muito mal. A sondagem que o Roquette mandou fazer há sete anos podia servir de base de trabalho para o tipo de campanha a lançar para aumentar o número de sócios. Não sei se a actual direcção mandou fazer outra, se não. Em sete anos também não deve haver grandes alterações nos resultados. De qualquer modo, para começar o clube podia tentar sensibilizar os ex-sócios a reinscreverem-se. Será que há algum arquivo que tenha as fichas de pessoas que deixaram de ser sócias?

É evidente que esta é uma altura péssima para uma iniciativa destas e com os actuais dirigentes, não há o mínimo "élan" no clube para chamar mais adeptos e sócios, com franqueza. Resta esperar por um "milagre" no futebol, ou então, por "sangue" novo nas próximas eleições.  :pray:

http://209.85.135.104/search?q=cache:WsTqKBKqkRIJ:primeirasedicoes.expresso.clix.pt/ed1445/e031.asp%3Fil+sondagem+sporting+adeptos+roquette&hl=pt-BR&ct=clnk&cd=1&gl=pt
FORÇA LEÕES!!
Por acaso sou grande amigo do responsável pela área de marting do Sporting, já me debati varias vezes com ele sobre estes assuntos, sei que esta ai a aparecer um cartão de sócio que vai arrasar, com descontos muito bons, tipo um cartão da BP com catalogo para troca de pontos etc..parece-me uma boa ideia...quanto ao resto, campanhas etc…o Sporting tem que se mexer em muitas frentes, tem que de uma vez por todas aproximar-se mais dos Sportinguistas que vivem longe de Lisboa, tem que estar mais perto dos núcleos, cultivar o Sportinguismo nesses mesmos nucleos, dar mais espaço de manobra a esses nucleos, e depois sim, arrancar para outras andanças…nós (sporting) em relação aos tristes do outro lado da 2ª circular levamos 10 – 0 no que diz respeito a casas do clube…um lampião desde uma casa do porco, pode comprar bilhetes, escolher lugares no estádio, sempre em tempo real, os bilhetes são impressos logo ali…não sei se sabem, mas no nosso Sporting os núcleos Sportinguistas se querem fazer uma excursão a Alvalade tem que marcar os bilhetes todos até quarta feira, e até as 18 horas desse dia da semana tem que ter o dinheiro dos mesmos depositado na conta…uma vergonha, todos sabemos que uma excursão ou duas pode não levar ¾ dias a ser montada…e todo o time é importantíssimo..sei bem disso, já organizei bastantes desde o Algarve…
O nome Sporting deverá ser mais aproveitado, mesmo o culto do Sportinguismo deve ser mais debatido…vejamos, antigamente tínhamos a cervejaria, local esse de encontro de quase todos os Sportinguistas, hoje temos um alvalaxia que acaba por não ser acolhedor a esse nível…sinto pouco Sporting lá dentro, vejo uma coisa demasiada comercial…sim as coisas tem que ser comercias, mas é possível faze-lo de outra forma…

Mas para quem tem grandes ideias, façam favor de postar, que essas eu consigo fazer chegar ao responsável…


Citar
o Sporting tem que se mexer em muitas frentes, tem que de uma vez por todas aproximar-se mais dos Sportinguistas que vivem longe de Lisboa, tem que estar mais perto dos núcleos, cultivar o Sportinguismo nesses mesmos nucleos, dar mais espaço de manobra a esses nucleos, e depois sim, arrancar para outras andanças…nós (sporting) em relação aos tristes do outro lado da 2ª circular levamos 10 – 0 no que diz respeito a casas do clube…

Ultras/76, já disseste tudo. Estás a ver a diferença entre uma direcção que trabalha e outra que não faz nada? É a loja online que é de uma pobreza franciscana, são os núcleos que não são aproveitados, etc, etc. O que é que se fez verdadeiramente nestes anos todos, depois das infraestruturas?? Uma pessoa fica parva como o Sporting estagnou de tal maneira!  :xock: Os anos da presidência de Dias da Cunha foram um total desperdício. Ou o Soares Franco desemburra, ou vai pelo mesmo caminho.


Citar
O nome Sporting deverá ser mais aproveitado, mesmo o culto do Sportinguismo deve ser mais debatido…vejamos, antigamente tínhamos a cervejaria, local esse de encontro de quase todos os Sportinguistas, hoje temos um alvalaxia que acaba por não ser acolhedor a esse nível…sinto pouco Sporting lá dentro, vejo uma coisa demasiada comercial…sim as coisas tem que ser comercias, mas é possível faze-lo de outra forma…


É engraçado como o estádio antigo, mesmo a cair de "podre", era muito mais interclassista e acolhedor para os sportinguistas que o actual. Debaixo do topo sul havia a sala dos sócios e o restaurante "O Lagarto" para os mais idosos. Muitos deles passavam em Alvalade dias inteiros. Depois o Sousa Cintra fez obras no estádio e foi então que abriu a cervejaria entre a porta 10 A e a bancada nova, onde parava a malta nova. Do lado da bancada central abriu um restaurante de luxo para a malta do "papel". Ou seja, não havia ninguém que não tivesse o seu espaço no antigo Alvalade.

Hoje, faz-me pena ver os sócios perdidos naquele Alvaláxia, e que ainda por cima já nem pertence ao Sporting. Vê-se mesmo que o estádio foi projectado a pensar primordialmente em quem tem mais poder de compra, desprezendo o interclassimo, essencial num clube desportivo. Parece que foi tudo feito para afastar as pessoas do clube. São os treinos que passaram a ser em "cascos de rolha", é o estádio que não é agregador, não é À SPORTING o suficiente. Não é de admirar porque é que há tanta desmobilização. É nestas "pequenas" coisas que se vê que o Alvalade XXI não foi pensado por um sportinguista, para o Sporting e para os Sportinguistas. E também nenhum dirigente se preocupou com isso, porque eles têm lá o espaço deles e dos seus  conhecimentos. Os outros que se "amanhem" para lá.

E agora, como se pode remediar isto, quando o espaço do Alvaláxia já foi vendido? Haverá mais algum local onde possa haver um espaço digno, para os sócios não andarem para lá a vaguear num centro comercial decadente?  :think:
« Última modificação: Dezembro 14, 2007, 23:09 pm por Lionheart »
FORÇA LEÕES!!
E agora, como se pode remediar isto, quando o espaço do Alvaláxia já foi vendido? Haverá mais algum local onde possa haver um espaço digno, para os sócios não andarem para lá a vaguear num centro comercial decadente?  :think:

Por acaso, da última vez que fui ao Alvaláxia, vi umas obras no piso -1 que suspeitei imediatamente serem para instalação de um supermercado. Se isso se confirmar, fazemos mais uma vez figura de parvos, porque toda a gente sabe que a primeira condição para  dinamizar um centro comercial é ter um super ou hipermercado. Ora, isso podia e devia ter feito o Sporting antes de vender aquele pedaço de património. Quem o comprou vai  fazer aquilo que era óbvio que devia ser feito.

Penso que isto ilustra bem como o Sporting trabalha mal as oportunidadades de negócio que se lhe proporcionam. É um bom exemplo. Ou, melhor, um mau exemplo. Pronto: um bom exemplo de uma má gestão.
E agora, como se pode remediar isto, quando o espaço do Alvaláxia já foi vendido? Haverá mais algum local onde possa haver um espaço digno, para os sócios não andarem para lá a vaguear num centro comercial decadente?  :think:

Por acaso, da última vez que fui ao Alvaláxia, vi umas obras no piso -1 que suspeitei imediatamente serem para instalação de um supermercado. Se isso se confirmar, fazemos mais uma vez figura de parvos, porque toda a gente sabe que a primeira condição para  dinamizar um centro comercial é ter um super ou hipermercado. Ora, isso podia e devia ter feito o Sporting antes de vender aquele pedaço de património. Quem o comprou vai  fazer aquilo que era óbvio que devia ser feito.

Penso que isto ilustra bem como o Sporting trabalha mal as oportunidadades de negócio que se lhe proporcionam. É um bom exemplo. Ou, melhor, um mau exemplo. Pronto: um bom exemplo de uma má gestão.

Posso confirmar que vai abrir um Supermercado Lidl no antigo local do Bowling.

Mais um acto de boa gestão desta excelente equipa directiva :liar: