Cláudia Lopes assume departamento de comunicação do Sporting

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

A primeira palavra que deveria ter proferido, era que pelo fato de ser Sportinguista, era um orgulho enorme tal convite que o torna irrecusável. ... Mas não, sobre Sporting 0

Enviado do meu SM-N950F através do Tapatalk

Gosto. Boa sorte, Cláudia! :great:
«Honra, sua, luta, acredita. Somos o Sporting. O Clube de Portugal!»
Citar

CLÁUDIA LOPES EM ALVALADE: «NÃO PUDE DIZER QUE NÃO AO DESAFIO DO SPORTING»
SPORTING

Cláudia Lopes é a nova diretora executiva da Sporting Comunicação e Plataformas, passando a liderar a comunicação do clube de Alvalade. 

 «Sou licenciada em marketing e comunicação, pelo que o acidente de percurso na minha vida foi o jornalismo. Não pude dizer que não ao desafio que me foi proposto pelo Sporting Clube de Portugal. Primeiro, porque gosto do meio e o futebol não me é uma coisa estranha. Há um longo caminho a percorrer na comunicação dos clubes para que não seja uma coisa trauliteira ou arruaceira. Acho que se pode defender os interesses da instituição com um outro registo. As pessoas sabem qual é o meu registo, já o conhecem há muitos anos, e não é preciso usarmos armas de arremesso. Sou sempre a favor de um profundo respeito pelo adversário porque se não tivermos grandes adversários não temos grandes vitórias», salientou, citada pelo site dos leões.

 Cláudia Lopes explicou o que a levou a aceitar o desafio lançado pelo Sporting.

 «Para as mulheres, o futebol e o desporto, genericamente, não são muito favoráveis. Ter um convite destes, enquanto mulher, também pesou. Dentro do futebol, a carreira das mulheres é sempre um bocadinho a pulso. Com um convite destes, não dá para recusar porque a mesma oportunidade não volta a existir», referiu.

https://www.abola.pt/nnh/Noticias/Ver/791784

Tudo o que seja uma abordagem menos à J.Marques, Saraivas e afins, é progresso.

Olha que não, meu caro. Olha que não.

Eu sei que para quem só consome gordura, não, claro que não é, que são aqueles que fazem vida nos blogs e veem o Prolongamento.

Para quem não passo cartão nenhum a isso, como eu, seria delicioso poder usufruir da internet e não ter que levar com labregos do Sporting a discutir com labregos do benfica, e no dia seguinte os labregos do porto a mandar tweets sobre o fora-de-jogo que foi marcado ao Jankauskas quando ele ia isolado para a baliza, num jogo da 26 jornada contra o Estrela, na Reboleira.

Eu sei como funciona a lei do "quem não chora não mama", prefiro é não chorar numa base diária, ad nauseam. Só assim de vez em quando, como um cigarrinho.

Meu caro.

Passei anos e anos desse registo "não atiramos armas de arremesso/pacificação do futebol/somos diferentes", com o clube preocupado em não atirar pedras que depois ainda as devolvem. E um gajo ainda se aleija.

A Sra Cláudia Lopes vem com o mesmo discurso destes "neutros" da CS, dos hipócritas cartilheiros ( como ainda recentemente se viu no último congresso da Renascença ) onde se apela à paz e blá, blá, num futebol de compadrios, conluios, corrupção e subjugação ao poder ( e nesse poder não está o Sporting ).

E ei, que não queremos ser tema do "Prolongamento"?

Saraiva não serviu. Era apenas uma caixa de ressonância e mal amanhada.

Mas este tipo de discurso da Sra Cláudia, deploro. Farto dele.

O tipo de discurso é o correcto, além de que, só em Portugal é que se olha para um director de "comunicação e plataformas" como um lacaio que tem como uma das tarefas andar a redigir queixinhas e espalhar boatos nas redes sociais. Só mesmo num país com uma cultura desportiva terceiro-mundista. Até o Mourinho falou nisso há uns tempos atrás, que a figura do director de comunicação em Inglaterra, é um conceito com um oceano de diferença entre aquilo que é o padrão saloio tuga.

O Sporting não está mais perto de ganhar por contratar um gajo especialista em mandar umas bujardas online. c******, para isso metam-me lá a mim. Faço isso enquanto trabalho e não cobro, que é por amor ao clube.

O Sporting nem para dentro sabe comunicar, quanto mais para fora. Um clube sempre em clima de guerra civil, cheio de grupos e grupinhos, de conselhos disto e daquilo, acha que um dos males de não ganharmos absolutamente NADA é a forma integrada, activa e abrasiva como nos devemos posicionar no Twitter e na quantidade de bots que consigamos infiltrar nas caixas de comentários dos jornais.

Como se viu, fomos campeões à brava. Estivemos mais perto nos primeiros anos de BdC, quando ele era pertinente e eficiente nas bicadas, do que na fase final, em que o desgoverno foi total. Claro que contou com a ajuda poderosa dos avençados da comunicação social, que lentamente foram minando a sua imagem, mas quando a gestão dos timings é má, quando há uma overdose de exposição mediática, claro que a mensagem deixa de passar e o mensageiro morre.

Enfim, é um assunto a que não quero voltar, porque tenho a minha opinião e dispenso realmente ter que discutir sobre coisas que levarão a lado nenhum.

Em suma, tenho um conceito diferente de comunicação e do seu peso no sucesso do Clube.
Ah, OK.

Portanto depreendes q se está a defender um registo em que se espalhem boatos e se façam queixinhas e afins?

O discurso tem q ser moldado perante um contexto.

Um futebol de cartilhas, subjugado aos poderes instalados e compadrios.

Têm que ser combatidos. É isto que quero para o meu clube. Não em registos "saraivianos" ou o q foi muitas vezes o de BdC, mas marcando posição num mundo sem quartel.

Mas vamos todos fingir q os males do tugão são as armas de arremesso e que a  coisa se resolve com "respeito pelos adversários".

Se eu depreendo?

Claro que é esse o registo. Não sei se por ti, mas por uma fração numerosa de adeptos e sócios, sim. O tuga gosta é disto. É "se não os consegues vencer, junta-te a eles".

Foi o que nós fizemos.

Até um certo momento, em doses certas, bem.

Até outro certo momento, em doses industriais, mal.

E foi o que se viu. Este Clube conseguiu transformar o melhor Presidente que podia ter acontecido, num shitshow que tem mais de 1 ano já, e ainda está para durar.
O que as pessoas querem é "em doses certas".

O princípio era o correcto e por isso se arregimentou um clube à volta dessas posições.

O que aconteceu nos últimos meses foi outra coisa completamente diferente.

Em doses certas é o que eu defendo.

E para isso não é preciso a m**** de um director de comunicação.

Não brinquemos com coisas sérias, nem subvertamos a figura de um profissional da comunicação, neste ser odioso em que ele se tornou.

Se me perguntares se acredito que o actual presidente tem tarimba para o fazer? Não. Mas seria ele, como figura máxima, a fazê-lo.

Lá está, de forma equilibrada, sucinta e acintosa, sem nunca cair num registo rasteiro. Independentemente de haver adeptos que confundem institucionalidade e civismo, com mansidão e complexos de inferioridade.

Agora a Cláudia Lopes, epá. Vai mudar nada(quanto ao que está a ser falado). Nem teria que ser ela.
Desculpa lá, mas neste futebol, as palavras da rapariga ou são apenas para ficar bem ou vamos ter um problema. E dos grandes.

Repito,, este registo conheço-o de cor. O Sporting tem que marcar uma posição, defender a mesma com unhas e dentes e sem medos.

Daí a 'jogos rasteiros" e "falta de civismo" vai uma enorme distância.
 :arrow:
"A partir de agora, mandamos nós, e o Sporting terá o seu caminho novamente. Quero-vos agradecer a todos, e dizer claramente, para que toda a gente oiça: Viva ao Sporting Clube de Portugal! É nosso outra vez!" - BdC - 24/03/2013
Mas a Cláudia Lopes é Sportinguista?
Eu acho que ela é Sportinguistas mas isso como dizem não é o mais importante. A questão da estratégia é que me preocupa, pelos vistos a ideia é sermos amiguinhos de toda a gente, comunicar com respeito e amizade para os nossos adversários mesmo quando eles nos atacam. É assim como sermos maltratados e não reagir. No final se calhar voltamos aquele tempo que choramos porque os outros são maus e ganham e não conseguimos ganhar nada.
Saudações Leoninas,

http://canalscp.blogspot.com
Quando anunciaram achei uma solução estranha... Pessoas "populares" neste tipo de cargos é sempre estranho a meu ver, depois, sai de um canal com os vícios que tem, se bem, que fazia parte talvez do programa desportivo mais positivo da televisão portuguesa.

Após ouvir as palavras dela fiquei convencido, creio que as razões certas a levaram a aceitar este desafio no nosso clube e acho que ela tem uma atitude super positiva, quero realmente ver como vamos comunicar a partir de agora, já chega de amadorismo e do constante maldizer/ataques do passado. É sempre de saudar termos mulheres no desporto, em especial no futebol, que se f*** o patriarcado!
"há treino todos os dias"
Quando anunciaram achei uma solução estranha... Pessoas "populares" neste tipo de cargos é sempre estranho a meu ver, depois, sai de um canal com os vícios que tem, se bem, que fazia parte talvez do programa desportivo mais positivo da televisão portuguesa.

Após ouvir as palavras dela fiquei convencido, creio que as razões certas a levaram a aceitar este desafio no nosso clube e acho que ela tem uma atitude super positiva, quero realmente ver como vamos comunicar a partir de agora, já chega de amadorismo e do constante maldizer/ataques do passado. É sempre de saudar termos mulheres no desporto, em especial no futebol, que se f*** o patriarcado!
vamos comunicar como o presidente quer e a imagem do varandas vamos dar-nos bem com todos e ser amiguinhos de todos mas vamos ter elegância a falar
Figura completamente ridícula  :lol:

Mas foi bem escolhida. Casa bem com o Novo Sporting.
Depois do Fedrico, o Gago, esta fulana com aquela conversa de chaca cai que nem ginjas

Quando anunciaram achei uma solução estranha... Pessoas "populares" neste tipo de cargos é sempre estranho a meu ver, depois, sai de um canal com os vícios que tem, se bem, que fazia parte talvez do programa desportivo mais positivo da televisão portuguesa.

Após ouvir as palavras dela fiquei convencido, creio que as razões certas a levaram a aceitar este desafio no nosso clube e acho que ela tem uma atitude super positiva, quero realmente ver como vamos comunicar a partir de agora, já chega de amadorismo e do constante maldizer/ataques do passado. É sempre de saudar termos mulheres no desporto, em especial no futebol, que se f*** o patriarcado!
vamos comunicar como o presidente quer e a imagem do varandas vamos dar-nos bem com todos e ser amiguinhos de todos mas vamos ter elegância a falar

Tens saudades do Saraiva é?
Eu sinceramente espero que haja sempre um ambiente positivo no desporto, de respeito e competição séria, de circos e show of estou bastante farto.
"há treino todos os dias"
Quando anunciaram achei uma solução estranha... Pessoas "populares" neste tipo de cargos é sempre estranho a meu ver, depois, sai de um canal com os vícios que tem, se bem, que fazia parte talvez do programa desportivo mais positivo da televisão portuguesa.

Após ouvir as palavras dela fiquei convencido, creio que as razões certas a levaram a aceitar este desafio no nosso clube e acho que ela tem uma atitude super positiva, quero realmente ver como vamos comunicar a partir de agora, já chega de amadorismo e do constante maldizer/ataques do passado. É sempre de saudar termos mulheres no desporto, em especial no futebol, que se f*** o patriarcado!
vamos comunicar como o presidente quer e a imagem do varandas vamos dar-nos bem com todos e ser amiguinhos de todos mas vamos ter elegância a falar

Tens saudades do Saraiva é?
Eu sinceramente espero que haja sempre um ambiente positivo no desporto, de respeito e competição séria, de circos e show of estou bastante farto.
ia eu também espero isso mas o que se vê mais no futebol Português e isso um ambiente positivo vamos ver para o ano quando tiver o campeonato acabar vamos ver o ambiente isso se contarmos para o totobola. os circos e o show of ajudam a ganhar campeonatos
Quando anunciaram achei uma solução estranha... Pessoas "populares" neste tipo de cargos é sempre estranho a meu ver, depois, sai de um canal com os vícios que tem, se bem, que fazia parte talvez do programa desportivo mais positivo da televisão portuguesa.

Após ouvir as palavras dela fiquei convencido, creio que as razões certas a levaram a aceitar este desafio no nosso clube e acho que ela tem uma atitude super positiva, quero realmente ver como vamos comunicar a partir de agora, já chega de amadorismo e do constante maldizer/ataques do passado. É sempre de saudar termos mulheres no desporto, em especial no futebol, que se f*** o patriarcado!
vamos comunicar como o presidente quer e a imagem do varandas vamos dar-nos bem com todos e ser amiguinhos de todos mas vamos ter elegância a falar

Tens saudades do Saraiva é?
Eu sinceramente espero que haja sempre um ambiente positivo no desporto, de respeito e competição séria, de circos e show of estou bastante farto.

Mas o circo e as aldrabices acabam se fingirmos que não existem?
Quando anunciaram achei uma solução estranha... Pessoas "populares" neste tipo de cargos é sempre estranho a meu ver, depois, sai de um canal com os vícios que tem, se bem, que fazia parte talvez do programa desportivo mais positivo da televisão portuguesa.

Após ouvir as palavras dela fiquei convencido, creio que as razões certas a levaram a aceitar este desafio no nosso clube e acho que ela tem uma atitude super positiva, quero realmente ver como vamos comunicar a partir de agora, já chega de amadorismo e do constante maldizer/ataques do passado. É sempre de saudar termos mulheres no desporto, em especial no futebol, que se f*** o patriarcado!
vamos comunicar como o presidente quer e a imagem do varandas vamos dar-nos bem com todos e ser amiguinhos de todos mas vamos ter elegância a falar

Tens saudades do Saraiva é?
Eu sinceramente espero que haja sempre um ambiente positivo no desporto, de respeito e competição séria, de circos e show of estou bastante farto.

Mas o circo e as aldrabices acabam se fingirmos que não existem?
para as pessoas com glamur e educadas e finas que sabem receber bem nada existe para além folclore. para outros que vem a podridão de futebol que temos a corrupção que temos é que amamos o clube já não somos educados nem temos glamour. Eu quero lá ser educado e receber bem os outros clubes. Eu quero e ganhar e se for preciso falar em nádegas na comunicação que falem que estou me a lixar para isso
Até parece que é por o Sporting se abster de participar na guerra da comunicação que se vai "pacificar" o futebol.

Faz-me lembrar aquela teoria que o Bruno de Carvalho era o principal culpado desta guerrilha. Ele saiu há um ano e as coisas se mudaram foi para pior.

Acho também piada que se fale de Saraive e FJ Marques. Quando quem começou com isto foi o Anjo Gabriel e o seus cartilhados.

Há m***** incríveis em termos da ferrovia.
Quando anunciaram achei uma solução estranha... Pessoas "populares" neste tipo de cargos é sempre estranho a meu ver, depois, sai de um canal com os vícios que tem, se bem, que fazia parte talvez do programa desportivo mais positivo da televisão portuguesa.

Após ouvir as palavras dela fiquei convencido, creio que as razões certas a levaram a aceitar este desafio no nosso clube e acho que ela tem uma atitude super positiva, quero realmente ver como vamos comunicar a partir de agora, já chega de amadorismo e do constante maldizer/ataques do passado. É sempre de saudar termos mulheres no desporto, em especial no futebol, que se f*** o patriarcado!
vamos comunicar como o presidente quer e a imagem do varandas vamos dar-nos bem com todos e ser amiguinhos de todos mas vamos ter elegância a falar

Tens saudades do Saraiva é?
Eu sinceramente espero que haja sempre um ambiente positivo no desporto, de respeito e competição séria, de circos e show of estou bastante farto.

Mas o circo e as aldrabices acabam se fingirmos que não existem?
para as pessoas com glamur e educadas e finas que sabem receber bem nada existe para além folclore. para outros que vem a podridão de futebol que temos a corrupção que temos é que amamos o clube já não somos educados nem temos glamour. Eu quero lá ser educado e receber bem os outros clubes. Eu quero e ganhar e se for preciso falar em nádegas na comunicação que falem que estou me a lixar para isso

Fingir que não existem também é deixar de ter princípios... Obvio que não isso que se pede, mas não é o Sporting nem nenhum clube que tem que julgar, investigar ou denunciar o comportamento dos outros. Há entidades que servem para esse efeito temos é que ter a certeza que funcionam e isso não é um trabalho da comunicação do clube, é um trabalho da direção e do departamento jurídico.
"há treino todos os dias"
Quando anunciaram achei uma solução estranha... Pessoas "populares" neste tipo de cargos é sempre estranho a meu ver, depois, sai de um canal com os vícios que tem, se bem, que fazia parte talvez do programa desportivo mais positivo da televisão portuguesa.

Após ouvir as palavras dela fiquei convencido, creio que as razões certas a levaram a aceitar este desafio no nosso clube e acho que ela tem uma atitude super positiva, quero realmente ver como vamos comunicar a partir de agora, já chega de amadorismo e do constante maldizer/ataques do passado. É sempre de saudar termos mulheres no desporto, em especial no futebol, que se f*** o patriarcado!
vamos comunicar como o presidente quer e a imagem do varandas vamos dar-nos bem com todos e ser amiguinhos de todos mas vamos ter elegância a falar

Tens saudades do Saraiva é?
Eu sinceramente espero que haja sempre um ambiente positivo no desporto, de respeito e competição séria, de circos e show of estou bastante farto.

Mas o circo e as aldrabices acabam se fingirmos que não existem?
para as pessoas com glamur e educadas e finas que sabem receber bem nada existe para além folclore. para outros que vem a podridão de futebol que temos a corrupção que temos é que amamos o clube já não somos educados nem temos glamour. Eu quero lá ser educado e receber bem os outros clubes. Eu quero e ganhar e se for preciso falar em nádegas na comunicação que falem que estou me a lixar para isso

Fingir que não existem também é deixar de ter princípios... Obvio que não isso que se pede, mas não é o Sporting nem nenhum clube que tem que julgar, investigar ou denunciar o comportamento dos outros. Há entidades que servem para esse efeito temos é que ter a certeza que funcionam e isso não é um trabalho da comunicação do clube, é um trabalho da direção e do departamento jurídico.
Não é o clube que tem de julgar ou investigar, mas tem o dever de denunciar o comportamento dos outros. Pergunto o que é que foi feito em relação às claques ilegais dos rabolhos pelas entidades competentes. Quantos jogos à porta fechada, quantas sanções por terem assassinado adeptos do Sporting. A comunicação do Clube serve e deve denunciar TUDO aquilo que prejudique o Clube. Nisso quem me dera a mim ter uma comunicação como a dos fruteiros, do que uma comunicação cheia de princípios e glamour, isso funcionaria num futebol onde se respeitassem as regras e onde todos os clubes fossem tratados por igual, não o sendo e sendo os rabolhos os principais beneficiados do sistema, nada como ter uns cornos mansos deste lado.  E não..não tenho saudades do Saraiva, pelo menos daquele respondia a tudo e a todos sem critério, porque quando iniciou funções foi assertivo em algumas intervenções, depois esvaziou ele próprio o seu cargo. SL
Quando anunciaram achei uma solução estranha... Pessoas "populares" neste tipo de cargos é sempre estranho a meu ver, depois, sai de um canal com os vícios que tem, se bem, que fazia parte talvez do programa desportivo mais positivo da televisão portuguesa.

Após ouvir as palavras dela fiquei convencido, creio que as razões certas a levaram a aceitar este desafio no nosso clube e acho que ela tem uma atitude super positiva, quero realmente ver como vamos comunicar a partir de agora, já chega de amadorismo e do constante maldizer/ataques do passado. É sempre de saudar termos mulheres no desporto, em especial no futebol, que se f*** o patriarcado!
vamos comunicar como o presidente quer e a imagem do varandas vamos dar-nos bem com todos e ser amiguinhos de todos mas vamos ter elegância a falar

Tens saudades do Saraiva é?
Eu sinceramente espero que haja sempre um ambiente positivo no desporto, de respeito e competição séria, de circos e show of estou bastante farto.

Mas o circo e as aldrabices acabam se fingirmos que não existem?
para as pessoas com glamur e educadas e finas que sabem receber bem nada existe para além folclore. para outros que vem a podridão de futebol que temos a corrupção que temos é que amamos o clube já não somos educados nem temos glamour. Eu quero lá ser educado e receber bem os outros clubes. Eu quero e ganhar e se for preciso falar em nádegas na comunicação que falem que estou me a lixar para isso

Fingir que não existem também é deixar de ter princípios... Obvio que não isso que se pede, mas não é o Sporting nem nenhum clube que tem que julgar, investigar ou denunciar o comportamento dos outros. Há entidades que servem para esse efeito temos é que ter a certeza que funcionam e isso não é um trabalho da comunicação do clube, é um trabalho da direção e do departamento jurídico.
Não é o clube que tem de julgar ou investigar, mas tem o dever de denunciar o comportamento dos outros. Pergunto o que é que foi feito em relação às claques ilegais dos rabolhos pelas entidades competentes. Quantos jogos à porta fechada, quantas sanções por terem assassinado adeptos do Sporting. A comunicação do Clube serve e deve denunciar TUDO aquilo que prejudique o Clube. Nisso quem me dera a mim ter uma comunicação como a dos fruteiros, do que uma comunicação cheia de princípios e glamour, isso funcionaria num futebol onde se respeitassem as regras e onde todos os clubes fossem tratados por igual, não o sendo e sendo os rabolhos os principais beneficiados do sistema, nada como ter uns cornos mansos deste lado.  E não..não tenho saudades do Saraiva, pelo menos daquele respondia a tudo e a todos sem critério, porque quando iniciou funções foi assertivo em algumas intervenções, depois esvaziou ele próprio o seu cargo. SL

Eu percebo e respeito o teu ponto de vista, mas nenhum clube pode ter esse poder ou moral de ser mais que os outros ao ponto de se armar em autoritário. Podes denunciar situações às autoridades competentes mas não adianta nada mandar postas para se venderem jornais e incendiarem-se opiniões entre adeptos.
Se calhar a minha ideia é utópica, aceito isso, mas se o desporto em Portugal é um lugar podre espero sempre que eu e o meu clube tente contribuir para que seja menos. Acho que existe todo um patamar de competência desportiva/administrativa que temos que ultrapassar e melhorar, que é mais importante que essa comunicação de esgoto que ninguém que goste realmente do do jogo pode gostar e/ou aceitar.
"há treino todos os dias"
Quando anunciaram achei uma solução estranha... Pessoas "populares" neste tipo de cargos é sempre estranho a meu ver, depois, sai de um canal com os vícios que tem, se bem, que fazia parte talvez do programa desportivo mais positivo da televisão portuguesa.

Após ouvir as palavras dela fiquei convencido, creio que as razões certas a levaram a aceitar este desafio no nosso clube e acho que ela tem uma atitude super positiva, quero realmente ver como vamos comunicar a partir de agora, já chega de amadorismo e do constante maldizer/ataques do passado. É sempre de saudar termos mulheres no desporto, em especial no futebol, que se f*** o patriarcado!
vamos comunicar como o presidente quer e a imagem do varandas vamos dar-nos bem com todos e ser amiguinhos de todos mas vamos ter elegância a falar

Tens saudades do Saraiva é?
Eu sinceramente espero que haja sempre um ambiente positivo no desporto, de respeito e competição séria, de circos e show of estou bastante farto.

Mas o circo e as aldrabices acabam se fingirmos que não existem?
para as pessoas com glamur e educadas e finas que sabem receber bem nada existe para além folclore. para outros que vem a podridão de futebol que temos a corrupção que temos é que amamos o clube já não somos educados nem temos glamour. Eu quero lá ser educado e receber bem os outros clubes. Eu quero e ganhar e se for preciso falar em nádegas na comunicação que falem que estou me a lixar para isso

Fingir que não existem também é deixar de ter princípios... Obvio que não isso que se pede, mas não é o Sporting nem nenhum clube que tem que julgar, investigar ou denunciar o comportamento dos outros. Há entidades que servem para esse efeito temos é que ter a certeza que funcionam e isso não é um trabalho da comunicação do clube, é um trabalho da direção e do departamento jurídico.
Não é o clube que tem de julgar ou investigar, mas tem o dever de denunciar o comportamento dos outros. Pergunto o que é que foi feito em relação às claques ilegais dos rabolhos pelas entidades competentes. Quantos jogos à porta fechada, quantas sanções por terem assassinado adeptos do Sporting. A comunicação do Clube serve e deve denunciar TUDO aquilo que prejudique o Clube. Nisso quem me dera a mim ter uma comunicação como a dos fruteiros, do que uma comunicação cheia de princípios e glamour, isso funcionaria num futebol onde se respeitassem as regras e onde todos os clubes fossem tratados por igual, não o sendo e sendo os rabolhos os principais beneficiados do sistema, nada como ter uns cornos mansos deste lado.  E não..não tenho saudades do Saraiva, pelo menos daquele respondia a tudo e a todos sem critério, porque quando iniciou funções foi assertivo em algumas intervenções, depois esvaziou ele próprio o seu cargo. SL

Eu percebo e respeito o teu ponto de vista, mas nenhum clube pode ter esse poder ou moral de ser mais que os outros ao ponto de se armar em autoritário. Podes denunciar situações às autoridades competentes mas não adianta nada mandar postas para se venderem jornais e incendiarem-se opiniões entre adeptos.
Se calhar a minha ideia é utópica, aceito isso, mas se o desporto em Portugal é um lugar podre espero sempre que eu e o meu clube tente contribuir para que seja menos. Acho que existe todo um patamar de competência desportiva/administrativa que temos que ultrapassar e melhorar, que é mais importante que essa comunicação de esgoto que ninguém que goste realmente do do jogo pode gostar e/ou aceitar.
Sim. Os males do futebol português são a comunicação e as postas de pescada. Com tudo o que se tem passado, o controlo da CS, da justiça, da Liga e Federação, isso já nem é utopia. É enterrar a cabeça na areia.
Quando anunciaram achei uma solução estranha... Pessoas "populares" neste tipo de cargos é sempre estranho a meu ver, depois, sai de um canal com os vícios que tem, se bem, que fazia parte talvez do programa desportivo mais positivo da televisão portuguesa.

Após ouvir as palavras dela fiquei convencido, creio que as razões certas a levaram a aceitar este desafio no nosso clube e acho que ela tem uma atitude super positiva, quero realmente ver como vamos comunicar a partir de agora, já chega de amadorismo e do constante maldizer/ataques do passado. É sempre de saudar termos mulheres no desporto, em especial no futebol, que se f*** o patriarcado!
vamos comunicar como o presidente quer e a imagem do varandas vamos dar-nos bem com todos e ser amiguinhos de todos mas vamos ter elegância a falar

Tens saudades do Saraiva é?
Eu sinceramente espero que haja sempre um ambiente positivo no desporto, de respeito e competição séria, de circos e show of estou bastante farto.

Mas o circo e as aldrabices acabam se fingirmos que não existem?
para as pessoas com glamur e educadas e finas que sabem receber bem nada existe para além folclore. para outros que vem a podridão de futebol que temos a corrupção que temos é que amamos o clube já não somos educados nem temos glamour. Eu quero lá ser educado e receber bem os outros clubes. Eu quero e ganhar e se for preciso falar em nádegas na comunicação que falem que estou me a lixar para isso

Fingir que não existem também é deixar de ter princípios... Obvio que não isso que se pede, mas não é o Sporting nem nenhum clube que tem que julgar, investigar ou denunciar o comportamento dos outros. Há entidades que servem para esse efeito temos é que ter a certeza que funcionam e isso não é um trabalho da comunicação do clube, é um trabalho da direção e do departamento jurídico.
Não é o clube que tem de julgar ou investigar, mas tem o dever de denunciar o comportamento dos outros. Pergunto o que é que foi feito em relação às claques ilegais dos rabolhos pelas entidades competentes. Quantos jogos à porta fechada, quantas sanções por terem assassinado adeptos do Sporting. A comunicação do Clube serve e deve denunciar TUDO aquilo que prejudique o Clube. Nisso quem me dera a mim ter uma comunicação como a dos fruteiros, do que uma comunicação cheia de princípios e glamour, isso funcionaria num futebol onde se respeitassem as regras e onde todos os clubes fossem tratados por igual, não o sendo e sendo os rabolhos os principais beneficiados do sistema, nada como ter uns cornos mansos deste lado.  E não..não tenho saudades do Saraiva, pelo menos daquele respondia a tudo e a todos sem critério, porque quando iniciou funções foi assertivo em algumas intervenções, depois esvaziou ele próprio o seu cargo. SL

Eu percebo e respeito o teu ponto de vista, mas nenhum clube pode ter esse poder ou moral de ser mais que os outros ao ponto de se armar em autoritário. Podes denunciar situações às autoridades competentes mas não adianta nada mandar postas para se venderem jornais e incendiarem-se opiniões entre adeptos.
Se calhar a minha ideia é utópica, aceito isso, mas se o desporto em Portugal é um lugar podre espero sempre que eu e o meu clube tente contribuir para que seja menos. Acho que existe todo um patamar de competência desportiva/administrativa que temos que ultrapassar e melhorar, que é mais importante que essa comunicação de esgoto que ninguém que goste realmente do do jogo pode gostar e/ou aceitar.
Sim. Os males do futebol português são a comunicação e as postas de pescada. Com tudo o que se tem passado, o controlo da CS, da justiça, da Liga e Federação, isso já nem é utopia. É enterrar a cabeça na areia.

O que é que o clube pode fazer ou fez com resultados práticos que possa mudar ou mudou alguma coisa nessas entidades pela comunicação?
"há treino todos os dias"
Quando anunciaram achei uma solução estranha... Pessoas "populares" neste tipo de cargos é sempre estranho a meu ver, depois, sai de um canal com os vícios que tem, se bem, que fazia parte talvez do programa desportivo mais positivo da televisão portuguesa.

Após ouvir as palavras dela fiquei convencido, creio que as razões certas a levaram a aceitar este desafio no nosso clube e acho que ela tem uma atitude super positiva, quero realmente ver como vamos comunicar a partir de agora, já chega de amadorismo e do constante maldizer/ataques do passado. É sempre de saudar termos mulheres no desporto, em especial no futebol, que se f*** o patriarcado!
vamos comunicar como o presidente quer e a imagem do varandas vamos dar-nos bem com todos e ser amiguinhos de todos mas vamos ter elegância a falar

Tens saudades do Saraiva é?
Eu sinceramente espero que haja sempre um ambiente positivo no desporto, de respeito e competição séria, de circos e show of estou bastante farto.

Mas o circo e as aldrabices acabam se fingirmos que não existem?
para as pessoas com glamur e educadas e finas que sabem receber bem nada existe para além folclore. para outros que vem a podridão de futebol que temos a corrupção que temos é que amamos o clube já não somos educados nem temos glamour. Eu quero lá ser educado e receber bem os outros clubes. Eu quero e ganhar e se for preciso falar em nádegas na comunicação que falem que estou me a lixar para isso

Fingir que não existem também é deixar de ter princípios... Obvio que não isso que se pede, mas não é o Sporting nem nenhum clube que tem que julgar, investigar ou denunciar o comportamento dos outros. Há entidades que servem para esse efeito temos é que ter a certeza que funcionam e isso não é um trabalho da comunicação do clube, é um trabalho da direção e do departamento jurídico.
Não é o clube que tem de julgar ou investigar, mas tem o dever de denunciar o comportamento dos outros. Pergunto o que é que foi feito em relação às claques ilegais dos rabolhos pelas entidades competentes. Quantos jogos à porta fechada, quantas sanções por terem assassinado adeptos do Sporting. A comunicação do Clube serve e deve denunciar TUDO aquilo que prejudique o Clube. Nisso quem me dera a mim ter uma comunicação como a dos fruteiros, do que uma comunicação cheia de princípios e glamour, isso funcionaria num futebol onde se respeitassem as regras e onde todos os clubes fossem tratados por igual, não o sendo e sendo os rabolhos os principais beneficiados do sistema, nada como ter uns cornos mansos deste lado.  E não..não tenho saudades do Saraiva, pelo menos daquele respondia a tudo e a todos sem critério, porque quando iniciou funções foi assertivo em algumas intervenções, depois esvaziou ele próprio o seu cargo. SL

Eu percebo e respeito o teu ponto de vista, mas nenhum clube pode ter esse poder ou moral de ser mais que os outros ao ponto de se armar em autoritário. Podes denunciar situações às autoridades competentes mas não adianta nada mandar postas para se venderem jornais e incendiarem-se opiniões entre adeptos.
Se calhar a minha ideia é utópica, aceito isso, mas se o desporto em Portugal é um lugar podre espero sempre que eu e o meu clube tente contribuir para que seja menos. Acho que existe todo um patamar de competência desportiva/administrativa que temos que ultrapassar e melhorar, que é mais importante que essa comunicação de esgoto que ninguém que goste realmente do do jogo pode gostar e/ou aceitar.
Sim. Os males do futebol português são a comunicação e as postas de pescada. Com tudo o que se tem passado, o controlo da CS, da justiça, da Liga e Federação, isso já nem é utopia. É enterrar a cabeça na areia.

O que é que o clube pode fazer ou fez com resultados práticos que possa mudar ou mudou alguma coisa nessas entidades pela comunicação?
Portanto senta, deita, rebola?
Nao sei qual e o clube dela mas desde aquele dia que o ex sportinguista jose Eduardo na tvi queria falar sobre os voucheres , e ela disse para ele que ja chegava de falar nesse assunto para mim ficou apresentada .

Mas como diz o Stick, esta uma conjugacao perfeita no Sporting!!

Podem  por nas vossas memorias , e escrever isto  e vou ser eu primeiro a dizer, o mais tardar 2 anos o scp vai ter de pagar tantas indeminizacoes a tanta gente .

Porque simplesmente, esta direccao vai cair  e quem vier vai ter de fazer uma limpeza total.
 
O sporting e isto, constantemente com projectos adiados, porque tem uma massa adepta muito grande ignorante e sem cultura desportiva.