Os homens invisíveis

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Queres tu dizer porque eu acho que temos socios cobardes é isso?
Olha ainda ontem estive a falar com um amigo meu de longa data Sportinguistas dos Açores. E por ele achou bem a destituição porque o garoto falava demais? Sabes o que eu acho é que a maioria das pessoas preferiu manter o seu ego do que manter o Sporting forte. Foi mais fácil entrar na onda de todos e disparar pelas falsidades da CS. Preferiram não entrar em disputas entre amigos e explicar as situações para "não ficarem mal vistos". Enfim foram cobarde, não defenderam o clube.
Olha é como diz o outro que prefere um Sporting em 10º lugar do que não sei o quê

Foi como disse, fiz aquela questão, mas no fundo é-me irrelevante. A imagem que tens de ti e dos outros é a que quiseres ter, tens esse direito. Se calhar tem danos, mas não vou entrar por aí.

Eu não sou cobarde, não tenho essa imagem de mim, muito menos no que diz respeito ao Clube. Neste momento não sou um sócio exemplar, porque estou nos tais 24 mil. É uma decisão minha, faço o que quero, como quero. Portanto, não sendo exemplar (aceito e não refuto) não me vejo como cobarde.
“A lot of football success is in the mind. You must believe you are the best and then make sure that you are.” - Bill Shankly
Queres tu dizer porque eu acho que temos socios cobardes é isso?
Olha ainda ontem estive a falar com um amigo meu de longa data Sportinguistas dos Açores. E por ele achou bem a destituição porque o garoto falava demais? Sabes o que eu acho é que a maioria das pessoas preferiu manter o seu ego do que manter o Sporting forte. Foi mais fácil entrar na onda de todos e disparar pelas falsidades da CS. Preferiram não entrar em disputas entre amigos e explicar as situações para "não ficarem mal vistos". Enfim foram cobarde, não defenderam o clube.
Olha é como diz o outro que prefere um Sporting em 10º lugar do que não sei o quê

Foi como disse, fiz aquela questão, mas no fundo é-me irrelevante. A imagem que tens de ti e dos outros é a que quiseres ter, tens esse direito. Se calhar tem danos, mas não vou entrar por aí.

Eu não sou cobarde, não tenho essa imagem de mim, muito menos no que diz respeito ao Clube. Neste momento não sou um sócio exemplar, porque estou nos tais 24 mil. É uma decisão minha, faço o que quero, como quero. Portanto, não sendo exemplar (aceito e não refuto) não me vejo como cobarde.

Sinceramente não percebo onde queres chegar. Não te chamei cobarde se isso bateu forte ai, lê novamente. Tb  não vou andar aqui a medir Sportinguismos. Cada um é como cada qual. Se as pessoas se identificam com este Sporting muito bem que encham estadios e pavilhões e apoiem.
Eu já andei muitos anos a ver a turminha do croquete rebentar com o clube. Não quero mais. E depois deste anos todos voltam a por lá a mafia para arrebentar com o resto, só neste clube de egos e de tachos é que acontece.
"De todos os presidentes que tivemos neste percurso, o mais explícito foi Bruno de Carvalho, que já na campanha eleitoral teceu rasgados elogios à nossa caminhada, talvez por conhecer a nossa forma de estar e o nosso trajeto. O atual presidente esteve connosco três anos, de 2006 a 2009, e apoiou-nos como sportinguista e empresário, numa equipa onde jogavam José Diogo, Pedro Delgado e André Pimenta, que ainda estão connosco, e outros que já saíram, como Gonçalo Alves, Miguel Rocha ou Diogo Neves. Este presidente prometeu e cumpriu!"

Engenheiro Gilberto Borges 13/05/2019
Não @Rasputine, não estou. Para mim é bem claro: o Clube de Futebol "Os Belenenses" joga nos distritais. Onde é que eu fugi à questão?



Mas temos ter em conta que os adeptos do Belem preferiram honrar o Símbolo e a historia do Clube do que se vender às mafias que invadiram a Sad e proporcionaram a separação. No meu ponto de vista estes são um verdadeiro exemplo de amor e dedicação ao clube. Estão de parabéns.

O que é irrelevante para o que eu dizia. Os adeptos e sócios continuam no Clube de Futebol "Os Belenenses", fundado em 1919. Não houve refundação nenhuma.

E como isto anda já tenho mais prazer em ir ver um jogo do belem na distrital do que ver um do Sporting. É triste mas é a realidade.

Então, se calhar, tens de ser sócio e adepto dos Belenenses.

É um caso a pensar, revejo me muito mais na coragem dos socios do Belem, do que na cobardia dos socios do Sporting.
 :great:

És sócio do Sporting CP?

Se é isso que te preocupa sim sou.

Não me preocupa nada. Estava só a pensar porque é que um sócio se diz cobarde, mas o facto é que nem tenho nada a ver com isso.

Agora sim, deste uma resposta. Eu tenho uma opiniao (fundamentada) de que sao todos adeptos do Belenenses. Com visoes proprias mas todos adeptos do mesmo clube. Tenho pessoas conhecidas nos dois lados da barricada e ambos esgrimem argumentos de que sao eles o verdadeiro Belenenses. No meu mural tenho discussoes fracticidas entre os dois lados e, honestamente, nao sei quem tem razao. Mas todos se dizem Belenenses e ai de quem questione isso.

Por isso tenho para mim que um clube pode existir em diversas formas e ser vivido de formas diferentes, mesmo que irreconciliaveis.

Quanto 'a refundacao nao ser o mesmo clube, tenho um exemplo 'a porta de casa que contraria isso de forma cabal. O Boehmians de Praga, clube de grande tradicao e adeptos dedicados, morreu. Voltou a existir depois de uma historia rocambolesca de dois clubes a co-existir em diferentes divisoes. Nesta altura, o clube refundado e' o unico que prevalece e voltou a adquirir os direitos do clube "falecido". Que ninguem se atreva a dizer a um adepto actual do Bohemians de que ele e' adepto de outra coisa.

O meu ponto de vista e' simples: o clube vive nos adeptos e na forma como estes o idealizam. O resto sao apenas questoes materiais.
« Última modificação: Março 15, 2019, 19:42 pm por Rasputine »
Minoritariamente...pelo verdadeiro Sporting!

www.facebook.com/The-Hanging-Man-1733378720009340/
Não @Rasputine, não estou. Para mim é bem claro: o Clube de Futebol "Os Belenenses" joga nos distritais. Onde é que eu fugi à questão?



Mas temos ter em conta que os adeptos do Belem preferiram honrar o Símbolo e a historia do Clube do que se vender às mafias que invadiram a Sad e proporcionaram a separação. No meu ponto de vista estes são um verdadeiro exemplo de amor e dedicação ao clube. Estão de parabéns.

O que é irrelevante para o que eu dizia. Os adeptos e sócios continuam no Clube de Futebol "Os Belenenses", fundado em 1919. Não houve refundação nenhuma.

E como isto anda já tenho mais prazer em ir ver um jogo do belem na distrital do que ver um do Sporting. É triste mas é a realidade.

Então, se calhar, tens de ser sócio e adepto dos Belenenses.

É um caso a pensar, revejo me muito mais na coragem dos socios do Belem, do que na cobardia dos socios do Sporting.
 :great:

És sócio do Sporting CP?

Se é isso que te preocupa sim sou.

Não me preocupa nada. Estava só a pensar porque é que um sócio se diz cobarde, mas o facto é que nem tenho nada a ver com isso.

Agora sim, deste uma resposta. Eu tenho uma opiniao (fundamentada) de que sao todos adeptos do Belenenses. Com visoes proprias mas todos adeptos do mesmo clube. Tenho pessoas conhecidas nos dois lados da barricada e ambos esgrimem argumentos de que sao eles o verdadeiro Belenenses. No meu mural tenho discussoes fracticidas entre os dois lados e, honestamente, nao sei quem tem razao. Mas todos se dizem Belenenses e ai de quem questione isso.

Por isso tenho para mim que um clube pode existir em diversas formas e ser vivido de formas diferentes, mesmo que irreconciliaveis.

Quanto 'a refundacao nao ser o mesmo clube, tenho um exemplo 'a porta de casa que contraria isso de forma cabal. O Boehmians de Praga, clube de grande tradicao e adeptos dedicados, morreu. Voltou a existir depois de uma historia rocambolesca de dois clubes a co-existir em diferentes divisoes. Nesta altura, o clube refundado e' o unico que prevalece e voltou a adquirir os direitos do clube "falecido". Que ninguem se atreva a dizer a um adepto actual do Bohemians de que ele e' adepto de outra coisa.

O meu ponto de vista e' simples: o clube vive nos adeptos e na forma como estes o idealizam. O resto sao apenas questoes materiais.

Bem visto.
O ódio destinado a Carlos Vieira revela muito de alguns intervenientes do fórum. O romanticismo à volta de JJ roça o absurdo (fora a crítica válida ao seu desempenho e resultados), mas o linchamento de Carlos Vieira é bem mais fantasmagórico.

Eu estimo que BdC esteja presente no boletim de voto, seja em 5, 10 ou 15 anos. Tenho uma convicção assumida que isso vai acontecer... Mas, para ter resultados positivos, é bom que aprenda a "estar", só aprendendo com os erros do passado é que poderá evitar mais um fim inglório. Eu tenho esperança que consiga, nem que seja só para aumentar a qualidade da dissidência. Já estas falsas parábolas carregadas de romanticismo barato, ajudam bola.

Felizmente o mencionado tem tido outro tipo de presença, talvez propositadamente afastado de toda esta bajulação sem nexo. O futuro do Sporting é risonho, basta ele querer. De resto, os que ocupam hoje as cadeiras já lhe estão a fazer a papinha toda, tal a incompetência demonstrada até hoje.

Exactamente o que penso tambem...
O ódio destinado a Carlos Vieira revela muito de alguns intervenientes do fórum. O romanticismo à volta de JJ roça o absurdo (fora a crítica válida ao seu desempenho e resultados), mas o linchamento de Carlos Vieira é bem mais fantasmagórico.

Eu estimo que BdC esteja presente no boletim de voto, seja em 5, 10 ou 15 anos. Tenho uma convicção assumida que isso vai acontecer... Mas, para ter resultados positivos, é bom que aprenda a "estar", só aprendendo com os erros do passado é que poderá evitar mais um fim inglório. Eu tenho esperança que consiga, nem que seja só para aumentar a qualidade da dissidência. Já estas falsas parábolas carregadas de romanticismo barato, ajudam bola.

Felizmente o mencionado tem tido outro tipo de presença, talvez propositadamente afastado de toda esta bajulação sem nexo. O futuro do Sporting é risonho, basta ele querer. De resto, os que ocupam hoje as cadeiras já lhe estão a fazer a papinha toda, tal a incompetência demonstrada até hoje.

O que te leva a dizer que há ódio ao Carlos Vieira por parte dos Sportinguistas?

Não creio que ele refira "os sportinguistas" mas, tão só, alguns intervenientes deste forum.  O teor do texto do autor deste tópico mais não faz do que replicar o destempero do anterior presidente.

Não deixa de ser curioso o teor de acusações que foram dirigidas a Carlos Vieira, especialmente, quando pensamos que ele teve o alibi perfeito para enterrar o Bruno de Carvalho e poder ir a eleiçoes. Ele podia ter feito cair a direcção e apresentar-se limpo nas eleições. E teria, com toda a certeza, boas possibilidades de ocupar a cadeira presidencial. Isso deveria, pelo menos, fazer pensar, a quem acha que ele era um mero artigo de mobiliário, que ele foi solidario com o Bruno de Carvalho até ao fim, com prejuízo pessoal, se acharmos que agiu com sofisma, ao ponto de se ter portado como um traidor. A verdade é que um traidor não cai na lama, juntamente com o líder. Nem nunca o vimos lavar as mãos do que foi o mandato de Bruno de Carvalho, assim como não vimos, nem ouvimos, imputar responsabilidades por qualquer coisa que possa ter corrido mal.

O que não percebo é que muitos de vós, na cegueira de defender a figura de um homem acima de qualquer coisa, não valorizem, nem respeitem, que qualquer ser humano tem o direito de dizer "já chega!". Levou a missão até ao fim. Chegado o fim fartou-se. Fartou-se da obsessão sobre a chapelada, quando ninguém daquela direcção achou que tenha havido "chapelada" nas mesas de voto. Fartou-se dos últimos 6 meses de comportamento errático de um homem que, no seu devaneio e loucura, não soube discernir o que era melhor para o clube, naquele tempo especifico. Fartou-se de, no pico da crise, ter ficado perfeitamente sozinho a tentar apagar fogos, quando tinha colegas de direcçao com problemas cardiacos, outros com problemas familiares e outros que iam para casa para terem alguma paz e sossego. Fartou-se de ter que pegar num telefone para falar com o Salvador, depois do presidente lhe ter chamado trolha, quando havia contas a acertar, sendo o devedor o Sporting.

Dito isto, o Carlos Vieira e todos os outros, estiveram no direito de não quererem associar-se a Bruno de Carvalho.

@Rasputine

As generalizações sao perigosas. Mas nas generalizações também há gente se sente visado, não o sendo de forma directa. Portanto, pela parte que toca aos apoiantes do Carlos Vieira que desapareceram do mapa, acuso eu toque para dizer que, se fores ao topico do Varandas, há lá uns apoiantes de Carlos Vieira que defendem o mandato de Bruno de Carvalho contra maldicência recente. Eu sou um deles, não fugi, nem desapareci do mapa. Mas também não tenho nenhuma vertigem pela notoriedade, a reboque do amor pelo Sporting, nem que seja para brincar aos debates televisivos.

Tive o privilégio de conhecer pessoalmente o Carlos Vieira, quando ainda se pugnava pela possibilidade dele ser candidato, assim como Bruno de Carvalho. Conheci-o a ele aos demais ex-membros do CD, que o acompanharam nesse desejo de se apresentarem a eleições. Posso dizer, com todo o à vontade porque mais membros deste fórum estiveram com o Carlos Vieira, que nunca ele ou qualquer um dos outros disseram uma palavra de teor pejorativo para com Bruno de Carvalho. NUNCA!!!

Um dos antigos membros do CD chegou a dizer-me que teve a carta de demissão escrita e assinada, por estar farto de toda a pressão que se começou a exercer, com reflexo na relação familiar, e nunca a entregou porque achava que tudo o que saía nos jornais, além de terem um conteúdo falso, constituíam um exercício de assassinato de carácter do homem. E isso não lhe podia merecer menos do que cair com ele, numa clara manifesação de solidariedade.

Cada um alimenta o que quer, até mesmo a ideia de que o Carlos Vieira, revelado incompetente pelas palavras de Bruno de Carvalho ( e vamos fazer de conta que o dia 5 de Julho de 2018 não aconteceu), é um grande sacana.

Agora, só anda com o menino no andor quem quer. E o Carlos não é obrigado a segurar no andor, nem a andar debaixo dos pés de ninguém, como alternativa à maledicência de quem ele apoiou até ao último dia de mandato.
"Players lose you games, not tactics. There's so much crap talked about tactics by people who barely know how to win at dominoes." - Brian Clough

"He is a perfect illustration of my constant theme about assembling a team of imperfect players who compliment each other perfectly. Unless he is surrounded by team mates who recognise his strenghts and cover for his weaknesses, his special goal scoring ability will go largely untapped. He needs to to be in the right place at the right time!" - Bob Paisley on John Wark
O ódio destinado a Carlos Vieira revela muito de alguns intervenientes do fórum. O romanticismo à volta de JJ roça o absurdo (fora a crítica válida ao seu desempenho e resultados), mas o linchamento de Carlos Vieira é bem mais fantasmagórico.

Eu estimo que BdC esteja presente no boletim de voto, seja em 5, 10 ou 15 anos. Tenho uma convicção assumida que isso vai acontecer... Mas, para ter resultados positivos, é bom que aprenda a "estar", só aprendendo com os erros do passado é que poderá evitar mais um fim inglório. Eu tenho esperança que consiga, nem que seja só para aumentar a qualidade da dissidência. Já estas falsas parábolas carregadas de romanticismo barato, ajudam bola.

Felizmente o mencionado tem tido outro tipo de presença, talvez propositadamente afastado de toda esta bajulação sem nexo. O futuro do Sporting é risonho, basta ele querer. De resto, os que ocupam hoje as cadeiras já lhe estão a fazer a papinha toda, tal a incompetência demonstrada até hoje.

O que te leva a dizer que há ódio ao Carlos Vieira por parte dos Sportinguistas?

Não creio que ele refira "os sportinguistas" mas, tão só, alguns intervenientes deste forum.  O teor do texto do autor deste tópico mais não faz do que replicar o destempero do anterior presidente.

Não deixa de ser curioso o teor de acusações que foram dirigidas a Carlos Vieira, especialmente, quando pensamos que ele teve o alibi perfeito para enterrar o Bruno de Carvalho e poder ir a eleiçoes. Ele podia ter feito cair a direcção e apresentar-se limpo nas eleições. E teria, com toda a certeza, boas possibilidades de ocupar a cadeira presidencial. Isso deveria, pelo menos, fazer pensar, a quem acha que ele era um mero artigo de mobiliário, que ele foi solidario com o Bruno de Carvalho até ao fim, com prejuízo pessoal, se acharmos que agiu com sofisma, ao ponto de se ter portado como um traidor. A verdade é que um traidor não cai na lama, juntamente com o líder. Nem nunca o vimos lavar as mãos do que foi o mandato de Bruno de Carvalho, assim como não vimos, nem ouvimos, imputar responsabilidades por qualquer coisa que possa ter corrido mal.

O que não percebo é que muitos de vós, na cegueira de defender a figura de um homem acima de qualquer coisa, não valorizem, nem respeitem, que qualquer ser humano tem o direito de dizer "já chega!". Levou a missão até ao fim. Chegado o fim fartou-se. Fartou-se da obsessão sobre a chapelada, quando ninguém daquela direcção achou que tenha havido "chapelada" nas mesas de voto. Fartou-se dos últimos 6 meses de comportamento errático de um homem que, no seu devaneio e loucura, não soube discernir o que era melhor para o clube, naquele tempo especifico. Fartou-se de, no pico da crise, ter ficado perfeitamente sozinho a tentar apagar fogos, quando tinha colegas de direcçao com problemas cardiacos, outros com problemas familiares e outros que iam para casa para terem alguma paz e sossego. Fartou-se de ter que pegar num telefone para falar com o Salvador, depois do presidente lhe ter chamado trolha, quando havia contas a acertar, sendo o devedor o Sporting.

Dito isto, o Carlos Vieira e todos os outros, estiveram no direito de não quererem associar-se a Bruno de Carvalho.

@Rasputine

As generalizações sao perigosas. Mas nas generalizações também há gente se sente visado, não o sendo de forma directa. Portanto, pela parte que toca aos apoiantes do Carlos Vieira que desapareceram do mapa, acuso eu toque para dizer que, se fores ao topico do Varandas, há lá uns apoiantes de Carlos Vieira que defendem o mandato de Bruno de Carvalho contra maldicência recente. Eu sou um deles, não fugi, nem desapareci do mapa. Mas também não tenho nenhuma vertigem pela notoriedade, a reboque do amor pelo Sporting, nem que seja para brincar aos debates televisivos.

Tive o privilégio de conhecer pessoalmente o Carlos Vieira, quando ainda se pugnava pela possibilidade dele ser candidato, assim como Bruno de Carvalho. Conheci-o a ele aos demais ex-membros do CD, que o acompanharam nesse desejo de se apresentarem a eleições. Posso dizer, com todo o à vontade porque mais membros deste fórum estiveram com o Carlos Vieira, que nunca ele ou qualquer um dos outros disseram uma palavra de teor pejorativo para com Bruno de Carvalho. NUNCA!!!

Um dos antigos membros do CD chegou a dizer-me que teve a carta de demissão escrita e assinada, por estar farto de toda a pressão que se começou a exercer, com reflexo na relação familiar, e nunca a entregou porque achava que tudo o que saía nos jornais, além de terem um conteúdo falso, constituíam um exercício de assassinato de carácter do homem. E isso não lhe podia merecer menos do que cair com ele, numa clara manifesação de solidariedade.

Cada um alimenta o que quer, até mesmo a ideia de que o Carlos Vieira, revelado incompetente pelas palavras de Bruno de Carvalho ( e vamos fazer de conta que o dia 5 de Julho de 2018 não aconteceu), é um grande sacana.

Agora, só anda com o menino no andor quem quer. E o Carlos não é obrigado a segurar no andor, nem a andar debaixo dos pés de ninguém, como alternativa à maledicência de quem ele apoiou até ao último dia de mandato.

  :clap:

 :arrow:
Ainda não consegui perceber se é o Jesus que fala varandês, ou o Varandas que fala jesuês...
#NasciLeãoNãoLampião
- "Basta que os homens de bem nada façam, para que o mal prevaleça"
- "Prefiro morrer de pé a viver ajoelhado"
Estou um bocado perdido.
O Carlos Vieira ainda é um incompetente e um traidor ou já voltou a ser um fiel companheiro?

Mudam de opinião conforme o outro muda de cuecas, assim é difícil acompanhar.
Aparentemente, quem anda a dar a cara, procurando esclarecer questões que lhe deveriam ter sido colocadas no âmbito da elaboração da auditoria, é o Carlos Vieira.

Deu uma entrevista, que vem no seguimento de outras acções que, por serem menos vistosas, vão passando algo despercebidas. Mas já tivemos oportunidade de ler uma artigo de opinião sobre a reestruturação financeira, já proferiu comentários sobre a vida financeira do clube, já entregou uma participação à CMVM, com vista a que seja apurada responsabilidade sobre factos que, no seu entender, são falsos.

É certo que ainda não deu nenhum passo para lhe "darem" a possibilidade de ser "amnistiado", nem praticou nenhum tendente ao regresso à cadeira do poder. Mas ele não é obrigado a isso. E estará no direito dele não querer ser enxovalhado pelos 71%, nem pelos outros remanescentes, que andam preocupados em amplificar a voz de BdC.

Digamos que, para invisível, parece preocupado em defender a licitude do período de gestão, em que teve responsabilidades no Sporting. Mais do que encenar mais um qualquer espectáculo, tem mostrado serenidade e vontade em esclarecer e lutar contra algumas parangonas falaciosas. No fundo, é ele que anda a defender o mandato de BdC.
"Players lose you games, not tactics. There's so much crap talked about tactics by people who barely know how to win at dominoes." - Brian Clough

"He is a perfect illustration of my constant theme about assembling a team of imperfect players who compliment each other perfectly. Unless he is surrounded by team mates who recognise his strenghts and cover for his weaknesses, his special goal scoring ability will go largely untapped. He needs to to be in the right place at the right time!" - Bob Paisley on John Wark
Aparentemente, quem anda a dar a cara, procurando esclarecer questões que lhe deveriam ter sido colocadas no âmbito da elaboração da auditoria, é o Carlos Vieira.

Deu uma entrevista, que vem no seguimento de outras acções que, por serem menos vistosas, vão passando algo despercebidas. Mas já tivemos oportunidade de ler uma artigo de opinião sobre a reestruturação financeira, já proferiu comentários sobre a vida financeira do clube, já entregou uma participação à CMVM, com vista a que seja apurada responsabilidade sobre factos que, no seu entender, são falsos.

É certo que ainda não deu nenhum passo para lhe "darem" a possibilidade de ser "amnistiado", nem praticou nenhum tendente ao regresso à cadeira do poder. Mas ele não é obrigado a isso. E estará no direito dele não querer ser enxovalhado pelos 71%, nem pelos outros remanescentes, que andam preocupados em amplificar a voz de BdC.

Digamos que, para invisível, parece preocupado em defender a licitude do período de gestão, em que teve responsabilidades no Sporting. Mais do que encenar mais um qualquer espectáculo, tem mostrado serenidade e vontade em esclarecer e lutar contra algumas parangonas falaciosas. No fundo, é ele que anda a defender o mandato de BdC.

Duas coisas;


-Tens a entrevista que vem no Rascord? Não sou assinante premium, mas gostaria de a ler.



- Sobre a defesa do mandato anterior, a maioria deles propôs todo o tipo de esclarecimentos, o Bruno e o Carlos até uma reunião pediram para não se andar a falar de assuntos internos do Sporting Clube de Portugal, que ainda ontem quem tinha dúvidas de onde vinha a fuga ficou esclarecido com o rabolho do LPM. Infelizmente o Bruno é para incinerar e o Carlos é para excomungar.
Aparentemente, quem anda a dar a cara, procurando esclarecer questões que lhe deveriam ter sido colocadas no âmbito da elaboração da auditoria, é o Carlos Vieira.

Deu uma entrevista, que vem no seguimento de outras acções que, por serem menos vistosas, vão passando algo despercebidas. Mas já tivemos oportunidade de ler uma artigo de opinião sobre a reestruturação financeira, já proferiu comentários sobre a vida financeira do clube, já entregou uma participação à CMVM, com vista a que seja apurada responsabilidade sobre factos que, no seu entender, são falsos.

É certo que ainda não deu nenhum passo para lhe "darem" a possibilidade de ser "amnistiado", nem praticou nenhum tendente ao regresso à cadeira do poder. Mas ele não é obrigado a isso. E estará no direito dele não querer ser enxovalhado pelos 71%, nem pelos outros remanescentes, que andam preocupados em amplificar a voz de BdC.

Digamos que, para invisível, parece preocupado em defender a licitude do período de gestão, em que teve responsabilidades no Sporting. Mais do que encenar mais um qualquer espectáculo, tem mostrado serenidade e vontade em esclarecer e lutar contra algumas parangonas falaciosas. No fundo, é ele que anda a defender o mandato de BdC.

Duas coisas;


-Tens a entrevista que vem no Rascord? Não sou assinante premium, mas gostaria de a ler.



- Sobre a defesa do mandato anterior, a maioria deles propôs todo o tipo de esclarecimentos, o Bruno e o Carlos até uma reunião pediram para não se andar a falar de assuntos internos do Sporting Clube de Portugal, que ainda ontem quem tinha dúvidas de onde vinha a fuga ficou esclarecido com o rabolho do LPM. Infelizmente o Bruno é para incinerar e o Carlos é para excomungar.

Creio que qualquer um deles estará ciente disso. Mas as atitudes públicas, de um e de outro, têm sido distintas.

BdC, curiosamente, tem estado mais recatado, intervindo menos em discurso directo. Virá tarde, esta postura e ele tem noção de que a sua expulsão será inevitável. Não por ser justa mas por aquilo que vimos na última AG, em que foram votados os recursos das sanções disciplinares. Quando chegar a altura, lá estarei para votar contra a expulsão do antigo presidente do Sporting, por razões de óbvia e elementar justiça.

Idem para o Carlos Vieira, que até abdicou de recorrer da segunda sanção aplicada.

Se um continua a lutar - ou, pelo menos, dá essa aparência -, o outro, não lutando, acaba por ser quem, realmente, defende o mandato de BdC, perante a pornografia diária sobre factos fantasiosos e insinuações de fácil geração.

Não sei se há uma preparação de terreno para qualquer coisa, por parte do Carlos Vieira. Tenho noção, no entanto, que esta abordagem favorece aquilo que tenho por ser verdade e isso favorece BdC, em qualquer circunstância.

A entrevista está no Mister do Café.
"Players lose you games, not tactics. There's so much crap talked about tactics by people who barely know how to win at dominoes." - Brian Clough

"He is a perfect illustration of my constant theme about assembling a team of imperfect players who compliment each other perfectly. Unless he is surrounded by team mates who recognise his strenghts and cover for his weaknesses, his special goal scoring ability will go largely untapped. He needs to to be in the right place at the right time!" - Bob Paisley on John Wark
Aparentemente, quem anda a dar a cara, procurando esclarecer questões que lhe deveriam ter sido colocadas no âmbito da elaboração da auditoria, é o Carlos Vieira.

Deu uma entrevista, que vem no seguimento de outras acções que, por serem menos vistosas, vão passando algo despercebidas. Mas já tivemos oportunidade de ler uma artigo de opinião sobre a reestruturação financeira, já proferiu comentários sobre a vida financeira do clube, já entregou uma participação à CMVM, com vista a que seja apurada responsabilidade sobre factos que, no seu entender, são falsos.

É certo que ainda não deu nenhum passo para lhe "darem" a possibilidade de ser "amnistiado", nem praticou nenhum tendente ao regresso à cadeira do poder. Mas ele não é obrigado a isso. E estará no direito dele não querer ser enxovalhado pelos 71%, nem pelos outros remanescentes, que andam preocupados em amplificar a voz de BdC.

Digamos que, para invisível, parece preocupado em defender a licitude do período de gestão, em que teve responsabilidades no Sporting. Mais do que encenar mais um qualquer espectáculo, tem mostrado serenidade e vontade em esclarecer e lutar contra algumas parangonas falaciosas. No fundo, é ele que anda a defender o mandato de BdC.

Duas coisas;


-Tens a entrevista que vem no Rascord? Não sou assinante premium, mas gostaria de a ler.



- Sobre a defesa do mandato anterior, a maioria deles propôs todo o tipo de esclarecimentos, o Bruno e o Carlos até uma reunião pediram para não se andar a falar de assuntos internos do Sporting Clube de Portugal, que ainda ontem quem tinha dúvidas de onde vinha a fuga ficou esclarecido com o rabolho do LPM. Infelizmente o Bruno é para incinerar e o Carlos é para excomungar.

Creio que qualquer um deles estará ciente disso. Mas as atitudes públicas, de um e de outro, têm sido distintas.

BdC, curiosamente, tem estado mais recatado, intervindo menos em discurso directo. Virá tarde, esta postura e ele tem noção de que a sua expulsão será inevitável. Não por ser justa mas por aquilo que vimos na última AG, em que foram votados os recursos das sanções disciplinares. Quando chegar a altura, lá estarei para votar contra a expulsão do antigo presidente do Sporting, por razões de óbvia e elementar justiça.

Idem para o Carlos Vieira, que até abdicou de recorrer da segunda sanção aplicada.

Se um continua a lutar - ou, pelo menos, dá essa aparência -, o outro, não lutando, acaba por ser quem, realmente, defende o mandato de BdC, perante a pornografia diária sobre factos fantasiosos e insinuações de fácil geração.

Não sei se há uma preparação de terreno para qualquer coisa, por parte do Carlos Vieira. Tenho noção, no entanto, que esta abordagem favorece aquilo que tenho por ser verdade e isso favorece BdC, em qualquer circunstância.

A entrevista está no Mister do Café.

Ainda dentro do nosso tema, caro @sotnas , o Gestas tem se defendido muito bem;

Mais um post bem porreiro dele e no caso dele até é obra não se ter demitido face à sua vida política.