Sudamericano sub20 2019

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Começa amanhã o sudamericano sub20, daquelas competições onde para cada espectador há 10 scouts, que serve de fase de apuramento da zona sul americano para o Mundial da categoria. Crio o tópico porque talvez haja pessoal ( @SCP Fan ainda segues estas cenas?) com algum interesse nestas competições, e então comenta-se aqui. Não sei se terá transmissão em Portugal, mas há sempre streams, e desta vez os jogos são num horário mais simpático para os europeus (jogos às 21h e às 23h)

Calendário da competição: https://www.google.com/search?q=south+american+u20+calendar&rlz=1C5CHFA_enPT829PT829&oq=south+american+u20+calendar&aqs=chrome..69i57.5628j0j7&sourceid=chrome&ie=UTF-8#sie=lg;/g/11c6zk991d;2;/m/0f9ct2;mt;fp;1;;

Equipas e planteis: https://en.m.wikipedia.org/wiki/2019_South_American_U-20_Championship_squads
GRUPO A

Bolívia - fará figura de corpo presente. Curiosidade para ver os dois jogadores do Boca Juniores (um deles, Melgar, é de 2001 e será previsivelmente titular), mas fora isso não se prevê grandes craques

Brasil - há vontade a melhor equipa, com vários dos putos de 2000 que eram a base da selecção vice-campeã do mundo em sub17. Rodrygo e Lincoln serão os cabeças de cartaz; Marcos Antônio do Estoril deverá ser titular, também gosto muito do Luan Cândido (lateral um bocado na onda do Weverson, que estranhamente não foi convocado). O médio Ramires e o lateral direito Emerson têm sido apontados a vários clubes europeus de topo, e Lucas Ribeiro (central do Vitória, clube que formou David Luiz) é apontado como possível surpresa. Estranhei a ausência de Alanzinho, Paulinho, o míudo do PSV que me escapa o nome, Bruno Roberto, e Talles; mas há tanto por onde escolher que o Brasil sempre se apresentaria fortíssimo.

Chile - conheço muito mal, mas o Chile tem revelado dificuldade em gerar jogadores que estejam sequer perto da sua geração de ouro. O melhor jogador, Ignacio Saavedra, está lesionado e não foi convocado

Colombia - destaque para Cuesta e Jader Valencia, que já falei no tópico das sugestões. O extremo Sandoval, o médio Balanta (muito bem cotado, irmão do Balanta central) estão também referenciados como bons talentos. Estranho a ausência de Andrés Amaya

Venezuela - outra boa geração. Christian Makoun aproveitou este escalão para dar o salto para a Juventus, e volta a competir neste nível; o craque é Palmezano, já contratado pelo Huapachito do Chile, que curiosamente também tinha ido buscar à Venezuela o Podence lá do sítio, Yeferson Soteldo. alguma curiosidade para ver Zauner, Alemão-venezuelano do Dortmund



GRUPO B

Argentina - o outro peso pesado, como seria de esperar. O craque e melhor jogador do torneio é Thiago Almada do Velez, daqueles que só com muito azar não faz carreira nos melhores clubes do mundo, e é dos mais novos do torneio. Um estrondo de jogador. Pedro de La Vega é um extremo menos virtuoso mas muito objectivo e rápido, e ainda há o Maxi Romero que o PSV comprou por uma pipa de massa (apesar de nunca jogar). Também há Balerdi, novo central do Dortmund, que pagou 15M há dias para o adquirir

Equador - Alguma pena por Yarol Tafur não ter sido convocado. Os mais cotados são o lateral Palacios (começou a época a todo o gás pelo Willem II) e o avançado Micolta, que joga no Chile. Campana e Alvarado surgem referenciados como bons jogadores

Paraguai - desconheço totalmente. das equipas mais jovens, com muitos elementos de 2001, jogam todos no Paraguai há excepção dos extremos Galeano e Vega, que jogam no Palmeiras e no São Paulo respectivamente

Peru - muita atenção, tida como uma geração de ouro. Já falei de Jairo Concha, que é um médio criativo de um talento muito refinado. Pacheco e Távara são titulares do Sporting Cristal, jogadores maturados mas com talento e difíceis de conter. Marcos Lopez foi há dias para a MLS, um faz tudo pela ala esquerda, que se tem fixado como lateral. Fora outros que não conheço. Muita curiosidade para ver

Uruguai - equipa hiper preparada e competitiva, apesar do talento ficar aquém do que se poderia esperar. levar um central como Mendez para este nível é batota quase. Schiappacasse é conhecido destas andanças, apesar de não se estar a afirmar em Espanha. O que me gera mais expectativa é Emiliano Gomez, extremo de 2001 com vários jogos a nível profissional e bastante hype. Boselli tb está bem cotado, mas as estatísticas indicam um 9 que mete poucos golos...
@Vylela vou seguindo por alto. Não há tempo para seguir como das outras vezes.

Não sabia que o Makoun tinha ido para a Juventus. Gostava muito do gajo.

Assim à primeira vista ele e o Schiappacasse são dos poucos que reconheço de torneios anteriores. Também fui espreitar os números do uruguaio, e aquilo não está prometedor. Mas o tipo também não era um gajo muito combativo, era mas técnico, andar por ali não deve ser fácil para o gajo. O Rodrigo Amaral era capaz de se dar melhor por aqueles lados.  :mrgreen:

PS. O Lincoln também por lá, não tinha visto. O Rodrygo acho que nunca vi jogar nas selecções, só mesmo no Santos.
A amostra é pequena e quero ver o tipo vs Argentina e Brasil; mas muita atenção ao Jordan Rezabala, camisola 10 do Equador. A dúvida é saber se termina este torneio a assinar pelo City, Chelsea ou Juventus. Fosse director desportivo do Sporting marcava viagem para o Ecuador amanhã de manhã