Votação

Quem foi para ti o melhor em campo?

Renan Ribeiro
7 (6%)
Bruno Gaspar
0 (0%)
Sebastián Coates
3 (2.6%)
Jérémy Mathieu
77 (66.4%)
Jefferson
6 (5.2%)
Nemanja Gudelj
0 (0%)
Wendel
1 (0.9%)
Bruno Fernandes
10 (8.6%)
Nani
1 (0.9%)
Abdoulay Diaby
2 (1.7%)
Bas Dost
0 (0%)
Stefan Ristovski
2 (1.7%)
Raphinha
2 (1.7%)
Radosav Petrović
5 (4.3%)

Votos totais: 116

Liga NOS 2018/19 [17ªJ] Sporting CP 0-0 Porto [12/01 | 15:30]

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Citar

O LADO TÁTICO DO 'CLÁSSICO': DA OUSADIA DE CONCEIÇÃO ÀS DIFICULDADES DE KEIZER, JOGO SERÁ DECIDIDO NAS TRANSIÇÕES

Blessing Lumueno, treinador de futebol, fez a antevisão do 'clássico' para o SAPO Desporto.

O Sporting recebe, este sábado, o FC Porto, em jogo da última ronda da primeira volta. Os 'leões' precisam de vencer para encurtar distâncias para a liderança dos 'dragões', que vão tentar em Alvalade o 19.º triunfo consecutivo, o que seria um recorde em Portugal.

Em campo estarão duas ideias de jogo, embora com fases diferentes: o modelo consolidado de Conceição, que lhe valeu o título na época passada, frente a revolução que o holandês Keizer tenta implementar em Alvalade. Duas equipas diferentes, a viver fases distintas.

Blessing Lumueno: "O jogo tem tudo para correr bem ao FC Porto"
Blessing Lumueno, treinador de futebol, analisou para o SAPO Desporto as ideias de Keizer e Conceição, os pontos fortes e fracos de cada equipa. O técnico das camadas jovens do Estoril não tem dúvidas: o FC Porto é favorito. E serão as transições a desvendarem o futuro deste 'clássico'.

"Para o FC porto, aquilo que o Sporting vai fazer em termos ofensivos e defensivos, por não estar tão bem trabalhado, vai ser maravilhoso. O jogo tem tudo para correr bem ao FC Porto [...], uma equipa que não se importa de não ter bola, que está confortável nesta situação. E mais confortável vai estar porque, do ponto de vista estratégico, faz sentido explorar aquilo que é a maior falha ou dificuldade do Sporting: as transições. E o FC Porto é uma equipa fortíssima nestes momentos. Pelo que creio que pode pender um bocadinho para o FC Porto, por força da velocidade do Marega, da força do Soares dentro da área, do Brahimi a aproveitar aqueles momentos com espaço para desequilibrar porque vai ter menos homens e mais espaço. Muito da chave do jogo estará nos momentos de transição porque o FC Porto aposta muito nisto e porque o Sporting tem estado mais frágil neste tipo de situação", analisou.

Mas tudo dependerá do que acontecer no jogo.

"Se o Sporting marcar primeiro, de certeza que vai estar muito mais confortável, o FC Porto vai ficar mais inquieto, vai querer pressionar mais alto, vai querer subir, vai perder um pouco o rigor porque os jogadores vão querer ganhar o jogo e o Sporting pode galvanizar. Mas se o FC Porto marca primeiro, ganha o jogo", garante o treinador de 30 anos.

A espetacular série vitoriosa do FC Porto poderá terminar em Alvalade, se Keizer conseguir montar uma equipa capaz de parar a força deste 'dragão'. Blessing explica que, para tal, será preciso reforçar a zona central mas também ter cuidados redobrados nos momentos da perda da bola, onde este Sporting de Keizer tem falhado e muito.

"Em vez de jogar com dois médios mais ofensivos - Wendel e Bruno Fernandes -, pode soltar mais o Bruno Fernandes e mudar o posicionamento do Wendel para recuar e ficar um bocadinho mais em cobertura para, quando a equipa perder a bola, ter mais homens para poder recuperar destas situações e mais homens para defender o espaço todo que vai ficar. Defender com mais pernas vai ser sempre uma grande ajuda para o Sporting se quiser ter sucesso", explica. Nas transições defensivas, o posicionamento dos laterais será decisivo.

"Neste jogo o Sporting não pode perder tantas bolas como tem perdido, e ao perder a bola, tem de estar um bocadinho mais resguardado com mais homens atrás da linha da bola, prontos para recuperar e para defender os ataques rápidos que o FC Porto vai tentar fazer. Os laterais têm de perceber, definitivamente, o que têm de fazer e onde têm de se colocar para defender a equipa nas transições", completa Blessing Lumueno.

BAS DOST COMO... RONALDO E MESSI
Os sportinguistas depositam muita fé no goleador Bas Dost, jogador que falhou o último jogo da equipa, na derrota com o Tondela e dono de quase um terço dos tentos do Sporting no campeonato (10 dos 33 golos do Sporting marcados por Bas Dost). Blessing compara Dost a Messi e Ronaldo e deixa elogios a um jogador que "representa uma vantagem para a equipa que o utiliza, nem que seja pelo espaço que conquista". Os adversários já sabem que "se anularem o holandês, a percentagem de sucesso é superior".

"Onde o Bas Dost andar, vão andar sempre dois ou mais adversários por perto a vigia-lo. E isso é importante para que as equipas adversárias se sintam mais ameaçadas do ponto de vista defensivo e que se contenham um bocadinho mais e se sintam condicionadas a 'agarrar' o Bas Dost e evitar que ele não apareça no jogo. É um bocadinho o mesmo efeito que jogadores como Cristiano Ronaldo e Messi tem em campo, embora a nível superior. Jogar com o Barcelona com o Messi em campo ou com a Juventus com Ronaldo em campo é completamente diferente quando eles não estão: toda a estratégia defensiva adversária gira no mesmo sentido, no de tentar parar estes mesmos jogadores", completa.

As duas derrotas seguidas do Sporting nos dois jogos fora de casa para a Liga (0-1 com o Vitória de Guimarães e 1-2 com o Tondela) mostraram um Sporting a cometer muitos erros e com mais dificuldades em impor o seu jogo. Os adversários começam a perceber como travar o jogo da equipa de Keizer, um técnico à procura de implementar uma ideia de jogo que se encontra longe de estar afinada.

"Nós ainda não vimos exatamemente aquilo que o Kiezer quer. Está a tentar implementar uma ideia com a época a decorrer, o que é bem mais difícil, e a ideia está muito mas muito longe daquilo que ele quer. Isto é, os erros que acontecem e os constrangimentos que eles encontram quando os adversários fecham o corredor central, são coisas que, se tivessem vindo a ser trabalhadas desde o início da época, a equipa estaria mais bem preparada para enfrentar este tipo de problemas. E a questão agora é: a equipa não tem tanto tempo para treinar sem erros, ou seja, não tem jogos-treino, todos os jogos são a contar. Então, o que o treinador vai tentar fazer agilizando para tentar resolver as situações que ele acha mais importantes e, se calhar, o pormenor vai ficando cada vez mais adiada e a coisa entra muito por situações gerais", analisa Blessing.

Conceição mais arrojado: entre o 4-4-2 e o 4-3-3 sem perder a vertigem ofensiva
Com o FC Porto num bom momento e o Sporting em dificuldades, Blessing Lumueno acredita que Sérgio Conceição vai arriscar mais neste jogo, ao contrário do que costuma fazer nos clássicos, onde opta por tirar um avançado e colocar um médio. Com "uma equipa que sobe muito em velocidade, que não desaproveita uma oportunidade de sair em transições", com "jogadores muito fortes e muito agressivos nos movimentos a atacarem o espaço", o técnico de 30 anos acredita que Conceição vai ser mais arrojado neste encontro para aproveitar a debilidades do adversário.

"Conceição teria vantagem em jogar em 4-4-2. Acho que vai arriscar um bocadinho mais, o que não é tão normal nos jogos grandes, e colocar o Soares e o Marega na frente ao mesmo tempo, e o Corona e o Brahimi porque sente que vai conseguir ter espaço, porque a equipa do Sporting vai permitir esse espaço. Como a equipa não está tão bem trabalhada, fica um bocadinho mais exposta e o FC Porto vai adorar isso", sublinha Blessing Lumueno.

Mas há alternativas. Mesmo em 4-3-3, o FC Porto não deixa de ser ofensivo, com Marega na direita, Brahimi na direita e Soares no meio.

"O dilema de Conceição será: equilibrar a equipa e ter mais mais um médio que pode ser o Óliver, ou, numa abordagem mais agressiva, atuar em 4-4-2 e aproveitar as dificuldades do Sporting em momentos de transição defensiva. Mas tendo em conta o momento das duas equipas, acho que o Sérgio vai arriscar em 4-4-2 ou em 4-3-3 com Marega na direita e Soares na frente", sublinha.

Com Pepe, um 3-5-2 beneficiaria o FC Porto mas Conceição não é de mudanças
Blessing Lumueno só vê vantagens numa possível mudança tática no FC Porto, com a chegada de Pepe, mas não acredita que Conceição opte por mudar o sistema tático. O central de 35 anos voltou aos 'dragões' e poderá forçar Conceição a experimentar um 3-5-2, com três centrais muito fortes, dois laterais muito tecnicistas e ofensivos (Alex Telles e Corona), Danilo à frente da defesa a servir de 'tampão', com Brahimi a juntar-se a Óliver no meio, na construção de jogo e no apoio a Marega e Soares.

"Se houver a possibilidade de jogar com três centrais, não creio que tal seja possível porque o Conceição nunca mostrou uma grande agilidade do ponto de vista tático, não mostrou grande diversidade e foi sempre jogando no mesmo sistema e pedindo o mesmo tipo de dinâmica. Mas a equipa beneficiaria com este sistema, tendo em conta os jogadores que o FC Porto tem", sublinha Blessing Lumueno, na conversá telefónica com o SAPO Desporto.

O Sporting - FC Porto, da 17.ª e última jornada da I Primeira Volta, está marcado para às 15h30 deste sábado.


Sapo

Citar
Clássico decisivo para o Sporting

«Há algo essencial antes de qualquer embate, sobretudo num clássico. O estado moral das tropas. O Porto lidera a tabela e tem oito pontos de vantagem sobre o adversário. Vem a Alvalade tranquilo pois tem a certeza que, mesmo em caso de derrota, continuará a olhar todos os outros de posição cimeira. Soma-se a este facto, a fase de vitórias sucessivas que é "record" e uma união de aço do grupo de trabalho reforçada com o discurso vibrante e de enorme empatia com os portistas, que confiam plenamente no sangue e alma de campeão de Sérgio Conceição.

O Sporting, depois do excepcional arranque de Marcel Keizer, dos melhores de sempre da história do clube, benzido com muitos golos, futebol atractivo e dominador, ancorado num discurso civilizado, tranquilo, positivo do holandês, sofreu um forte abalo na sua confiança após a derrota de Tondela, onde era obrigatório vencer para não tornar determinante para esta época o confronto com o Porto. Keizer afirmou que em Março ou Abril iria ver onde podia chegar, porém, o jogo de sábado, finalmente a horas decentes, é decisivo para os leões. E não é criar pressão, pois um clube grande como o Sporting Clube de Portugal tem de conviver diariamente com ela. Só os pequenos, os que não estão habituados a andar lá em cima, é que vacilam quando sentem pressão. Os colossos respiram-na, está no seu código genético.

Tenho a mesma visão de Jorge Jesus. O principal candidato é sempre o campeão da época transacta. E o dragão não tem decepcionado os seus adeptos, sente-se a voracidade das aves de rapina por mais um título, foi essencialmente esta vertigem a mentalidade que Sérgio Conceição trouxe de novo, após atravessarem um deserto em que nenhum troféu entrou no museu. Um plantel forte recheado de grandes jogadores, com defesa sólida - excepcionais Eder Militão e Alex Telles – e ainda mais segura com um homem que está aí para as curvas, central de classe mundial que tanto tem dado a Portugal, Pepe. Um 6 mais que fiável, Danilo Pereira, uma casa das máquinas de alta voltagem, um mágico que será uma enorme perda para o futebol português se decidir partir como se adivinha, Brahimi, e dois bichos poderosíssimos no ataque, Marega e Soares. É uma armada temível, não invencível, mas que põe em sentido qualquer um.

Do outro lado, que não se iludam os sportinguistas, a esquadra construída e deixada por Sousa Cintra e José Peseiro não tem a mesma artilharia e consistência. Um plantel desequilibrado, dependente da classe de Bruno Fernandes e do poder de fogo de Bas Dost. O factor surpresa de Marcel Keizer já foi identificado, o jogo interior é facilmente manietado, o processo defensivo é débil e os laterais são uma dor de cabeça. O Sporting, com a excepção do Vorskla Poltava, encaixou sempre golos e enquanto o holandês dizia que preferia ganhar por 3-2 do que por 1-0, ouviu a resposta do treinador português, em subtil "mind game", que não se importava de vencer 1-0, pois «não sofrer golos é a base de uma vitória». A máquina goleadora leonina emperrou, tal como a qualidade de jogo, trazendo um novo cepticismo à maioria dos adeptos. Nos azuis e brancos reina o optimismo. É um choque de titãs em que o Sporting, se não ganhar, pode dizer adeus já em Janeiro ao título que a melhor massa associativa do mundo merece há muito tempo.»

(Rui Calafate, Factor Racional, in Record)

Ja me iludi com o keiser, mas cai na real.

Desde que o dr assumiu que 'nao estava a espera de tanto" a mensagem de falta de grandeza e ambicao chegou ao destino e tem sido o que se viu.

Espero que o boneco da foto junto ao pc fique ao seu gosto.

Afinal alguns sonhos tornam se realidade -  so no sporting claro.
DA RAÇA QUE NUNCA VERGA!

Apesar da croquetada e Varandetes.
Perder ou ganhar é desporto  :shifty: :-[
Vatangas o Usurpador
#NasciLeãoNãoLampião
Perder ou ganhar é desporto  :shifty: :-[
o importante é ninguem se magoar ... somos todos amigos ...
Perder ou ganhar é desporto  :shifty: :-[
o importante é ninguem se magoar ... somos todos amigos ...
Exato!

Quem se f*** são os adeptos, o resto que se f*** diz o vatangas.

Vai ser mais um noite sem dormir e uma azia descomunal.
Vatangas o Usurpador
#NasciLeãoNãoLampião
Bora Varadim, se perdermos ja sabemos quem é o bode respiratório....
3-0 para o porto sem espinhas. O regresso aos bons velhos tempos.
Neste jogo damos o máximo e vamos tentar se dá ou não, contra os "Tondelas" não cumprimos o nosso dever. Nem vale a pena comentar, com este discurso para os jogadores e muita da atitude de m3rda está explicada. :wall:
« Última modificação: Janeiro 12, 2019, 02:58 am por bpereira »
É para levantar a cabeça já antes do jogo ou esperamos pelo final?
Nós somos da raça que nunca se vergará!
Em comparação com os convocados do jogo anterior, e assumindo as posições como são publicadas pela página do Sporting, levamos a mesma defesa, menos 2 "médios" (sendo que um deles é o nosso defesa esquerdo titular) e mais 2 "avançados".

Isto mais espremido:
- Acuna sai da defesa, castigado, e não tem substituto directo (não percebo a ausência de Lumor com a mediocridade que é Jefferson);
- Troca directa de Montero pelo Bas e inclusão do Luiz Phellype;
- Saída de Miguel Luís e inclusão do Jovane Cabral.

No final de contas, sai um defesa esquerdo (Acuna) e um médio (Miguel Luís), entra um PL (Luiz Phellype) e um extremo (Jovane). Dá a sensação que a convocatória é feita com pedra, papel ou tesoura OU a mudança de esquema táctico. Não me importava de ver um 3-5-2 implementado neste jogo, mas é preciso ter o Keizer tê-los no sitio e ter capacidade para montar este sistema de forma correcta. Para tentar suprimir um bocado a mediocridade que vão nas nossas laterais, a juntar com a pujança ofensiva do adversário, ver Raphinha e Bruno Gaspar (apesar de preferir Ristovski) nas alas, com Mathieu, Coates e André Pinto no meio da defesa, Gudelj, Wendel e Bruno Fernandes no meio campo, com Nani e Bas à frente.
Banco: Salin, Ristovski (para entrar para o lugar do Bruno Gaspar, que juntamente com Raphinha, terão que andar a fazer piscinas o jogo inteiro e ser muito solidários defensivamente), Jefferson (para entrar única e exclusivamente se for necessário descansar Raphinha), Petrovic (para entrar caso seja necessário fechar o jogo, ou para substituir um central), Phellype, Jovane e Diaby para opções ofensivas.
É inventar muito? Já estou por tudo, olhando para as setas que são os elementos ofensivos do Porco e as nulidades que são as nossas laterais e para esta convocatória que não faz muito sentido.... Terá Keizer a capacidade de implementar um sistema destes num jogo tão grande?
Ao contrário de muitos, considero este jogo o mais decisivo do ano. A equipa decide hoje o que quer do resto da época. Estes jogos servem para os jogadores se transcenderem e “embalarem” para uma época diferente. Pelo lado contrário, se não fizermos deste jogo o das nossas vidas então não merecemos ter esperanças de conquistar títulos. Os jogadores e treinador têm a palavra. SL
Gosto da hora de jogo.

O caramelo que canta isto é só mais ressabiado que à 1ª oportunidade se alavancou, ao completo arrepio do que gritara aos 4 ventos
Mas continuo a gostar da letra e do som
Citar
Hoje o Almoço não pode atrasar, o Ti Anibal está quase a chegar
cachecol no pulso camisola listada, pra de verde e branco pintar a bancada

Não importa o frio, não importa se chove
pra ver o Vitor Damas ou o Balakov
aquela carrinha putos e cotas levava
Leões militantes quando pouco se ganhava

"Quem, ali do outro lado, tinha definido o ataque ao Benfica como principal instrumento da sua promoção individual, foi corrido pelos que achava serem seus. Espero que este gesto seja o princípio de uma regularização da vivência institucional que deve caracterizar os maiores clubes nacionais" (Luís Filipe Vieira, presidente de SAD acusada de vários crimes no E-Toupeira, explica, a 28-09-2018, o papel de Marta Soares, Henrique Monteiro, Torres Pereira, Sousa Cintra e G71).
Toda a sorte do mundo para logo que bem precisamos  :pray: :pray:

Espero chegar a casa com uma vitória no bucho  :pray: :pray:
Vatangas o Usurpador
#NasciLeãoNãoLampião

EM FRENTE, BRAVOS LEÕES! RUMO À VITÓRIA!
É para levantar a cabeça já antes do jogo ou esperamos pelo final?

Normalmente é no final, sempre dá para juntar os clássico "falta de sorte" ... "a arbitragem não foi feliz" ... "não é decisivo" ... "temos que acreditar"

Na prática ... podem começar a próxima época, estamos no fuso desportivo do brasileirão!
Carreira para carnide: #71
É para levantar a cabeça já antes do jogo ou esperamos pelo final?

Normalmente é no final, sempre dá para juntar os clássico "falta de sorte" ... "a arbitragem não foi feliz" ... "não é decisivo" ... "temos que acreditar"

Na prática ... podem começar a próxima época, estamos no fuso desportivo do brasileirão!
Espero que demos uma goleada ao porto, mas o feeling é que se jogarmos tanto como com o Tondela ( só para falar no mais recente) aos 60 minutos vai haver debandada das bancadas face ao resultado e ao que não se vai jogar.
Nós somos da raça que nunca se vergará!
O meu palpite é que vai dar empate...

Enviado do meu SNE-LX1 através do Tapatalk

Sempre Sporting!