Votação

Quem foi para ti o melhor em campo?

Renan Ribeiro
7 (6%)
Bruno Gaspar
0 (0%)
Sebastián Coates
3 (2.6%)
Jérémy Mathieu
77 (66.4%)
Jefferson
6 (5.2%)
Nemanja Gudelj
0 (0%)
Wendel
1 (0.9%)
Bruno Fernandes
10 (8.6%)
Nani
1 (0.9%)
Abdoulay Diaby
2 (1.7%)
Bas Dost
0 (0%)
Stefan Ristovski
2 (1.7%)
Raphinha
2 (1.7%)
Radosav Petrović
5 (4.3%)

Votos totais: 116

Liga NOS 2018/19 [17ªJ] Sporting CP 0-0 Porto [12/01 | 15:30]

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

O Miguel Luís não podia ficar de fora, não faz sentido. Jogará o Gudelj, Bruno e Wendel, no banco há apenas Petrovic. Patético. O Miguel não é nenhum craque, mas tinha de estar presente na convocatória. :inde:

EDIT: e não me lembrava do Geraldes. Enfim, não se entende.

O treinador acabou de chegar, ele terá as suas razões pela escolha dos convocados.
Eu não acho que o Miguel Luis tivesse que ser convocado a todo o custo. No último jogo andou atrás da bola mas nem a cheirou. O que engana foi ter marcado um belo golo, porque em qualidade de jogo foi zero ou lá perto.
Petrovic tem entrado bem nos últimos jogos, tem mais experiência, é mais forte fisicamente... não fico admirado com a sua convocatória. (nem sou fã do Petrovic).
Os jogadores do Porto são muito fortes fisicamente, o Miguel Luis iria ser papado facilmente.
O Miguel Luís não podia ficar de fora, não faz sentido. Jogará o Gudelj, Bruno e Wendel, no banco há apenas Petrovic. Patético. O Miguel não é nenhum craque, mas tinha de estar presente na convocatória. :inde:

EDIT: e não me lembrava do Geraldes. Enfim, não se entende.

O treinador acabou de chegar, ele terá as suas razões pela escolha dos convocados.
Eu não acho que o Miguel Luis tivesse que ser convocado a todo o custo. No último jogo andou atrás da bola mas nem a cheirou. O que engana foi ter marcado um belo golo, porque em qualidade de jogo foi zero ou lá perto.
Petrovic tem entrado bem nos últimos jogos, tem mais experiência, é mais forte fisicamente... não fico admirado com a sua convocatória. (nem sou fã do Petrovic).
Os jogadores do Porto são muito fortes fisicamente, o Miguel Luis iria ser papado facilmente.

Achas normal levares apenas um médio para o banco de suplentes, portanto?

Eu não acho. Se quiseres tentar mudar alguma coisa ali no meio, tens apenas o Petrovic (ou o Gudelj, depende de quem jogar de inicio). Miguel Luís ou Geraldes, um deles tinha de estar presente na convocatória, saía o Jovane ou o Diaby.
O Miguel Luís não podia ficar de fora, não faz sentido. Jogará o Gudelj, Bruno e Wendel, no banco há apenas Petrovic. Patético. O Miguel não é nenhum craque, mas tinha de estar presente na convocatória. :inde:

EDIT: e não me lembrava do Geraldes. Enfim, não se entende.

O treinador acabou de chegar, ele terá as suas razões pela escolha dos convocados.
Eu não acho que o Miguel Luis tivesse que ser convocado a todo o custo. No último jogo andou atrás da bola mas nem a cheirou. O que engana foi ter marcado um belo golo, porque em qualidade de jogo foi zero ou lá perto.
Petrovic tem entrado bem nos últimos jogos, tem mais experiência, é mais forte fisicamente... não fico admirado com a sua convocatória. (nem sou fã do Petrovic).
Os jogadores do Porto são muito fortes fisicamente, o Miguel Luis iria ser papado facilmente.
É, tem razões. Razões da treta, como se viu no último jogo.
O Miguel Luís não podia ficar de fora, não faz sentido. Jogará o Gudelj, Bruno e Wendel, no banco há apenas Petrovic. Patético. O Miguel não é nenhum craque, mas tinha de estar presente na convocatória. :inde:

EDIT: e não me lembrava do Geraldes. Enfim, não se entende.

O treinador acabou de chegar, ele terá as suas razões pela escolha dos convocados.
Eu não acho que o Miguel Luis tivesse que ser convocado a todo o custo. No último jogo andou atrás da bola mas nem a cheirou. O que engana foi ter marcado um belo golo, porque em qualidade de jogo foi zero ou lá perto.
Petrovic tem entrado bem nos últimos jogos, tem mais experiência, é mais forte fisicamente... não fico admirado com a sua convocatória. (nem sou fã do Petrovic).
Os jogadores do Porto são muito fortes fisicamente, o Miguel Luis iria ser papado facilmente.

Achas normal levares apenas um médio para o banco de suplentes, portanto?

Eu não acho. Se quiseres tentar mudar alguma coisa ali no meio, tens apenas o Petrovic (ou o Gudelj, depende de quem jogar de inicio). Miguel Luís ou Geraldes, um deles tinha de estar presente na convocatória, saía o Jovane ou o Diaby.
Acredito que se for preciso alguém no meio campo, o Nani poderá ser colocado no centro do terreno.
Eu nem culpo muito o treinador, vejo alguns bons jogadores mas a maioria lá está a fazer número.
Não estou nada confiante para amanhã, espero uma surpresa.
O Miguel Luís ainda não tem arcaboiço para estes jogos, basta ver um ou outro jogo onde ele jogou.
É para ganhar, dê por onde der, comam a p*** da relva, mas ganhem-me essa m**** ***, livrem-se... Ainda por cima com casa cheia.

Enviado do meu FIG-LX1 através de Tapatalk

Sócio 87.605-0
O Miguel Luís ainda não tem arcaboiço para estes jogos, basta ver um ou outro jogo onde ele jogou.
É para ganhar, dê por onde der, comam a p*** da relva, mas ganhem-me essa m**** ***, livrem-se... Ainda por cima com casa cheia.

Enviado do meu FIG-LX1 através de Tapatalk

Têm arcaboiço o Petrovic, o Gudelj e o Diaby!
O Miguel Luís ainda não tem arcaboiço para estes jogos, basta ver um ou outro jogo onde ele jogou.
É para ganhar, dê por onde der, comam a p*** da relva, mas ganhem-me essa m**** ***, livrem-se... Ainda por cima com casa cheia.

Enviado do meu FIG-LX1 através de Tapatalk

Têm arcaboiço o Petrovic, o Gudelj e o Diaby!
Não disse que sim.

Enviado do meu FIG-LX1 através de Tapatalk

Sócio 87.605-0
Raramente me sinto preocupado nos jogos com os andrades em Alvalade, mas este fds tem tudo para correr mt mal.

Pois. Dizes isso porque és novo. Mas de há 10 anos para trás o normal era os andrades virem cá ganhar.
Lembro me sim, mas isso era nos 90s em que ganhavam mt x com milagres. Há muitos anos que é mais ou menos tranquilo com eles.

The past is now part of my future,the present is well out of hand Ian Curtis, Heart and Soul
Nao vejo qualquer motivo logico para a nao convocacao do m.luis.

Esta epoca vai ser surreal.
DA RAÇA QUE NUNCA VERGA!

Apesar da croquetada e Varandetes.
Raramente me sinto preocupado nos jogos com os andrades em Alvalade, mas este fds tem tudo para correr mt mal.

Pois. Dizes isso porque és novo. Mas de há 10 anos para trás o normal era os andrades virem cá ganhar.
Lembro me sim, mas isso era nos 90s em que ganhavam mt x com milagres. Há muitos anos que é mais ou menos tranquilo com eles.

Muitos anos?

Tirando os ultimos 5-6, andamos decadas a levar nas fucas.

Receio que esses tempos estejam de volta.

DA RAÇA QUE NUNCA VERGA!

Apesar da croquetada e Varandetes.
Citar

"CLÁSSICO É IMPORTANTE, MAS NÃO DECISIVO"
Por Sporting CP
11 Jan, 2019
EQUIPA PRINCIPAL
Marcel Keizer fez a antevisão da recepção ao FC Porto

Marcel Keizer fez a antevisão ao encontro com o FC Porto, a contar para a 17.ª jornada da Liga NOS, a disputar-se no próximo sábado (15h30), e reconheceu “a importância da partida”, lembrando, no entanto, que “não será decisivo” para as contas do campeonato: “Vai ser um jogo muito importante frente a uma grande equipa, estão a jogar muito bem. Será importante, mas não decisivo para as contas do campeonato”, disse o treinador Leonino em conferência de imprensa.

O técnico holandês garantiu que o grupo tem o pensamento na vitória apesar da qualidade do adversário: “O FC Porto tem estado bem, mas amanhã vamos tentar fazer o nosso jogo e amealhar os três pontos”, atirou Marcel Keizer.

O treinador Leonino abordou ainda a questão da pressão alta e sublinhou que tão importante é a “qualidade de passe.”: “A pressão alta está relacionada com a qualidade de passe. Se o passe não for bom não se pode jogar em pressão alta. Temos de dar tempo aos jogadores para se adaptarem. Concordo que nestas últimas semanas as coisas não têm saído tão bem e temos de evoluir”, sublinhou.

As más notícias chegaram quando Marcel Keizer informou que Fredy Montero não será opção devido a problemas físicos.


https://www.sporting.pt/pt/noticias/futebol/equipa-principal/2019-01-11/classico-e-importante-mas-nao-decisivo

E é isto, temos um treinador a 8 pontos a dizer que o clássico é importante mas não é decisivo. Eu só pergunto:
Não é decisivo porque o jogo decisivo foi o que perdemos em Tondela ?
Acha que perdendo e ficando a 11 pontos vai recuperar tudo na 2a volta?

Enfim, mais uma prova que o homem não sabe onde está nem em que situação está.
Temos um alienado á frente da equipa.

Enviado do meu Mi A1 através do Tapatalk


Tudo dito, para o treinador sera apenas mais um jogo normal...perder ou ganhar, o que conta e participar...Ridiculo!
O mais certo é o Luiz não sair do banco e o cepo do diaby falhar 2 golos fáceis.
Vatangas o Usurpador
#NasciLeãoNãoLampião
E continuam as decisões ridículas man convocatória? Começo a ficar sem paciência para esta m****.
"Para mim , o Sporting é como uma mulher que se ama logo à primeira vista. Um homem pode conhecer várias mulheres , mas há sempre ‘aquela’, a especial. Independentemente de ficarmos com ela ou não, lembramo-nos dela para sempre!" - Ivone De Franceschi
Citar

«O FC PORTO ESTÁ MUITO FORTE, MAS NO FUTEBOL TUDO É POSSÍVEL»
SPORTING 16:35
Por
Redação
Em entrevista à Marca, Fredy Montero lançou o Clássico deste sábado entre o FC Porto e o Sporting (15.30 horas). O avançado colombiano reconheceu a superioridade dos dragões, atuais líderes do campeonato.

 

«O FC Porto está muito forte, mas no futebol tudo é possível. Eles podem ter um dia mau e nós estamos num dia boa. Vamos ter de estar muito concentrados porque é daquele tipo de jogos em que a qualidade individual pode fazer toda a diferença», começou por explicar.

Quanto aos objetivos da temporada, Montero mostrou-se comedido.

 

«Estamos a ir jogo a jogo, em que o próximo é sempre o mais importante. Estamos numa nova era, com um treinador novo e sabemos que não tivemos jogos brilhantes, mas tiveram muitas coisas boas. Agora é melhorar os erros cometidos e temos de ser inteligentes e concentrados para disputar cada competição», concluiu.

 

Recorde-se que o Sporting é o atual quarto classificado da Liga, e está a oito pontos do líder FC Porto. Além disto, os leões encontram-se nas meias-finais da Taça da Liga (frente ao SC Braga), nos quartos de final da Taça de Portugal (Feirense) e nos 16-avos da Liga Europa (Villarreal).


A Bola

Citar

VENDIDOS 43.000 BILHETES PARA O CLÁSSICO
SPORTING 00:31
Por
Redação
O Sporting anunciou, esta quinta-feira, que estão vendidos 43.000 bilhetes para o clássico da 17.ª jornada da Liga com o FC Porto, marcado para sábado, às 15.30 horas, em Alvalade.

Os ingressos disponíveis destinam-se às centrais, bancada A e B, com preços entre 35 e 65 euros.


A Bola


Com base na convocatória, era este o onze que apresentaria:

Salin;
Ristovski, Coates, André Pinto e Mathieu;
Petrovic, Wendel e Bruno Fernandes;
Raphinha, Dost e Nani;

Onze do Kaiser:
Renan;
Bruno Gaspar, Coates, Mathieu e Jefferson;
Gudelj, Wendel e Bruno Fernandes;
Diaby, Dost e Nani;
#NasciLeãoNãoLampião
- "Basta que os homens de bem nada façam, para que o mal prevaleça"
- "Prefiro morrer de pé a viver ajoelhado"
Citar

TOÑITO
Clássico é oportunidade para o Sporting "levantar voo" e "bloquear o líder" FC Porto
11 jan, 2019 - 12:52 • José Pedro Pinto

Antigo médio dos leões projeta duelo de Alvalade, em Bola Branca. Espanhol vê conquista dos três pontos como ponto de viragem e relançamento da corrida pelo título para os leões. Regresso do "insubstituível" Bas Dost aplaudido por Toñito.

Há "jogos únicos", em forma de clássico, que ajudam um "grande" a reafirmar-se do ponto de vista identitário quando as coisas parecem não correr da melhor forma. E, para o Sporting, a receção ao líder e campeão FC Porto é uma oportunidade a não desperdiçar.

Com os leões a cavar um fosso de oito pontos para os dragões, com a derrota em Tondela, Toñito assume-se, em Bola Branca, como a voz que transmite a motivação dos comandados de Marcel Keizer. E o caso não é para menos.

"[Clássicos] São jogos únicos e este chega numa boa ocasião para que o Sporting possa levantar voo e acredite que pode ainda ter uma palavra a dizer na corrida pelo título", começa por dizer, antecipando "um clássico muito intenso, muito disputado" mas com os verde e brancos a querer voltar a fazer valer o fator-casa que tão bons resultados tem dado na "era Keizer".

"O Sporting, em casa, é muito sólido e, caso o dia corra bem, tem uma forte percentagem de sucesso para a conquista dos três pontos", projeta o antigo médio que representou o Sporting entre 1999 e 2004, sagrando-se campeão em 2000.

"Nos duelos entre os 'grandes' ", recorda, a propósito do "tropeção" em Tondela, "qualquer uma das equipas pode ganhar mas onde se perdem campeonatos é com as outras equipas". Todavia, o apetite por um jogo de alto nível e a perspetiva de conquista de bem mais do que três pontos, alimentará um leão com fome de vitória.

"A derrota em Tondela não ajudou o Sporting. Mas, uma semana depois, receber o líder e saber que, mais do que três pontos, há algo mais a ganhar, que é bloquear o líder, é também um incentivo extra. Essa será uma oportunidade que o Sporting não poderá deixar passar", enfatiza o agora ex-jogador, retirado dos relvados, de 41 anos.

Bas Dost de volta. "É um daqueles jogadores insubstituíveis"

Ausência de peso - e notada, pela falta de acerto na finalização - em Tondela, Bas Dost está recuperado de um traumatismo craniano e a aptidão confere-lhe lugar reservado no onze para o clássico.

Toñito puxa da emoção sportinguista - é o clube do seu coração - e respira de alívio pelo regresso do holandês. Bas Dost há só um.

"O Bas Dost é o matador do Sporting. Quando não joga, nota-se. Há bons jogadores que o podem substituir mas em todos os clubes há aqueles jogadores insubstituíveis e Bas Dost é um deles", dispara, sem reservas.

"Tem o carimbo do golo, tem o peso dessa exigência nos ombros. É o goleador da equipa, os números dizem-nos isso. Que ele jogue o clássico é muito importante porque isso significa que o Porto sabe que terá pela frente a referência do Sporting e o Porto será obrigado a uma concentração e uma vigilância extra. E isso favorece o Sporting", assinala.

Um Sporting "em reconstrução" que pode "conquistar alguma coisa este ano"

Toñito é da opinião de que o primeiro clássico de Marcel Keizer é crucial para o relançamento do projeto de 2018/19 e para a projeção de um Sporting a médio-longo prazo.

A chegada de Frederico Varandas a Alvalade voltou a dotar o futebol leonino, para o espanhol natural das Canárias, de "pessoas do mundo da bola, que sabem muito de futebol". Até para fazer esquecer o final crispado da última época.

"O Sporting é um clube em reconstrução e o mais importante é que os sócios e adeptos, que são os mais sofrem, possam ser premiados com algum título este ano. Este clássico é fundamental, há que aproveitar a oportunidade de bater o líder e campeão. E eu acredito que este ano somos capazes de conquistar alguma coisa", completa.

Cinco épocas de ligação ao Sporting deram a Toñito um campeonato (1999/00 - em 2001/02, foi cedido ao Santa Clara) e duas Supertaças Cândido de Oliveira.

Presentemente, lidera uma escola de formação de futebolistas em Tenerife, em parceria com os leões. Sem surpresa, chama-se simplesmente Sporting Club de Tenerife.


RR