Os amigos de Vila das Aves...

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

https://opolvo.pt/2019/01/03/os-contornos-do-processo-mala-ciao-novas-acusacoes-poderao-cair/

Citar

OS CONTORNOS DO PROCESSO MALA CIAO – NOVAS ACUSAÇÕES PODERÃO CAIR



No mês de dezembro foram divulgados diversos e-mails e documentos por parte do Mercado de Benfica, incluindo alguns envolvendo o trio de advogados que defende o Benfica.

Num e-mail enviado a 21 de dezembro de 2018 por Paulo Saragoça da Matta, um dos advogados do Benfica, a João Medeiros e Rui Patrício, os restantes advogados, fica-se a saber que o processo Mala Ciao foi apensado ao processo dos e-mails.



Os advogados do Benfica acreditam que nos próximos tempos vão existir buscas e detenções que visam o topo da hierarquia do clube encarnado.

Quais são as provas reunidas pelo Ministério Público?
Nos documentos divulgados pelo Mercado de Benfica encontram-se documentos do Ministério Público onde estão reunidas diversas informações relativas aos casos envolvendo o Benfica. Neste artigo vou abordar unicamente a parte do processo Mala Ciao.

Mala Ciao
Abaixo fica a primeira página do auto relacionado com o processo Mala Ciao. O restante documento será resumido.



Pelo que vem escrito no auto, a investigação começou através de uma denúncia anónima contra o Presidente da SAD do Desportivo das Aves e para o Diretor Desportivo do mesmo clube [curiosamente, menos de 15 dias antes das buscas efetuadas pela PJ às instalações do Desportivo das Aves, o presidente do clube apresentou demissão]. Apesar de ter sido uma denúncia anónima, através da investigação reforçaram-se os indícios de crimes.

Os factos em posse do Ministério Público são:

Tentativa de compra de um jogador do Boavista por parte do Desportiva das Aves mas com a intervenção de Luís Filipe Vieira para o pagamento do passe.
Jogadores do Benfica emprestados de forma encapotada ao Desportivo das Aves [ler aqui o caso de João Amaral do Vitória de Setúbal que é exemplo desse tipo de prática]. O MP refere que os contratos desses jogadores estarão guardados na casa da mãe do Diretor Desportivo do Desportivo das Aves
Promessa de pagamento de € 10.000,00 por parte do Benfica a cada jogador do Desportivo das Aves se ganhassem ao F.C. Porto no dia 8 de abril de 2018.
Possibilidade de futuras abordagens a jogadores de equipas adversários do Desportivo das Aves até ao final do campeonato 2017/2018 para facilitar resultados.
Alegada promessa e pagamento de € 10.000,00 por parte do Benfica a cada jogador do Vitória de Setúbal para a equipa tirar pontos ao Porto no jogo realizado no dia 19 de março de 2017.
Alegada promessa e pagamento de € 15.000,00 por parte do Benfica a cada jogador do Belenenses para a equipa ganhar ao F.C. Porto no jogo do dia 2 de abril de 2018.
Alegada viciação de resultados no jogo entre o Setúbal e o Benfica no dia 7 de abril de 2018, quando Luís Nascimento cometeu falta que deu origem à marcação da grande penalidade a favor do Benfica. Segundo o Ministério Público, Luís Nascimento ainda era jogador do Benfica, sendo mais um empréstimo encapotado.
Alegada promessa e pagamento de valor não apurado a cada jogador do Vitória de Setúbal caso a equipa tirasse pontos ao F.C. Porto no jogo realizado no dia 23 de abril de 2018.
Oferta indevida de vantagem do SLB caso o Marítimo vencessos os jogos da jornada 32 e 34, contra o Sporting e o Porto, respectivamente.
Devido a estas suspeitas, foram realizadas buscas nas instalações do Benfica e outros clubes. Vou colocar abaixo uma lista com os documentos apreendidos/copiados pelos investigadores nas buscas efetuadas no Estádio da Luz.

No gabinete da Assessoria Jurídica da SAD

9 pastas de arquivo com os processos relativos aos jogadores João Carvalho, João Amaral, Fábio Cardoso, Dálcio, Bruno Varela, Tiago Dantas, César Martings, Carlos Rodrigues e Patrick Vieira.
Duas pastas de arquivo com as inscrições “Protocolo Vitória de Setúbal e “Protocolo Os Belenenses”.
Conjunto de documentos com timbre “Social Esportiva Vitória” relativo ao jogador Luís Felipe Dias Nascimento e o respetivo contrato de trabalho desportivo.
Cinco pastas de arquivo com documentação relativa aos jogadores: Fábio Cardoso, Luís Carlos Farina Oliveira, César Henrique Martins, Cristian Daniel Arango Duque, Hamdou Mohamed A.M. Elhouni.
Fatura emitida pelo Vitória Futebol Clube para o Sport Lisboa e Benfica no valor de 123.000,00 euros.
Acordo de revogação de contrato de trabalho com o jogador Lucas de Lima Linhares, datado de 4 de agosto de 2017.
No gabinete de Luís Filipe Vieira

Duas folhas com manuscritos com os dizeres “Pedro Ferreira” e “contratos de Vendas”;
Documentos manuscritos associados a jogadores e movimentos de entrada e saída dos mesmos bem como valores económicos;
No gabinete de Apoio à Direcção

Uma carta da Superstadium dirigada ao Presidente do Conselho de Administração, datada de 14 de janeiro de 2016.
No gabinete do Diretor Financeiro

Diversos dossiês com documentos relativos aos jogadores Luís Farina, Rui Fontes, Fábio Nunes, Miguel Rosa, Derley e Rambé.
Ficheiros informáticos com processos individuais de diversos jogadores.
Os Balancetes do Benfica SAD no período entre 1 de julho de 2013 a 30 de abril de 2018.
Documentação num total de 47 folhas relativo aos belenenses.
Extrato de diversas contas relativas o ao Desportivo das Aves e Vitória Futebol Clube.
Estamos perante um caso com muitas ramificações mas não são surpreendentes. O Belenenses, o Vitória de Setúbal e o Desportivo das Aves são clubes que já foram referidos por diversas vezes aqui por ter sido divulgado material comprometedor no Mercado de Benfica. As buscas realizadas pela Polícia Judiciária corroboram as suspeitas.

A parte que me intrigou nesta acusação foi o facto de Luís Felipe ter sido mais um dos empréstimos encapotados ao Vitória de Setúbal. Já por diversas vezes ouvimos o presidente do Setúbal a falar do Benfica como abono de família, portanto era possível perceber a proximidade existente entre os clubes. No final da época passada sabíamos que Luís Felipe tinha sido jogador do Benfica mas agora sabemos que ainda era jogador do Benfica. Luís Felipe foi a figura do jogo no dia 7 de abril de 2018 pois, um jogador emprestado de forma ilícita ao Vitória de Setúbal, entrou em campo no minuto 89 do jogo e, dois minutos depois, comete penálti sobre Salvio, oferecendo os 3 pontos ao Benfica. Umas coincidências danadas…

Podem ver aqui o vídeo do penálti em questão.

Onde anda Luís Felipe
Depois da ajuda precisosa de Luís Felipe, este foi vendido a um clube Brasileiro, o São Caetano.

São Caetano é um dos clubes brasileiros que já fez negócios duvidosos com o Benfica, como exemplo o negócio de Patric em 2009 que pode ser lido neste artigo.

Luís Felipe é mais um dos jogadores do entreposto do Benfica, jogadores que são colocados em diversos clubes para obter vantagens e, neste caso, parece ter sido um belo penálti ao cair do pano. Para além disso é curioso verificar que parte das supostas práticas ilícitas do clube encarnado foram efetuadas depois dos e-mails já terem sido divulgados, demonstrando que o clube encarnado pensa gozar de uma certa impunidade.

Uma coisa é certa, o trio de advogados do Benfica diz que nos próximos tempos haverá novas dentenções de elementos da estrutura do clube encarnado.


« Última modificação: Janeiro 26, 2019, 12:00 pm por Principe Perfeito »
https://www.cmjornal.pt/exclusivos/detalhe/mae-de-dirigente-do-aves-escondia-contratos?ref=HP_Destaque

http://atascadocherba.com/2019/01/10/o-aves-o-aves-corrupcao-a-vista/

Citar
Diz o magistrado nos documentos juntos ao processo Mala Ciao que os jogadores do benfic@ eram emprestados ao clube da vila das Aves de forma encapotadas […] contratos estavam escondidos na casa da mãe de um dos dirigentes […] Jogadores do Aves tinham opção de recompra do Benfica para permitir empréstimos encapotados. Em troca, o Aves ajudava os encarnados.






https://www.record.pt/futebol/futebol-nacional/liga-nos/benfica/amp/mala-ciao-mae-de-dirigente-do-aves-escondia-contratos
Citar
Mala Ciao: Mãe de dirigente do Aves escondia contratos
Correio da Manhã avança que MP não tem dúvidas de que existia um esquema criminoso, liderado pelo Benfica, que tinha como principal aliado o Aves
CASO DO DESPORTIVO DAS AVES EM 2008


Presidente do Desportivo das Aves
Email de João Feitas: joao.freitas@transportesfreitas.pt

1.   Email a 7/05/2008  de João Freitas para Paulo Gonçalves
“Boa tarde Paulo” – não seria Dr. Paulo Gonçalves?
“Precisava o mais urgente possível de uma reunião aí para saber se existe vontade da vossa parte em continuarmos com o protocolo” – Qual Protocolo?
“é importante para mim saber se posso contar com a colaboração do Benfica mesmo em termos de decisão de continuar o meu mandato ou não.” – Pois, parece que não… demitiste-te no dia 15, parece que o Paulo, não quis que continuasses.
https://www.rtp.pt/noticias/futebol-nacional/joao-freitas-presidente-do-desportivo-das-aves-nao-se-recandidata_d261027
“Gostaria que no dia em que a gente viesse a reunir houvesse já uma lista de nomes em cima da mesa manifestando desde já o nosso interesse nos 4 actuais” – Quer manter os 4 emprestados e uma lista para escolher mais.
“A inclusão de um jogo na pré época em que o Aves possa retirar algum beneficio financeiro em local e data a designar pelo Benfica era a cereja no topo do bolo.” – Está a pedir um beneficio financeiro, será que li bem?
“Existe um outro atleta que estamos muito interessados, era júnior no Benfica no ano anterior não sei se o Benfica estaria interessado em contratar novamente, o Sami.” – E não é que passados poucos dias o Sami estava no Desportivo das Aves, a custo 0 (zero).
“Em relação ao futebol em geral, pode o Benfica contar com Aves para qualquer iniciativa na Liga.” – Esqueçam o custo 0 (zero) afinal o Benfica pode contar com o Aves para fazer o que quiser na Liga.
“Grande Abraço, aguardo notícias vossas.” = Cumprimentos

2.   Email a 20/05/2008  de João Freitas para Paulo Gonçalves
“Boa tarde Paulo” – não seria Dr. Paulo Gonçalves?
“No seguimento daquilo que nos foi proposto no ano transacto comunico quais as posições onde no nosso entender uma parceria com o Sport Lisboa e Benfica pode ser altamente vantajosa:
•   Guarda Redes
•   Defesa Central
•   2 médios centro de características mais defensivas
•   Médio ofensivo ( centro )
•   Médio ala direito
•   Médio ala esquerdo
•   Avançado Centro

Fico na expectativa de podermos brevemente abordar este tema.” - Lista de pedido de prendas ao Pai Natal

3.   Email a 20/05/2008  de Paulo Gonçalves para João Freitas
“Na próxima semana vou agendar a reunião que vens solicitando. Entretanto questionam-me se já tens assegurada a renovação com o Henrique Nunes ou pretendem mudar a direcção técnica.“ – Só curiosidade? Ou qual o interesse do Benfica em saber qual o treinador do Desportivo das Aves?

4.   Email a 21/05/2008   de João Freitas para Paulo Gonçalves
“Efectivamente face aos números da época anterior do Henrique Nunes. 8 vitórias 6 empates e 4 derrotas, vamos optar por manter a nossa aposta nele. Seria interessante também colherem junto dos atletas que cá estiveram a opinião acerca dele.” – Vamos manter o treinador, podem perguntar ao vossos jogadores a opinião sobre ele.
“Excepto um grupo de jogadores que já está no clube à varias temporadas todo o restante plantel está a ser planeado de forma criar espaço para alargar dentro do razoável a nossa parceria.” – Vamos manter os jogadores antigos e arrajar espaço para porem os vossos


Director Desportivo do Desportivo das Aves na época, depois passando pelo Belenenses e Paços de Ferreira
Email de Marco Abreu: marco_abreu@iol.pt

1.   email 04/02/2008   de Marco Abreu para Paulo Gonçalves
“Em anexo envio factura respeitante as compensações financeiras dos seguintes atletas:
YU DABAO
MIGUEL VITOR
ROMEU RIBEIRO
Sem mais, despeço-me com elevada esrima e consideração.”
Anexo: Fatura 2439 data 03/02/08 no Valor de 10.043,00 euros

2.   email 03/03/2008   de Marco Abreu para Paulo Gonçalves
“Venho por este meio enviar-lhe factura referente a compensação financeira do mês de Fevereiro dos seguintes atletas:
Jogos:
Estoril - Aves - 03.02.2008
Aves - Trofense - 17.02.2008
Varzim - Aves - 24.02.2008

Yu Dabao: Entrou no jogo do Estoril, vindo de uma lesão, ressentindo-se no final Romeu Ribeiro: 3 jogos a titular Miguel Vitor: 2 jogos a titular, lesionado no jogo do Trofense.
Ruben Lima: 45 minutos no jogo do Trofense 20 minutos no jogo do Varzim.”
Anexo: Fatura 2442 data 03/03/08 no Valor de 11.253,00 euros

3.   email 14/04/2008   de Marco Abreu para Paulo Gonçalves
“Junto envio Factura referente ao mes de Março.
Jogos:
Aves - Rio Ave
Feirense - Aves
Aves - Gondomar
Portimonense - Aves

Ruben Lima: 3 jogos a titular 90 minutos
Romeu: 3 jogos a titular 90 minutos
Miguel Vitor: 2 primeiros jogos lesionados, entrando no 3 jogo e fazendo 90 minutos no ultimo jogo.
Yu Dabao: Veio de uma lesão, entrando gradualmente este mes, com queixas, entrou em todos os jogos.”
Sem Anexo

4.   email 24/06/2008   de Marco Abreu para Paulo Gonçalves
“Boa noite, Amigo.
Compreendo que não tenhas atendido o telefone nos últimos dias, porque deves de nadar a mil......
Só queria questinoar-te nos seguintes assuntos:
Pagamento das duas facturas em falta:
Fact. nº 2454 - €.6.594,50 de 10.05.2008, refernte ao mês de Abril Fact. nº 2460 - €.10.043,00 de 30.05.2008, refernte ao mês de Maio

Vê se podes tratar deste assunto o mais rápido possível, visto o dinheiro neste momento estar a fazer muita, muita falta para pagar os vencimentos (Maio) aos rapazes.
Falei com o Pedro Romão acerca do Sami; as condições apresentadas serão viáveis se o assunto das indemnizações da formação ficarem esclarecidas e resolvidas.
Informa-me, por favor, da situação do Ruben Lima, terá viabilidade a sua continuidade no CD Aves?”


5.   email 24/06/2008   de Marco Abreu para Paulo Gonçalves
“Ola,
Gostaria que me enviasses, se possivel, a minuta do contrato de Publicidade para as camisolas, que eu te pedi por telefone.
Tenho uma certa urgencia neste assunto visto estarmos neste momento a formalizar o contrato para assinar ainda esta semana com uma Empresa.”
– Era o Paulo Gonçalves que tratava da publicidade das camisolas do Desportivo das Aves na altura?

6.   email 03/07/2008   de Marco Abreu para Paulo Gonçalves
“Paulo
Conforme combinado junto envio os dados do Sami ao longo da sua carreira

2001/2002 - Núcleo Sintra        13 anos
2002/2003 – Algueirão             14
2003/2004 - Mira Sintra            15
2004/2005 – Estoril                  16        (apenas meia época pois a outra meia foi pró benfica)
2005/2006 – Benfica                17
2006/2007 – Benfica                18
2007/2008 - eléctrico sor          19”
- Ainda se lembram do pedido do Sami?

7.   email 05/11/2008   de Marco Abreu para Paulo Gonçalves
“Ola, em anexo envio-te correspondencia recebida pela FPF relativamente ao Sami.” – Nesta altura o Sami já tinha sido comprado aparentemente a custo 0 (zero) pelo Desportivo das Aves ao Eléctrico Futebol Clube, clube de Ponte de Sor, excelente negócio porque no ano a seguir vendeu por 200.000€ ao Maritmo que depois o vendeu por 3.000.000€ ao Fc Porto, andou por aí e neste momento está novamente no Desportivo das Aves.
No anexo segue a documentação toda do contrato e da Federação, será porque o jogador pertencia na mesma ao Benfica? Ou o Paulo Gonçalves era curioso e queria saber se o jogador estava bem inscrito?


8.   email 17/11/2008   de Marco Abreu para Paulo Gonçalves
“contrato de sami = 1207,00€ x 14
assinado em 29 julho de 2008
registado na LPFP em 30.07.2008 - oficio circular nº 625-08/09” – Mais uma vez a curiosidade para saber o salário e sados do contrato do Sami.


Meu resumo: Parece uma filial com um Protocolo, mas com condições, manda jogadores para aqui e fazemos um jogo na pré-epoca e dava jeito o Sami e podes contar comigo para fazerem o que quiserem na Liga, nesse ano o Desportivo das Aves estava da Divisão de Honra e tinham estes benificios todos, gostava de saber qual o Protocolo em vigor este ano, para o Benfica comprar o Salvador Agra, Cristian Arango e nem sequer fazer um treino e emprestar juntamente com o Carlos Ponk e já se esqueceram do Sami? Quem mais terá entrado como o Sami no espaço criado? Dá que pensar o Benfica ganhou por 1-3 com 2 penaltis a favor, será que o treinador e jogadores conhecem o Protocolo em vigor? E não é que o Video Arbitro falhou (se desligou) nesse jogo?

Citando um Filosofo: “Investigue-se”



(...)
Isto já foi tornado publico pelo mercado a uns valentes meses, mas aparentemente ninguém viu, ou não quis ver.



Só uma curiosidade: o início do história do caso CashBall remonta a final de 2016/início de 2017, com o Nélson Lenho do Desportivo de Chaves.